Publicidade

Auto Blog Ceará

por Sílvio Mauro

#offroad

Mito Mitsubishi realiza festival para a L200 Triton Sport

Por silviomauro em Evento

12 de setembro de 2019

 

A concessionária Mito, autorizada da Mitsubishi em Fortaleza, irá realizar no próximo fim de semana (dias 13 e 14) o Festival Triton, com descontos e condições especiais para quem comprar a L200 Triton Sport, a picape média da montadora japonesa.

De acordo com a empresa, no evento os clientes poderão fazer test-drive e adquirir o carro com condições especiais de pagamento e descontos em peças, serviços e acessórios. Detalhando melhor, na compra o bônus será de R$ 6 mil em relação ao preço de tabela. Já os descontos serão de 20% para serviços e de 15% para peças e acessórios (se o comprador fizer o conserto do carro ou a instalação do componente na concessionária).

De acordo com a Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), a L200 Triton é, atualmente, a 5ª picape média mais vendida no mercado brasileiro. Está disponível em quatro versões (HPE-S, HPE, GLS AT e GLX), todas com motor 2.4 litros Turbo Diesel de alumínio com 190 cv de potência e torque de 43,9 kgf.m. A transmissão é automática em todas as versões, com exceção da de entrada GLX. Os preços da picape ficam entre R$ 137.990,00 e R$ 188.990,00.

O Festival Triton acontece na avenida Washington Soares, 1100, Edson Queiroz. Mais informações podem ser obtidas através do telefone 3278-8181.

Publicidade

Argo Trekking: boa relação custo-benefício

Por silviomauro em Test-drive

03 de setembro de 2019

 

Quarto hatch pequeno mais vendido e sétimo no ranking nacional de automóveis líderes do mercado nacional, o Argo já provou ser um substituto que a primeira versão do Palio merecia. É um carro bonito, de design moderno e linhas bem mais arrojadas que as do extinto Novo Palio. E provou ter, também, a mesma versatilidade do Palio Antigo, que tinha várias versões – e todas bem legais de ver e andar.

São nada menos que sete opções e preços (veja no fim da matéria) e uma delas é a Trekking, lançada esse ano, que tivemos a oportunidade de guiar. Com preço a partir de R$ 59.990,00, ela é exatamente a intermediária entre todas as versões e traz, para os motoristas que enfrentam as difíceis ruas de Fortaleza, um alento no desafio de enfrentar buracos, desníveis e demais problemas cotidianos de infra-estrutura.

Em relação às demais versões, a Trekking é 4 cm mais alta e tem pneus e suspensão com leves diferenças. Não é, obviamente, um carro para trilhas, como também não são seus concorrentes mais importantes (Onix Active, Ka Freestyle, HB20X e Sandero Stepway). Mas é fato que a altura ligeiramente maior, além de ajudar a superar os buracos, dá um sensação mais agradável para a posição do motorista.

Falando na concorrência, um ponto a favor do Argo é seu preço. A versão que guiamos incluía os dois únicos opcionais da Trekking, que são rodas de liga leve de 15 polegadas e câmera de ré. Com isso, o valor final (sem pintura metálica) ficou em R$ 62.350,00. Mas retirando esses dois itens, o Argo Trekking é mais barato que todos os concorrrentes – só perde para o Ka Freestyle 1.0, mas o Argo tem motor 1.3 com 20 cavalos de potência a mais. Quando se usa o Freestyle 1.5 como referência o preço do modelo da Ford sobe para R$ 68.390,00 – quase R$ 10 mil a mais que o Argo Trekking.

O conjunto motor-câmbio-suspensão-direção do modelo segue o padrão Argo: mostra que é resultado de um projeto moderno e traz resultados bem agradáveis. O torque é bom e não foram raras as vezes em que ele cantou pneu até na segunda marcha. A suspensão não é dura e, ao mesmo tempo, não compromete a estabilidade. O consumo ficou em torno de 8 km por litro dentro da cidade – bem próximo do padrão divulgado pela Fiat, que é de 12,1 km/l para gasolina e 8,5 km/l para o etanol.

A direção elétrica é levíssima. O câmbio tem relações boas nas marchas, mas vale registrar que uma transmissão automática deixaria o conjunto simplesmente perfeito. O Argo Trekking é um dos carros que faz a gente sonhar com o dia em que chegaremos ao estágio de evolução no qual a transmissão manual será apenas um opcional exótico que algum motorista mais saudoso vá escolher. Em tempos de tanta automatização, passar as marchas em um carro é tarefa cada vez mais sem sentido.

