Três suspeitos de série de ataques em Fortaleza são identificados e outros dois estão sob investigação

INCÊNDIOS E TIROS

Três suspeitos de série de ataques em Fortaleza são identificados e outros dois estão sob investigação

Um outro ataque foi confirmado pela SSPDS em Caucaia, na Região Metropolitana, contra o prédio da Autarquia Municipal de Trânsito

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

28 de julho de 2018 às 12:55

Há 1 ano
Agência dos Correios da Avenida Francisco Sá está entre os prédios atacados. (Foto: Reprodução)

Agência dos Correios da Avenida Francisco Sá está entre os prédios atacados. (Foto: Reprodução)

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) identificou três suspeitos de participarem dos ataques a coletivos e a prédios públicos, em Fortaleza, Horizonte e Caucaia, nessa sexta-feira (27) e na madrugada deste sábado (28). Na noite de ontem, outros dois suspeitos foram conduzidos à delegacia e estão sob investigação. Pelo menos 10 ônibus e 7 prédios públicos foram alvos de incêndio, tiros ou coquetel molotov.

De acordo com a SSPDS, os dois suspeitos já investigados foram liberados por que não foi caracterizado o flagrante. O inquérito está aberto na Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), da Polícia Civil, que investiga as motivações e autoria dos delitos.

Um outro ataque foi confirmado nesta manhã em Caucaia, na Região Metropolitana, contra a Autarquia Municipal de Trânsito de Caucaia – Área Integrada de Segurança 11 (AIS 11). Por volta de 1h50min da manhã, jogaram um coquetel molotov por baixo da porta do órgão, queimando parte da parede do estabelecimento público.

O fogo logo foi contido e não teve maiores danos. O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE) e a Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) estiveram no local para averiguações. Não foram registradas vítimas.

Ações policiais

Prédio da Autarquia Municipal de Trânsito em Caucaia.

A SSPDS ressalta que o policiamento ostensivo continua reforçado em Fortaleza e Região Metropolitana, com aumento de composições do Policiamento Ostensivo Geral (POG), da Força Tática (FT) e de equipes especializadas do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) e Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE) da Polícia Militar do Ceará (PMCE).

Um helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas da SSPDS (Ciopaer) dá apoio às ações policiais no combate e prevenção aos crimes.

As Forças de Segurança continuam trabalhando, em parceria com a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) e com o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus), para garantir a circulação normal dos coletivos.

Denúncias

A população pode contribuir com o trabalho da Polícia, denunciando criminosos que tenham participado das ocorrências, ligando para o Disque-denúncia da Secretaria da Segurança no número 181. O sigilo é garantido.

Ataques de bandidos
1/4

Ataques de bandidos

Oito ônibus foram incendiados e 2 alvos de ataque. (Foto: Reprodução)

Ataques de bandidos
2/4

Ataques de bandidos

Oito ônibus foram incendiados e 2 alvos de ataque. (Foto: Reprodução)

Ataques de bandidos
3/4

Ataques de bandidos

Prédios públicos também foram alvejados à bala.

Ataques de bandidos
4/4

Ataques de bandidos

Oito ônibus foram incendiados e 2 alvos de ataque. (Foto: Reprodução)

Publicidade

Dê sua opinião

INCÊNDIOS E TIROS

Três suspeitos de série de ataques em Fortaleza são identificados e outros dois estão sob investigação

Um outro ataque foi confirmado pela SSPDS em Caucaia, na Região Metropolitana, contra o prédio da Autarquia Municipal de Trânsito

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

28 de julho de 2018 às 12:55

Há 1 ano
Agência dos Correios da Avenida Francisco Sá está entre os prédios atacados. (Foto: Reprodução)

Agência dos Correios da Avenida Francisco Sá está entre os prédios atacados. (Foto: Reprodução)

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) identificou três suspeitos de participarem dos ataques a coletivos e a prédios públicos, em Fortaleza, Horizonte e Caucaia, nessa sexta-feira (27) e na madrugada deste sábado (28). Na noite de ontem, outros dois suspeitos foram conduzidos à delegacia e estão sob investigação. Pelo menos 10 ônibus e 7 prédios públicos foram alvos de incêndio, tiros ou coquetel molotov.

De acordo com a SSPDS, os dois suspeitos já investigados foram liberados por que não foi caracterizado o flagrante. O inquérito está aberto na Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), da Polícia Civil, que investiga as motivações e autoria dos delitos.

Um outro ataque foi confirmado nesta manhã em Caucaia, na Região Metropolitana, contra a Autarquia Municipal de Trânsito de Caucaia – Área Integrada de Segurança 11 (AIS 11). Por volta de 1h50min da manhã, jogaram um coquetel molotov por baixo da porta do órgão, queimando parte da parede do estabelecimento público.

O fogo logo foi contido e não teve maiores danos. O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE) e a Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) estiveram no local para averiguações. Não foram registradas vítimas.

Ações policiais

Prédio da Autarquia Municipal de Trânsito em Caucaia.

A SSPDS ressalta que o policiamento ostensivo continua reforçado em Fortaleza e Região Metropolitana, com aumento de composições do Policiamento Ostensivo Geral (POG), da Força Tática (FT) e de equipes especializadas do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) e Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE) da Polícia Militar do Ceará (PMCE).

Um helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas da SSPDS (Ciopaer) dá apoio às ações policiais no combate e prevenção aos crimes.

As Forças de Segurança continuam trabalhando, em parceria com a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) e com o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus), para garantir a circulação normal dos coletivos.

Denúncias

A população pode contribuir com o trabalho da Polícia, denunciando criminosos que tenham participado das ocorrências, ligando para o Disque-denúncia da Secretaria da Segurança no número 181. O sigilo é garantido.

Ataques de bandidos
1/4

Ataques de bandidos

Oito ônibus foram incendiados e 2 alvos de ataque. (Foto: Reprodução)

Ataques de bandidos
2/4

Ataques de bandidos

Oito ônibus foram incendiados e 2 alvos de ataque. (Foto: Reprodução)

Ataques de bandidos
3/4

Ataques de bandidos

Prédios públicos também foram alvejados à bala.

Ataques de bandidos
4/4

Ataques de bandidos

Oito ônibus foram incendiados e 2 alvos de ataque. (Foto: Reprodução)