Homem é preso suspeito de matar a mãe com espancamento em Quixeramobim

CHUTES E SOCOS

Homem é preso suspeito de matar a mãe com espancamento em Quixeramobim

Andrelino Freitas, de 21 anos, é o principal suspeito do espancamento que levou a morte de Maria das Graças Freitas, de 47 anos

Por Lyvia Rocha em Segurança Pública

1 de junho de 2017 às 11:26

Há 2 anos
O caso aconteceu em Quixeramobim (FOTO: Divulgação)

O caso aconteceu em Quixeramobim (FOTO: Divulgação)

Um homem foi preso na última quarta-feira (31), suspeito de assassinar a própria mãe, na região de Aroeiras, na zona rural de Quixeramobim, local onde o crime teria ocorrido.

Andrelino Freitas, de 21 anos, é filho da vítima e principal suspeito do espancamento que levou a morte de Maria das Graças Freitas, de 47 anos.

A vítima deu entrada no hospital Regional Doutor Pontes Neto, na terça-feira (30), com fortes dores pelo corpo. Após dois dias não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo na unidade hospitalar. A mãe do suspeito pelo crime teria recebido socos e chutes do filho.

O homem está na delegacia regional da cidade e o caso será investigado. O corpo de Maria das Graças será encaminhado ao Instituto Médico Legal para a realização dos procedimentos necessários.

Publicidade

Dê sua opinião

CHUTES E SOCOS

Homem é preso suspeito de matar a mãe com espancamento em Quixeramobim

Andrelino Freitas, de 21 anos, é o principal suspeito do espancamento que levou a morte de Maria das Graças Freitas, de 47 anos

Por Lyvia Rocha em Segurança Pública

1 de junho de 2017 às 11:26

Há 2 anos
O caso aconteceu em Quixeramobim (FOTO: Divulgação)

O caso aconteceu em Quixeramobim (FOTO: Divulgação)

Um homem foi preso na última quarta-feira (31), suspeito de assassinar a própria mãe, na região de Aroeiras, na zona rural de Quixeramobim, local onde o crime teria ocorrido.

Andrelino Freitas, de 21 anos, é filho da vítima e principal suspeito do espancamento que levou a morte de Maria das Graças Freitas, de 47 anos.

A vítima deu entrada no hospital Regional Doutor Pontes Neto, na terça-feira (30), com fortes dores pelo corpo. Após dois dias não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo na unidade hospitalar. A mãe do suspeito pelo crime teria recebido socos e chutes do filho.

O homem está na delegacia regional da cidade e o caso será investigado. O corpo de Maria das Graças será encaminhado ao Instituto Médico Legal para a realização dos procedimentos necessários.