Publicidade

Física Marginal

por Idelfranio Moreira

resultante

A resultante, a velocidade e o movimento

Por Idelfranio Moreira em mecânica

23 de Março de 2018

O ângulo entre o vetor da resultante das forças e o vetor velocidade define o movimento do corpo:

Se 0o, então o valor da velocidade aumenta, mas sua direção não muda, logo M.R.V. acelerado;

Se 180o, então o valor da velocidade diminui, mas sua direção não muda, logo M.R.V. retardado;

Se 90o, então o valor da velocidade não aumenta nem diminui, mas sua direção muda constantemente, logo M.C.U.;

Se <90o, então o valor da velocidade aumenta enquanto a direção muda, logo M.C.V. acelerado;

Se >90o, então o valor da velocidade diminui enquanto a direção muda, logo M.C.V. retardado.

Conclusão: quando a força – ou componente – é tangencial à trajetória, funciona como força aceleradora ou retardadora; quando a força – ou componente – é perpendicular à trajetória, funciona como centrípeta, compondo, portanto, trajetória curvilínea.


Publicidade

Força RESULTANTE não existe, ok!

Por Idelfranio Moreira em mecânica

22 de Março de 2018

Atração gravitacional (peso), atrito, resistência do ar, tração, força elástica… normalmente um corpo está sob a ação de várias forças. Cada uma com seu valor, sua direção e seu sentido de ação. Acontece que a ação conjunta de todas elas determina o estado – de repouso ou de movimento – do corpo, ou seja, sua aceleração (lembrar da 2a lei de Newton).

Em outras palavras, tudo se passa como se houvesse uma única força atuando sobre o corpo. As características – valor, direção e sentido – dessa força imaginária podem ser obtidas pela soma vetorial de todas as forças atuantes. A isso se chama “resultante das forças” (que muitos chamam ‘força resultante’).

É extremamente importante saber disso para que, em caso de você precisar determinar/desenhar as forças atuantes sobre um corpo, não colocar “a resultante” entre elas. Principalmente em caso de movimentos curvilíneos, quando muitos alunos acabam querendo desenhar a resultante centrípeta como uma das forças do conjunto de forças que atua sobre o corpo!


Publicidade

Acelerações em cada tipo de movimento – TABELA

Por Idelfranio Moreira em mecânica, tabela

20 de Março de 2018

A aceleração tangencial é aquela que transforma um movimento uniforme num movimento variado. Em outras palavras: a aceleração tangencial representa a variação (aumento ou diminuição) do valor da velocidade do movimento. Logo, a aceleração tangencial está sempre presente nos movimentos variados (acelerados e retardados) e ausente nos movimentos uniformes.

A aceleração centrípeta é a que transforma um movimento retilíneo num movimento curvilíneo (circular, por exemplo). Assim, a aceleração centrípeta está sempre presente nos movimentos curvilíneos e ausente nos movimentos retilíneos.


 

Publicidade

Acelerações em cada tipo de movimento – TABELA

Por Idelfranio Moreira em mecânica, tabela

20 de Março de 2018

A aceleração tangencial é aquela que transforma um movimento uniforme num movimento variado. Em outras palavras: a aceleração tangencial representa a variação (aumento ou diminuição) do valor da velocidade do movimento. Logo, a aceleração tangencial está sempre presente nos movimentos variados (acelerados e retardados) e ausente nos movimentos uniformes.

A aceleração centrípeta é a que transforma um movimento retilíneo num movimento curvilíneo (circular, por exemplo). Assim, a aceleração centrípeta está sempre presente nos movimentos curvilíneos e ausente nos movimentos retilíneos.