Está preocupado com a febre amarela? Tire dúvidas sobre a doença

POSTOS LOTADOS

Está preocupado com a febre amarela? Tire dúvidas sobre a doença

A principal diferença da doença para a dengue, zika e chikungunya é porque a febre amarela parece uma hepatite, de maneira forte

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

24 de janeiro de 2018 às 15:43

Há 1 ano
População lotam postos de saúde em busca da vacina contra a febre amarela (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

População lotam postos de saúde em busca da vacina contra a febre amarela (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Com os casos de febre amarela registrados em várias capitais do país, tem surgido em certo pânico entre a população que está lotando os postos de saúde em busca da vacina. Em Fortaleza, apesar de não existir risco da doença, a situação não é diferente e a população ainda tem dúvidas. A reportagem é do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT.  

No posto de saúde Paulo Marcelo, no Centro, as filas se formam logo nas primeiras horas do dia. Muitos dizem que vão viajar. Por causa da grande procura na unidade, o estoque é renovado diariamente com cerca de 400 doses.

Em outro posto no Meireles, mais filas. Quem vai viajar tem que apresentar documento de comprovação para poder ter direito à dose. A vacina é a forma mais eficaz de combater a doença, mas deve ser aplicada apenas em pessoas que vão para áreas de mata consideradas de risco.

A principal diferença da doença para a dengue, zika e chikungunya é porque a febre amarela parece uma hepatite, de maneira forte. A pessoa fica bastante amarela e a urina também. De resto, sintomas bem parecidos.

Um outro tipo de febre amarela é a urbana. Ela pode ser transmitida pelo Aedes aegypti, mas a Secretaria da Saúde do Ceara reforça que não há risco de que ela se manifeste em Fortaleza.

Confira todos os detalhes na reportagem do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

 

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.

Publicidade

Dê sua opinião

POSTOS LOTADOS

Está preocupado com a febre amarela? Tire dúvidas sobre a doença

A principal diferença da doença para a dengue, zika e chikungunya é porque a febre amarela parece uma hepatite, de maneira forte

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

24 de janeiro de 2018 às 15:43

Há 1 ano
População lotam postos de saúde em busca da vacina contra a febre amarela (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

População lotam postos de saúde em busca da vacina contra a febre amarela (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Com os casos de febre amarela registrados em várias capitais do país, tem surgido em certo pânico entre a população que está lotando os postos de saúde em busca da vacina. Em Fortaleza, apesar de não existir risco da doença, a situação não é diferente e a população ainda tem dúvidas. A reportagem é do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT.  

No posto de saúde Paulo Marcelo, no Centro, as filas se formam logo nas primeiras horas do dia. Muitos dizem que vão viajar. Por causa da grande procura na unidade, o estoque é renovado diariamente com cerca de 400 doses.

Em outro posto no Meireles, mais filas. Quem vai viajar tem que apresentar documento de comprovação para poder ter direito à dose. A vacina é a forma mais eficaz de combater a doença, mas deve ser aplicada apenas em pessoas que vão para áreas de mata consideradas de risco.

A principal diferença da doença para a dengue, zika e chikungunya é porque a febre amarela parece uma hepatite, de maneira forte. A pessoa fica bastante amarela e a urina também. De resto, sintomas bem parecidos.

Um outro tipo de febre amarela é a urbana. Ela pode ser transmitida pelo Aedes aegypti, mas a Secretaria da Saúde do Ceara reforça que não há risco de que ela se manifeste em Fortaleza.

Confira todos os detalhes na reportagem do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

 

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.