Polícia investiga duplo homicídio de mulheres ao descerem de ônibus em Fortaleza

VIOLÊNCIA

Polícia investiga duplo homicídio de mulheres ao descerem de ônibus em Fortaleza

Dois homens teriam executado as vítimas em uma via movimentada do Parque São José, a Avenida Cônego de Castro

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

9 de novembro de 2018 às 09:16

Há 8 meses
morte-mulheres

Duas mulheres foram mortas no Parque São José. (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Duas mulheres foram executadas no Parque São José, em Fortaleza. Elas teriam sido mortas após descer de um ônibus, que estava sendo seguido pelos assassinos em um carro. O crime ocorreu nesta quarta-feira (8). As vítimas, possivelmente adolescentes, ainda não foram identificadas. A Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) e a Perícia Forense estiveram no local.

As duas vítimas foram mortas na Avenida Cônego de Castro, que é bastante movimentada. A informação inicial é de que dois homens seriam os responsáveis pela execução. Uma das vítimas portava uma bolsa e um celular, que foram recolhidos pela perícia. Nenhum familiar ou conhecido apareceu no local para reconhecer os corpos ou repassar mais informações.

“Foram constatadas perfurações, a maioria na cabeça, e também nas costas e na mão. Não dá para precisar (a arma). Possivelmente não foi pistola, pois não encontramos nenhuma cápsula de pistola. Pode ter sido uma calibre 38 ou similar. Nenhuma identificação, nenhuma com documento. Uma com pequena bolsa e sem documentação. Elas aparentam ser adolescentes entre 15 e 16 anos”, disse o perito Ireudo Pereira. A polícia busca imagens das câmeras de segurança da área para tentar identificar as autorias dos crimes.

Por meio de nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que “conforme levantamentos preliminares, os suspeitos chegaram em um veículo, em seguida, um suspeito desceu do carro e disparou contras as vítimas. Os corpos delas foram recolhidos para a Coordenadoria de Medicina Legal (Comel), na Pefoce, para procedimentos periciais. Diligências estão em andamento visando identificar e prender os autores do crime. Um inquérito policial foi instaurado no DHPP para apurar as circunstâncias do fato.

A Secretaria de Segurança reforça que a população pode contribuir com as investigações. Denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), para o (85) 3257-4807, do DHPP, ou ainda para o número (85) 99111-7498, que é o WhatsApp do Departamento, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem. O sigilo é garantido.

Confira a reportagem no programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h10 desta sexta-feira (9).

Publicidade

Dê sua opinião

VIOLÊNCIA

Polícia investiga duplo homicídio de mulheres ao descerem de ônibus em Fortaleza

Dois homens teriam executado as vítimas em uma via movimentada do Parque São José, a Avenida Cônego de Castro

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

9 de novembro de 2018 às 09:16

Há 8 meses
morte-mulheres

Duas mulheres foram mortas no Parque São José. (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Duas mulheres foram executadas no Parque São José, em Fortaleza. Elas teriam sido mortas após descer de um ônibus, que estava sendo seguido pelos assassinos em um carro. O crime ocorreu nesta quarta-feira (8). As vítimas, possivelmente adolescentes, ainda não foram identificadas. A Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) e a Perícia Forense estiveram no local.

As duas vítimas foram mortas na Avenida Cônego de Castro, que é bastante movimentada. A informação inicial é de que dois homens seriam os responsáveis pela execução. Uma das vítimas portava uma bolsa e um celular, que foram recolhidos pela perícia. Nenhum familiar ou conhecido apareceu no local para reconhecer os corpos ou repassar mais informações.

“Foram constatadas perfurações, a maioria na cabeça, e também nas costas e na mão. Não dá para precisar (a arma). Possivelmente não foi pistola, pois não encontramos nenhuma cápsula de pistola. Pode ter sido uma calibre 38 ou similar. Nenhuma identificação, nenhuma com documento. Uma com pequena bolsa e sem documentação. Elas aparentam ser adolescentes entre 15 e 16 anos”, disse o perito Ireudo Pereira. A polícia busca imagens das câmeras de segurança da área para tentar identificar as autorias dos crimes.

Por meio de nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que “conforme levantamentos preliminares, os suspeitos chegaram em um veículo, em seguida, um suspeito desceu do carro e disparou contras as vítimas. Os corpos delas foram recolhidos para a Coordenadoria de Medicina Legal (Comel), na Pefoce, para procedimentos periciais. Diligências estão em andamento visando identificar e prender os autores do crime. Um inquérito policial foi instaurado no DHPP para apurar as circunstâncias do fato.

A Secretaria de Segurança reforça que a população pode contribuir com as investigações. Denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), para o (85) 3257-4807, do DHPP, ou ainda para o número (85) 99111-7498, que é o WhatsApp do Departamento, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem. O sigilo é garantido.

Confira a reportagem no programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h10 desta sexta-feira (9).