Quadrilha armada explode agência do Banco do Brasil no município de Cariré

39º ATAQUE DO ANO

Quadrilha armada explode agência do Banco do Brasil no município de Cariré

Até o momento, não há informações se a quadrilha conseguiu levar algum dinheiro. Um cerco policial foi montado na manhã desta terça

Por Jangadeiro FM em Segurança Pública

18 de dezembro de 2018 às 10:24

Há 7 meses
Ataques no banco de Cariré

A agência do Banco do Brasil ficou totalmente destruída após o ataque (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Mais um ataque a bancos assusta moradores do interior do Estado. Desta vez, foi no município de Cariré, a 265 km de Fortaleza. Um grupo de criminosos armados atacou uma agência do Banco do Brasil. A ação aconteceu na madrugada desta terça-feira (18). No último dia 7, uma tentativa de assalto a banco resultou na morte de 14 pessoas, em Milagres. Seis eram reféns.

De acordo com a Rede Jangadeiro FM, cerca de 10 homens armados com pistolas, fuzis e escopetas entraram no município para assaltar a agência do Banco do Brasil. Os criminosos efetuaram vários disparos de arma de fogo para cima a fim assustar os moradores da região.

Uma moradora do município, que optou por não se identificar, informou que a ação dos criminosos durou poucos minutos. “Eles (criminosos) ficaram nas proximidades do banco. Fizeram a explosão e fugiram em direção ao município de Varjota”, relatou a mulher.

Segundo o tenente Coronel Assis, comandante da área integrada de segurança 14, em entrevista à Rede Jangadeiro FM, na ocorrência, a polícia desconhecia a ação e não conseguiu evitar o ataque ao contrário do caso de Milagres. Não houve troca de tiros entre os agentes de segurança e o grupo.

Após a ocorrência, um cerco policial foi montado na manhã desta terça com reforço de agentes de toda a região norte a fim de localizar a quadrilha. “Aqui há várias rotas de fuga. Eles (criminosos) podem subir para a Serra de Ibiapaba, eles podem também fugir indo para Varjota”, comentou o tenente.

O prédio do Banco do Brasil ficou parcialmente destruído, segundo a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Até o momento, não há informações se os criminosos conseguiram levar algum dinheiro, mas o Coronel Assis acredita que os caixas eletrônicos não estavam abastecidos.

Segundo o Sindicato dos Bancários do Ceará, o caso de Cariré é o 39º ataque a instituição financeira no Estado em 2018, incluindo explosões de agências bancárias e caixas eletrônicos. No último dia 7, duas agências de Milagres foram atacadas, mas o assalto foi frustrado pela polícia que tinha conhecimento da ação. Entretanto, a ação resultou na morte de 14 pessoas. Desse total, seis eram reféns.

A SSPDS ressalta que a população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam ajudar na localização do suspeito. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). O sigilo é garantido

Ouça a matéria do repórter Felipe Sampaio, da Rede Jangadeiro FM

Publicidade

Dê sua opinião

39º ATAQUE DO ANO

Quadrilha armada explode agência do Banco do Brasil no município de Cariré

Até o momento, não há informações se a quadrilha conseguiu levar algum dinheiro. Um cerco policial foi montado na manhã desta terça

Por Jangadeiro FM em Segurança Pública

18 de dezembro de 2018 às 10:24

Há 7 meses
Ataques no banco de Cariré

A agência do Banco do Brasil ficou totalmente destruída após o ataque (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Mais um ataque a bancos assusta moradores do interior do Estado. Desta vez, foi no município de Cariré, a 265 km de Fortaleza. Um grupo de criminosos armados atacou uma agência do Banco do Brasil. A ação aconteceu na madrugada desta terça-feira (18). No último dia 7, uma tentativa de assalto a banco resultou na morte de 14 pessoas, em Milagres. Seis eram reféns.

De acordo com a Rede Jangadeiro FM, cerca de 10 homens armados com pistolas, fuzis e escopetas entraram no município para assaltar a agência do Banco do Brasil. Os criminosos efetuaram vários disparos de arma de fogo para cima a fim assustar os moradores da região.

Uma moradora do município, que optou por não se identificar, informou que a ação dos criminosos durou poucos minutos. “Eles (criminosos) ficaram nas proximidades do banco. Fizeram a explosão e fugiram em direção ao município de Varjota”, relatou a mulher.

Segundo o tenente Coronel Assis, comandante da área integrada de segurança 14, em entrevista à Rede Jangadeiro FM, na ocorrência, a polícia desconhecia a ação e não conseguiu evitar o ataque ao contrário do caso de Milagres. Não houve troca de tiros entre os agentes de segurança e o grupo.

Após a ocorrência, um cerco policial foi montado na manhã desta terça com reforço de agentes de toda a região norte a fim de localizar a quadrilha. “Aqui há várias rotas de fuga. Eles (criminosos) podem subir para a Serra de Ibiapaba, eles podem também fugir indo para Varjota”, comentou o tenente.

O prédio do Banco do Brasil ficou parcialmente destruído, segundo a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Até o momento, não há informações se os criminosos conseguiram levar algum dinheiro, mas o Coronel Assis acredita que os caixas eletrônicos não estavam abastecidos.

Segundo o Sindicato dos Bancários do Ceará, o caso de Cariré é o 39º ataque a instituição financeira no Estado em 2018, incluindo explosões de agências bancárias e caixas eletrônicos. No último dia 7, duas agências de Milagres foram atacadas, mas o assalto foi frustrado pela polícia que tinha conhecimento da ação. Entretanto, a ação resultou na morte de 14 pessoas. Desse total, seis eram reféns.

A SSPDS ressalta que a população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam ajudar na localização do suspeito. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). O sigilo é garantido

Ouça a matéria do repórter Felipe Sampaio, da Rede Jangadeiro FM