Casos de chikungunya triplicam durante o ano de 2017

PREOCUPANTE

Casos de chikungunya triplicam durante o ano de 2017

Já foram 1,8 mil casos confirmados de chikungunya em Fortaleza

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

12 de abril de 2017 às 17:30

Há 2 anos
chikungunya

Aumentos casos de chikungunya em Fortaleza (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Os casos de chikungunya triplicaram nos primeiros meses deste de 2017. Não é difícil conhecer alguém que esteja com a doença. E os números só aumentam. Com o aumento é preciso redobrar os cuidados para não ser mais uma vítima do mosquito Aedes aegypti.

Febre alta, dores intensas nas articulações dos pés e mãos, esse são os sintomas da chikungunya. Até o último dia 7 de abril, já foram 1,8 mil casos confirmados em Fortaleza, sendo 326 em janeiro, 591 em fevereiro, 866 em março. Em todos esse mês houve mais confirmações do que durante o mesmo período do ano passado.

Veja mais detalhes no vídeo da matéria do programa Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.

Publicidade

Dê sua opinião

PREOCUPANTE

Casos de chikungunya triplicam durante o ano de 2017

Já foram 1,8 mil casos confirmados de chikungunya em Fortaleza

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

12 de abril de 2017 às 17:30

Há 2 anos
chikungunya

Aumentos casos de chikungunya em Fortaleza (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Os casos de chikungunya triplicaram nos primeiros meses deste de 2017. Não é difícil conhecer alguém que esteja com a doença. E os números só aumentam. Com o aumento é preciso redobrar os cuidados para não ser mais uma vítima do mosquito Aedes aegypti.

Febre alta, dores intensas nas articulações dos pés e mãos, esse são os sintomas da chikungunya. Até o último dia 7 de abril, já foram 1,8 mil casos confirmados em Fortaleza, sendo 326 em janeiro, 591 em fevereiro, 866 em março. Em todos esse mês houve mais confirmações do que durante o mesmo período do ano passado.

Veja mais detalhes no vídeo da matéria do programa Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.