Fortaleza e interior vivem mais uma noite de ataques, apesar da chegada da Força Nacional

4º DIA

Fortaleza e interior vivem mais uma noite de ataques, apesar da chegada da Força Nacional

Houve ataques a concessionárias, estacionamento de shopping, passarela da BR-116, fotossensor, dentre outras ocorrências

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

5 de janeiro de 2019 às 09:04

Há 7 meses
Agentes da Força Nacional desembarcaram em Fortaleza na sexta-feira (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

Agentes da Força Nacional desembarcaram em Fortaleza na sexta-feira (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

Mesmo após a chegada da Força Nacional no Ceará, mais ataques criminosos foram registrados na noite desta sexta-feira e madrugada de sábado (5).

Na noite de sexta-feira, quatro homens em um carro atearam fogo em dois veículos no pátio de uma concessionária, na Avenida Abolição, Bairro Mucuripe.

Segundo testemunhas, os homens passaram pela lateral do pátio, arremessaram o líquido inflamável e atearam fogo em dois carros. Os veículos foram parcialmente queimados. O Corpo de Bombeiros foi ao local e controlou o incêndio.

Veículos no estacionamento de um shopping localizado na Avenida Bezerra de Menezes também foram incendiados.

Passarela da BR-116 foi alvo de ataque (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

Passarela da BR-116 foi alvo de ataque (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

A passarela localizada no km 13 da BR-116 foi alvo de ataque criminoso. O caso aconteceu na sexta-feira, e o fogo foi controlado às 23h52. Uma equipe do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit) foi ao local avaliar possível risco de desabamento da estrutura metálica.

Um fotossensor, localizado na Avenida Ulisses Guimarães, foi derrubado e incendiado. A via ficou bloqueada. Policiais militares e Corpo de Bombeiros compareceram ao local. O fogo foi controlado e a via desobstruída.

A antiga sede do Sine da Barra do Ceará, na Avenida Francisco Sá, foi incendiada. Internauta fez imagens do momento em que o fogo se alastrava:

http://mais.uol.com.br/view/16593754

Até a tarde de sexta-feira, o número de presos e apreendidos por envolvimentos nos crimes em Fortaleza, Região Metropolitana e Interior chegou a 50, segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Chegada da Força Nacional

A Força Nacional desembarcou em Fortaleza na noite de sexta-feira. O apoio foi solicitado pelo governador Camilo Santana (PT) e autorizado pelo ministro Sérgio Moro. Nota divulgada pelo MJSP na sexta-feira (4) informa que as tropas atuarão por 30 dias em ações de segurança e apoio à Polícia Federal (PF), à Polícia Rodoviária Federal (PRF), ao Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e às forças policiais estaduais. Caso necessário, o prazo de atuação da FN poderá ser prorrogado.

O Tribuna do Ceará aguarda da Secretaria de Segurança Pública a contagem total do número atualizado de ataques dos quatro dias da onda de terror.

Veja a cobertura sobre o caso:

5/1 – Veja quais linhas de ônibus circulam neste sábado em Fortaleza

4/1 –  “Para resolver o problema das ruas precisamos resolver o dos presídios primeiro”, diz Capitão Wagner

4/1 – Ônibus passam a circular com 3 policiais em cada veículo em Fortaleza

4/1 – 100% das vans de Fortaleza são retiradas de circulação para evitar ataques de facções 

4/1 – Bolsonaro cutuca Camilo ao enviar Força Nacional ao Ceará: “Posição radical contra nós”

4/1 – “Estado perdeu domínio dos presídios e dos bairros onde as facções atuam”, avalia especialista

4/1 – Governo adota reforço na segurança para resguardar Palácio da Abolição

4/1 – Carros de empresas de água e energia são incendiados no Ceará

4/1 – Chefe da operação da Força Nacional será um ex-comandante da elite da PM-CE, indica General Theophilo

4/1 – Coleta de lixo é parcialmente suspensa em Fortaleza devido à onda de ataques

4/1 – “Não recuaremos”, garante secretário de segurança após terrorismo de facções no Ceará

