"É uma queda de braço entre criminosos e forças de segurança", diz especialista sobre ataques

PREOCUPANTE

“É uma queda de braço entre criminosos e forças de segurança”, diz especialista sobre ataques

O motivo dos ataques seria a instalação de bloqueadores nos presídios e a força da polícia em combate ao crime organizado

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

26 de março de 2018 às 16:30

Há 1 ano
segurança ceará

A Segurança Pública passa por uma grave crise (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

O fim de semana de ataques criminosos em Fortaleza segue repercutindo. Com a população assustada, especialistas afirmam que o Ceará passa por um momento de embate entre o Estado e criminosos.

“Ocorreu algo parecido em 2016, mas numa escala bem menor. Na época, os atentados foram classificados como coisas de um grau menor. Eles estão muito mais armados e o alcance das ações aumentou. Se trata de uma queda de braço entre grupos criminosos e as forças de segurança do Estado”, relata Ricardo Moura, pesquisador do Laboratório Conflitualidades e Violência da UECE.

Para outro especialista, os atos não são isolados. O motivo seria a instalação de bloqueadores nos presídios e a força da polícia em combate ao crime organizado.

“O fator primário motivador é o bloqueio do celular. Você tem no Congresso Nacional a votação da lei, e aqui uma ordem do juiz ordenando que o Estado cumprisse a medida. O outro ponto relevante é que a polícia tem feito interceptações” , revela Cláudio Justa, presidente do Conselho Penitenciário do Estado do Ceará.

Confira mais detalhes na matéria do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Acompanhe o caso:

26/3/2018 – Viaturas da PM passam a fazer escolta de ônibus que circulam de madrugada em Fortaleza

26/3/2018 – 120 veículos são incendiados em onda de ataques no fim de semana no Ceará

25/3/2018 – Governador do Ceará declara que ataques se assemelham a atos terroristas

25/3/2018 – Onda de ataque a ônibus continua neste domingo; ao todo 6 queimados

25/3/2018 – Ônibus devem ser escoltados para garantir sistema de transporte urbano

25/3/2018 – Dezenas de carros e motos são incendiados em depósito de apreensões em Cascavel

25/3/2018 – Veja vídeos da onda de ataques a ônibus e prédios públicos em Fortaleza neste sábado

25/3/2018 – Terminal de ônibus da praça Coração de Jesus amanhece com destroços após ataques

25/3/2018 – Prédio da Regional IV é destruído por incêndio em noite de ataques criminosos

25/3/2018 – Sábado de terror: Confira balanço da onda de ataques em Fortaleza durante a noite

24/3/2018 – Ônibus são incendiados em diferentes pontos de Fortaleza em 3ª noite de ataques

24/3/2018 – “Não vamos arredar um milímetro”, repete Camilo após Polícia matar 3 bandidos em atentado a Sejus

23/3/2018 – Grupo armado ataca prédio da Secretaria de Justiça do Ceará e troca tiros com polícia

22/3/2018 – Bandidos tentam invadir prédio dos Correios em Fortaleza e deixam ameaças ao Governo

Publicidade

Dê sua opinião

PREOCUPANTE

“É uma queda de braço entre criminosos e forças de segurança”, diz especialista sobre ataques

O motivo dos ataques seria a instalação de bloqueadores nos presídios e a força da polícia em combate ao crime organizado

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

26 de março de 2018 às 16:30

Há 1 ano
segurança ceará

A Segurança Pública passa por uma grave crise (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

O fim de semana de ataques criminosos em Fortaleza segue repercutindo. Com a população assustada, especialistas afirmam que o Ceará passa por um momento de embate entre o Estado e criminosos.

“Ocorreu algo parecido em 2016, mas numa escala bem menor. Na época, os atentados foram classificados como coisas de um grau menor. Eles estão muito mais armados e o alcance das ações aumentou. Se trata de uma queda de braço entre grupos criminosos e as forças de segurança do Estado”, relata Ricardo Moura, pesquisador do Laboratório Conflitualidades e Violência da UECE.

Para outro especialista, os atos não são isolados. O motivo seria a instalação de bloqueadores nos presídios e a força da polícia em combate ao crime organizado.

“O fator primário motivador é o bloqueio do celular. Você tem no Congresso Nacional a votação da lei, e aqui uma ordem do juiz ordenando que o Estado cumprisse a medida. O outro ponto relevante é que a polícia tem feito interceptações” , revela Cláudio Justa, presidente do Conselho Penitenciário do Estado do Ceará.

Confira mais detalhes na matéria do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Acompanhe o caso:

26/3/2018 – Viaturas da PM passam a fazer escolta de ônibus que circulam de madrugada em Fortaleza

26/3/2018 – 120 veículos são incendiados em onda de ataques no fim de semana no Ceará

25/3/2018 – Governador do Ceará declara que ataques se assemelham a atos terroristas

25/3/2018 – Onda de ataque a ônibus continua neste domingo; ao todo 6 queimados

25/3/2018 – Ônibus devem ser escoltados para garantir sistema de transporte urbano

25/3/2018 – Dezenas de carros e motos são incendiados em depósito de apreensões em Cascavel

25/3/2018 – Veja vídeos da onda de ataques a ônibus e prédios públicos em Fortaleza neste sábado

25/3/2018 – Terminal de ônibus da praça Coração de Jesus amanhece com destroços após ataques

25/3/2018 – Prédio da Regional IV é destruído por incêndio em noite de ataques criminosos

25/3/2018 – Sábado de terror: Confira balanço da onda de ataques em Fortaleza durante a noite

24/3/2018 – Ônibus são incendiados em diferentes pontos de Fortaleza em 3ª noite de ataques

24/3/2018 – “Não vamos arredar um milímetro”, repete Camilo após Polícia matar 3 bandidos em atentado a Sejus

23/3/2018 – Grupo armado ataca prédio da Secretaria de Justiça do Ceará e troca tiros com polícia

22/3/2018 – Bandidos tentam invadir prédio dos Correios em Fortaleza e deixam ameaças ao Governo