Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Saúde

Praia de Iracema recebe drive thru para testes rápidos grátis de Covid-19

Por Oswaldo Scaliotti em Saúde

16 de julho de 2020

A ação acontece nos dias  17, 18, 24 e 25 de julho,  no calçadão da Praia de Iracema, em frente ao Hotel Sonata

A Praia de Iracema recebe nos próximos dias  17, 18, 24 e 25 de julho, a ação “PIT Stop da Saúde”, com distribuição de máscaras e testes rápidos para diagnóstico do novo Coronavírus. O Drive Thru será  instalado no calçadão da Praia de Iracema, em frente ao Hotel Sonata, e deve realizar ao todo cerca de 1.000 exames grátis para a população.

Para realizar o exame é necessário um agendamento prévio, acessando o link http://www.dfhouse.com.br/dfb-digifest-promove-testes-gratuitos-de-deteccao-da-covid-19/ . A quantidade diária de procedimentos será limitada.

O teste leva de 2 a 3 minutos para ser feito, o resultado sai em 20 minutos e logo será enviado via e-mail, SMS ou WhatsApp.

Os moradores das comunidades do entorno da Praia de Iracema terão prioridade. O cadastramento será realizado pelo Instituto Iracema. A iniciativa é uma correalização DFB DigiFest/Enel, realização da Coaph Saúde, com patrocínio da Qair, apoio institucional da Prefeitura de Fortaleza e do Instituto Iracema e apoio do Senai e do Sistema Fiec.

Serviço
Drive Thru Testes grátis Covid-19
Dias  17, 18, 24 e 25 de julho
Local: calçadão da Praia de Iracema, em frente ao Hotel Sonata

Publicidade

Hapvida comemora 10 mil recuperados da covid-19

Por Oswaldo Scaliotti em Coronavírus, Saúde

03 de julho de 2020

Por todo o Brasil, o motivo hoje é para comemorações. O Sistema Hapvida alcançou, nesta quarta-feira, 1 de julho, a marca de 10 mil pacientes recuperados da covid-19, em suas unidades, nas cinco regiões do País. São 10 mil sorrisos, 10 mil abraços, 10 mil famílias que puderam voltar a se reunir, após vencerem o novo coronavírus. “Estamos muito felizes com o número de clientes que venceram todas as aflições e desafios desse vírus, até então desconhecido por todos nós. Hoje, realmente, é um dia que precisamos comemorar. Comemorar esse resultado que só foi possível graças a uma equipe incansável, protocolos médicos assertivos, além de investimentos em estrutura, em estratégia de logística e  em tecnologia”, atribui o presidente, Jorge Pinheiro.

Publicidade

Tomografia computadorizada (TC) de tórax tem sido usada como um dos principais métodos de diagnóstico e controle do novo coronavírus

Por Oswaldo Scaliotti em Coronavírus, Saúde

29 de junho de 2020

 
Nesta pandemia, médicos e pesquisadores estudam amplamente métodos de prevenção, tratamento e diagnóstico da covid-19. Como o vírus ataca principalmente o sistema respiratório, as imagens radiológicas do tórax têm um importante papel na detecção da doença. A tomografia computadorizada, por exemplo, de alta resolução, fornece imagens do pulmão que auxiliam os profissionais na identificação rápida, no atendimento e no controle dos casos.

“Os exames laboratoriais, quando disponíveis (RT-PCR por Swab nasofaríngeo o sorológico, feitos conforme a fase da doença), são os recomendados para diagnóstico inicial, e o exame tomográfico avalia se há lesão pulmonar compatível com a covid-19, a extensão do acometimento e as complicações decorrentes desta infecção viral”, explica Dr. Claudio Teixeira, médico radiologista do Emilio Ribas Medicina Diagnóstica.

É importante reforçar que a tomografia não está indicada para todos os casos de suspeita da doença, sendo fundamental avaliação e recomendação médicas. “O exame não é recomendável como método de pesquisa e identificação inicial em todos os pacientes, pois em muitos testes, na fase inicial da doença, o resultado será normal ou os achados indeterminados. Naqueles que já procuram atendimento com quadro de dispneia (falta de ar) e outros sintomas sugestivos, o exame poderá, sim, ser efetuado de princípio. Os achados, quando o comprometimento pulmonar já está presente, costumam apresentar características bem definidas da doença”, reforça o radiologista.

