Escola em Fortaleza recorre a porteiro para observar crianças durante aulas sem professores

BAIRRO BELA VISTA

Escola em Fortaleza recorre a porteiro para observar crianças durante aulas sem professores

Desde 29 de janeiro, quando começou o período letivo, estudantes do 6° ao 9° ano não têm aulas de inglês, matemática e educação física

Por Tribuna do Ceará em Jornal Jangadeiro

12 de fevereiro de 2019 às 15:55

Há 5 meses
Alunos de escola no bairro Bela Vista estão sem professores em três disciplinas. (Foto: Reprodução)

Alunos de escola no bairro Bela Vista estão sem professores em três disciplinas (FOTO: Reprodução)

A Escola Municipal Nilson Holanda, no bairro Bela Vista, em Fortaleza, iniciou o período de aulas com ausência de professores em algumas disciplinas e precisa recorrer ao porteiro para que ele observe as crianças nos intervalos sem aula.

A situação foi exibida pela TV Jangadeiro/SBT na segunda-feira (11) e na terça-feira (12).

Desde 29 de janeiro, quando começou o período letivo, estudantes do 6° ao 9° ano não têm aulas de inglês, matemática e educação física. A informação repassada pela escola aos pais era de um problema temporário, que já se estende por quase duas semanas, sem nenhum prazo para solução.

Com a falta de professores, a escola, que também estaria sem diretora, precisa recorrer ao porteiro para observar as crianças nos horários sem aula, segundo denúncias.

A coordenação da unidade não recebeu a equipe de reportagem da TV Jangadeiro/SBT em nenhum dos dias.

A secretária municipal de Educação, Dalila Saldanha, comentou o assunto na segunda-feira (11).

“Não é do meu conhecimento que esteja faltando. Hoje, no nosso sistema, temos 99% das turmas com professores lotados. Por uma situação ou outra, afastamento temporário, licença médica, pode ter alguma situação ainda não fechada. E tem algumas disciplinas, como inglês, que ao longo do ano, de vez em quando, a gente tem problemas, pelo número de professores no Ceará.

Em relação à sistemática de substituição de gestores, pode ser por pedido da gestão, da direção, como também pode ser a partir da nossa decisão, o que é certo é que a escola nunca fica sem uma pessoa responsável”.

Veja todos os detalhes no vídeo do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.

Publicidade

Dê sua opinião

BAIRRO BELA VISTA

Escola em Fortaleza recorre a porteiro para observar crianças durante aulas sem professores

Desde 29 de janeiro, quando começou o período letivo, estudantes do 6° ao 9° ano não têm aulas de inglês, matemática e educação física

Por Tribuna do Ceará em Jornal Jangadeiro

12 de fevereiro de 2019 às 15:55

Há 5 meses
Alunos de escola no bairro Bela Vista estão sem professores em três disciplinas. (Foto: Reprodução)

Alunos de escola no bairro Bela Vista estão sem professores em três disciplinas (FOTO: Reprodução)

A Escola Municipal Nilson Holanda, no bairro Bela Vista, em Fortaleza, iniciou o período de aulas com ausência de professores em algumas disciplinas e precisa recorrer ao porteiro para que ele observe as crianças nos intervalos sem aula.

A situação foi exibida pela TV Jangadeiro/SBT na segunda-feira (11) e na terça-feira (12).

Desde 29 de janeiro, quando começou o período letivo, estudantes do 6° ao 9° ano não têm aulas de inglês, matemática e educação física. A informação repassada pela escola aos pais era de um problema temporário, que já se estende por quase duas semanas, sem nenhum prazo para solução.

Com a falta de professores, a escola, que também estaria sem diretora, precisa recorrer ao porteiro para observar as crianças nos horários sem aula, segundo denúncias.

A coordenação da unidade não recebeu a equipe de reportagem da TV Jangadeiro/SBT em nenhum dos dias.

A secretária municipal de Educação, Dalila Saldanha, comentou o assunto na segunda-feira (11).

“Não é do meu conhecimento que esteja faltando. Hoje, no nosso sistema, temos 99% das turmas com professores lotados. Por uma situação ou outra, afastamento temporário, licença médica, pode ter alguma situação ainda não fechada. E tem algumas disciplinas, como inglês, que ao longo do ano, de vez em quando, a gente tem problemas, pelo número de professores no Ceará.

Em relação à sistemática de substituição de gestores, pode ser por pedido da gestão, da direção, como também pode ser a partir da nossa decisão, o que é certo é que a escola nunca fica sem uma pessoa responsável”.

Veja todos os detalhes no vídeo do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.