Publicidade

Blog do Guifil

por Guilherme Custódio

Estreia do Brasil no Estádio Castelão teve um público de mais de 118 mil pessoas: relembre

Por guilhermecustodio em Sem categoria

04 de outubro de 2015

Seleção venceu os uruguaios por 1 a 0. Foto:/ Divulgação

Há 35 anos a Seleção Brasileira de Futebol jogava pela primeira vez em solo cearense. A Seleção canarinho venceu o Uruguai por 1 a 0, no Estádio Castelão. O duelo sul-americano teve um público de 118.496 pessoas. O gol brasileiro foi marcado pelo ex-lateral Getúlio, em cobrança de pênalti, aos 35 minutos do segundo tempo.

O elenco do Brasil era formado por jogadores de renome nacional naquela época, como o lateral-esquerdo Júnior, o meio-campo Tita e o meia-atacante Sócrates. O técnico era Telê Santana. O amistoso sul-americano em Fortaleza foi o pontapé inicial da Seleção para disputar as Eliminatórias da Copa do Mundo de 1982, disputada na Espanha. A celeste olímpica também trouxe atletas renomados, como: o goleiro Rodolfo Rodríguez, o zagueiro Hugo De León e Venâncio Ramos. O confronto aconteceu no dia 21 de agosto de 1980.

Trinta e cinco anos depois, a Seleção Brasileira volta ao Estádio Castelão, desta vez, para o jogo contra a Venezuela, válida pela segunda rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia. Este duelo contra os venezuelanos será a 11ª partida da equipe brasileira no ‘Gigante da Boa Vista’.

Saiba mais
Ingressos para jogo do Brasil no Estádio Arena Castelão começam a ser vendidos

Ficha Técnica
Competição: Amistoso.
Local: Estádio Plácido “Castelão” Castelo, em Fortaleza-CE (Brasil). Público: 118.496 espectadores.
Árbitro: Luís Carlos Félix Ferreira (Brasil). Assistentes: Arnaldo David Cezar Coelho (Brasil), José Roberto Ramiz Wright (Brasil).

Cartão Amarelo: Júnior, Tita.
Gol: Getúlio (pênalti), aos 75.
BRASIL: Carlos, Getúlio, Oscar, Luizinho e Júnior; Batista, Pita (Paulo Isidoro, aos 78) e Renato; Tita, Sócrates (Baltazar, aos 63) e Zé Sérgio. Treinador: Telê Santana da Silva.
URUGUAI: Rodolfo Rodríguez, Moreira (Aníbal Rodríguez, aos 65), Olivera, De León e Diogo; Barrios, Agresta (Krasowski, aos 78) e De La Peña (Luzardo); Vargas, Victorino e Venancio Ramos. Treinador: Gastón Roque Máspoli.

 

Publicidade aqui

Estreia do Brasil no Estádio Castelão teve um público de mais de 118 mil pessoas: relembre

Por guilhermecustodio em Sem categoria

04 de outubro de 2015

Seleção venceu os uruguaios por 1 a 0. Foto:/ Divulgação

Há 35 anos a Seleção Brasileira de Futebol jogava pela primeira vez em solo cearense. A Seleção canarinho venceu o Uruguai por 1 a 0, no Estádio Castelão. O duelo sul-americano teve um público de 118.496 pessoas. O gol brasileiro foi marcado pelo ex-lateral Getúlio, em cobrança de pênalti, aos 35 minutos do segundo tempo.

O elenco do Brasil era formado por jogadores de renome nacional naquela época, como o lateral-esquerdo Júnior, o meio-campo Tita e o meia-atacante Sócrates. O técnico era Telê Santana. O amistoso sul-americano em Fortaleza foi o pontapé inicial da Seleção para disputar as Eliminatórias da Copa do Mundo de 1982, disputada na Espanha. A celeste olímpica também trouxe atletas renomados, como: o goleiro Rodolfo Rodríguez, o zagueiro Hugo De León e Venâncio Ramos. O confronto aconteceu no dia 21 de agosto de 1980.

Trinta e cinco anos depois, a Seleção Brasileira volta ao Estádio Castelão, desta vez, para o jogo contra a Venezuela, válida pela segunda rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia. Este duelo contra os venezuelanos será a 11ª partida da equipe brasileira no ‘Gigante da Boa Vista’.

Saiba mais
Ingressos para jogo do Brasil no Estádio Arena Castelão começam a ser vendidos

Ficha Técnica
Competição: Amistoso.
Local: Estádio Plácido “Castelão” Castelo, em Fortaleza-CE (Brasil). Público: 118.496 espectadores.
Árbitro: Luís Carlos Félix Ferreira (Brasil). Assistentes: Arnaldo David Cezar Coelho (Brasil), José Roberto Ramiz Wright (Brasil).

Cartão Amarelo: Júnior, Tita.
Gol: Getúlio (pênalti), aos 75.
BRASIL: Carlos, Getúlio, Oscar, Luizinho e Júnior; Batista, Pita (Paulo Isidoro, aos 78) e Renato; Tita, Sócrates (Baltazar, aos 63) e Zé Sérgio. Treinador: Telê Santana da Silva.
URUGUAI: Rodolfo Rodríguez, Moreira (Aníbal Rodríguez, aos 65), Olivera, De León e Diogo; Barrios, Agresta (Krasowski, aos 78) e De La Peña (Luzardo); Vargas, Victorino e Venancio Ramos. Treinador: Gastón Roque Máspoli.