Adolescente apreendido 2 vezes em menos de um dia é morto após ser liberado


Adolescente apreendido 2 vezes em menos de um dia é morto após ser liberado

O jovem havia sido apreendido quatro vezes; duas delas em menos de 24 horas. Logo após ser solto novamente, foi assassinado perto de casa

Por Roberta Tavares em Segurança Pública

29 de setembro de 2015 às 08:00

Há 4 anos
Jovem foi apreendido duas vezes por porte ilegal de armas (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Jovem foi apreendido duas vezes por porte ilegal de armas (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Um adolescente de 17 anos foi assassinado após ser liberado pela segunda vez da Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA) em apenas 24 horas. O crime aconteceu na noite de segunda-feira (29), no Bairro Parque Dois Irmãos, em Fortaleza, no mesmo dia em que o jovem foi solto novamente.

O caso chamou a atenção no fim de semana, depois que o jovem foi capturado pelo mesmo policial, no Bairro Presidente Kennedy, portando revólver calibre 38, municiado, e drogas.

“Ele já estava no quarto procedimento na DCA e com mandado em aberto. Deveria ficar mais tempo, e não ser solto no dia seguinte. Era preciso levar em conta o histórico dele, para saber o que estava acontecendo. Caberia uma atenção maior”, afirma sargento Rodrigues, da Polícia Militar.

Segundo a polícia, o jovem praticava vários assaltos nas regiões do Parque Dois Irmãos e do Itaperi. No último sábado (26), ele havia sido apreendido por porte ilegal de armas, encaminhado para a DCA, liberado por volta de meio-dia do domingo e, novamente, detido pela polícia. “Ele teve audiência às 12h, e às 17h40 recebemos a informação de que já estava solto e armado de novo. Trouxemos para a DCA mais uma vez”, conta o sargento.

O adolescente foi liberado novamente na segunda-feira e assassinado próximo a sua residência, na Rua Afonso Lopes. Os autores do crime ainda não foram identificados e seguem soltos.

Assista à matéria exibida no programa Barra Pesada, sobre a apreensão do jovem:

[uol video=”http://mais.uol.com.br/view/15625837″]

*Com informações dos repórteres Wander Gomes e Emanuela Braga

Publicidade

Dê sua opinião

Adolescente apreendido 2 vezes em menos de um dia é morto após ser liberado

O jovem havia sido apreendido quatro vezes; duas delas em menos de 24 horas. Logo após ser solto novamente, foi assassinado perto de casa

Por Roberta Tavares em Segurança Pública

29 de setembro de 2015 às 08:00

Há 4 anos
Jovem foi apreendido duas vezes por porte ilegal de armas (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Jovem foi apreendido duas vezes por porte ilegal de armas (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Um adolescente de 17 anos foi assassinado após ser liberado pela segunda vez da Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA) em apenas 24 horas. O crime aconteceu na noite de segunda-feira (29), no Bairro Parque Dois Irmãos, em Fortaleza, no mesmo dia em que o jovem foi solto novamente.

O caso chamou a atenção no fim de semana, depois que o jovem foi capturado pelo mesmo policial, no Bairro Presidente Kennedy, portando revólver calibre 38, municiado, e drogas.

“Ele já estava no quarto procedimento na DCA e com mandado em aberto. Deveria ficar mais tempo, e não ser solto no dia seguinte. Era preciso levar em conta o histórico dele, para saber o que estava acontecendo. Caberia uma atenção maior”, afirma sargento Rodrigues, da Polícia Militar.

Segundo a polícia, o jovem praticava vários assaltos nas regiões do Parque Dois Irmãos e do Itaperi. No último sábado (26), ele havia sido apreendido por porte ilegal de armas, encaminhado para a DCA, liberado por volta de meio-dia do domingo e, novamente, detido pela polícia. “Ele teve audiência às 12h, e às 17h40 recebemos a informação de que já estava solto e armado de novo. Trouxemos para a DCA mais uma vez”, conta o sargento.

O adolescente foi liberado novamente na segunda-feira e assassinado próximo a sua residência, na Rua Afonso Lopes. Os autores do crime ainda não foram identificados e seguem soltos.

Assista à matéria exibida no programa Barra Pesada, sobre a apreensão do jovem:

[uol video=”http://mais.uol.com.br/view/15625837″]

*Com informações dos repórteres Wander Gomes e Emanuela Braga