Dr. Claudio explica ainda que os médicos clínicos e intensivistas usam a tomografia computadorizada também na rotina de acompanhamento dos pacientes internados quando necessitam avaliar progressão ou agravamento das lesões infecciosas dos pulmões. “Eventuais sequelas podem ser demonstradas nos pulmões com a tomografia, mas não são frequentes após a cura da covid-19 embora alterações discretas podem ser encontradas ainda algum tempo depois da cura”, conclui o especialista.

A precisão da tomografia do tórax e o menor tempo para sair o resultado têm permitido aos médicos agirem mais rápido, funcionando como um exame complementar e fornecendo ao médico aplicar a conduta apropriada: internação, isolamento social ou outro procedimento pertinente para o caso em questão.

Sobre o Emilio Ribas Medicina Diagnóstica
Fundado em dois de julho de 1979, o Emilio Ribas Medicina Diagnóstica se posiciona como um dos mais importantes laboratórios brasileiros.  Com a missão de prestar serviços de medicina com confiabilidade e excelência, possui 16 unidades de atendimento distribuídas em Fortaleza e na Região Metropolitana, com destaque para a mais nova unidade que fica no Shopping Iguatemi com serviços de referência em imagem. Todo o complexo do Emilio Ribas é composto de equipamentos de última geração, o que se traduz em diagnósticos com altos índices de segurança e eficácia.  Além da tecnologia, outro destaque é o qualificado corpo técnico que é submetido a contínuo treinamento, aperfeiçoamento e reciclagem. Dessa forma, os profissionais alcançam o sucesso nos procedimentos executados. Com esses diferenciais, o Emilio Ribas alia tradição e credibilidade aos modernos recursos científicos e tecnológicos, sempre buscando o aprimoramento para garantir saúde e bem estar com responsabilidade ambiental e social.

Publicidade

Tratamentos inovadores da escoliose preservam crescimento das crianças e diminuem riscos

Por Oswaldo Scaliotti em Análise, Saúde

25 de junho de 2020

Especialista da SBOT-CE ressalta que o diagnóstico precoce é essencial, pois casos mais graves podem comprometer a função pulmonar, além de afetar a autoestima

As cirurgias realizadas atualmente para o tratamento da escoliose em crianças possuem métodos e tecnologias que permitem controlar a curvatura da coluna ao mesmo tempo em que preservam o crescimento e o desenvolvimento ósseo.

A escoliose é uma deformidade na coluna vertebral que não têm causa conhecida em aproximadamente 85% dos casos – é a chamada escoliose idiopática. Embora a maioria das pessoas com escoliose tenha curvatura leve da coluna, algumas apresentam condições mais severas (curvas superiores a 50 graus) e a cirurgia é um caminho necessário para evitar a progressão da doença e devolver qualidade de vida.

Segundo o Dr Fernando Façanha, membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia – Regional Ceará (SBOT-CE), a tecnologia usada hoje no Brasil consiste em colocar na região da coluna vertebral hastes acopladas em trilhos que acompanham o crescimento da criança. A movimentação dos trilhos é feita a cada seis meses por meio de um procedimento cirúrgico minimamente invasivo.

“Há escolioses agressivas que requerem que o controle da curvatura seja feito o mais precoce possível. Esse tratamento é utilizado como forma de corrigir a curvatura da coluna até a criança chegar a uma idade em que seja possível fazer a cirurgia definitiva, que impede que a coluna continue se curvando. Em geral, recomendamos a colocação dessas hastes em crianças que tenham menos de 10 anos de idade.”

Ele ressalta que o diagnóstico precoce é essencial, pois os casos mais graves podem comprometer a função pulmonar por conta do impacto da deformidade na caixa torácica, além de afetar a autoestima.

Novo método

De acordo com o especialista, um método cirúrgico mais moderno está em análise no Ministério da Saúde. Com o mesmo princípio de uso de hastes e trilhos para acompanhar o crescimento da coluna, o equipamento utiliza pontos magnéticos para se movimentar. O ajuste é feito no próprio consultório médico por meio de um controle que aciona o campo magnético, não necessitando novas intervenções cirúrgicas.

