Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Outubro registra recorde de movimentação de cargas no Porto do Pecém 

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

12 de novembro de 2019

No mês passado o terminal portuário cearense teve o seu melhor resultado mensal da história com quase 2 milhões de toneladas movimentadas

1.927.493 de toneladas. Nunca se movimentaram tantas cargas no Porto do Pecém, em um único mês, como em outubro de 2019. O recorde na movimentação é histórico. Até então, Julho de 2019 detinha a melhor marca mensal com 1.706.961 toneladas de cargas movimentadas em um único mês desde que o Porto do Pecém começou a operar, em março de 2002.

O recorde pode ser explicado pelo aumento na movimentação de carvão mineral; gás de petróleo; produtos siderúrgicos; alumínio e suas obras; minério de ferro; coque de petróleo; adubos e fertilizantes; placas de aço; frutas; minérios de manganês; preparações de produtos hortícolas; sal; cereais; e farinha de trigo. Em relação ao contabilizado em outubro de 2018 (1.418.367 t), houve crescimento de 36% na movimentação de cargas.

Natureza da carga (Jan-Out/2019):
– 54% (8.159.426 t): Granel sólido;
– 25% (3.817.640 t): Carga conteinerizada;
– 18% (2.749.669 t): Carga geral solta;
– 3% (425.212 t): Granel líquido.

“Esse é o segundo recorde que quebramos em um único ano, ou seja, apenas em 2019 melhoramos duas vezes o histórico da nossa marca de movimentação mensal. Esses números são resultado do esforço de centenas de profissionais que trabalham para o desenvolvimento do Complexo Industrial e Portuário do Pecém. Nossa expectativa é fechar o ano com um crescimento de até 8 % em relação ao movimentado no ano de 2018”, diz Danilo Serpa – Presidente do Complexo Industrial e Portuário do Pecém.

No Complexo do Pecém estão instaladas mais de 60 empresas distribuídas pela Área Industrial; pelo Porto; e pela Zona de Processamento de Exportação (ZPE) do Ceará – a única em operação hoje no Brasil e que em breve será ampliada com a implantação da ZPE II.

Movimento Acumulado

A movimentação acumulada de 2019 (jan/out) atingiu a marca de 15.151.947 toneladas. 4% superior ao mesmo período de 2018 (jan/out), quando foram movimentadas 14.561.995 toneladas. Destaque para os embarques que tiveram um aumento de 17%: 3.642.839 toneladas em 2018 para 4.271.454 toneladas em 2019.

Publicidade aqui

Outubro registra recorde de movimentação de cargas no Porto do Pecém 

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

12 de novembro de 2019

No mês passado o terminal portuário cearense teve o seu melhor resultado mensal da história com quase 2 milhões de toneladas movimentadas

1.927.493 de toneladas. Nunca se movimentaram tantas cargas no Porto do Pecém, em um único mês, como em outubro de 2019. O recorde na movimentação é histórico. Até então, Julho de 2019 detinha a melhor marca mensal com 1.706.961 toneladas de cargas movimentadas em um único mês desde que o Porto do Pecém começou a operar, em março de 2002.

O recorde pode ser explicado pelo aumento na movimentação de carvão mineral; gás de petróleo; produtos siderúrgicos; alumínio e suas obras; minério de ferro; coque de petróleo; adubos e fertilizantes; placas de aço; frutas; minérios de manganês; preparações de produtos hortícolas; sal; cereais; e farinha de trigo. Em relação ao contabilizado em outubro de 2018 (1.418.367 t), houve crescimento de 36% na movimentação de cargas.

Natureza da carga (Jan-Out/2019):
– 54% (8.159.426 t): Granel sólido;
– 25% (3.817.640 t): Carga conteinerizada;
– 18% (2.749.669 t): Carga geral solta;
– 3% (425.212 t): Granel líquido.

“Esse é o segundo recorde que quebramos em um único ano, ou seja, apenas em 2019 melhoramos duas vezes o histórico da nossa marca de movimentação mensal. Esses números são resultado do esforço de centenas de profissionais que trabalham para o desenvolvimento do Complexo Industrial e Portuário do Pecém. Nossa expectativa é fechar o ano com um crescimento de até 8 % em relação ao movimentado no ano de 2018”, diz Danilo Serpa – Presidente do Complexo Industrial e Portuário do Pecém.

No Complexo do Pecém estão instaladas mais de 60 empresas distribuídas pela Área Industrial; pelo Porto; e pela Zona de Processamento de Exportação (ZPE) do Ceará – a única em operação hoje no Brasil e que em breve será ampliada com a implantação da ZPE II.

Movimento Acumulado

A movimentação acumulada de 2019 (jan/out) atingiu a marca de 15.151.947 toneladas. 4% superior ao mesmo período de 2018 (jan/out), quando foram movimentadas 14.561.995 toneladas. Destaque para os embarques que tiveram um aumento de 17%: 3.642.839 toneladas em 2018 para 4.271.454 toneladas em 2019.