Presidente de torcida organizada do Ceará é morto a tiros em Maracanaú

MOFI DE LUTO

Presidente de torcida organizada do Ceará é morto a tiros em Maracanaú

O presidente da Mofi foi assassinado com sete tiros, por um homem que desceu de veículo

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

24 de abril de 2016 às 15:55

Há 3 anos
A Mofi é uma das principais torcidas organizadas do Ceará (FOTO: Reprodução Facebook)

A Mofi é uma das principais torcidas organizadas do Ceará (FOTO: Reprodução Facebook)

O presidente da Movimento Organizado Força Independente (Mofi), torcida organizada do Ceará, Vicente de Paula Lima Pereira, o Paulinho, foi assassinado na manhã deste domingo (24), no Bairro Novo Oriente, em Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza.

De acordo com a Polícia Militar, Paulinho foi atingido com sete tiros, às 10h30. Ele estava na Avenida Central, quando um homem desceu de um carro Chevrolet Vectra e fez os disparos. O torcedor do Ceará morreu no local.

Luto na torcida

“As pessoas que o conheceram sabem que ele era um bom pai de família, humilde. Nosso eterno presidente, você nunca será esquecido”, escreveu a Fanpage da Mofi Messejana. Paulinho, de 34 anos, deixou dois filhos.

A Polícia Civil iniciou as investigações para apurar se a motivação do crime teve relação com a rivalidade entre torcidas organizadas de futebol. Fundada há 13 anos, a Mofi é uma das maiores facções do Ceará.

Publicidade

Dê sua opinião

MOFI DE LUTO

Presidente de torcida organizada do Ceará é morto a tiros em Maracanaú

O presidente da Mofi foi assassinado com sete tiros, por um homem que desceu de veículo

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

24 de abril de 2016 às 15:55

Há 3 anos
A Mofi é uma das principais torcidas organizadas do Ceará (FOTO: Reprodução Facebook)

A Mofi é uma das principais torcidas organizadas do Ceará (FOTO: Reprodução Facebook)

O presidente da Movimento Organizado Força Independente (Mofi), torcida organizada do Ceará, Vicente de Paula Lima Pereira, o Paulinho, foi assassinado na manhã deste domingo (24), no Bairro Novo Oriente, em Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza.

De acordo com a Polícia Militar, Paulinho foi atingido com sete tiros, às 10h30. Ele estava na Avenida Central, quando um homem desceu de um carro Chevrolet Vectra e fez os disparos. O torcedor do Ceará morreu no local.

Luto na torcida

“As pessoas que o conheceram sabem que ele era um bom pai de família, humilde. Nosso eterno presidente, você nunca será esquecido”, escreveu a Fanpage da Mofi Messejana. Paulinho, de 34 anos, deixou dois filhos.

A Polícia Civil iniciou as investigações para apurar se a motivação do crime teve relação com a rivalidade entre torcidas organizadas de futebol. Fundada há 13 anos, a Mofi é uma das maiores facções do Ceará.