Adultos com escolioses de grau severo também podem receber a indicação cirúrgica para que a doença não progrida, o que pode acontecer mesmo que a coluna já tenha finalizado seu crescimento.

Publicidade

Conselho de saúde recomenda terapias integrativas no tratamento da Covid-19

Por Oswaldo Scaliotti em Saúde

29 de Maio de 2020

O Conselho Nacional de Saúde (CNS) aprovou recomendação para que gestores públicos usem e divulguem práticas integrativas e complementares, como homeopatia, acupuntura, fitoterapia, florais e reiki, no tratamento da Covid-19.

Segundo a conselheira Simone Leite, coordenadora de comissão de práticas integrativas do CNS, a recomendação aos gestores vem no sentido de reforçar importância do uso dessas terapias nesse momento em que não existe cura para a Covid-19. “Os florais, a automassagem, a acupuntura são complementares à assistência. Todas essas práticas já estão no rol do ministério e são amparadas por evidências científicas.”

As práticas integrativas e complementares, as chamadas PICs, estão no SUS desde 2006. Hoje, são ofertadas 29 delas, mas a organização dos serviços depende da adesão dos municípios. São atividades que podem ser feitas individual ou coletivamente reconhecidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que orientou aos países a adoção de tais terapias nos seus sistemas nacionais de saúde.

No Ceará, 125 municípios utilizam práticas integrativas no tratamento de pacientes do SUS. No ano de 2017, o Estado registou mais de 32 mil atendimentos individuais.

Uma das referências da medicina holística hoje, o reiki tornou-se possibilidade para quem procura, dentre as terapias integrativas, uma complementação no trataemnto da Covid-19.

O método terapêutico é simples: um terapeuta iniciado, o “reikiano”, impõe as mãos em pontos específicos, do topo da cabeça até os pés do paciente (inclusive nos sete centros energéticos do corpo humano, os “chakras”). Com a imposição, o reikiano transmite energia vital e o próprio fluxo energético atua na cura, ou no alívio dos desequilíbrios.

Rossana Schiarantolla atende com sessões de reiki e dá cursos de formação no método no espaço Mundo Akar. Por ela, já passaram mais de 400 reikianos. Professora universitária de Administração, ela primeiro fez a iniciação, há 7 anos, para o seu autocuidado.  “O reikiano pode ser qualquer pessoa. A técnica é muito apropriada pra ajudar a quem se inicia, pois a base é auxiliar a si mesmo. É uma energia tão inteligente que não usa a disposição do terapeuta. Você pode estar doente e, mesmo assim, aplicar em outra pessoa. O reiki é uma das práticas atualmente mais valorizadas no tratamento da Covid-19 hoje porque ele pode ser também aplicado a distância, não precisa do toque, não precisa você está perto do paciente, não entra em conflito com nenhum outro tipo de tratamento”, explica

Todas as semanas, o Mundo Akar oferece práticas integrativas e complementares de graça e online para a população. Trata-se do @mundoakarsocial, as inscrições serão realizadas pelo Sympla e as sessões pelo zoom. Todos os atendimentos terão duração de 40 minutos, há terapias de graça e outras no valor de R$ 30,00, cuja renda é revertida para projetos solidários. Para acompanhar a programação basta acessar o @mundo_akar ou @mundoakarsocial

 

Saiba mais – Benefícios do Reiki

À DISTÂNCIA 
Diferente de terapias que envolvem o contato físico entre terapeuta e paciente, como a massoterapia e a quiropraxia, o reiki pode ser aplicado à distância. O processo é similar ao da emissão de ondas radiofônicas

RELAXAMENTO  
Ao receber uma aplicação de energia reiki, o corpo do paciente relaxa e o batimento cardíaco atinge o seu nível de repouso, assim como diminui a freqüência respiratória

SEM CONTRAINDICAÇÃO 
A energia Reiki é una, de tripla atividade. Encerra em si mesma a polaridade positiva (yang), a negativa (yin) e a neutra. Por não ser polarizada, é compatível com qualquer outra forma de terapia, tratamento de saúde ou desenvolvimento espiritual

EXPANSÃO 
Num reikiano de Nível 3A, a energia da aura pode ser percebida a mais de dois metros de distância. O método Reiki amplia nosso campo áurico, aumentando nossas energias física, emocional e mental

