Travesti é assassinada a tiros na Região Metropolitana de Fortaleza

HORIZONTE

Travesti é assassinada a tiros na Região Metropolitana de Fortaleza

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam auxiliar os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número 181

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

16 de junho de 2019 às 18:23

Há 1 mês
A travesti foi assassinada em Horizonte (FOTO: Google Maps)

A travesti foi assassinada em Horizonte (FOTO: Google Maps)

Uma travesti foi assassinada neste domingo (16), na cidade de Horizonte, na Região Metropolitana de Fortaleza. A vítima identificada por Nahara, de 43 anos, foi morta com disparos de arma de fogo, na localidade de Queimadas, de acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social.

A Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) esteve no local, onde colheu indícios que auxiliarão o trabalhos policiais. Um inquérito policial foi instaurado na Polícia Civil, que diligencia com o objetivo de identificar a autoria e motivação do crime.

Denúncia

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam auxiliar os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o ‪(85) 3336.6164. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Publicidade

Dê sua opinião

HORIZONTE

Travesti é assassinada a tiros na Região Metropolitana de Fortaleza

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam auxiliar os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número 181

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

16 de junho de 2019 às 18:23

Há 1 mês
A travesti foi assassinada em Horizonte (FOTO: Google Maps)

A travesti foi assassinada em Horizonte (FOTO: Google Maps)

Uma travesti foi assassinada neste domingo (16), na cidade de Horizonte, na Região Metropolitana de Fortaleza. A vítima identificada por Nahara, de 43 anos, foi morta com disparos de arma de fogo, na localidade de Queimadas, de acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social.

A Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) esteve no local, onde colheu indícios que auxiliarão o trabalhos policiais. Um inquérito policial foi instaurado na Polícia Civil, que diligencia com o objetivo de identificar a autoria e motivação do crime.

Denúncia

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam auxiliar os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o ‪(85) 3336.6164. O sigilo e o anonimato são garantidos.