Arquivos 27 de novembro de 2013 - Blog Verde 
Publicidade

Blog Verde

por Nájila Cabral

27 de novembro de 2013

Principais decisões da COP 19 – Conferência sobre Mudanças Climáticas (parte 3)

Por Nájila Cabral em Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente, Mudanças Climáticas

27 de novembro de 2013

      Varsóvia (COP 19) estabeleceu um caminho para os governos trabalharem em um novo texto para o Acordo Universal do Clima para que este possa estar em pauta na próxima conferência da ONU sobre mudança climática no Peru. “Este é um passo essencial para chegar a um acordo final em Paris, em 2015”, disse Marcin Korolec, presidente da Conferência COP19.

     No contexto de 2015, os países decidiram iniciar ou intensificar a preparação interna para suas “intencionais contribuições apuradas nacionalmente” em direção ao acordo, que deve entrar em vigor a partir de 2020. As Partes, ou países, que aprontarem este processo devem apresentar planos claros e transparentes com bastante antecedência da COP 21, em Paris, ainda no primeiro trimestre de 2015.

     Em relação aos avanços na ajuda para as nações em desenvolvimento, em Varsóvia, um marco foi aprovado depois que 48 dos países mais pobres do mundo concluíram um conjunto abrangente de planos para lidar com os impactos inevitáveis das alterações climáticas. Com estes planos, os países podem avaliar melhor os impactos imediatos das mudanças climáticas e o que eles precisam para apoiar a tornarem-se mais resilientes.

      Alguns países desenvolvidos, incluindo Áustria, Bélgica, Finlândia, França, Alemanha, Noruega, Suécia, Suíça se comprometeram a contribuir com mais de US$ 100 milhões de dólares para aumentar o Fundo de Adaptação, que já começou a financiar projetos nacionais.

       Os Governos concluíram o trabalho no Centro de Tecnologia e Rede Clima (Climate Technology Centre and Network – CTCN) para que ele possa responder imediatamente aos pedidos dos países em desenvolvimento para assistência sobre a transferência de tecnologia. O CTCN está aberto para negócios e está incentivando os países em desenvolvimento para investirem em transferência de tecnologia.

Fonte: UNFCC (Press Release)

Publicidade

Principais decisões da COP 19 – Conferência sobre Mudanças Climáticas (parte 3)

Por Nájila Cabral em Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente, Mudanças Climáticas

27 de novembro de 2013

      Varsóvia (COP 19) estabeleceu um caminho para os governos trabalharem em um novo texto para o Acordo Universal do Clima para que este possa estar em pauta na próxima conferência da ONU sobre mudança climática no Peru. “Este é um passo essencial para chegar a um acordo final em Paris, em 2015”, disse Marcin Korolec, presidente da Conferência COP19.

     No contexto de 2015, os países decidiram iniciar ou intensificar a preparação interna para suas “intencionais contribuições apuradas nacionalmente” em direção ao acordo, que deve entrar em vigor a partir de 2020. As Partes, ou países, que aprontarem este processo devem apresentar planos claros e transparentes com bastante antecedência da COP 21, em Paris, ainda no primeiro trimestre de 2015.

     Em relação aos avanços na ajuda para as nações em desenvolvimento, em Varsóvia, um marco foi aprovado depois que 48 dos países mais pobres do mundo concluíram um conjunto abrangente de planos para lidar com os impactos inevitáveis das alterações climáticas. Com estes planos, os países podem avaliar melhor os impactos imediatos das mudanças climáticas e o que eles precisam para apoiar a tornarem-se mais resilientes.

      Alguns países desenvolvidos, incluindo Áustria, Bélgica, Finlândia, França, Alemanha, Noruega, Suécia, Suíça se comprometeram a contribuir com mais de US$ 100 milhões de dólares para aumentar o Fundo de Adaptação, que já começou a financiar projetos nacionais.

       Os Governos concluíram o trabalho no Centro de Tecnologia e Rede Clima (Climate Technology Centre and Network – CTCN) para que ele possa responder imediatamente aos pedidos dos países em desenvolvimento para assistência sobre a transferência de tecnologia. O CTCN está aberto para negócios e está incentivando os países em desenvolvimento para investirem em transferência de tecnologia.

Fonte: UNFCC (Press Release)