Homem que roubou e estuprou turista alemã em Jeri é condenado a 10 anos de prisão

REINCIDENTE

Homem que roubou e estuprou turista alemã em Jeri é condenado a 10 anos de prisão

O crime aconteceu em 2015. Francisco Fagner roubou a vítima e a obrigou a ter relações sexuais sob ameaças de morte

Por Daniel Rocha em Segurança Pública

18 de janeiro de 2018 às 12:40

Há 1 ano

O crime aconteceu em dezembro de 2015 (Foto: Reprodução)

Francisco Fagner Fernandes de Sousa foi condenado a 10 anos de prisão por ter roubado e estuprado uma turista alemã, em 2015. Foram quatro anos de prisão por conta do roubo e seis anos pelo estupro. A decisão partiu do juiz Silmar Lima Carvalho, da Comarca de Jijoca de Jericoacoara, no último dia 9.

De acordo com o magistrado, o ato foi “praticado mediante grave ameaça”. Francisco também teve o direito de recorrer em liberdade negado pelo juiz. A decisão foi para garantir a ordem pública.

“Isso porque foram duas condenações de alta gravidade, além de responder a inúmeros outros processos, revelando alta periculosidade, sendo razoável e até previsível imaginar que se posto em liberdade voltar a delinquir”, destacou o juiz na decisão.

Os crimes aconteceram no dia 26 de dezembro de 2015, na Duna Pôr do Sol. Francisco abordou a turista e roubou o celular, câmera fotográfica e R$ 400 em dinheiro. Além disso, ameaçou matá-la caso não tivesse relações sexuais com ele.

Em janeiro de 2016, Francisco havia confessado à Polícia Civil que era usuário de drogas e, no dia do crime, havia consumido crack, maconha e cocaína. Também informou que costumava ir para a região para cometer crimes. O rapaz já respondia por roubo, receptação e furto de veículos.

Publicidade

Dê sua opinião

REINCIDENTE

Homem que roubou e estuprou turista alemã em Jeri é condenado a 10 anos de prisão

O crime aconteceu em 2015. Francisco Fagner roubou a vítima e a obrigou a ter relações sexuais sob ameaças de morte

Por Daniel Rocha em Segurança Pública

18 de janeiro de 2018 às 12:40

Há 1 ano

O crime aconteceu em dezembro de 2015 (Foto: Reprodução)

Francisco Fagner Fernandes de Sousa foi condenado a 10 anos de prisão por ter roubado e estuprado uma turista alemã, em 2015. Foram quatro anos de prisão por conta do roubo e seis anos pelo estupro. A decisão partiu do juiz Silmar Lima Carvalho, da Comarca de Jijoca de Jericoacoara, no último dia 9.

De acordo com o magistrado, o ato foi “praticado mediante grave ameaça”. Francisco também teve o direito de recorrer em liberdade negado pelo juiz. A decisão foi para garantir a ordem pública.

“Isso porque foram duas condenações de alta gravidade, além de responder a inúmeros outros processos, revelando alta periculosidade, sendo razoável e até previsível imaginar que se posto em liberdade voltar a delinquir”, destacou o juiz na decisão.

Os crimes aconteceram no dia 26 de dezembro de 2015, na Duna Pôr do Sol. Francisco abordou a turista e roubou o celular, câmera fotográfica e R$ 400 em dinheiro. Além disso, ameaçou matá-la caso não tivesse relações sexuais com ele.

Em janeiro de 2016, Francisco havia confessado à Polícia Civil que era usuário de drogas e, no dia do crime, havia consumido crack, maconha e cocaína. Também informou que costumava ir para a região para cometer crimes. O rapaz já respondia por roubo, receptação e furto de veículos.