Familiares de blogueiro morto há 9 meses em Aquiraz exigem justiça sobre o caso

IMPUNIDADE

Familiares de blogueiro morto há 9 meses em Aquiraz exigem justiça sobre o caso

Os familiares do blogueiro morto há 9 meses precisaram sair da cidade por conta de ameaças. De acordo com um parente, até o momento ninguém foi preso

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

20 de março de 2018 às 10:40

Há 1 ano
Foto do blogueiro na rádio

Luiz foi morto no dia 14 de junho do ano passado (Foto: Reprodução/TV Jangadeiro)

Familiares do blogueiro morto há 9 meses no município de Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza, exigem justiça sobre o caso de homicídio de Luiz Gustavo da Silva.

De acordo com um familiar, que optou por não se identificar, até o momento a Polícia Civil não tem nenhuma informação sobre o assassinato de Luiz. As informações são do programa Barra Pesada.

“A gente precisa de uma resposta da polícia, porque há 9 meses estamos sem resposta. Não há um acusado. Fui buscar informações, mas não tem nada”, afirmou o familiar.

Segundo ele, das vezes em que chegava à delegacia para saber o andamento do inquérito, não conseguia detalhes com os policiais civis. “Da última vez que fui lá, fiquei chateado. Eles me ‘enrolavam’, dizendo que o delegado não estava. Nenhuma deles tinham uma resposta”, afirma.

O caso

O blogueiro Luiz Gustavo da Silva, de 26 anos, foi morto com vários tiros quando chegava em casa, no município de Aquiraz. Segundo informações da Polícia Militar, os responsáveis pelo crime estavam em um imóvel abandonado próximo à residência de Luiz. Ao chegar em casa, o blogueiro foi abordado e alvejado com vários disparos.

Para o pai da vítima, o crime pode ter relação com a profissão do filho, pois ele denunciava várias irregularidades na segurança do município e crimes na cidade. “Foi uma perda muito difícil pra mim, perdi um guerreiro. Meu filho era batalhador e querido pela sociedade”, lamenta.

Publicidade

Dê sua opinião

IMPUNIDADE

Familiares de blogueiro morto há 9 meses em Aquiraz exigem justiça sobre o caso

Os familiares do blogueiro morto há 9 meses precisaram sair da cidade por conta de ameaças. De acordo com um parente, até o momento ninguém foi preso

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

20 de março de 2018 às 10:40

Há 1 ano
Foto do blogueiro na rádio

Luiz foi morto no dia 14 de junho do ano passado (Foto: Reprodução/TV Jangadeiro)

Familiares do blogueiro morto há 9 meses no município de Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza, exigem justiça sobre o caso de homicídio de Luiz Gustavo da Silva.

De acordo com um familiar, que optou por não se identificar, até o momento a Polícia Civil não tem nenhuma informação sobre o assassinato de Luiz. As informações são do programa Barra Pesada.

“A gente precisa de uma resposta da polícia, porque há 9 meses estamos sem resposta. Não há um acusado. Fui buscar informações, mas não tem nada”, afirmou o familiar.

Segundo ele, das vezes em que chegava à delegacia para saber o andamento do inquérito, não conseguia detalhes com os policiais civis. “Da última vez que fui lá, fiquei chateado. Eles me ‘enrolavam’, dizendo que o delegado não estava. Nenhuma deles tinham uma resposta”, afirma.

O caso

O blogueiro Luiz Gustavo da Silva, de 26 anos, foi morto com vários tiros quando chegava em casa, no município de Aquiraz. Segundo informações da Polícia Militar, os responsáveis pelo crime estavam em um imóvel abandonado próximo à residência de Luiz. Ao chegar em casa, o blogueiro foi abordado e alvejado com vários disparos.

Para o pai da vítima, o crime pode ter relação com a profissão do filho, pois ele denunciava várias irregularidades na segurança do município e crimes na cidade. “Foi uma perda muito difícil pra mim, perdi um guerreiro. Meu filho era batalhador e querido pela sociedade”, lamenta.