SEM DIAGNÓSTICO 
A técnica não exige diagnóstico da patologia ou disfunção para que um tratamento seja bem-sucedido. A energia penetra no corpo do receptor e através dos meridianos energéticos e chakras, dirige-se até a causa dos desequilíbrios

Fonte: Instituto Brasileiro de Pesquisas e Difusão do Reiki

Publicidade

Overnight Oats é uma opção saudável para café da manhã

Por Oswaldo Scaliotti em Saúde

06 de Maio de 2020

Conhecida como “aveia amanhecida”, a receita é rica em fibras e outros nutrientes
Cada vez mais tendência na alimentação e indicação de nutricionistas, o “Overnight Oats”, traduzido para o português como “aveia amanhecida”, é uma receita que reúne os principais ingredientes para um café da manhã nutritivo e saudável, além de ser de fácil produção.
Segundo a nutricionista e professora dos cursos de Nutrição e Gastronomia da UNINASSAU – Centro Universitário Maurício de Nassau Fortaleza, Lianna Cavalcante, a base da receita original deve conter aveia e leite – ou algum outro tipo de cereal (como chia) e extrato vegetal no lugar do leite (como “leite” de coco) –, amêndoas ou soja, e um complemento, como frutas, granola ou castanhas.
“É uma receita que deve ser preparada na noite anterior. Você coloca os ingredientes em um pote de vidro, deixa descansando na geladeira durante a noite e consome pela manhã do outro dia”, disse a nutricionista. Entre os benefícios, a professora da UNINASSAU ressalta que a aveia, por exemplo, é rica em fibra (beta-glucana), que ajuda a diminuir o “colesterol ruim” e, com isso, ajuda no combate de doenças cardiovasculares e aumenta a sensação de saciedade. Já o leite, é rico em proteínas e vitamina A, vitamina D, ácido fólico (vitamina B9), vitamina B12, colina, cálcio, fósforo, magnésio, selênio, que ajudam a melhorar a imunidade, e as frutas vão de acordo com o gosto de cada pessoa.
“A ideia da receita é usar a criatividade e, ao longo da semana, variar as frutas e os ingredientes. É uma refeição completa que vai ajudar na correria do dia e, além disso, você pode optar por colocar em uma bolsa térmica e consumir como lanche no meio da manhã ou antes de um treino, por exemplo”, ressalta Lianna.
Confira abaixo uma receita de Overnight Oats:
Ingredientes:
2 colheres de aveia; 1 colher de chia; 50ml de leite; Frutas de sua preferência; 1 colher de mel; Granola (opcional) e 1 recipiente de vidro com tampa.
Modo de preparo:
Misture a aveia, chia, mel e o leite. Após isso, coloque as frutas, a granola e deixe na geladeira descansando durante a noite. No outro dia, é só consumir.
Publicidade

Coronavírus: Prefeitura de Maracanaú entrega primeiros 19 leitos 

Por Oswaldo Scaliotti em Coronavírus, Saúde

20 de Abril de 2020

Covid-19 ] Até maio, Hospital Municipal de Maracanaú receberá um total de 39 leitos, sendo 15 de UTI com respiradores, 23 leitos clínicos e sala de reanimação para pacientes com Coronavírus

A Prefeitura de Maracanaú entregou oficialmente nesta segunda-feira, 20, os primeiros 19 leitos voltados para pacientes com Coronavírus (Covid-19) no Hospital Municipal Dr. João Elísio de Holanda. São 5 leitos de Unidade de Terapia Intensiva – UTI com respiradores, 13 leitos clínicos e uma sala de reanimação, todos localizados no primeiro andar do Hospital. A entrega foi prestigiada pelo prefeito Firmo Camurça, deputada estadual Fernanda Pessoa, secretário de Saúde, Torcápio Vieira, e secretária executiva de Saúde, Cristina Oliveira, entre outras autoridades.

Mais leitos – Em maio, em área próxima ao Setor de Emergência do Hospital Municipal, serão instalados mais 20 leitos, sendo 10 de UTI com respiradores e 10 clínicos. No total, o Hospital contará com 39 leitos exclusivos para pacientes com Covid-19.

