Palocci acerta candidatura ao governo de São Paulo - Noticias


Palocci acerta candidatura ao governo de São Paulo

Ele fez esse acerto com o presidente Lula a fim de tentar ‘limpar o nome’ numa eleição majoritária

Por Tribuna do Ceará em Política

28 de agosto de 2009 às 13:01

Há 10 anos

PALOCCIO ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci Filho deverá ser o candidato do PT ao governo de São Paulo em 2010, informa reportagem desta sexta-feira (28) do Jornal Folha de S. Paulo. Ele fez esse acerto com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva a fim de tentar ‘limpar o nome’ numa eleição majoritária para voltar a ser uma estrela de primeira grandeza.

Segundo a Folha, mesmo livre judicialmente da acusação de quebra do sigilo do caseiro Francenildo Costa, Palocci não é visto por Lula como uma alternativa no jogo presidencial. Lula acha que, politicamente, ele ainda precisa responder aos eleitores.

Lula e Palocci sabem que será difícil vencer a eleição paulista – o favoritismo é do PSDB, que comanda o Estado desde 1995. Na hipótese de derrota de Palocci e de vitória de Dilma, Lula o indicaria para ocupar a Casa Civil no futuro governo petista.

Ainda de acordo com a Folha, caso percam Dilma e Palocci, ele poderia se dedicar a consultorias econômicas e a fazer política no PT. Lula disse que uma candidatura a deputado federal o carimbaria como político com teto.

Publicidade

Dê sua opinião

Palocci acerta candidatura ao governo de São Paulo

Ele fez esse acerto com o presidente Lula a fim de tentar ‘limpar o nome’ numa eleição majoritária

Por Tribuna do Ceará em Política

28 de agosto de 2009 às 13:01

Há 10 anos

PALOCCIO ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci Filho deverá ser o candidato do PT ao governo de São Paulo em 2010, informa reportagem desta sexta-feira (28) do Jornal Folha de S. Paulo. Ele fez esse acerto com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva a fim de tentar ‘limpar o nome’ numa eleição majoritária para voltar a ser uma estrela de primeira grandeza.

Segundo a Folha, mesmo livre judicialmente da acusação de quebra do sigilo do caseiro Francenildo Costa, Palocci não é visto por Lula como uma alternativa no jogo presidencial. Lula acha que, politicamente, ele ainda precisa responder aos eleitores.

Lula e Palocci sabem que será difícil vencer a eleição paulista – o favoritismo é do PSDB, que comanda o Estado desde 1995. Na hipótese de derrota de Palocci e de vitória de Dilma, Lula o indicaria para ocupar a Casa Civil no futuro governo petista.

Ainda de acordo com a Folha, caso percam Dilma e Palocci, ele poderia se dedicar a consultorias econômicas e a fazer política no PT. Lula disse que uma candidatura a deputado federal o carimbaria como político com teto.