Em relação ao visual, a Fiat destaca que o Argo Trekking é a única versão aventureira do segmento com teto bicolor. Outra diferença que notamos é que ele também é o único com capô adesivado. Também há adesivos nas laterais. De resto, ele vem a moldura preta na caixa de rodas, uma característica comum a todos os modelos “aventureiros” do mercado. O resultado geral é bem agradável aos olhos.

Considerando que a maioria dos concorrentes do Argo tem a versão “aventureira” mais perto do top de linha, a Trekking apresenta boa relação custo benefício, por ser bonita, bem equipada e mais barata. Para os (muitos) consumidores que sonham com um SUV mas não têm condições de encarar um por causa do preço e acabam indo para os “aventureiros”, o modelo da Fiat merece ser considerado como uma opção.

argo4
argo2
argo3

Argo – Trekking – Principais tens de série

Alertas de limite de velocidade e manutenção programada
Ar condicionado
Banco do motorista com regulagem de altura
Barras longitudinais no teto
Caracterização Trekking (Adesivos no capô, laterais e tampa traseira; faixa do parachoque e logos FIAT em preto)
Central multimídia com tela de 7″ touchscreen, Apple CarPlay e Android Auto, navegação GPS, comandos de voz, Bluetooth, MP3, rádio, entrada aux e porta USB
Computador de bordo (distância, consumo médio, consumo instantâneo, autonomia, velocidade média e tempo de percurso)
Direção elétrica progressiva
Faróis de neblina
Iluminação do porta-malas
Quadro de instrumentos 3,5″ multifuncional com relógio digital, calendário e informações do veículo em TFT personalizável
Retrovisores externos elétricos com sistema Tilt Down + setas de direção integradas
Sensor de estacionamento traseiro
Sistema de monitoramento de pressão dos pneus
Vidros elétricos dianteiros com one touch
Vidros elétricos traseiros com one touch e antiesmagamento
Volante com comandos de rádio e telefone

Ficha técnica

Motor
Cilindrada total: 1.332 cm³
Taxa de compressão: 13,2:1
Potência máxima: 101 cv a 6.000 rpm (gasolina)/ 109 cv a 6.250 rpm (etanol)
Torque máximo: 13,7 kgfm (gasolina)/ 14,2 kgfm (etanol) a 3.500 rpm
Freios
Dianteiro: A disco
Traseiro: A tambor
Direção
Elétrica
Rodas
6” x 15”
Pneus
205/60 R15”
Medidas
Peso: 1.130 kg
Capacidade de carga: 400 kg
Comprimento: 3.998 mm
Largura: 1.724 mm
Altura: 1.568 mm
Distância entre eixos: 2.521 mm
Vão livre: 210 mm
Altura mínima do solo: 187 mm
Ângulo de ataque: 21°
Ângulo de saída: 31,1°
Ângulo de rampa: 20°
Volume do porta-malas: 300 litros
Tanque de combustível: 48 litros
Desempenho
Velocidade máxima: 169 km/h (gasolina)/ 173 km/h (etanol)
0 a 100 km/h: 11,6 s (gasolina)/ 10,8 s (etanol)
Consumo
Ciclo urbano: 12,1 km/l (gasolina)/ 8,5 km/l (etanol)
Ciclo estrada: 13,5 km/l (gasolina)/ 9,6 km/l (etanol)

Versões do Argo (preços listados no site da Fiat)

1.0
A partir de R$ 49.590,00

Drive 1.0
A partir de R$ 53.590,00

Drive 1.3
A partir de R$ 54.590,00

Trekking 1.3
A partir de R$ 59.990,00

Drive 1.3 GSR
A partir de R$ 62.790,00

Precision 1.8 automático
A partir de R$ 63.990,00

HGT 1.8 automático
A partir de R$ 69.990,00

 

Publicidade

Autop Off Road ganha mais um dia

Por silviomauro em Evento

30 de agosto de 2019

 

A Autop Off Road & Expoauto Nordeste, evento promovido pelo Sistema Sincopeças Assopeças Assomotos (SSA), entidade que congrega as empresas do setor automotivo do Ceará, ganhou mais um dia: antes programada para acontecer de 25 a 27 de outubro (sexta a domingo), ela vai começar no dia 24. De acordo com os organizadores, os participantes irão encontrar “novos conceitos e tendências de mercado do segmento off road, em uma reunião de indústria, distribuidores, varejistas e reparadores.

