Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Setor de shopping centers cresce 4,3% em vendas no primeiro trimestre

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

08 de Maio de 2018

Em estudo comparativo dos resultados do primeiro trimestre de 2018, realizado pela Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), o setor de shopping centers cresceu 4,3% em vendas na comparação com o primeiro trimestre de 2017.

Os dados revelam que a retomada do mercado está alinhada à expectativa da Abrasce. “O setor de shoppings no Brasil está entre os cinco que mais crescem no mundo. Estamos otimistas com o ano de 2018 e já sentimos a retomada de confiança do consumidor. Nossa expectativa para 2018 é crescer entre 5,5% a 6% e inaugurar 23 novos shoppings”, afirma o presidente da entidade, Glauco Humai.

O fluxo de visitantes teve alta de 3,1%, no primeiro trimestre. A vacância se manteve estável, em 5,3%, saudável para os padrões do setor que está entre as três menores do mundo.

A alta das vendas e do fluxo de visitantes, no trimestre, refletem na queda de 4,1% da inadimplência, outro fator que reforça o contínuo avanço do setor de shopping centers no Brasil.

Dia das Mães

Para uma das datas mais importantes do varejo, o Dia das Mães, o setor de shopping centers está otimista com o aumento das vendas. Segundo levantamento da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), a expectativa é um crescimento em vendas de 6,5%, em relação ao mesmo período do ano anterior.

Perfil de shoppings no Brasil

  • Shopping centers em operação: 571;
  • Número de cidades com shoppings no Brasil, ao final de 2017: 212;
  • Total de ABL (Área Bruta Locável) no Brasil: 15,580 milhões de m² (aumento de 2,26% em relação ao ano anterior);
  • Faturamento total do Brasil em 2017: R$ 167,7 bilhões, o que representa um crescimento de 6,2% em relação a 2016;
  • 87% dos shopping centers brasileiros são empreendimentos do tipo tradicional e 13% especializados (outlet, lifestyle e temáticos). Destes, 17% são outlets.
  • 46% dos shopping centers estão localizados em capitais brasileiras e 54% em outras cidades;
  • Os shoppings brasileiros receberam cerca de 463 milhões de visitas por mês em 2017, o que representa um aumento de 5,6% em relação ao ano de 2016;
  • Existem mais de 102.300 lojas nos 571 shopping centers brasileiros;
  • Existem 897.506 vagas de estacionamento em shoppings em todo o território nacional;
  • 2.760 salas de cinema nos shoppings de todo o Brasil;
  • Estima-se que haja mais de 1 milhão de empregos diretos nos shoppings brasileiros (aumento de 1,27%);

Sobre Abrasce

Fundada em 1976, a Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce) tem como objetivo atuar para o desenvolvimento e fortalecimento do setor de shoppings no país. O know-how superior a quarenta anos de atuação credencia a Abrasce como referência no setor varejista brasileiro. Os seus mais de quatrocentos associados contam com um amplo portfólio de benefícios oferecidos pela entidade que incluem: assessoria jurídica, eventos, seminários, congressos, cursos de capacitação e pesquisas.

A Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce) está sediada na cidade de São Paulo, sendo presidida pelo gestor empresarial Glauco Humai e conta com o suporte de um conceituado e experiente Conselho Diretor formado pelos principais empresários do setor. Mais informações estão disponíveis em http://www.abrasce.com.br.

Publicidade aqui

Setor de shopping centers cresce 4,3% em vendas no primeiro trimestre

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

08 de Maio de 2018

Em estudo comparativo dos resultados do primeiro trimestre de 2018, realizado pela Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), o setor de shopping centers cresceu 4,3% em vendas na comparação com o primeiro trimestre de 2017.

Os dados revelam que a retomada do mercado está alinhada à expectativa da Abrasce. “O setor de shoppings no Brasil está entre os cinco que mais crescem no mundo. Estamos otimistas com o ano de 2018 e já sentimos a retomada de confiança do consumidor. Nossa expectativa para 2018 é crescer entre 5,5% a 6% e inaugurar 23 novos shoppings”, afirma o presidente da entidade, Glauco Humai.

O fluxo de visitantes teve alta de 3,1%, no primeiro trimestre. A vacância se manteve estável, em 5,3%, saudável para os padrões do setor que está entre as três menores do mundo.

A alta das vendas e do fluxo de visitantes, no trimestre, refletem na queda de 4,1% da inadimplência, outro fator que reforça o contínuo avanço do setor de shopping centers no Brasil.

Dia das Mães

Para uma das datas mais importantes do varejo, o Dia das Mães, o setor de shopping centers está otimista com o aumento das vendas. Segundo levantamento da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), a expectativa é um crescimento em vendas de 6,5%, em relação ao mesmo período do ano anterior.

Perfil de shoppings no Brasil

  • Shopping centers em operação: 571;
  • Número de cidades com shoppings no Brasil, ao final de 2017: 212;
  • Total de ABL (Área Bruta Locável) no Brasil: 15,580 milhões de m² (aumento de 2,26% em relação ao ano anterior);
  • Faturamento total do Brasil em 2017: R$ 167,7 bilhões, o que representa um crescimento de 6,2% em relação a 2016;
  • 87% dos shopping centers brasileiros são empreendimentos do tipo tradicional e 13% especializados (outlet, lifestyle e temáticos). Destes, 17% são outlets.
  • 46% dos shopping centers estão localizados em capitais brasileiras e 54% em outras cidades;
  • Os shoppings brasileiros receberam cerca de 463 milhões de visitas por mês em 2017, o que representa um aumento de 5,6% em relação ao ano de 2016;
  • Existem mais de 102.300 lojas nos 571 shopping centers brasileiros;
  • Existem 897.506 vagas de estacionamento em shoppings em todo o território nacional;
  • 2.760 salas de cinema nos shoppings de todo o Brasil;
  • Estima-se que haja mais de 1 milhão de empregos diretos nos shoppings brasileiros (aumento de 1,27%);

Sobre Abrasce

Fundada em 1976, a Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce) tem como objetivo atuar para o desenvolvimento e fortalecimento do setor de shoppings no país. O know-how superior a quarenta anos de atuação credencia a Abrasce como referência no setor varejista brasileiro. Os seus mais de quatrocentos associados contam com um amplo portfólio de benefícios oferecidos pela entidade que incluem: assessoria jurídica, eventos, seminários, congressos, cursos de capacitação e pesquisas.

A Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce) está sediada na cidade de São Paulo, sendo presidida pelo gestor empresarial Glauco Humai e conta com o suporte de um conceituado e experiente Conselho Diretor formado pelos principais empresários do setor. Mais informações estão disponíveis em http://www.abrasce.com.br.