Membro do Comando Vermelho é preso em Fortaleza suspeito de arrancar mão de adolescente


Membro do Comando Vermelho é preso em Fortaleza suspeito de arrancar mão de adolescente

Francisco Manoel de Sousa Filho foi preso em flagrante suspeito de torturar, mutilar e espancar uma adolescente

Por Matheus Ribeiro em Segurança Pública

18 de maio de 2016 às 09:45

Há 3 anos
Francisco Manuel, conhecido como 'Noênio' (a esquerda), se diz integrante do Comando Vermelho em Fortaleza (FOTO: Divulgação Polícia Civil)

Francisco Manuel (à esquerda) se diz integrante do Comando Vermelho em Fortaleza (FOTO: Divulgação Polícia Civil)

Um homem e duas adolescentes foram capturados na tarde desta terça-feira (17) suspeitas de cometerem tortura e de mutilar uma jovem de 16 anos. Francisco Manoel de Sousa Filho, de 20, conhecido como ‘Noênio’, foi preso em flagrante pelos policiais civis do 15º Distrito Policial, no Bairro Cidade 2000. De acordo com a Polícia, o traficante se diz membro do Comando Vermelho e teria iniciado a tortura após a adolescente ter furtado uma pistola de calibre 380 da sua residência.

Conforme o delegado Hélio Marques, a jovem estaria sendo torturada por pelo menos quatro pessoas e foi mantida em cárcere privado. “A gente recebeu a informação domingo à noite que uma adolescente tinha sido sequestrada por um traficante e estava sendo mantida em cárcere privado. Foram várias sessões de tortura. Eles torturavam e saíam pra confirmar as informações. Quando elas não batiam, eles voltavam com mais raiva e torturavam ainda mais”, relatou o delegado. 

Os suspeitos só pararam com a tortura na adolescente após dois pastores evangélicos intermediarem pedindo para parar com o espancamento. A jovem, conhecida como Clara, deu entrada no Hospital Geral de Fortaleza (HGF) com uma mão amputada e diversas marcas de espancamento espalhadas pelo corpo.

“Ela foi encaminhada direto pra sala de ressuscitação e passou por alguns procedimentos cirúrgicos. Eles não a mataram porque começaram a aparecer testemunhas no local e imaginaram em um momento que a adolescente já estava morta. Por isso, não executaram de vez”, informou Hélio Marques.

Com os suspeitos foram apreendidos três celulares e uma faca, supostamente utilizada no crime (FOTO: Divulgação Polícia Civil)

Com os suspeitos foram apreendidos três celulares e uma faca, supostamente utilizada no crime (FOTO: Divulgação Polícia Civil)

 

Investigação policial

De acordo com a polícia, além do traficante, a sua companheira de apenas 17 anos e outra adolescente, que não teve nome e idade divulgados, foram apreendidas. Pelo menos outros dois suspeitos de participação do crime ainda estão foragidos.

Publicidade

Dê sua opinião

Membro do Comando Vermelho é preso em Fortaleza suspeito de arrancar mão de adolescente

Francisco Manoel de Sousa Filho foi preso em flagrante suspeito de torturar, mutilar e espancar uma adolescente

Por Matheus Ribeiro em Segurança Pública

18 de maio de 2016 às 09:45

Há 3 anos
Francisco Manuel, conhecido como 'Noênio' (a esquerda), se diz integrante do Comando Vermelho em Fortaleza (FOTO: Divulgação Polícia Civil)

Francisco Manuel (à esquerda) se diz integrante do Comando Vermelho em Fortaleza (FOTO: Divulgação Polícia Civil)

Um homem e duas adolescentes foram capturados na tarde desta terça-feira (17) suspeitas de cometerem tortura e de mutilar uma jovem de 16 anos. Francisco Manoel de Sousa Filho, de 20, conhecido como ‘Noênio’, foi preso em flagrante pelos policiais civis do 15º Distrito Policial, no Bairro Cidade 2000. De acordo com a Polícia, o traficante se diz membro do Comando Vermelho e teria iniciado a tortura após a adolescente ter furtado uma pistola de calibre 380 da sua residência.

Conforme o delegado Hélio Marques, a jovem estaria sendo torturada por pelo menos quatro pessoas e foi mantida em cárcere privado. “A gente recebeu a informação domingo à noite que uma adolescente tinha sido sequestrada por um traficante e estava sendo mantida em cárcere privado. Foram várias sessões de tortura. Eles torturavam e saíam pra confirmar as informações. Quando elas não batiam, eles voltavam com mais raiva e torturavam ainda mais”, relatou o delegado. 

Os suspeitos só pararam com a tortura na adolescente após dois pastores evangélicos intermediarem pedindo para parar com o espancamento. A jovem, conhecida como Clara, deu entrada no Hospital Geral de Fortaleza (HGF) com uma mão amputada e diversas marcas de espancamento espalhadas pelo corpo.

“Ela foi encaminhada direto pra sala de ressuscitação e passou por alguns procedimentos cirúrgicos. Eles não a mataram porque começaram a aparecer testemunhas no local e imaginaram em um momento que a adolescente já estava morta. Por isso, não executaram de vez”, informou Hélio Marques.

Com os suspeitos foram apreendidos três celulares e uma faca, supostamente utilizada no crime (FOTO: Divulgação Polícia Civil)

Com os suspeitos foram apreendidos três celulares e uma faca, supostamente utilizada no crime (FOTO: Divulgação Polícia Civil)

 

Investigação policial

De acordo com a polícia, além do traficante, a sua companheira de apenas 17 anos e outra adolescente, que não teve nome e idade divulgados, foram apreendidas. Pelo menos outros dois suspeitos de participação do crime ainda estão foragidos.