4/1 – Camilo amplia gabinete de crise e confirma 45 prisões de suspeitos de ataques

4/1 – Frota de ônibus de Fortaleza é reduzida a 30% nesta sexta, por segurança contra ataques

4/1 – Concessionária de Fortaleza tem 6 carros incendiados em onda de ataques de facções

4/1 – Viaduto de Caucaia que sofreu explosão recebe operação para evitar desabamento

4/1 – Força Nacional deve chegar ao Ceará até este sábado, com 300 agentes e 30 carros

4/1 – Ceará atinge 3º dia de onda de terror com ataques a ônibus e prédios públicos e privados

4/1 – “Declaração do secretário sobre mudanças em presídios instigou ataques”, avalia especialista

3/1 – Entenda como é a separação dos presídios por facções criminosas no Ceará

3/1 – Viaduto que corre risco de desabar após ataque criminoso passa por operação emergencial

3/1 – Casal de idosos e motorista ficam feridos após ataque a ônibus 

3/1 – Camilo Santana pede apoio da Força Nacional e do Exército após ataques no Ceará 

3/1 – “Pensei que era um meteoro”, diz moradora após explosão em viaduto de Caucaia

3/1 – Secretário opta por não comentar ataques registrados um dia após anunciar mudanças em presídios 

3/1 – Polícia prende 9 suspeitos de envolvimento na onda de ataques na Grande Fortaleza

3/1 – Cartas espalhadas em viaduto atacado ameaçam Governo por mudanças no sistema prisional 

3/1 – Ônibus de Fortaleza vão circular normalmente mesmo após ataques, garante Sindiônibus

3/1 – General Theophilo oferece intervenção federal após ataques no Ceará: “Está na mão do governador”

3/1 – Grande Fortaleza sofre onda de ataques um dia após secretário anunciar fim da divisão de facções em presídios

2/1 – “Haverá matança, se juntar detentos de facções diferentes no mesmo presídio”, alerta Copen

2/1 – Novo secretário promete fim da divisão de presídios por facções no Ceará

Publicidade

Dê sua opinião

4º DIA

Fortaleza e interior vivem mais uma noite de ataques, apesar da chegada da Força Nacional

Houve ataques a concessionárias, estacionamento de shopping, passarela da BR-116, fotossensor, dentre outras ocorrências

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

5 de janeiro de 2019 às 09:04

Há 7 meses
Agentes da Força Nacional desembarcaram em Fortaleza na sexta-feira (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

Agentes da Força Nacional desembarcaram em Fortaleza na sexta-feira (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

Mesmo após a chegada da Força Nacional no Ceará, mais ataques criminosos foram registrados na noite desta sexta-feira e madrugada de sábado (5).

Na noite de sexta-feira, quatro homens em um carro atearam fogo em dois veículos no pátio de uma concessionária, na Avenida Abolição, Bairro Mucuripe.

Segundo testemunhas, os homens passaram pela lateral do pátio, arremessaram o líquido inflamável e atearam fogo em dois carros. Os veículos foram parcialmente queimados. O Corpo de Bombeiros foi ao local e controlou o incêndio.

Veículos no estacionamento de um shopping localizado na Avenida Bezerra de Menezes também foram incendiados.

Passarela da BR-116 foi alvo de ataque (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

Passarela da BR-116 foi alvo de ataque (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

A passarela localizada no km 13 da BR-116 foi alvo de ataque criminoso. O caso aconteceu na sexta-feira, e o fogo foi controlado às 23h52. Uma equipe do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit) foi ao local avaliar possível risco de desabamento da estrutura metálica.

Um fotossensor, localizado na Avenida Ulisses Guimarães, foi derrubado e incendiado. A via ficou bloqueada. Policiais militares e Corpo de Bombeiros compareceram ao local. O fogo foi controlado e a via desobstruída.

