Escola pública de Fortaleza inicia ano letivo sem professores de algumas disciplinas

DENÚNCIA

Escola pública de Fortaleza inicia ano letivo sem professores de algumas disciplinas

Segundo denúncias, os estudantes estão sem aulas de Inglês, Matemática e Educação Física desde o início do ano

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

11 de fevereiro de 2019 às 15:51

Há 6 meses
Escola em Fortaleza usa porteiro para ministra as aulas(FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

As aulas na escola Nilson Holanda estão prejudicadas (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

(*) Atualizada às 21h.

Uma escola no bairro Bela Vista, em Fortaleza, começou o período letivo com disciplinas sem professores. Isso acontece porque, segundo denúncias, o quadro de professores da Escola Municipal Nilson Holanda está incompleto. Os estudantes estão sem aulas de Inglês, Matemática e Educação Física, informou o Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT.

As aulas começaram no dia 29 de janeiro, já sem os professores das três disciplinas. Além disso, a escola está sem diretora desde dezembro de 2018.

A informação repassada pela escola aos pais era de um problema temporário, que já se estende por quase duas semanas, sem nenhum prazo para solução.

A escola atende estudantes do 6º ao 9º ano que estão prejudicados com a falta de professores. A coordenação da unidade não recebeu a equipe de reportagem da TV Jangadeiro/SBT.

A secretária municipal de Educação, Dalila Saldanha, comentou o assunto.

“Não é do meu conhecimento que esteja faltando. Hoje, no nosso sistema, temos 99% das turmas com professores lotados. Por uma situação ou outra, afastamento temporário, licença médica, pode ter alguma situação ainda não fechada. E tem algumas disciplinas, como inglês, que ao longo do ano, de vez em quando, a gente tem problemas, pelo número de professores no Ceará.

Em relação à sistemática de substituição de gestores, pode ser por pedido da gestão, da direção, como também pode ser a partir da nossa decisão, o que é certo é que a escola nunca fica sem uma pessoa responsável”.

ERRAMOS

Diferentemente do que mostrou a matéria do Jornal Jangadeiro, o porteiro da escola não ministra aulas durante a ausência de professores. Por isso a versão inicial deste texto foi atualizada.

Veja todos os detalhes no vídeo do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Confira a resposta da Secretaria de Educação:

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.

Publicidade

Dê sua opinião

DENÚNCIA

Escola pública de Fortaleza inicia ano letivo sem professores de algumas disciplinas

Segundo denúncias, os estudantes estão sem aulas de Inglês, Matemática e Educação Física desde o início do ano

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

11 de fevereiro de 2019 às 15:51

Há 6 meses
Escola em Fortaleza usa porteiro para ministra as aulas(FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

As aulas na escola Nilson Holanda estão prejudicadas (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

(*) Atualizada às 21h.

Uma escola no bairro Bela Vista, em Fortaleza, começou o período letivo com disciplinas sem professores. Isso acontece porque, segundo denúncias, o quadro de professores da Escola Municipal Nilson Holanda está incompleto. Os estudantes estão sem aulas de Inglês, Matemática e Educação Física, informou o Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT.

As aulas começaram no dia 29 de janeiro, já sem os professores das três disciplinas. Além disso, a escola está sem diretora desde dezembro de 2018.

A informação repassada pela escola aos pais era de um problema temporário, que já se estende por quase duas semanas, sem nenhum prazo para solução.

A escola atende estudantes do 6º ao 9º ano que estão prejudicados com a falta de professores. A coordenação da unidade não recebeu a equipe de reportagem da TV Jangadeiro/SBT.

A secretária municipal de Educação, Dalila Saldanha, comentou o assunto.

“Não é do meu conhecimento que esteja faltando. Hoje, no nosso sistema, temos 99% das turmas com professores lotados. Por uma situação ou outra, afastamento temporário, licença médica, pode ter alguma situação ainda não fechada. E tem algumas disciplinas, como inglês, que ao longo do ano, de vez em quando, a gente tem problemas, pelo número de professores no Ceará.

Em relação à sistemática de substituição de gestores, pode ser por pedido da gestão, da direção, como também pode ser a partir da nossa decisão, o que é certo é que a escola nunca fica sem uma pessoa responsável”.

ERRAMOS

Diferentemente do que mostrou a matéria do Jornal Jangadeiro, o porteiro da escola não ministra aulas durante a ausência de professores. Por isso a versão inicial deste texto foi atualizada.

Veja todos os detalhes no vídeo do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Confira a resposta da Secretaria de Educação:

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.