Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Responsabilidade social

A Associação Peter Pan conta com o apoio da população para renovar o seu Certificado junto ao Ministério da Saúde

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

31 de Março de 2020

 

Por meio de 17 programas sociais, a APP assiste atualmente cerca de 2.500 crianças, adolescentes e suas famílias durante todo o tratamento do câncer infantojuvenil

A Associação Peter Pan – APP  está em processo de renovação do Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social na Área de Saúde (CEBAS) e, para isto, a instituição conta com o apoio da população em declarar publicamente seu apoio aos serviços prestados pelo Centro Pediátrico do Câncer, também conhecido como Hospital Peter Pan,  por meio de resposta à consulta pública requerida pelo Ministério da Saúde.

A renovação do CEBAS, além de reconhecer a APP como entidade beneficente de assistência social para prestação de serviços na área de saúde, também possibilita a isenção de contribuições sociais e a celebração de convênios com o poder público.

A licença torna possível a manutenção e expansão das atividades exercidas pela entidade nos segmentos de diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil, tratamento e assistência social a crianças e adolescentes com câncer.

Diante da importância dos serviços prestados pela Associação Peter Pan, a sociedade tem o papel fundamental de contribuir com sua manifestação, que deve ser feita diretamente na página da internet do Ministério da Saúde, conforme o passo-a-passo adiante descrito.

Passo 1: http://siscebas.saude.gov.br/siscebas/WebApplication/consultaPublica.php

Passo 2: Na LISTA DE CONSULTA PÚBLICA, ao clicar em MANIFESTAR, abrirá a tela onde se faz a identificação pelo CPF da pessoa e a manifestação (limitada a 1000 caracteres).

Se for dirigente de alguma entidade, identifique-a com o CNPJ

Passo 3 (mesma tela): confirmar o código de segurança randômico

Passo 4(mesma tela): salvar.

 

Você sabia?

•          A Associação de Combate ao Câncer Infantojuvenil, ou Associação Peter Pan (APP),  atua na promoção e assistência à saúde de crianças e adolescentes com câncer, assim como assistência a suas famílias de forma gratuita.

•          As ações médicas são realizadas em parceria direta com o Hospital Infantil Albert Sabin (Governo do Estado do Ceará), com recursos do SUS, no Centro Pediátrico do Câncer – prédio construído e equipado pela APP com recursos provenientes de doações;

•          A APP realiza, desde 2007, Campanhas de Diagnóstico Precoce do Câncer Infantojuvenil capacitando profissionais de saúde do Ceará para detecção de sinais e sintomas em estágio inicial;

•         Em novembro passado, a APP foi premiada como a Melhor ONG do Brasil, dentre 757 entidades avaliadas pelo Instituto Doar, Agência O Mundo Que Queremos, Rede Filantropia, Fundação Getúlio Vargas, Fundação Lemann e Fundação Toyota segundo 47 critérios, como estrutura administrativa, financeira, captação de recursos e transparência.

A Presidente da instituição, Olga Freire, reforça que o apoio da comunidade é fundamental para que a renovação do CEBAS aconteça. “Mais do que nunca precisamos do apoio da sociedade para darmos continuidade ao trabalho realizado nesses 24 anos. Unidos, continuaremos a transformar a história do câncer infantojuvenil no Ceará”.

Publicidade

Hapvida cria programação com mais de 5h diárias nas redes sociais para população em quarentena

Por Oswaldo Scaliotti em Coronavírus, Responsabilidade social

31 de Março de 2020

Em tempos de pandemia causada pelo novo coronavírus, a informação de qualidade e verídica se torna uma grande aliada da população. A partir disso, o Sistema Hapvida ampliou seus canais de comunicação para levar notícias relevantes sobre a Covid-19 e dar dicas de saúde mental e física para o período de quarentena.

A empresa criou canais diretos de comunicação com a equipe de profissionais da saúde. Por meio do site www.hapvida.com.br,o serviço de chat já está disponível para atender os clientes, inclusive deficientes auditivos, de todo o Brasil, com enfermeiros, psicólogos e nutricionistas. O horário de funcionamento é das 8 às 18 horas, todos os dias da semana. Pelo número 4002.2872, é possível tirar dúvidas sobre a doença com os nossos médicos, 24 horas, todos os dias da semana, no nosso serviço telefônico.

No Instagram do Sistema @hapvidasaude, todos os dias, profissionais dão, pela manhã, aulas para que as pessoas fiquem ativas e, às 15h30, profissionais de saúde ficam ao vivo para retirar dúvidas sobre esse momento e dar dicas para como manter a saúde. São 5 horas de programação ao vivo.

Diariamente, também são publicados nas redes sociais boletins sobre os números de casos e evolução da doença na rede. Além disso, há cartazes, peças informativas, anúncios publicitários e matérias com orientações médicas também são divulgadas por meio de jornais, televisões, rádio, sites, redes sociais e nas próprias unidades de atendimento.

Segundo Simone Varella, Diretora de Comunicação e Marketing do Sistema Hapvida, é preciso acolher a população e estar com o cliente em todos os momentos. “Em tempo recorde, criamos diversas campanhas para auxiliar quem está em casa, ajudar à população a se manter informada e entretida. Em tempos de quarentena, é fundamental promover ações que deixem as pessoas mais aliviadas, sem tantas angústias e ansiedade, além do combate às fake news. É nosso dever cívico acompanhar a população nesta caminhada da quarentena e fazer com que as pessoas atravessem esse momento da melhor forma”.

Acompanhe nossa programação nas redes sociais!

Todos os dias, a partir das 8h:
08h às 08h40 – Yoga
09h às 09h40 – Hiit/Treino Funcional
10h às 10h40 – Zumba
Todos os dias, às 15h30:
Lives com nossos especialistas sobre diversos temas
Todos os dias, às 17h45:
Boletim Hapvida sobre a COVID-19. Assista aos boletins diários do Hapvida e fique por dentro dos números do Coronavírus e das melhorias na nossa rede exclusiva.

Onde assistir:
Instagram: https://www.instagram.com/hapvidasaude/
YouTube: https://www.youtube.com/hapvidasaude
Facebook: https://www.facebook.com/hapvida.saude

Sobre o Sistema Hapvida

Com mais de 6 milhões de clientes, o Sistema Hapvida hoje se posiciona como o maior sistema de saúde suplementar do Brasil presente em todas as regiões do país, gerando emprego e renda para a sociedade. Fazem parte do Sistema as operadoras do Grupo São Francisco, América, Promed e Ame, RN Saúde, além da operadora Hapvida. Atua com mais de 30 mil colaboradores diretos envolvidos na operação, mais de 15 mil médicos e mais 14 mil dentistas. Os números superlativos mostram o sucesso de uma estratégia baseada na gestão direta da operação e nos constantes investimentos: atualmente são 42 hospitais, 160 clínicas médicas, 42 prontos atendimentos, 126 centros de diagnóstico por imagem e coleta laboratorial.

Publicidade

Shopping Del Paseo é ponto de coleta de doações do  Movimento Supera Fortaleza

Por Oswaldo Scaliotti em Coronavírus, Responsabilidade social

31 de Março de 2020

 

Existem milhares de pessoas em Fortaleza sem possibilidades de ter uma renda para garantir o próprio sustento e de seus familiares. Pensando nisso, o Shopping Del Paseo abraçou o Movimento Supera Fortaleza. Doações de alimentos, itens de higiene e material de limpeza, podem ser feitas nos Mercadinhos São Luiz (no piso L1 do shopping – entrada pela Rua Barbosa de Freitas). Tudo o que for arrecadado será encaminhado para famílias de trabalhadores autônomos e moradores de rua.

Mais do que nunca, precisamos ficar unidos em atos de solidariedade. Para os menos favorecidos economicamente, a questão da sobrevivência vai além da saúde neste momento pelo qual estamos passando. Muitos precisam de doações. Faça parte desta corrente do bem!

O Movimento Supera Fortaleza é uma parceria do Sistema Verdes Mares, Prefeitura de Fortaleza, Somos Um e Organizações Não Governamentais, entre elas a Edisca. A distribuição dos alimentos será feita pela Secretaria de Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Prefeitura de Fortaleza.

 

Saiba como ajudar!

Para doação de alimentos e itens de limpeza:

Ponto de coleta nos Mercadinhos São Luiz, piso L1 do Shopping Del Paseo. A entrada é pela Rua Barbosa de Freitas.

Outro ponto de doação fica na Rua Paula Ney, 732 – Aldeota

O Movimento Supera Fortaleza também pode buscar a sua doação, basta ligar para: (85) 99989.4799

Publicidade

Grupo Boticário doa 216 toneladas de itens de higiene e anuncia apoio à compra de equipamentos hospitalares

Por Oswaldo Scaliotti em Coronavírus, Responsabilidade social

31 de Março de 2020

 

Para ajudar no combate ao Coronavírus, a empresa vai concentrar seus esforços na produção e envase de álcool em gel, líquido e sabonetes para distribuir a pessoas em vulnerabilidade social, redes públicas de saúde e colaboradores

Para ajudar na prevenção da COVID-19 e aumentar o acesso a itens de higiene à população, o Grupo Boticário, uma das principais empresas de beleza do Brasil e do mundo, que reúne as marcas O Boticário, Eudora, quem disse, berenice?, Vult, Eume, Beautybox e Beleza na Web, intensificou a produção e o envase de álcool em gel, álcool líquido 70% e sabonetes para doação a pessoas em vulnerabilidade social, governo e redes públicas de saúde da Bahia e Paraná e a seus colaboradores e familiares. Serão destinadas 216 toneladas de produtos no total.

Além disso, a empresa assumiu um compromisso com a FEMIPA (Federação das Santas Casas de Misericórdia e Hospitais Beneficentes do Estado do Paraná) para doar R$ 500 mil para apoio à compra de equipamentos hospitalares.

“Entendemos o nosso papel como indústria de higiene e beleza e uma das maiores varejistas do país, por isso queremos dar uma contribuição maior para a sociedade neste momento em que passamos por uma crise de saúde global. Sabemos que nosso compromisso vai além da produção e comercialização de produtos de beleza, estamos juntos na construção de um país mais justo e mais consciente. Essas doações se conectam com a nosso propósito e nossos valores de valorização das pessoas. Durante nossa trajetória, já enfrentamos outras dificuldades, que sempre trouxeram grandes lições e valores humanos que carregamos até hoje. Por isso, acreditamos que períodos difíceis fortalecem parcerias e estamos buscando fazer isso com toda a nossa rede para sairmos juntos e ainda mais fortes como sociedade”, reforça o CEO do Grupo Boticário, Artur Grynbaum.

Os itens de higiene serão produzidos nas duas fábricas da empresa em São José dos Pinhais (PR) e Camaçari (BA), que estão operando apenas de maneira parcial apenas para atender a esta demanda. Para os colaboradores escalados a atuar nesta força-tarefa, o Grupo reforçou todas as medidas de higiene e segurança necessárias nesse momento de pandemia. Para aqueles que atuam nas linhas de produção de perfumes, maquiagem e cremes, que serão paralisadas nesse período, a empresa concedeu férias coletivas.

Sempre priorizando o cuidado com a saúde e a segurança das pessoas, o Grupo Boticário seguiu todas as determinações de autoridades em cada localidade em relação ao funcionamento de suas lojas. Grande parte delas está fechada e aquelas que ainda estão abertas trabalham em horários alternativos. Nestas, todos os testes de produtos foram suspensos e cuidados de segurança e higienização reforçados. Com o movimento de fechamento de lojas e a sensibilização para as pessoas ficaram em casa, a empresa reforçou sua operação e-commerce para atender as demandas online que cresceram significativamente.

Publicidade

Vivo coloca 100% de sua área de atendimento próprio trabalhando em home office

Por Oswaldo Scaliotti em Coronavírus, Responsabilidade social

31 de Março de 2020

Mega operação envolveu diversas áreas da empresa e hoje todos os colaboradores diretos do Call Center trabalham
em total segurança atendendo as solicitações dos clientes

Uma verdadeira mega operação. Assim pode ser definido o processo de migração de todos os colaboradores do atendimento próprio da Vivo, dos prédios da companhia nas cidades de Curitiba, Fortaleza, Maringá e São Paulo para o modelo home office. Para que tudo acontecesse com muita agilidade, segurança e nos mais altos níveis de engajamento para o atendimento, a Vivo mobilizou diversas áreas da companhia, como Atendimento, RH, Redes, TI, Infraestrutura, entre outras, para que toda a adaptação sistêmica fosse feita no menor prazo possível, visando o cuidado com a saúde e bem estar dos colaboradores e também manter a boa experiência dos clientes com a marca.  A Vivo também está atuando em conjunto com seus parceiros para que as operações terceirizadas de atendimento sejam feitas pelo maior número de profissionais em suas casas. Até o momento, já são mais de 10 mil colaboradores, entre diretos e indiretos, trabalhando em home office.

Para colocar o atendimento próprio trabalhando de casa, o primeiro passo da Vivo foi mapear quais atendentes já tinham, em suas residências, a infraestrutura necessária: banda larga, espaço físico disponível, notebook, celular com linha funcional e, a partir daí, colocá-los em home office. E, para aqueles que não tinham tais ferramentas, a Vivo disponibilizou toda a infraestrutura necessária e, desde a última sexta-feira, dia 27/03, toda a equipe própria já trabalha de casa. O monitoramento do atendimento é todo feito de forma online. Supervisores acompanham os logins de entrada, saída, fazem as escutas dos atendimentos, conversam o tempo todos via vídeo conferência com seus colaboradores, verificam se estão dentro do padrão de qualidade da Vivo, tiram dúvidas via chats, sistemas e aplicativos, sem que nenhum serviço ao cliente pare. “A iniciativa de migrar a equipe de atendimento para suas casas foi nossa e sabíamos que seria desafiador. Mobilizamos diversas áreas da companhia para garantir que nossos clientes não fossem impactados com esse movimento e que nossos colaboradores pudessem executar suas atividades com toda infraestrutura que precisam, além de estarem em segurança, com saúde, no conforto de suas casas. Em menos de 15 dias, conseguimos migrar todo nosso time de atendimento próprio trabalhando agora em home office e de forma ainda mais segura”, afirma Fabio Avellar, VP de Experiência do Cliente da Vivo.

E, no caso dos terceiros, toda essa mobilização foi extremamente importante não só para quem está em casa, mas também para quem está na operação, pois conseguimos manter todas as exigências dos órgãos de saúde e também garantir a segurança de quem está no ambiente corporativo como, por exemplo, maior espaçamento das ilhas de atendimento e nos refeitórios, maior higienização dos ambientes de trabalho e, também, menor número de pessoas em exposição nas ruas.

Além do relacionamento feito pelo Call Center, a Vivo disponibiliza diversos canais digitais aos clientes. Diante desse cenário de pandemia, a companhia tem incentivado ainda mais o uso dessas plataformas e vem percebendo um movimento maior de consumidores nesses canais, com um aumento de 30% no número de atendimentos/interações na Aura, inteligência artificial da empresa. O aplicativo Meu Vivo Fixo também registrou grande crescimento e chegou a triplicar o atendimento em alguns momentos nesses últimos dias.

Publicidade

FIEC arrecada doações em dinheiro para destinação ao poder público

Por Oswaldo Scaliotti em Coronavírus, Responsabilidade social

28 de Março de 2020

A Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC) está liderando uma campanha de arrecadação de dinheiro para doação ao poder público como apoio para aquisições urgentes de equipamentos e insumos hospitalares, de forma a garantir o atendimento dos pacientes acometidos pelo novo coronavirus e a segurança dos profissionais de saúde do Ceará.

A campanha “Salvando vidas”, já conta com 61 apoiadores e arrecadou o total de R$9.561.850,00 até 26/3. As doações estão abertas e podem ser de qualquer valor. Qualquer pessoa pode doar.

BANCO BRADESCO
FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DO CEARÁ
AGÊNCIA: 0682
CONTA CORRENTE: 60404-6
CNPJ: 007.264.385/0001-43

Mais informações: (85) 99191-2001 (whatsapp)

Publicidade

SENAI Ceará produz insumos para combate ao conoravirus

Por Oswaldo Scaliotti em Coronavírus, Responsabilidade social

27 de Março de 2020

Desde a intensificação do combate à Covid-19, as indústrias químicas têm enfrentado um desafio na fabricação do álcool em gel: a escassez no mercado brasileiro de um ingrediente fundamental para o produto, o carbômero.
Com o objetivo de mitigar o problema, o SENAI Ceará uniu uma equipe de químicos e conseguiu validar em laboratório um dos compostos substitutos existentes no mercado, e autorizados pela ANVISA, para o carbômero não disponível. O produto produzido pelo Instituto SENAI de Tecnologia (IST) conta ainda com glicerina (umectante) e vitamina E (hidratante para as mãos).

Nesta sexta-feira (27/3), o SENAI Ceará inicia a fabricação do produto. Ao todo, 1.000 litros de álcool em gel devem ser produzidos nos próximos dias para serem doados para a Secretaria de Saúde do Ceará (SESA). A produção deve levar 10 dias.

Produção de máscaras em larga escala
Todas as unidades do SENAI em Fortaleza, Sobral e Juazeiro do Norte estão envolvidas na produção de máscaras de acetato, equipamentos utilizados pelos profissionais de saúde que estão em contato direto com pessoas infectadas com o coronavírus. Ao todo, 30.000 máscaras serão doadas para a Secretaria de Saúde do Ceará (SESA). A primeira remessa de doações acontece na terça-feira (31/3).

Em relação a isso, a novidade vem do Instituto SENAI de Tecnologia (IST), em Maracanaú. Graças a um solução desenvolvida pela equipe do Instituto, a velocidade da produção das máscaras deverá aumentar 4500% a partir deste sábado (28/3).

Os elementos que antes eram fabricados através de impressoras 3D, agora serão produzidos através de uma injetora. Cada impressora conseguia imprimir uma máscara a cada três horas, mas o novo processo produtivo permitirá a fabricação em larga escala, com uma produção diária de 3000 mil máscaras. “Isso foi possível graças a um molde desenvolvido pela equipe do IST, que permitirá o processo de produção de peças por injeção”, explica o gerente do IST, João Giffoni.

A máquina injetora de plástico é usada no processo de fundir e moldar polímeros de acordo com a peça que será criada no processo de transformação. Nessa operação o plástico é aquecido e injetado em um molde, que em seguida é resfriado e, então poderá ser aberto para extração da peça. Todo o funcionamento da injetora de plástico acontece por meio de um sistema hidráulico que regula a temperatura e mantém a força das tarefas. Da mesma maneira, a atividade é monitorada por um sistema de controle que mantém o bom funcionamento do processo.

Aventais hospitalares e máscaras TNT
No SENAI Parangaba, inicia na segunda-feira (30/3) a produção de aventais hospitalares e máscaras descartáveis de TNT (as mais comuns, encontradas em farmácias) para doação à SESA. Serão produzidos 1000 aventais e 8.000 máscaras. A produção deve durar uma semana e a doação deve ocorrer até 10/4.

Manutenção de ventiladores mecânicos
Um dos grandes desafios no combate à Covid-19 é a pouca quantidade de ventiladores existentes nos hospitais. Por isso, todos os ventiladores existentes precisam ser bem aproveitados. Em caso de defeito de uma das peças dos ventiladores, a demora pode ser grande para a manutenção ou substituição, além do preço alto.

Pensando nisso, o SENAI Ceará disponibilizou sua equipe de docentes e especialistas para criar peças que possam substituir as que apresentarem defeito. O grupo está de sobreaviso para entrar em ação se qualquer ventilador precisar de manutenção.

A SESA esteve no SENAI Jacarecanga para visitar as instalações preparadas para este trabalho. Duas salas, com condições higiênicas e de isolamento, estão à disposição da equipe.

Publicidade

Mercado de Entretenimento cearense reage a pandemia com campanha de doações

Por Oswaldo Scaliotti em Coronavírus, Responsabilidade social

27 de Março de 2020

A 2Fun Eventos – que promove o evento Só Track Boa na capital cearense – adere e repercute a campanha “Só Track DOA”, que por meio de crowdfunding (vaquinha), busca mobilizar uma base de apoio em prol dos mais vulneráveis e fragilizados pelo avanço da Covid-19.

A campanha conta com doações feita pelo público dos eventos de música eletrônica em todo o Brasil, além de artistas, DJs, produtores, colaboradores e simpatizantes da causa para arrecadar fundos e atender o maior número possível de Centros Temporários de Acolhimento (CTA) e organizações que recebem, diariamente, pessoas em situação de rua, como também as ONGs que atendem moradores em comunidades carentes, distribuindo suprimentos básicos de alimentação, higiene pessoal, limpeza e demais necessidades.
“Em um momento tão difícil, precisamos estar conscientes das nossas responsabilidades e tentar fazer a diferença na vida dos mais necessitados. Nosso trabalho sempre foi levar o sorriso para o rosto das pessoas e é por isso que nós, todos os produtores da STB, nos unimos para tentar ajudar e proteger algumas pessoas dos impactos da pandemia. FAÇA SUA PARTE” – explica Cláudio Nelson, sócio diretor da 2Fun – mesma produtora de renomadas labels como Mysterious, S.O.L Festival, Turbulência, Meu Bloquinho, We Icaraí, dentre outras.

 

Foto: Cláudio Nelson e Kleiton Holanda (diretores da 2FUn Eventos)

DOAÇÕES
Os organizadores estimam potencial de levantar a quantia de meio milhão em reais que começará a atender instituições sediadas em São Paulo, mas pretende chegar nas cidades por onde a STB já passou (inclusive Fortaleza). Todas as doações serão registradas via fotos e vídeos, respeitando as regras de cada instituição. Ao final da campanha, a prestação de contas detalhada será apresentada nas redes sociais.

CAMPANHA – SÓ TRACK DOA
O QUE É: CAMPANHA DE DOAÇÕES COLETIVA PARA AUXILIAR ORGANIZAÇÕES QUE APOIAM VULNERÁVEIS DO COVID-19
COMO DOAR: pelo site www.sotrackdoa.com.br.

Publicidade

Artistas se apresentam online na “sala” da Casa Natura Musical 

Por Oswaldo Scaliotti em Coronavírus, Eventos, Responsabilidade social

27 de Março de 2020

De sexta a domingo, a casa de shows transmitirá apresentações ao vivo em seu perfil no Instagram no projeto Sala da Casa

A orientação da OMS é clara: quem puder, deve permanecer em casa até segunda ordem. Estamos vivendo a maior crise contemporânea da humanidade e ninguém tem todas as respostas. Neste momento, temos uma meta importante. Nos unir para barrar o contágio é essencial, mas também precisamos nos manter juntos, mesmo que distantes fisicamente. Por isso, a partir de sexta-feira, 27/3, a Casa Natura Musical passa a realizar apresentações online em seu perfil no Instagram.

Em momentos de incerteza, é a música que nos faz sonhar, traz novas conexões e promove transformações. Continuaremos a nos encontrar na música, mas em um novo formato. Batizada como Sala da Casa, a série terá shows de aproximadamente 20 minutos e será transmitida ao vivo de sexta a domingo, sempre às 19h. A única exceção será a participação do músico China no dia 29/3, que fará a leitura de seu livro infantil Carlos Viaja às 15h. A curadoria do projeto foca em nomes ascendentes e relevantes da música brasileira e seu formato propõe performances intimistas e acolhedoras, como se os artistas estivessem de fato recebendo seu público na sala de casa.

A programação reúne artistas de diferentes partes do país e mistura sons mais pop como Tuyo, Romero Ferro, Davi Sabbag (ex-banda Uó), Lamparina e a Primavera e Marina Sena (Rosa Neon), o melhor da música paraense com Felipe Cordeiro e Aíla, nomes fortes do rock contemporâneo como Gustavo Bertoni (Scalene) e Ale Sater (Terno Rei) e artistas de destaque da cena independente como The Baggios, Papisa, YMA, ÀIYÉ (novo projeto de Larissa Conforto), Maria Beraldo e Josyara. Nas próximas semanas também participam do projeto Marina Sena (banda Rosa Neon), Davi Sabbag e Edgar.

Josyara é quem abre as portas da Sala da Casa, com show na sexta-feira, 27/3, mesmo dia em que lança seu novo disco, Estreite, em parceria com o músico Giovani Cidreira. A agenda dos dois próximos finais de semana já está definida e segue com a apresentação do The Baggios no dia 28 e com a contação de história do China no dia 29. A banda Tuyo se apresenta na sexta-feira, 3/4, a cantora Aíla toca dia 4 e Gustavo Bertoni fecha o fim de semana no dia 5. Sempre às 19h (com exceção do dia 29/3, como mencionado acima). Na semana seguinte, Mariana Sena, da banda Rosa Neon, se apresenta na sexta-feira, dia 10/4. Davi Sabbag faz show no dia 11/4 e Edgar encerra a semana no domingo, dia 12/4. O restante da programação será divulgado semana a semana e contemplará todo o período de quarentena.

Cronograma do Sala da Casa

27/3, sexta-feira 19h: Josyara

28/3, sábado, 19h: The Baggios

29/3, domingo, 15h: (*Programação Infantil): China narra as aventuras de seu livro Carlos Viaja

3/4, sexta-feira, 19h: Tuyo

4/4, sábado, 19h: Aíla

5/4, domingo, 19h: Gustavo Bertoni (Scalene)

10/4, sexta-feira: Marina Sena (Rosa Neon)

11/4, sábado: Davi Sabbag

12/4, domingo: Edgar

Casa Natura Musical

Inaugurada em maio de 2017, a Casa Natura Musical foi planejada pela artista Vanessa da Mata e os empresários Edgard Radesca (Bourbon Street Music Club) e Paulinho Rosa (Canto da Ema). O patrocínio é da Natura, empresa que há 15 anos destaca-se pela atuação na valorização da produção contemporânea e da identidade musical brasileira por meio da plataforma Natura Musical. Por meio de uma programação pulsante, diversa e inclusiva, a Casa celebra a pluralidade da música brasileira e dá voz a diferentes ritmos, movimentos e artistas dos quatro cantos do país. Mais que uma casa de shows, a Casa Natura Musical é um equipamento cultural que propõe discussões e convida seu público a refletir sobre os mais diversos assuntos da atualidade, através de eventos com temáticas especiais, shows voltados para a rua, exibições de documentários, mostras de arte digital e de seus canais de comunicação.

 

Sobre Natura Musical

Natura Musical é a principal plataforma de patrocínio da marca Natura. Desde seu lançamento, em 2005, o programa investiu cerca de R$ 143 milhões no patrocínio de 460 projetos – entre CDs, DVDs, shows, livros, acervos digitais, documentários e projetos de fomento à cena. Os trabalhos artísticos renovam o repertório musical do País e são reconhecidos em listas e premiações nacionais e internacionais. Em 2020, o edital do programa selecionou 41 projetos em todo o Brasil. A plataforma digital do programa leva conteúdo inédito sobre música e comportamento para mais de meio milhão de seguidores nas redes sociais. Em São Paulo, a Casa Natura Musical se tornou uma vitrine permanente da música brasileira, com cerca de 120 shows ao longo de 2019.

CASA NATURA MUSICAL
Rua Artur de Azevedo, 2134, Pinheiros, São Paulo
www.casanaturamusical.com.br e www.sympla.com.br.
https://www.facebook.com/CasaNaturaMusical
https://www.instagram.com/casanaturamusical/
www.twitter.com/casanaturamus

Publicidade

Transfira os pontos do cartão de crédito para a Dotz e troque por doações para ajudar hospitais do SUS

Por Oswaldo Scaliotti em Coronavírus, Responsabilidade social

27 de Março de 2020

Banco do Brasil e CAIXA são parceiros do programa de fidelidade

 

Com o objetivo de apoiar os hospitais do SUS na compra de insumos e equipamentos para o tratamento de pacientes com Covid-19, a Dotz lançou a campanha “Doe Dotz – Para estar junto, não precisa estar perto”. Os hospitais que receberão o apoio são Hospital Municipal Infantil Menino Jesus, Hospital Geral do Grajaú e Hospital Regional de Jundiaí, todos administrados pelo Instituto de Responsabilidade Social Sírio-Libanês.

Dessa forma, será possível transferir os pontos dos cartões de crédito do Banco do Brasil e CAIXA para a Dotz e efetuar a troca por doações que podem ajudar a salvar vidas. Essa é uma boa opção para quem não pretende trocar os pontos do cartão de crédito por passagens aéreas por conta da pandemia do Coronavírus. Os clientes do programa de fidelidade que já possuem saldo em Dotz também poderão efetuar as trocas. Com isso, a empresa espera arrecadar a maior quantidade possível de Dotz para convertê-los em doações em dinheiro que serão destinadas aos hospitais.

“Neste momento de preocupação e mudanças de rotina por conta do Covid-19, estamos trabalhando muito em busca de novas soluções e formas de ajudar as pessoas. Sabemos dos desafios do sistema de saúde pública no Brasil e, por este motivo, procuramos o Sírio Libanês para nos auxiliar no repasse de doações para os hospitais do SUS. Como este é um momento de incertezas também no aspecto econômico, a doação em dinheiro pode não ser viável para muitas pessoas, especialmente autônomos que estão tentando lidar com essa crise, por isso entendemos que a doação em Dotz é uma forma de viabilizar essa ajuda financeira para os hospitais”, afirma Roberto Chade, CEO da Dotz.

A empresa também adotou outras medidas para auxiliar os clientes neste período, como a criação de uma categoria especial no catálogo de trocas do site (dotz.com.br) chamada “Ficando em Casa”, com produtos selecionados para o cliente

 

fazer suas trocas de acordo com as necessidades atuais, em que as recomendações são de ficar em casa o maior tempo possível. Além disso, os Dotz não vão expirar até o final junho e os clientes poderão fazer suas trocas com tranquilidade neste período.

Publicidade

Transfira os pontos do cartão de crédito para a Dotz e troque por doações para ajudar hospitais do SUS

Por Oswaldo Scaliotti em Coronavírus, Responsabilidade social

27 de Março de 2020

Banco do Brasil e CAIXA são parceiros do programa de fidelidade

 

Com o objetivo de apoiar os hospitais do SUS na compra de insumos e equipamentos para o tratamento de pacientes com Covid-19, a Dotz lançou a campanha “Doe Dotz – Para estar junto, não precisa estar perto”. Os hospitais que receberão o apoio são Hospital Municipal Infantil Menino Jesus, Hospital Geral do Grajaú e Hospital Regional de Jundiaí, todos administrados pelo Instituto de Responsabilidade Social Sírio-Libanês.

Dessa forma, será possível transferir os pontos dos cartões de crédito do Banco do Brasil e CAIXA para a Dotz e efetuar a troca por doações que podem ajudar a salvar vidas. Essa é uma boa opção para quem não pretende trocar os pontos do cartão de crédito por passagens aéreas por conta da pandemia do Coronavírus. Os clientes do programa de fidelidade que já possuem saldo em Dotz também poderão efetuar as trocas. Com isso, a empresa espera arrecadar a maior quantidade possível de Dotz para convertê-los em doações em dinheiro que serão destinadas aos hospitais.

“Neste momento de preocupação e mudanças de rotina por conta do Covid-19, estamos trabalhando muito em busca de novas soluções e formas de ajudar as pessoas. Sabemos dos desafios do sistema de saúde pública no Brasil e, por este motivo, procuramos o Sírio Libanês para nos auxiliar no repasse de doações para os hospitais do SUS. Como este é um momento de incertezas também no aspecto econômico, a doação em dinheiro pode não ser viável para muitas pessoas, especialmente autônomos que estão tentando lidar com essa crise, por isso entendemos que a doação em Dotz é uma forma de viabilizar essa ajuda financeira para os hospitais”, afirma Roberto Chade, CEO da Dotz.

A empresa também adotou outras medidas para auxiliar os clientes neste período, como a criação de uma categoria especial no catálogo de trocas do site (dotz.com.br) chamada “Ficando em Casa”, com produtos selecionados para o cliente

 

fazer suas trocas de acordo com as necessidades atuais, em que as recomendações são de ficar em casa o maior tempo possível. Além disso, os Dotz não vão expirar até o final junho e os clientes poderão fazer suas trocas com tranquilidade neste período.