Arquivos 21 de dezembro de 2013 - Blog Verde 
Publicidade

Blog Verde

por Nájila Cabral

21 de dezembro de 2013

A sustentabilidade é possível? (parte 1)

Por Nájila Cabral em Conservação da Natureza, Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente

21 de dezembro de 2013

   Em recente publicação da Universidade Livre da Mata Atlântica, denominada “O Estado do Mundo 2013: a sustentabilidade ainda é possível?” encontram-se informações importantes para que a sociedade conheça um pouco mais dos limites da natureza. O Blog Verde esta semana traz algumas informações que constam dessa publicação.

    Considerando a necessidade de um espaço justo e seguro para a humanidade, Kate Raworth comenta sobre os nove limites planetários, que o grupo de Johan Rockström propôs, em 2009. O grupo considera que três dos nove limites já foram ultrapassados, a saber: os das mudanças climáticas, o do ciclo do nitrogênio e o da perda da biodiversidade.

     Os nove limites planetários, definidos pelo grupo de Rockström, são:

– uso de água potável;

– mudanças climáticas;

– ciclos do fósforo e do nitrogênio;

– acidificação dos oceanos;

– poluição química;

– acúmulo de aerossóis na atmosfera;

– destruição da camada de ozônio;

– perda da biodiversidade; e

– alterações no uso dos solos.

     A proposta de Kate Raworth é que sejam consideradas as 11 prioridades sociais, levantadas na Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, como pisos sociais, ou seja, que devem ser atendidos em sua plenitude, considerando os limites planetários. As 11 prioridades sociais são: privação de alimentos, água, saúde, renda, educação, energia, empregos, voz, igualdade de gêneros, justiça social e resiliência contra os choques.

     Acredita Kate Raworth que combinar os limites planetários com as prioridades sociais (ou pisos sociais) possa criar uma nova perspectiva do desenvolvimento sustentável.

 Fonte: Estado do mundo 2013: A Sustentabilidade Ainda é Possível? Organização: Erik Assadourian e Tom Prugh 1ª ed.. Salvador: Worldwatch Institute, 2013.

Publicidade

A sustentabilidade é possível? (parte 1)

Por Nájila Cabral em Conservação da Natureza, Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente

21 de dezembro de 2013

   Em recente publicação da Universidade Livre da Mata Atlântica, denominada “O Estado do Mundo 2013: a sustentabilidade ainda é possível?” encontram-se informações importantes para que a sociedade conheça um pouco mais dos limites da natureza. O Blog Verde esta semana traz algumas informações que constam dessa publicação.

    Considerando a necessidade de um espaço justo e seguro para a humanidade, Kate Raworth comenta sobre os nove limites planetários, que o grupo de Johan Rockström propôs, em 2009. O grupo considera que três dos nove limites já foram ultrapassados, a saber: os das mudanças climáticas, o do ciclo do nitrogênio e o da perda da biodiversidade.

     Os nove limites planetários, definidos pelo grupo de Rockström, são:

– uso de água potável;

– mudanças climáticas;

– ciclos do fósforo e do nitrogênio;

– acidificação dos oceanos;

– poluição química;

– acúmulo de aerossóis na atmosfera;

– destruição da camada de ozônio;

– perda da biodiversidade; e

– alterações no uso dos solos.

     A proposta de Kate Raworth é que sejam consideradas as 11 prioridades sociais, levantadas na Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, como pisos sociais, ou seja, que devem ser atendidos em sua plenitude, considerando os limites planetários. As 11 prioridades sociais são: privação de alimentos, água, saúde, renda, educação, energia, empregos, voz, igualdade de gêneros, justiça social e resiliência contra os choques.

     Acredita Kate Raworth que combinar os limites planetários com as prioridades sociais (ou pisos sociais) possa criar uma nova perspectiva do desenvolvimento sustentável.

 Fonte: Estado do mundo 2013: A Sustentabilidade Ainda é Possível? Organização: Erik Assadourian e Tom Prugh 1ª ed.. Salvador: Worldwatch Institute, 2013.