Com a economia do país ainda patinando e sendo o mercado de veículos um dos mais afetados, o Sistema Sincopeças Assopeças acerta ao investir no segmento off road, formado em sua maior parte por consumidores apaixonados e com recursos para investir. De acordo com a entidade (citando dados da Federação Off-Road do Ceará – FORCE), somente nos últimos dois anos, no Estado, a receita de venda de veículos 4×4 novos foi de R$ 603 milhões, gerando uma arrecadação de F$ 108 milhões de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Para o presidente do SSA, Ranieiri Leitão, “além do entretenimento e interação entre gestores e empresários, a Autopo Off Road e a Expoauto vêm como alternativa para suprir uma necessidade histórica no fornecimento de peças, equipamentos e soluções off-road, se apresentando ainda como uma importante plataforma de lançamento para novos produtos e serviços”.

Está prevista a participação de mais de 40 marcas expositoras de peças, montadoras e concessionárias, marcas e revendas de pneus, revendas de equipamentos automotivos, carrocerias e implementos e guinchos e acessórios off-road. O público esperado é de aproximadamente 30 mil visitantes durante os quatro dias de evento. Aos interessados em expor, as inscrições podem ser feitas por meio do site oficial do evento: https://autop-offroad.com.br/ .

A Autop Off Road & Expoauto Nordeste é uma realização do Sistema SSA com apoio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Ceará (Fecomércio), da Federação Cearense de Automobilismo, da Associação para o Desenvolvimento da Agroecologia e da Agricultura Familiar (ADAFAM), da Prefeitura Municipal de Fortaleza e do Governo do Ceará. A organização é da DUO Eventos.

Serviço – Autop Off Road & Expoauto Nordeste

Local: Regimento de Polícia Montada Coronel Moura Brasil (Cavalaria da Polícia Militar)
Endereço: Av. Washington Soares, 7250, Cambeba
Data: 24 e 27 de outubro de 2019

leia tudo sobre

Publicidade

Setor de autopeças lança Autop Off Road

Por silviomauro em Evento

12 de agosto de 2019

 

O Sistema Sincopeças Assopeças Assomotos (SSA), entidade que congrega as empresas do setor automotivo do Ceará, lançou um evento que pretende incrementar mais o seu portfólio de atividades em prol do desenvolvimento do setor automotivo: a Autop Off Road & Expoauto Nordeste. Programada para o período de 25 a 27 de outubro (sexta a domingo), ela tem como objetivo integrar os aficionados por trilhas com os clubes do Brasil e gerar negócios para as micros e pequenas empresas do setor de autopeças e serviços.

De acordo com Ranieri Leitão, presidente do SSA, o evento vem para suprir a necessidade de fornecimento de peças, equipamentos e soluções para o mercado off road que, segundo ele, é o que mais cresce nas regiões Norte e Nordeste do Brasil. “Daqui a três anos, queremos consolidar a Autop Off Road & Expoauto Nordeste como um dos maiores eventos do segmento do País – assim como fizemos com a Autop, que já caminha para sua 17ª edição”, destaca.

Para quem não tem medo de emoção, os organizadores informam que a Autop Off Road contará com diversas pistas e arenas de competições: Indoor, Desafio Expoauto, Lata Cross, Kart Cross e Velocross. Já a Expoauto Nordeste será uma feira de negócios off road com a participação de indústrias, distribuidores, varejistas, serviços e consumidores. A expectativa é reunir mais de 40 marcas e um público de aproximadamente 30 mil pessoas.

Além da feira, o evento tem na programação atrações como um feirão de carros novos e seminovos, exposição de carros clássicos e diversas ações sociais e de entretenimento. Outra atração prevista é a Arena Experience, um espaço para realização de cursos e palestras voltados para o setor.

SERVIÇO

Autop Off Road & Expoauto Nordeste

Data: 25 a 27 de outubro

Local: Regimento de Polícia Montada (Av. Washington Soares, 7250 – Cambeba)

Participação:

– Para pilotos, a inscrição nas competições custa R$ 150,00 por modalidade

– Para o público visitante, o ingresso diário é R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia-entrada). Pacote promocional para os três dias de evento sai por R$ 30,00

– Crianças até 12 anos não pagam

leia tudo sobre

Publicidade

Mito promove evento que une automóveis e kitesurfe

Por silviomauro em Evento

20 de julho de 2019

 

 

Aproveitando a temporada de ventos fortes no Ceará, que acontece a partir de julho, a Concessionária Mito, revendedora da Mitsubishi em Fortaleza, realiza hoje, a partir do meio dia, o Downwind Mito. O evento esportivo vai reunir praticantes de kitesurf em um trajeto que vai da Lagoa da Tabuba em direção à Barraca Kitecabana, na praia do Cumbuco. O percurso será conduzido por Célio Beleza, atleta cearense profissional e instrutor do esporte.

De acordo com a Mito, essa é uma das muitas ações que a empresa pretende promover seus modelos – especialmente a recém lançada Pajero Sport 2020. “Os carros da Mitsubishi têm uma relação muito forte com a aventura, o esporte e a adrenalina, e a Pajero é um nome forte da marca. Então nada melhor do que unir o novo modelo a um esporte radical muito presente no litoral cearense como o kitesurfe”, informa a empresa.

Quem participar do evento terá chance de fazer test-drives, no fim do percurso (na barraca Kitecabana), do Eclipse Cross, da Pajero Sport 2020 e da L200 Triton. Representantes da equipe de vendedores da concessionária estarão a postos para tirar as dúvidas sobre os veículos, apresentar os preços, negociar a forma de pagamento e fechar as vendas com os possíveis interessados.

Outros eventos virão

A promessa da Mito é, ao longo do ano, articular outros momentos para apresentar os muitos recursos da Pajero e dos outros modelos. “A idéia é expandirmos iniciativas como essa do Downwind para outros esportes, aliando a marca a diversas práticas esportivas presentes no Ceará”, conclui a Mito. 

Além de Célio Beleza, os atletas Fernando Fernandes, atleta paralímpico e apresentador; e Gustavo Foerster, atleta profissional de Kite, marcarão presença no evento. Inscrições estão disponíveis através do WhatsApp (85) 9-8834-3489. A participação é gratuita e a única condição é ir para o evento em um carro da Mitsubishi.

Publicidade

Temporada 2019 do Campeonato Cearense de Rally começa em março

Por silviomauro em Evento

27 de Fevereiro de 2019

Foi realizado ontem, no Shopping Reserva Mall, o lançamento oficial do Campeonato Cearense de Rally 2019. Com expectativa de 75 competidores por etapa, o torneio terá a primeira etapa no dia 23 de março. Segundo Márcio Botelho, presidente da Associação Cearense de Pilotos e Navegadores de Veículos Fora de Estrada (ACPN), entidade responsável pela organização do rali, a temporada deste ano traz como novidade a inclusão de novas categorias: Expedition e Master.

A primeira é de entrada, para pessoas que têm veículos 4×4 e nunca competiram em ralis. Os integrantes desta categoria, explica Márcio, irão apenas participar, com ajuda da organização, para conhecer mais sobre o universo off road. “Criamos a Expedition para mostrar que qualquer pessoa pode participar de um rali de regularidade e que esse tipo de prova pode ser realizada sem forçar ou danificar os carros”, afirma ele.

Já a Master é para competidores com muita experiência. “É uma categoria que existe em ralis de outros estados. Criamos no Campeonato Cearense de Rally para dar oportunidade a esses pilotos de alto nível que já competiam fora daqui”, destaca o presidente da ACPN.

Em relação à qualidade técnica do campeonato, o diretor de prova Rogério Almeida promete bastante diversão. “Todas as etapas serão desafiadoras e dinâmicas”, garante ele, que tem know-how consagrado na área: também é diretor de prova da Copa Troller e das competições de regularidade do Rally dos Sertões.

Em 2018 foram disputadas seis etapas do Campeonato Cearense de Rally. A prova passou por Fortaleza, Cascavel, Sobral, Pindoretama, Beberibe e Aquiraz. Além da Grande Fortaleza, a temporada 2019 prevê etapas em Sobral e está em negociações com as cidades de Itapipoca, Acaraú, Caucaia e municípios da chamada Costa do Sol Poente. A nova diretoria também vai incentivar o curso de navegação para iniciantes na semana que antecede cada etapa, principalmente para quem nunca participou de uma prova de rali de regularidade.

Informações e inscrições para o Campeonato Cearense de Rally 2019 podem ser obtidas pelo site oficial, no endereço www.cearensederally.com.br.

Entenda a diferença entre ralis de regularidade e de velocidade
No universo de competições off road, há significativas diferenças entre os ralis de velocidade e os de regularidade. Nos primeiros, vencem os competidores que forem mais rápidos em cada etapa. Nesse caso, os carros e pilotos são testados ao máximo e é demandada uma estrutura de apoio maior, porque as velocidades são muito altas e o risco de acidentes é grande.

Já no rali de regularidade, quem determina o nível de dificuldade e de rapidez de cada etapa é a organização. Ela estipula o tempo mínimo e o máximo em que os trechos devem ser percorridos. Isso significa que os competidores não podem ser lentos demais nem alcançar velocidades muito maiores do que as calculadas pelo diretor de prova.

Calendário 2019 – Campeonato Cearense de Rally
1ª etapa – dia 23 de março
2ª etapa – dia 18 de maio
3ª etapa – dia 13 de julho
4ª etapa – dia 07 de setembro
5ª etapa – dia 12 de outubro
6ª etapa – dia 30 de novembro

Categorias
Carros Master
Carros Graduados
Carros Turismo
Carros Estreantes
Carros Expedition
Quadriciclos
Motos
UTV Graduados
UTV Estreante

leia tudo sobre

Publicidade

Temporada 2019 do Campeonato Cearense de Rally começa em março

Por silviomauro em Evento

27 de Fevereiro de 2019

Foi realizado ontem, no Shopping Reserva Mall, o lançamento oficial do Campeonato Cearense de Rally 2019. Com expectativa de 75 competidores por etapa, o torneio terá a primeira etapa no dia 23 de março. Segundo Márcio Botelho, presidente da Associação Cearense de Pilotos e Navegadores de Veículos Fora de Estrada (ACPN), entidade responsável pela organização do rali, a temporada deste ano traz como novidade a inclusão de novas categorias: Expedition e Master.

A primeira é de entrada, para pessoas que têm veículos 4×4 e nunca competiram em ralis. Os integrantes desta categoria, explica Márcio, irão apenas participar, com ajuda da organização, para conhecer mais sobre o universo off road. “Criamos a Expedition para mostrar que qualquer pessoa pode participar de um rali de regularidade e que esse tipo de prova pode ser realizada sem forçar ou danificar os carros”, afirma ele.

Já a Master é para competidores com muita experiência. “É uma categoria que existe em ralis de outros estados. Criamos no Campeonato Cearense de Rally para dar oportunidade a esses pilotos de alto nível que já competiam fora daqui”, destaca o presidente da ACPN.

Em relação à qualidade técnica do campeonato, o diretor de prova Rogério Almeida promete bastante diversão. “Todas as etapas serão desafiadoras e dinâmicas”, garante ele, que tem know-how consagrado na área: também é diretor de prova da Copa Troller e das competições de regularidade do Rally dos Sertões.

Em 2018 foram disputadas seis etapas do Campeonato Cearense de Rally. A prova passou por Fortaleza, Cascavel, Sobral, Pindoretama, Beberibe e Aquiraz. Além da Grande Fortaleza, a temporada 2019 prevê etapas em Sobral e está em negociações com as cidades de Itapipoca, Acaraú, Caucaia e municípios da chamada Costa do Sol Poente. A nova diretoria também vai incentivar o curso de navegação para iniciantes na semana que antecede cada etapa, principalmente para quem nunca participou de uma prova de rali de regularidade.

Informações e inscrições para o Campeonato Cearense de Rally 2019 podem ser obtidas pelo site oficial, no endereço www.cearensederally.com.br.

Entenda a diferença entre ralis de regularidade e de velocidade
No universo de competições off road, há significativas diferenças entre os ralis de velocidade e os de regularidade. Nos primeiros, vencem os competidores que forem mais rápidos em cada etapa. Nesse caso, os carros e pilotos são testados ao máximo e é demandada uma estrutura de apoio maior, porque as velocidades são muito altas e o risco de acidentes é grande.

Já no rali de regularidade, quem determina o nível de dificuldade e de rapidez de cada etapa é a organização. Ela estipula o tempo mínimo e o máximo em que os trechos devem ser percorridos. Isso significa que os competidores não podem ser lentos demais nem alcançar velocidades muito maiores do que as calculadas pelo diretor de prova.

Calendário 2019 – Campeonato Cearense de Rally
1ª etapa – dia 23 de março
2ª etapa – dia 18 de maio
3ª etapa – dia 13 de julho
4ª etapa – dia 07 de setembro
5ª etapa – dia 12 de outubro
6ª etapa – dia 30 de novembro

Categorias
Carros Master
Carros Graduados
Carros Turismo
Carros Estreantes
Carros Expedition
Quadriciclos
Motos
UTV Graduados
UTV Estreante