Frases para refletir... sobre vida e meio ambiente - Blog Verde 
Publicidade

Blog Verde

por Nájila Cabral

Frases para refletir… sobre vida e meio ambiente

Por Nájila Cabral em Conservação da Natureza, Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente

20 de outubro de 2013

      Difícil entender as perdas… Porque perdemos? Porque sofremos com as perdas? Provavelmente porque antes da perda, houve amor. Profundo, verdadeiro, inocente e puro.

      Hoje, permitam-me no Blog Verde, falar diretamente a duas pessoas que tenho admiração e carinho: Sílvio e Luciane, pesquisadores das ciências ambientais. Três meses de ausência física dele! Não há um só dia que eu não me lembre de vocês. Oro e peço a Deus, todos os dias, para protegê-los e fortalecê-los para enfrentar essa etapa tão difícil. Sei o quanto ele foi esperado, desejado, amado por mil anos antes mesmo de ser concebido. E tenho certeza de que ainda é muito amado por todos nós, e será amado por mais, no mínimo, mil anos.

     Meus caros, a vida continua. E é bela. O tempo não para e traz outras formas de alegrias. A dor da perda, aos poucos, se transformará em saudade. Saudades do tempo bom, dos momentos agradáveis que foram tantos e tão repletos de amor.

      As frases de hoje trazem trechos da música que ele gostava…

“Como ser corajoso, como posso amar quando tenho medo de cair?  … Eu morri todos os dias esperando por você. Amor, não tenha medo. Eu te amei por mil anos. Eu vou te amar por mais mil anos” (tradução livre da música A thousand years, de Christina Perri)

Publicidade aqui

Frases para refletir… sobre vida e meio ambiente

Por Nájila Cabral em Conservação da Natureza, Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente

20 de outubro de 2013

      Difícil entender as perdas… Porque perdemos? Porque sofremos com as perdas? Provavelmente porque antes da perda, houve amor. Profundo, verdadeiro, inocente e puro.

      Hoje, permitam-me no Blog Verde, falar diretamente a duas pessoas que tenho admiração e carinho: Sílvio e Luciane, pesquisadores das ciências ambientais. Três meses de ausência física dele! Não há um só dia que eu não me lembre de vocês. Oro e peço a Deus, todos os dias, para protegê-los e fortalecê-los para enfrentar essa etapa tão difícil. Sei o quanto ele foi esperado, desejado, amado por mil anos antes mesmo de ser concebido. E tenho certeza de que ainda é muito amado por todos nós, e será amado por mais, no mínimo, mil anos.

     Meus caros, a vida continua. E é bela. O tempo não para e traz outras formas de alegrias. A dor da perda, aos poucos, se transformará em saudade. Saudades do tempo bom, dos momentos agradáveis que foram tantos e tão repletos de amor.

      As frases de hoje trazem trechos da música que ele gostava…

“Como ser corajoso, como posso amar quando tenho medo de cair?  … Eu morri todos os dias esperando por você. Amor, não tenha medo. Eu te amei por mil anos. Eu vou te amar por mais mil anos” (tradução livre da música A thousand years, de Christina Perri)