Polícia procura homem que matou esposa e enteada por ciúmes do ex-companheiro

DUPLO FEMINICÍDIO

Polícia procura homem que matou esposa e enteada por ciúmes do ex-companheiro

Morador de Itapipoca, Marlin Oliveira, de 41 anos, enviou áudios de Whatsapp para familiares avisando que havia matado a mulher e a enteada

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

10 de junho de 2019 às 10:57

Há 2 semanas

Francisco Marlin é suspeito de matar mulher e enteada a facadas. (FOTO: Reprodução/WhatsApp)

Mãe e filha foram mortas a facadas pelo companheiro da mulher na cidade de Itapipoca, na região norte do Ceará. Maria Erivalda Frota, de 31 anos, e a pequena Maria Cecília, de 1 ano e 8 meses, foram mortas após crise de ciúme de Francisco Marlin Oliveira, de 41 anos, com o pai da menina, ex-companheiro da mulher.

Após o crime, no sábado (7), ele avisou a família através de áudio no Whatsapp. O casal mantinha relacionamento há menos de um ano.

O suspeito do duplo feminicídio está foragido. Um mandado de prisão preventiva contra ele foi emitido pela Justiça.

As vítimas foram sepultadas neste domingo (9), no Cemitério São Sebastião, na cidade de Amontada.

Segundo apurou a Polícia, Marlin não aceitava o contato da mulher com o pai da filha dela. Havia briga toda vez que o homem visitava a criança. Ele até tirou algumas roupas da casa e confidenciou aos vizinhos que estava pensando em fazer “besteira”.

Familiares da vítima, que moravam próximos, desconheciam as brigas do casal, mas enxergavam atitudes suspeitas do homem. Durante a manhã, a família de Valda foi surpreendida com o áudio do suspeito avisando que havia matado a companheira e a enteada.

Foi uma prima que saiu de casa correndo para ver o que havia ocorrido. No local, os parentes encontraram a mulher e a criança sem vida.

Valda e Cecília foram mortas a facadas. (FOTO: Reprodução/Facebook)

À reportagem do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, a vizinhança relatou que as brigas entre o casal eram constantes, principalmente quando o pai da menina ia deixar algo para a criança. Os vizinhos falaram que ele se preocupava em saber se a discussão entre o casal teria sido ouvida por eles.

Depois de praticar o crime e avisar aos familiares das vítimas, Marlin fugiu para uma região de serra entre Itapipoca e Itapajé. O delegado Março Pizzolatti, plantonista que atendeu a ocorrência, confirmou que o motivo seria ciúme. A polícia faz buscas na região para localizar o suspeito que teria fugido em uma moto que foi encontrada em um açude.

Denúncia

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam auxiliar os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), para o (88) 3673-7042, da Delegacia Regional de Itapipoca. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Confira mais detalhes no Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT:

Publicidade

Dê sua opinião

DUPLO FEMINICÍDIO

Polícia procura homem que matou esposa e enteada por ciúmes do ex-companheiro

Morador de Itapipoca, Marlin Oliveira, de 41 anos, enviou áudios de Whatsapp para familiares avisando que havia matado a mulher e a enteada

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

10 de junho de 2019 às 10:57

Há 2 semanas

Francisco Marlin é suspeito de matar mulher e enteada a facadas. (FOTO: Reprodução/WhatsApp)

Mãe e filha foram mortas a facadas pelo companheiro da mulher na cidade de Itapipoca, na região norte do Ceará. Maria Erivalda Frota, de 31 anos, e a pequena Maria Cecília, de 1 ano e 8 meses, foram mortas após crise de ciúme de Francisco Marlin Oliveira, de 41 anos, com o pai da menina, ex-companheiro da mulher.

Após o crime, no sábado (7), ele avisou a família através de áudio no Whatsapp. O casal mantinha relacionamento há menos de um ano.

O suspeito do duplo feminicídio está foragido. Um mandado de prisão preventiva contra ele foi emitido pela Justiça.

As vítimas foram sepultadas neste domingo (9), no Cemitério São Sebastião, na cidade de Amontada.

Segundo apurou a Polícia, Marlin não aceitava o contato da mulher com o pai da filha dela. Havia briga toda vez que o homem visitava a criança. Ele até tirou algumas roupas da casa e confidenciou aos vizinhos que estava pensando em fazer “besteira”.

Familiares da vítima, que moravam próximos, desconheciam as brigas do casal, mas enxergavam atitudes suspeitas do homem. Durante a manhã, a família de Valda foi surpreendida com o áudio do suspeito avisando que havia matado a companheira e a enteada.

Foi uma prima que saiu de casa correndo para ver o que havia ocorrido. No local, os parentes encontraram a mulher e a criança sem vida.

Valda e Cecília foram mortas a facadas. (FOTO: Reprodução/Facebook)

À reportagem do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, a vizinhança relatou que as brigas entre o casal eram constantes, principalmente quando o pai da menina ia deixar algo para a criança. Os vizinhos falaram que ele se preocupava em saber se a discussão entre o casal teria sido ouvida por eles.

Depois de praticar o crime e avisar aos familiares das vítimas, Marlin fugiu para uma região de serra entre Itapipoca e Itapajé. O delegado Março Pizzolatti, plantonista que atendeu a ocorrência, confirmou que o motivo seria ciúme. A polícia faz buscas na região para localizar o suspeito que teria fugido em uma moto que foi encontrada em um açude.

Denúncia

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam auxiliar os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), para o (88) 3673-7042, da Delegacia Regional de Itapipoca. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Confira mais detalhes no Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT: