Rebelião na cadeia pública de Pentecoste deixa 9 feridos e 2 mortos

CONFRONTO

Rebelião na cadeia pública de Pentecoste deixa 9 feridos e 2 mortos

O confronto entre presos, integrantes de facções rivais, aconteceu durante o banho de sol. No momento do tiroteio, a cadeia contava com 63 detentos

Por Lya Cardoso em Segurança Pública

7 de março de 2018 às 16:47

Há 1 ano
Presos em delegacia

Os feridos foram encaminhados até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) (FOTO: Reprodução/ Jangadeiro)

Uma rebelião aconteceu nesta quarta-feira (7) na Cadeia Pública da cidade de Pentecoste, no Ceará.

A rebelião começou quando membros de facções criminosas entraram em confronto durante um banho de sol. Integrantes do Comando Vermelho (CV) atiraram contra membros da Guardiões do Estado (GDE).

Dois presos baleados foram encaminhados até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiram aos ferimentos. Durante o tiroteio nove pessoas ficaram feridas e duas mortas, identificadas como Nicolas Mateus Soares Moreira e Gleyson Vieira da Silva.

A Polícia Militar conteve a rebelião e, em seguida, o Comando Tático Rural (Cotar) foi acionado para a ocorrência. O Ciopaer realizou o translado das vítimas até o Instituto Doutor José Frota (IJF), em Fortaleza.

Em vistoria realizada dentro das celas após a rebelião, os policiais encontraram duas armas de fogo, oito facas, quatro cossocos, munições intactas e deflagradas. Ainda foram apreendidos durante outra vistoria realizada na terça-feira (6), dez celulares, dez carregadores, uma arma artesanal, uma tesoura, uma faca, duas barras de ferro e uma picareta.

Parentes de presos informaram que já haviam feito o pedido para a separação de visitas dos presos a fim evitar futuros conflitos. Segundo um policial, no momento do tiroteio a cadeia contava com 63 detentos.

Publicidade

Dê sua opinião

CONFRONTO

Rebelião na cadeia pública de Pentecoste deixa 9 feridos e 2 mortos

O confronto entre presos, integrantes de facções rivais, aconteceu durante o banho de sol. No momento do tiroteio, a cadeia contava com 63 detentos

Por Lya Cardoso em Segurança Pública

7 de março de 2018 às 16:47

Há 1 ano
Presos em delegacia

Os feridos foram encaminhados até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) (FOTO: Reprodução/ Jangadeiro)

Uma rebelião aconteceu nesta quarta-feira (7) na Cadeia Pública da cidade de Pentecoste, no Ceará.

A rebelião começou quando membros de facções criminosas entraram em confronto durante um banho de sol. Integrantes do Comando Vermelho (CV) atiraram contra membros da Guardiões do Estado (GDE).

Dois presos baleados foram encaminhados até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiram aos ferimentos. Durante o tiroteio nove pessoas ficaram feridas e duas mortas, identificadas como Nicolas Mateus Soares Moreira e Gleyson Vieira da Silva.

A Polícia Militar conteve a rebelião e, em seguida, o Comando Tático Rural (Cotar) foi acionado para a ocorrência. O Ciopaer realizou o translado das vítimas até o Instituto Doutor José Frota (IJF), em Fortaleza.

Em vistoria realizada dentro das celas após a rebelião, os policiais encontraram duas armas de fogo, oito facas, quatro cossocos, munições intactas e deflagradas. Ainda foram apreendidos durante outra vistoria realizada na terça-feira (6), dez celulares, dez carregadores, uma arma artesanal, uma tesoura, uma faca, duas barras de ferro e uma picareta.

Parentes de presos informaram que já haviam feito o pedido para a separação de visitas dos presos a fim evitar futuros conflitos. Segundo um policial, no momento do tiroteio a cadeia contava com 63 detentos.