Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Frutã participa do Festival Fartura- Comidas do Brasil, neste fim de semana, em Fortaleza

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

22 de novembro de 2019

 

Neste fim de semana, quem estará presente no Festival Fartura Comidas do Brasil será a empresa cearense Frutã!!! De Jaguaribe, a empresa levará, para quem for para a Praça da Flores – local onde acontece o evento -, seus produtos e o destaque da marca, o Natchup. A feira gastronômica acontece dias 23, das 12 horas às 22 horas, e 24, das 12 horas às 20 horas, e conta com a participação de chefs e produtores de todas as regiões do Brasil.

 

O público se conecta com música boa, diversão e experiências gastronômicas com chefs de todo Brasil, através de diversas receitas e muita história para compartilhar. A entrada para o evento será gratuita.

 

HISTÓRIA – Nasceu em 2003 e, de lá para cá, a Frutã colhe os frutos de um trabalho sério, de qualidade e de atenção para com consumidores, clientes e colaboradores. “Não podemos deixar de destacar e afirmar que o nosso sucesso é em decorrência de cada colaborador que está conosco em todos estes anos. É uma equipe maravilhosa”, disse o sócio, Francisco Benício Nogueira Diógenes Júnior, que festeja o sucesso e expansão desta empresa cearense – nascida no interior do Estado, na cidade de Jaguaribe -, ao lado da sócia Ana Patrícia Diógenes.

 

A Frutã é uma indústria alimentícia brasileira reconhecida nacional e internacionalmente pelo segmento saudável, sustentável e sócio ambiental, que produz e processa fruta no semiárido nordestino e isso tem servido de inspiração para o setor primário de produção de fruta para que obtenha o maior desenvolvimento do setor no Estado. A Frutã tem servido de exemplo para outras empresas para buscarem o mercado externo, além de tentar a parceria com instituições de pesquisa como o advento do lançamento do Natchup, um catchup elaborado em parceria com o curso de Engenharia de Alimentos da Universidade Federal do Ceará (UFC) e que é 100% natural, feito à base de acerola, abóbora e beterraba.

 

 

De acordo com Benício, o sucesso obtido pela empresa se dá, também, pela persistência e empreendedorismo. “Estamos sempre focados no lançamento de novos produtos, além de entendermos que a capacitação e uma boa consultoria são importantes para quem é empresário”. Segundo ele, a Frutã começou como uma empresa familiar, constituída por três irmãos, e operando desde 2003 produzindo e vendendo frutas na feira de Jaguaribe. Em 2007, já iniciava o processamento de polpa de frutas pausterizada, tendo com o lema “levando mais sabor à mesa dos consumidores”.

 

Em 2010, aconteceu a construção da sede fábrica em Jaguaribe e inauguração em 2012, numa área de 3600 metros quadrados. Entre 2013 e 2015, a empresa ganhou as certificações internacionais ISO 22000, ISO9001, WQS 2000, além das certificações orgânicas nacional, européia e americana. E, em abril de 2015, ocorreu a primeira exportação de polpa de frutas pasteurizada convencional para o mercado alemão. Desde então, está exportando para quatro países: Estados Unidos, Austrália, Caribe e Alemanha.

A meta agora é ampliar o mercado e a produção. Benício explicou, ainda, que a empresa tem interesse em agregar mais produtos, “desde que atendam aos nossos padrões de alimentos saudáveis e produzidos com sustentabilidade”. Conforme disse ele, hoje, na Europa e na Oceania, não se aceitam produtos sem estas características.

 

Em 2018, nasceu mais um grande destaque da empresa: o Natchup, um catchup 100% natural e já reconhecido e premiado internacionalmente com o Selo Innovation 2018 na Sial Paris – maior feira de alimentos do mundo.

 

Sobre a Natchup

 

É quase um sonho você se alimentar sem a culpa de pensar que o alimento que está ingerindo poder fazer mal a sua saúde, não é mesmo? Cada vez mais o ritmo acelerado, a rapidez com que é necessária cumprir agenda diária de atividades, faz com que a alimentação saudável, muitas vezes, seja deixada de lado. Em contramão a esta tendência, surgiu o “Natchup”, um “catchup” 100% natural, feito à base de acerola, abóbora e especiarias. Idealizado pela empresa de polpas de frutas Frutã e Universidade Federal do Ceará (UFC), nasceu com a proposta de aliar sabor e saúde ao harmonizar o molho natural a diversos outros pratos.

 

Dentre os seus benefícios, o “Natchup” é um alimento funcional que pode fortalecer o sistema imunológico, combatendo os radicais livres e células cancerígenas, estimulando a produção de colágeno, absorção do ferro, com ação anti-inflamatório, rico em fibras, pró-vitamina A, vitaminas do complexo B, cálcio e fósforo.De acordo com a diretora da Frutã, Ana Patrícia Diógenes, se apresenta como alternativa ao uso do “catchup”, proporcionando ao consumidor e à indústria alimentícia um produto seguro, saudável e inovador, composto por matérias-primas naturais e sem adição de conservantes artificiais. “’Natchup’ você come sem culpa”, pois ele é uma alternativa saudável ao catchup. Foi lançando, recentemente na SIAL Paris, ganhando o Selo InnovationSial 2018. É importante para nósque, além dele ser saudável, seja sustentável”.

 

 

RESPONSABILIDADE SOCIAL – Os idealizadores do “Natchup” acreditam que todos são responsáveis pela promoção da qualidade de vida. Por isso, este projeto vai além de uma inovação como produto alimentício, pois assumiu o compromisso contínuo de incentivo à pesquisa, responsabilidade social e ambiental. Pensando nisso, ao consumir o “Natchup”, além de desfrutar do seu sabor apaixonante, o consumidor, também, tem a oportunidade de fazer o bem em outros aspectos, pois um percentual da venda deste produto é revertido para a Universidade onde foi desenvolvido e outra parte para instituições de responsabilidade e vulnerabilidade social.

 

As instituições que recebem apoio são de quatro áreas: sociedade protetora dos animais, crianças com câncer, idosos e pessoas em situação de vulnerabilidade social. São elas: Associação Peter Pan, Lar Torres de Melo, Projeto Resgate e Lar TinTi

Publicidade aqui

Frutã participa do Festival Fartura- Comidas do Brasil, neste fim de semana, em Fortaleza

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

22 de novembro de 2019

 

Neste fim de semana, quem estará presente no Festival Fartura Comidas do Brasil será a empresa cearense Frutã!!! De Jaguaribe, a empresa levará, para quem for para a Praça da Flores – local onde acontece o evento -, seus produtos e o destaque da marca, o Natchup. A feira gastronômica acontece dias 23, das 12 horas às 22 horas, e 24, das 12 horas às 20 horas, e conta com a participação de chefs e produtores de todas as regiões do Brasil.

 

O público se conecta com música boa, diversão e experiências gastronômicas com chefs de todo Brasil, através de diversas receitas e muita história para compartilhar. A entrada para o evento será gratuita.

 

HISTÓRIA – Nasceu em 2003 e, de lá para cá, a Frutã colhe os frutos de um trabalho sério, de qualidade e de atenção para com consumidores, clientes e colaboradores. “Não podemos deixar de destacar e afirmar que o nosso sucesso é em decorrência de cada colaborador que está conosco em todos estes anos. É uma equipe maravilhosa”, disse o sócio, Francisco Benício Nogueira Diógenes Júnior, que festeja o sucesso e expansão desta empresa cearense – nascida no interior do Estado, na cidade de Jaguaribe -, ao lado da sócia Ana Patrícia Diógenes.

 

A Frutã é uma indústria alimentícia brasileira reconhecida nacional e internacionalmente pelo segmento saudável, sustentável e sócio ambiental, que produz e processa fruta no semiárido nordestino e isso tem servido de inspiração para o setor primário de produção de fruta para que obtenha o maior desenvolvimento do setor no Estado. A Frutã tem servido de exemplo para outras empresas para buscarem o mercado externo, além de tentar a parceria com instituições de pesquisa como o advento do lançamento do Natchup, um catchup elaborado em parceria com o curso de Engenharia de Alimentos da Universidade Federal do Ceará (UFC) e que é 100% natural, feito à base de acerola, abóbora e beterraba.

 

 

De acordo com Benício, o sucesso obtido pela empresa se dá, também, pela persistência e empreendedorismo. “Estamos sempre focados no lançamento de novos produtos, além de entendermos que a capacitação e uma boa consultoria são importantes para quem é empresário”. Segundo ele, a Frutã começou como uma empresa familiar, constituída por três irmãos, e operando desde 2003 produzindo e vendendo frutas na feira de Jaguaribe. Em 2007, já iniciava o processamento de polpa de frutas pausterizada, tendo com o lema “levando mais sabor à mesa dos consumidores”.

 

Em 2010, aconteceu a construção da sede fábrica em Jaguaribe e inauguração em 2012, numa área de 3600 metros quadrados. Entre 2013 e 2015, a empresa ganhou as certificações internacionais ISO 22000, ISO9001, WQS 2000, além das certificações orgânicas nacional, européia e americana. E, em abril de 2015, ocorreu a primeira exportação de polpa de frutas pasteurizada convencional para o mercado alemão. Desde então, está exportando para quatro países: Estados Unidos, Austrália, Caribe e Alemanha.

A meta agora é ampliar o mercado e a produção. Benício explicou, ainda, que a empresa tem interesse em agregar mais produtos, “desde que atendam aos nossos padrões de alimentos saudáveis e produzidos com sustentabilidade”. Conforme disse ele, hoje, na Europa e na Oceania, não se aceitam produtos sem estas características.

 

Em 2018, nasceu mais um grande destaque da empresa: o Natchup, um catchup 100% natural e já reconhecido e premiado internacionalmente com o Selo Innovation 2018 na Sial Paris – maior feira de alimentos do mundo.

 

Sobre a Natchup

 

É quase um sonho você se alimentar sem a culpa de pensar que o alimento que está ingerindo poder fazer mal a sua saúde, não é mesmo? Cada vez mais o ritmo acelerado, a rapidez com que é necessária cumprir agenda diária de atividades, faz com que a alimentação saudável, muitas vezes, seja deixada de lado. Em contramão a esta tendência, surgiu o “Natchup”, um “catchup” 100% natural, feito à base de acerola, abóbora e especiarias. Idealizado pela empresa de polpas de frutas Frutã e Universidade Federal do Ceará (UFC), nasceu com a proposta de aliar sabor e saúde ao harmonizar o molho natural a diversos outros pratos.

 

Dentre os seus benefícios, o “Natchup” é um alimento funcional que pode fortalecer o sistema imunológico, combatendo os radicais livres e células cancerígenas, estimulando a produção de colágeno, absorção do ferro, com ação anti-inflamatório, rico em fibras, pró-vitamina A, vitaminas do complexo B, cálcio e fósforo.De acordo com a diretora da Frutã, Ana Patrícia Diógenes, se apresenta como alternativa ao uso do “catchup”, proporcionando ao consumidor e à indústria alimentícia um produto seguro, saudável e inovador, composto por matérias-primas naturais e sem adição de conservantes artificiais. “’Natchup’ você come sem culpa”, pois ele é uma alternativa saudável ao catchup. Foi lançando, recentemente na SIAL Paris, ganhando o Selo InnovationSial 2018. É importante para nósque, além dele ser saudável, seja sustentável”.

 

 

RESPONSABILIDADE SOCIAL – Os idealizadores do “Natchup” acreditam que todos são responsáveis pela promoção da qualidade de vida. Por isso, este projeto vai além de uma inovação como produto alimentício, pois assumiu o compromisso contínuo de incentivo à pesquisa, responsabilidade social e ambiental. Pensando nisso, ao consumir o “Natchup”, além de desfrutar do seu sabor apaixonante, o consumidor, também, tem a oportunidade de fazer o bem em outros aspectos, pois um percentual da venda deste produto é revertido para a Universidade onde foi desenvolvido e outra parte para instituições de responsabilidade e vulnerabilidade social.

 

As instituições que recebem apoio são de quatro áreas: sociedade protetora dos animais, crianças com câncer, idosos e pessoas em situação de vulnerabilidade social. São elas: Associação Peter Pan, Lar Torres de Melo, Projeto Resgate e Lar TinTi