Pais denunciam agressão de professoras a criança em escola em Caucaia

POLÍCIA INVESTIGA

Pais denunciam agressão de professoras a criança em escola em Caucaia

Vídeos mostram, por exemplo, uma professora dizendo para uma criança cuspir em outra. Duas funcionárias foram afastadas pela escola

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

26 de abril de 2019 às 16:26

Há 2 meses
O caso aconteceu em uma escola infantil em Caucaia (FOTO: Reprodução)

O caso aconteceu em uma escola infantil em Caucaia (FOTO: Reprodução)

Os pais de uma criança de 4 anos denunciam que o filho foi agredido em uma escola no bairro Parque Soledade, em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza. A Polícia Civil investiga o caso.

De acordo com informações do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, a mãe percebeu algumas mudanças no comportamento da criança, como o fato de o garoto não querer mais ir à escola.

A família procurou a direção da instituição em busca de imagens da sala de aula e percebeu, por meio dos vídeos, o tratamento agressivo de professora e da auxiliar com o filho. Nas imagens, é possível observar a professora segurando a criança com força e induzindo outro aluno a cuspir no rosto do garoto.

A TV Jangadeiro entrou em contato com a direção da escola e foi informada que as duas professoras estão afastadas até que a Justiça conclua o caso.

Confira todos os detalhes na reportagem do Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT:

 

Publicidade

Dê sua opinião

POLÍCIA INVESTIGA

Pais denunciam agressão de professoras a criança em escola em Caucaia

Vídeos mostram, por exemplo, uma professora dizendo para uma criança cuspir em outra. Duas funcionárias foram afastadas pela escola

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

26 de abril de 2019 às 16:26

Há 2 meses
O caso aconteceu em uma escola infantil em Caucaia (FOTO: Reprodução)

O caso aconteceu em uma escola infantil em Caucaia (FOTO: Reprodução)

Os pais de uma criança de 4 anos denunciam que o filho foi agredido em uma escola no bairro Parque Soledade, em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza. A Polícia Civil investiga o caso.

De acordo com informações do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, a mãe percebeu algumas mudanças no comportamento da criança, como o fato de o garoto não querer mais ir à escola.

A família procurou a direção da instituição em busca de imagens da sala de aula e percebeu, por meio dos vídeos, o tratamento agressivo de professora e da auxiliar com o filho. Nas imagens, é possível observar a professora segurando a criança com força e induzindo outro aluno a cuspir no rosto do garoto.

A TV Jangadeiro entrou em contato com a direção da escola e foi informada que as duas professoras estão afastadas até que a Justiça conclua o caso.

Confira todos os detalhes na reportagem do Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT: