Senado deve votar Medida Provisória do Código Florestal - Blog Verde 
Publicidade

Blog Verde

por Nájila Cabral

Senado deve votar Medida Provisória do Código Florestal

Por Nájila Cabral em Conservação da Natureza, Legislação Ambiental, Meio Ambiente

19 de setembro de 2012

      Conforme a Agência Senado, o Plenário do Senado realiza nos próximos dias 25 e 26 sessões deliberativas para votar a Medida Provisória do Código Florestal. O presidente do Senado, José Sarney, convocou o novo período para ouvir os líderes, motivado pela aprovação, na Câmara, da medida provisória do Código Florestal (MP 571/2012), conforme informou aos jornalistas o diretor da Secretaria Especial de Comunicação do Senado (Secs), Fernando Cesar Mesquita, nesta quarta-feira (19/09).

       O texto aprovado pelos deputados na noite desta terça-feira (18) modifica a referida Medida Provisória e é fruto de acordo firmado em agosto na comissão mista que fez análise prévia da medida. Na ocasião, a presidente Dilma Rousseff negou participação do governo no acordo, desagradando a bancada ruralista da Câmara, que tentou obstruir a votação da matéria. No Senado, no entanto, o texto deve ser aprovado sem dificuldades, uma vez que conta com a aprovação de senadores que acompanham o tema.

     Para acompanhar os trâmites, clique aqui.

 Fonte: Agência Senado

 

 

Publicidade aqui

Senado deve votar Medida Provisória do Código Florestal

Por Nájila Cabral em Conservação da Natureza, Legislação Ambiental, Meio Ambiente

19 de setembro de 2012

      Conforme a Agência Senado, o Plenário do Senado realiza nos próximos dias 25 e 26 sessões deliberativas para votar a Medida Provisória do Código Florestal. O presidente do Senado, José Sarney, convocou o novo período para ouvir os líderes, motivado pela aprovação, na Câmara, da medida provisória do Código Florestal (MP 571/2012), conforme informou aos jornalistas o diretor da Secretaria Especial de Comunicação do Senado (Secs), Fernando Cesar Mesquita, nesta quarta-feira (19/09).

       O texto aprovado pelos deputados na noite desta terça-feira (18) modifica a referida Medida Provisória e é fruto de acordo firmado em agosto na comissão mista que fez análise prévia da medida. Na ocasião, a presidente Dilma Rousseff negou participação do governo no acordo, desagradando a bancada ruralista da Câmara, que tentou obstruir a votação da matéria. No Senado, no entanto, o texto deve ser aprovado sem dificuldades, uma vez que conta com a aprovação de senadores que acompanham o tema.

     Para acompanhar os trâmites, clique aqui.

 Fonte: Agência Senado