Moradores de residencial ficam sem abastecimento e são obrigados a aproveitar água da chuva

JOSÉ WALTER

Moradores de residencial ficam sem abastecimento e são obrigados a aproveitar água da chuva

A água jorrando na rua já é uma cena que faz parte da rotina dos moradores do Residencial Cidade Jardim II. Os moradores relatam que, quando isso acontece, o fornecimento de água é interrompido

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

25 de abril de 2019 às 16:17

Há 4 meses
(FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

O residencial fica no Bairro José Walter (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Os moradores de um residencial do Programa Minha Casa Minha Vida estão enfrentando falta de água. Para resolver o problema, parte da comunidade tem recorrido a uma reserva hídrica que se formou com as últimas chuvas.

A água jorrando na rua já é uma cena que faz parte da rotina dos moradores do Residencial Cidade Jardim II. O vazamento sai do local onde foi construído um reservatório da Cagece, ao lado da Quadra 10. Os moradores relatam que, quando isso acontece, o fornecimento de água é interrompido e atinge diversas quadras do condomínio. A situação já dura mais de duas semanas.

O residencial fica no Bairro José Walter, em Fortaleza, e faz parte do programa Minha Casa Minha Vida. Os apartamentos recebem investimento total de mais de R$ 89 milhões, com recursos do Governo Federal e do Estado. O condomínio é relativamente novo. De 5.968 unidades, já foram entregues 5232. Em março deste ano, foram inauguradas mais de mil unidades. A primeira etapa foi entregue a 1.984 famílias no segundo semestre do ano passado.

Na Quadra 15 do Cidade Jardim II, é sempre o primeiro lugar a faltar água no residencial, de acordo com os moradores. Para lidar com esse problema, a alternativa de muitos tem sido retirar água dessa lagoa que se formou durante o período de chuvas.

No Bairro Serviluz, os moradores da Rua José Anacleto sofrem com falta de água há 12 dias. Segundo os moradores, quando a água chega vem ao longo da madrugada. Por isso eles têm reaproveitado até água da chuva.

Em nota, a Cagece afirma que o desabastecimento no Cidade Jardim II deve ser resolvido quando a empresa que construiu o residencial instalar válvulas e registros. Após essa instalação, segundo a Cagece, o abastecimento deve ser normalizado em dois dias. O Jornal Jangadeiro procurou a Construtora, que tem sede em Minas Gerais. Até o fechamento da edição, não foi enviada resposta.

Confira todos os detalhes na reportagem do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Publicidade

Dê sua opinião

JOSÉ WALTER

Moradores de residencial ficam sem abastecimento e são obrigados a aproveitar água da chuva

A água jorrando na rua já é uma cena que faz parte da rotina dos moradores do Residencial Cidade Jardim II. Os moradores relatam que, quando isso acontece, o fornecimento de água é interrompido

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

25 de abril de 2019 às 16:17

Há 4 meses
(FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

O residencial fica no Bairro José Walter (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Os moradores de um residencial do Programa Minha Casa Minha Vida estão enfrentando falta de água. Para resolver o problema, parte da comunidade tem recorrido a uma reserva hídrica que se formou com as últimas chuvas.

A água jorrando na rua já é uma cena que faz parte da rotina dos moradores do Residencial Cidade Jardim II. O vazamento sai do local onde foi construído um reservatório da Cagece, ao lado da Quadra 10. Os moradores relatam que, quando isso acontece, o fornecimento de água é interrompido e atinge diversas quadras do condomínio. A situação já dura mais de duas semanas.

O residencial fica no Bairro José Walter, em Fortaleza, e faz parte do programa Minha Casa Minha Vida. Os apartamentos recebem investimento total de mais de R$ 89 milhões, com recursos do Governo Federal e do Estado. O condomínio é relativamente novo. De 5.968 unidades, já foram entregues 5232. Em março deste ano, foram inauguradas mais de mil unidades. A primeira etapa foi entregue a 1.984 famílias no segundo semestre do ano passado.

Na Quadra 15 do Cidade Jardim II, é sempre o primeiro lugar a faltar água no residencial, de acordo com os moradores. Para lidar com esse problema, a alternativa de muitos tem sido retirar água dessa lagoa que se formou durante o período de chuvas.

No Bairro Serviluz, os moradores da Rua José Anacleto sofrem com falta de água há 12 dias. Segundo os moradores, quando a água chega vem ao longo da madrugada. Por isso eles têm reaproveitado até água da chuva.

Em nota, a Cagece afirma que o desabastecimento no Cidade Jardim II deve ser resolvido quando a empresa que construiu o residencial instalar válvulas e registros. Após essa instalação, segundo a Cagece, o abastecimento deve ser normalizado em dois dias. O Jornal Jangadeiro procurou a Construtora, que tem sede em Minas Gerais. Até o fechamento da edição, não foi enviada resposta.

Confira todos os detalhes na reportagem do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT: