Polícia faz maior apreensão de anabolizantes na história do Ceará


Polícia faz maior apreensão de anabolizantes na história do Ceará

Os três suspeitos presos em Fortaleza estavam com 200 mil comprimidos e quase 3 mil ampolas de esteroides anabolizantes

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

9 de julho de 2015 às 18:12

Há 4 anos
200 mil comprimidos e 3 mil ampolas de esteroides anabolizantes são apreendidas (FOTO: Divulgação)

200 mil comprimidos e 3 mil ampolas de esteroides anabolizantes são apreendidas (FOTO: Divulgação)

A Polícia Civil divulgou nesta quinta-feira (9), a maior apreensão de anabolizantes do Ceará, com 200 mil comprimidos e 3 mil ampolas de esteroides. Com as drogas, a Polícia Civil prendeu três suspeitos de comercializar os produtos em academias de Fortaleza, na última quarta-feira (8).

Sem antecedentes criminais, os três suspeitos foram presos em bairros diferentes. Platiny Samuel Ferreira Silva, 33 anos, foi preso no Vila União, quando ia distribuir os produtos. Depois foram presos José Almeida Barros Neto, 30 anos, o “cabeça” do grupo, e Davi de Sousa Rodrigues, 29 anos.

Eles foram encaminhados à sede da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD). O trio deve responder pelos crimes de corrupção e adulteração de produtos destinados a fins terapêuticos ou medicinais, além de associação criminosa.

Morte

Uma universitária de 24 anos morreu no dia 14 de março de 2015, após uso de anabolizantes. Tayná Barbosa era frequentadora assídua da academia Power Fitness, no Bairro Joaquim Távora, em Fortaleza. Segundo uma amiga entrevistada pelo Tribuna do Ceará, a jovem malhava de domingo a domingo, e na busca pelo corpo perfeito teria ido três vezes a uma academia num mesmo dia.

Publicidade

Dê sua opinião

Polícia faz maior apreensão de anabolizantes na história do Ceará

Os três suspeitos presos em Fortaleza estavam com 200 mil comprimidos e quase 3 mil ampolas de esteroides anabolizantes

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

9 de julho de 2015 às 18:12

Há 4 anos
200 mil comprimidos e 3 mil ampolas de esteroides anabolizantes são apreendidas (FOTO: Divulgação)

200 mil comprimidos e 3 mil ampolas de esteroides anabolizantes são apreendidas (FOTO: Divulgação)

A Polícia Civil divulgou nesta quinta-feira (9), a maior apreensão de anabolizantes do Ceará, com 200 mil comprimidos e 3 mil ampolas de esteroides. Com as drogas, a Polícia Civil prendeu três suspeitos de comercializar os produtos em academias de Fortaleza, na última quarta-feira (8).

Sem antecedentes criminais, os três suspeitos foram presos em bairros diferentes. Platiny Samuel Ferreira Silva, 33 anos, foi preso no Vila União, quando ia distribuir os produtos. Depois foram presos José Almeida Barros Neto, 30 anos, o “cabeça” do grupo, e Davi de Sousa Rodrigues, 29 anos.

Eles foram encaminhados à sede da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD). O trio deve responder pelos crimes de corrupção e adulteração de produtos destinados a fins terapêuticos ou medicinais, além de associação criminosa.

Morte

Uma universitária de 24 anos morreu no dia 14 de março de 2015, após uso de anabolizantes. Tayná Barbosa era frequentadora assídua da academia Power Fitness, no Bairro Joaquim Távora, em Fortaleza. Segundo uma amiga entrevistada pelo Tribuna do Ceará, a jovem malhava de domingo a domingo, e na busca pelo corpo perfeito teria ido três vezes a uma academia num mesmo dia.