Alunos de odontologia da UFC paralisam atendimentos por falta material básico

PRECARIEDADE

Alunos de Odontologia da UFC paralisam atendimentos por falta material básico

Segundo os estudantes da universidade, falta até papel para esterilização de materiais odontológicos

Por Matheus Ribeiro em Saúde

13 de abril de 2016 às 12:11

Há 3 anos
Alunos devem ficar parados por pelo menos uma semana (FOTO: Julieta Pinheiro - Estudante de Odontologia da UFC)

Alunos devem ficar parados por pelo menos uma semana (FOTO: Julieta Pinheiro – Estudante de Odontologia da UFC)

Cerca de 150 estudantes do curso de Odontologia da Universidade Federal do Ceará (UFC) paralisaram as atividades, nesta quarta-feira (13), realizadas na clínica universitária da instituição. A intenção dos alunos é a de pedir melhorias nas condições de atendimento.

De acordo com os alunos, faltam condições básicas para realizar os serviços e até para esterilizar materiais usados. Segundo o presidente do Centro Acadêmico de Odontologia Raymundo Gomes, Tarciso Sindeaux, a principal reivindicação é sobre a falta de materiais básicos para realizar a esterilização dos equipamentos.

“A gente teve sempre um problema de falta de materiais. Todo semestre sofremos com a falta de material básico para a realização do trabalho. A nossa principal reivindicação é pela falta de papel branco que serve para a esterilização dos nossos materiais. Com a falta de papel, não temos como fazer isso”, explica o estudante. 

Segundo Tarciso, a direção da UFC indicou o uso de pistolas de ar comprimido para realizar a secagem dos materiais. Segundo ele, a pistola é autorizada pela Anvisa, mas não como o único meio, e sim, como um instrumento auxiliar.

“Além de não ser o único meio, a pistola faz um barulho enorme e isso é muito complicado. Nosso ouvido suporta somente 70 decibéis de barulho, e nós fizemos um teste sonoro e identificamos que a pistola faz um barulho de 106 decibéis. Não suportamos isso durante o dia”, explica o presidente do CA.

Para tentar solucionar o problema, uma assembleia foi realizada na manhã desta quarta-feira (13). Professores, alunos e representantes da UFC participaram da reunião, mas nada foi resolvido.

“Depois de não fornecer uma solução ao problema chegamos a conclusão de, infelizmente, parar as atividades por uma semana”, conta Tarciso. Com a paralisação, pelo menos mil pessoas devem ser prejudicadas, já que a clínica atende 200 pacientes por dia.

Custos

Conforme o presidente do centro acadêmico, em média, o custo de 1.000 folhas de papel, utilizados para a esterilização do material odontológico, é de R$ 26. Semanalmente, a clínica consome 5 mil folhas, o que gera um custo de aproximadamente R$ 100 por semana. No entanto, a burocracia com licitações faz com que o material não chegue às clínicas e que o atendimento fique comprometido.

Apesar de o curso ser lecionado em uma universidade pública, o estudante ressalta que os gastos pessoais para concluir a graduação são enormes. “Nós gastamos em média de R$ 15 a 20 mil para concluir o curso. Isso, entre materiais, máscaras, luvas, etc. Para fazer uma cirugia nós temos que pagar do nosso bolso R$ 17,25 por cirurgia. Então, não aguentamos mais gastar”, destaca o estudante, que está próximo de concluir o curso.

Paralisação
1/8

Paralisação

Clínica de Odontologia da Universidade Federal do Ceará (FOTO: Julieta Pinheiro)

Paralisação
2/8

Paralisação

Clínica de Odontologia da Universidade Federal do Ceará (FOTO: Julieta Pinheiro)

Paralisação
3/8

Paralisação

Clínica de Odontologia da Universidade Federal do Ceará (FOTO: Julieta Pinheiro)

Paralisação
4/8

Paralisação

Clínica de Odontologia da Universidade Federal do Ceará (FOTO: Julieta Pinheiro)

Paralisação
5/8

Paralisação

Clínica de Odontologia da Universidade Federal do Ceará (FOTO: Julieta Pinheiro)

Paralisação
6/8

Paralisação

Clínica de Odontologia da Universidade Federal do Ceará (FOTO: Julieta Pinheiro)

Paralisação
7/8

Paralisação

Clínica de Odontologia da Universidade Federal do Ceará (FOTO: Julieta Pinheiro)

Paralisação
8/8

Paralisação

/home/tribu/public html/wp content/uploads/sites/2/2016/04/13016430 1007359296019677 1932562693 o

Publicidade

Dê sua opinião

PRECARIEDADE

Alunos de Odontologia da UFC paralisam atendimentos por falta material básico

Segundo os estudantes da universidade, falta até papel para esterilização de materiais odontológicos

Por Matheus Ribeiro em Saúde

13 de abril de 2016 às 12:11

Há 3 anos
Alunos devem ficar parados por pelo menos uma semana (FOTO: Julieta Pinheiro - Estudante de Odontologia da UFC)

Alunos devem ficar parados por pelo menos uma semana (FOTO: Julieta Pinheiro – Estudante de Odontologia da UFC)

Cerca de 150 estudantes do curso de Odontologia da Universidade Federal do Ceará (UFC) paralisaram as atividades, nesta quarta-feira (13), realizadas na clínica universitária da instituição. A intenção dos alunos é a de pedir melhorias nas condições de atendimento.

De acordo com os alunos, faltam condições básicas para realizar os serviços e até para esterilizar materiais usados. Segundo o presidente do Centro Acadêmico de Odontologia Raymundo Gomes, Tarciso Sindeaux, a principal reivindicação é sobre a falta de materiais básicos para realizar a esterilização dos equipamentos.

“A gente teve sempre um problema de falta de materiais. Todo semestre sofremos com a falta de material básico para a realização do trabalho. A nossa principal reivindicação é pela falta de papel branco que serve para a esterilização dos nossos materiais. Com a falta de papel, não temos como fazer isso”, explica o estudante. 

Segundo Tarciso, a direção da UFC indicou o uso de pistolas de ar comprimido para realizar a secagem dos materiais. Segundo ele, a pistola é autorizada pela Anvisa, mas não como o único meio, e sim, como um instrumento auxiliar.

“Além de não ser o único meio, a pistola faz um barulho enorme e isso é muito complicado. Nosso ouvido suporta somente 70 decibéis de barulho, e nós fizemos um teste sonoro e identificamos que a pistola faz um barulho de 106 decibéis. Não suportamos isso durante o dia”, explica o presidente do CA.

Para tentar solucionar o problema, uma assembleia foi realizada na manhã desta quarta-feira (13). Professores, alunos e representantes da UFC participaram da reunião, mas nada foi resolvido.

“Depois de não fornecer uma solução ao problema chegamos a conclusão de, infelizmente, parar as atividades por uma semana”, conta Tarciso. Com a paralisação, pelo menos mil pessoas devem ser prejudicadas, já que a clínica atende 200 pacientes por dia.

Custos

Conforme o presidente do centro acadêmico, em média, o custo de 1.000 folhas de papel, utilizados para a esterilização do material odontológico, é de R$ 26. Semanalmente, a clínica consome 5 mil folhas, o que gera um custo de aproximadamente R$ 100 por semana. No entanto, a burocracia com licitações faz com que o material não chegue às clínicas e que o atendimento fique comprometido.

Apesar de o curso ser lecionado em uma universidade pública, o estudante ressalta que os gastos pessoais para concluir a graduação são enormes. “Nós gastamos em média de R$ 15 a 20 mil para concluir o curso. Isso, entre materiais, máscaras, luvas, etc. Para fazer uma cirugia nós temos que pagar do nosso bolso R$ 17,25 por cirurgia. Então, não aguentamos mais gastar”, destaca o estudante, que está próximo de concluir o curso.

Paralisação
1/8

Paralisação

Clínica de Odontologia da Universidade Federal do Ceará (FOTO: Julieta Pinheiro)

Paralisação
2/8

Paralisação

Clínica de Odontologia da Universidade Federal do Ceará (FOTO: Julieta Pinheiro)

Paralisação
3/8

Paralisação

Clínica de Odontologia da Universidade Federal do Ceará (FOTO: Julieta Pinheiro)

Paralisação
4/8

Paralisação

Clínica de Odontologia da Universidade Federal do Ceará (FOTO: Julieta Pinheiro)

Paralisação
5/8

Paralisação

Clínica de Odontologia da Universidade Federal do Ceará (FOTO: Julieta Pinheiro)

Paralisação
6/8

Paralisação

Clínica de Odontologia da Universidade Federal do Ceará (FOTO: Julieta Pinheiro)

Paralisação
7/8

Paralisação

Clínica de Odontologia da Universidade Federal do Ceará (FOTO: Julieta Pinheiro)

Paralisação
8/8

Paralisação

/home/tribu/public html/wp content/uploads/sites/2/2016/04/13016430 1007359296019677 1932562693 o