A antiga sede do Sine da Barra do Ceará, na Avenida Francisco Sá, foi incendiada. Internauta fez imagens do momento em que o fogo se alastrava:

http://mais.uol.com.br/view/16593754

Até a tarde de sexta-feira, o número de presos e apreendidos por envolvimentos nos crimes em Fortaleza, Região Metropolitana e Interior chegou a 50, segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Chegada da Força Nacional

A Força Nacional desembarcou em Fortaleza na noite de sexta-feira. O apoio foi solicitado pelo governador Camilo Santana (PT) e autorizado pelo ministro Sérgio Moro. Nota divulgada pelo MJSP na sexta-feira (4) informa que as tropas atuarão por 30 dias em ações de segurança e apoio à Polícia Federal (PF), à Polícia Rodoviária Federal (PRF), ao Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e às forças policiais estaduais. Caso necessário, o prazo de atuação da FN poderá ser prorrogado.

O Tribuna do Ceará aguarda da Secretaria de Segurança Pública a contagem total do número atualizado de ataques dos quatro dias da onda de terror.

Veja a cobertura sobre o caso:

5/1 – Veja quais linhas de ônibus circulam neste sábado em Fortaleza

4/1 –  “Para resolver o problema das ruas precisamos resolver o dos presídios primeiro”, diz Capitão Wagner

4/1 – Ônibus passam a circular com 3 policiais em cada veículo em Fortaleza

4/1 – 100% das vans de Fortaleza são retiradas de circulação para evitar ataques de facções 

4/1 – Bolsonaro cutuca Camilo ao enviar Força Nacional ao Ceará: “Posição radical contra nós”

4/1 – “Estado perdeu domínio dos presídios e dos bairros onde as facções atuam”, avalia especialista

4/1 – Governo adota reforço na segurança para resguardar Palácio da Abolição

4/1 – Carros de empresas de água e energia são incendiados no Ceará

4/1 – Chefe da operação da Força Nacional será um ex-comandante da elite da PM-CE, indica General Theophilo

4/1 – Coleta de lixo é parcialmente suspensa em Fortaleza devido à onda de ataques

4/1 – “Não recuaremos”, garante secretário de segurança após terrorismo de facções no Ceará

4/1 – Camilo amplia gabinete de crise e confirma 45 prisões de suspeitos de ataques

4/1 – Frota de ônibus de Fortaleza é reduzida a 30% nesta sexta, por segurança contra ataques

4/1 – Concessionária de Fortaleza tem 6 carros incendiados em onda de ataques de facções

4/1 – Viaduto de Caucaia que sofreu explosão recebe operação para evitar desabamento

4/1 – Força Nacional deve chegar ao Ceará até este sábado, com 300 agentes e 30 carros

4/1 – Ceará atinge 3º dia de onda de terror com ataques a ônibus e prédios públicos e privados

4/1 – “Declaração do secretário sobre mudanças em presídios instigou ataques”, avalia especialista

3/1 – Entenda como é a separação dos presídios por facções criminosas no Ceará

3/1 – Viaduto que corre risco de desabar após ataque criminoso passa por operação emergencial

3/1 – Casal de idosos e motorista ficam feridos após ataque a ônibus 

3/1 – Camilo Santana pede apoio da Força Nacional e do Exército após ataques no Ceará 

3/1 – “Pensei que era um meteoro”, diz moradora após explosão em viaduto de Caucaia

3/1 – Secretário opta por não comentar ataques registrados um dia após anunciar mudanças em presídios 

3/1 – Polícia prende 9 suspeitos de envolvimento na onda de ataques na Grande Fortaleza

3/1 – Cartas espalhadas em viaduto atacado ameaçam Governo por mudanças no sistema prisional 

3/1 – Ônibus de Fortaleza vão circular normalmente mesmo após ataques, garante Sindiônibus

3/1 – General Theophilo oferece intervenção federal após ataques no Ceará: “Está na mão do governador”

3/1 – Grande Fortaleza sofre onda de ataques um dia após secretário anunciar fim da divisão de facções em presídios

2/1 – “Haverá matança, se juntar detentos de facções diferentes no mesmo presídio”, alerta Copen

2/1 – Novo secretário promete fim da divisão de presídios por facções no Ceará