Delegado monta força-tarefa e localiza 15 celulares roubados de pessoas em Fortaleza

INICIATIVA SURPREENDENTE

Delegado monta força-tarefa e localiza 15 celulares roubados de pessoas em Fortaleza

A operação busca conscientizar as pessoas a não comprar celulares roubados, e as vítimas a fazer BO

Por Daniel Rocha em Segurança Pública

17 de janeiro de 2018 às 11:13

Há 2 anos

A delegacia conseguiu localizar os aparelhos graças a identificação de cada celular (Foto: Agência Brasil)

Uma equipe da Polícia Civil, do 8º Distrito Policial, conseguiu recuperar 15 aparelhos celulares roubados em um período de duas semanas. A unidade buscou analisar os Boletins de Ocorrência (BOs) de roubos e furtos. As informações são do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.

Os celulares foram recuperados por meio da identificação global de cada telefone, conhecido pela sigla em inglês Imei.

“Não havia um trabalho para ressarcir a vítima daquele prejuízo que sofria. Então, quando a pessoa vinha à delegacia para fazer o B.O, acreditava que o procedimento não daria em nada”, explicou o delegado Giovani Moraes, responsável pela ação.

Segundo o oficial, o Imei e outros recursos de localização puderam mostrar para a polícia a localização atual do telefone. “Com respostas das operadoras, conseguimos encontrar as pessoas que estavam com o celular”, informou.

De acordo com Giovani, a maioria das pessoas que estavam com o celular era consumidores que haviam adquirido o produto por um preço mais baixo se comparado com a do mercado. “Essas pessoas foram autuadas por crime de receptação culposa”, destaca.

Segundo o Código Penal, trata-se de aquisição de algum produto que possui origem criminosa. A pena para este crime é reclusão de um a quatro anos e multa.

O delegado afirma que a operação também teve caráter educacional, para alertar a população a não comprar um produto de roubo, e também a realizar o Boletim de Ocorrência.

Com a recuperação dos aparelhos, a equipe da Polícia Civil do 8º DP entrou em contato para os proprietários dos telefones celulares. Segundo o delegado, as vítimas ficaram surpresas com a informação de que a polícia havia encontrado o seu pertence.

“Quando elas chegam aqui, ficaram impressionados. Há pessoas que estavam pagando a segunda parcela ou terceira do celular”, detalha o delegado.

Segundo os dados da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o Ceará registrou 59.644 furtos. O número corresponde a 5% a mais do que foi contabilizado em 2016.

Veja mais detalhes no vídeo do Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT:

 

Confira o caso no programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h10 desta quarta-feira (17).

Publicidade

Dê sua opinião

INICIATIVA SURPREENDENTE

Delegado monta força-tarefa e localiza 15 celulares roubados de pessoas em Fortaleza

A operação busca conscientizar as pessoas a não comprar celulares roubados, e as vítimas a fazer BO

Por Daniel Rocha em Segurança Pública

17 de janeiro de 2018 às 11:13

Há 2 anos

A delegacia conseguiu localizar os aparelhos graças a identificação de cada celular (Foto: Agência Brasil)

Uma equipe da Polícia Civil, do 8º Distrito Policial, conseguiu recuperar 15 aparelhos celulares roubados em um período de duas semanas. A unidade buscou analisar os Boletins de Ocorrência (BOs) de roubos e furtos. As informações são do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.

Os celulares foram recuperados por meio da identificação global de cada telefone, conhecido pela sigla em inglês Imei.

“Não havia um trabalho para ressarcir a vítima daquele prejuízo que sofria. Então, quando a pessoa vinha à delegacia para fazer o B.O, acreditava que o procedimento não daria em nada”, explicou o delegado Giovani Moraes, responsável pela ação.

Segundo o oficial, o Imei e outros recursos de localização puderam mostrar para a polícia a localização atual do telefone. “Com respostas das operadoras, conseguimos encontrar as pessoas que estavam com o celular”, informou.

De acordo com Giovani, a maioria das pessoas que estavam com o celular era consumidores que haviam adquirido o produto por um preço mais baixo se comparado com a do mercado. “Essas pessoas foram autuadas por crime de receptação culposa”, destaca.

Segundo o Código Penal, trata-se de aquisição de algum produto que possui origem criminosa. A pena para este crime é reclusão de um a quatro anos e multa.

O delegado afirma que a operação também teve caráter educacional, para alertar a população a não comprar um produto de roubo, e também a realizar o Boletim de Ocorrência.

Com a recuperação dos aparelhos, a equipe da Polícia Civil do 8º DP entrou em contato para os proprietários dos telefones celulares. Segundo o delegado, as vítimas ficaram surpresas com a informação de que a polícia havia encontrado o seu pertence.

“Quando elas chegam aqui, ficaram impressionados. Há pessoas que estavam pagando a segunda parcela ou terceira do celular”, detalha o delegado.

Segundo os dados da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o Ceará registrou 59.644 furtos. O número corresponde a 5% a mais do que foi contabilizado em 2016.

Veja mais detalhes no vídeo do Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT:

 

Confira o caso no programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h10 desta quarta-feira (17).