Publicidade

Prefeitura de Maracanaú inaugura leitos para pacientes com Coronavírus na próxima segunda-feira, 20 de abril

Por Oswaldo Scaliotti em Coronavírus, Saúde

17 de Abril de 2020

Covid-19 ] Hospital Municipal de Maracanaú receberá um total de 38 leitos, sendo 15 de UTI com respiradores, 23 leitos clínicos e sala de reanimação para pacientes com Coronavírus

A Prefeitura de Maracanaú irá entregar na próxima segunda-feira, 20, os primeiros 18 leitos voltados para pacientes com Coronavírus (Covid-19) no Hospital Municipal Dr. João Elísio de Holanda. São 5 leitos de Unidade de Terapia Intensiva – UTI com respiradores, 13 leitos clínicos e uma sala de reanimação, todos localizados no primeiro andar do Hospital.

Mais leitos – Em maio, em área próxima ao Setor de Emergência do Hospital Municipal, serão instalados mais 20 leitos, sendo 10 de UTI com respiradores e 10 clínicos. No total, o Hospital contará com 38 leitos e uma sala de reanimação exclusiva para pacientes com Covid-19.

Publicidade

Como se exercitar no seu condomínio de maneira segura 

Por Oswaldo Scaliotti em Coronavírus, Saúde

06 de Abril de 2020

Para conter o avanço da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) os órgãos de saúde internacionais recomendam que as pessoas mantenham-se em isolamento social, longe das atividades costumeiras dos seus cotidianos. Com isso, a rotina de várias pessoas teve que se adaptar. Agora, atividades físicas, por exemplo, devem continuar sendo feitas, porém com o máximo de cautela possível.

 

A Diagonal, referência no mercado de construção de habitações, listou quais ambientes, internos da sua residência, ou na área comum do seu condomínio, você pode utilizar para desenvolver atividades físicas de maneira segura, auxiliando na manutenção da sua rotina de atividades físicas, confira.

 

Comece em casa

O local mais ideal para se praticar exercícios físicos nesse momento é dentro da sua casa. Afinal, este é um dos únicos lugares em que você tem o controle de quem transita. De acordo com Reginaldo Parente, engenheiro, da Diagonal, o cômodo mais indicado para a prática é a sala. “Como a sala, geralmente, é o local maior da sua casa, basta afastar o sofá e a cadeiras, pronto alí você já vai ter um excelente espaço para realizar atividades em solo, aeróbicos, funcionais e de alongamento”, reforça.

 

De acordo com Júlio César, mestre em Ciências Médicas e profissional de educação física da Ayo Fitness Club, academia de referência no mercado fitness em Fortaleza, antes do início de cada prática, o recomendado é se alongar. “Você pode começar com uma alongamento para que auxilia no estiramento de boa parte das fibras musculares, além de propiciar uma amplitude maior dos movimentos, melhorando a performance em diferentes atividades físicas”, recomenda.

 

A varanda é uma boa escolha

Caso seu apartamento ou casa possua uma varanda ampla que permita sua livre circulação, ótimo. O local é excelente para a prática de atividades físicas, pois é iluminado e arejado, recomendação de local ideal segundo os órgãos internacionais de saúde. Reginaldo, frisa a importância de ambientes como esse na hora de se exercitar. “A varanda é o local ideal para todas as práticas, já que o local possui uma boa incidência de luz do sol, e é arejado, conforme as recomendações dos órgãos de saúde para evitar a proliferação do vírus” define.

 

Além dos alongamentos, Julio César, indica que treinos funcionais que trabalhem a parte aeróbica sejam feitos. “Existe uma gama de exercícios aeróbicos que podem ser feitos nesses ambientes, como pular corda, polichinelos, flexões e agachamentos. Se preferir, você também pode dançar, tudo respeitando os limites do seu corpo. Como a varanda é um espaço aberto, a prática se tornará muito mais agradável e as atividades físicas promovem a liberação de serotonina, hormônio ligado a sensação de bem estar, humor. Quando esses hormônios estão em níveis mais elevados, suprime os níveis de ansiedade e estresse, que são ocasionadas pela situação de enclausuramento. ” relata.

 

Com cautela, espaços comuns também são opção

Sabemos que os espaços comuns dos condomínios devem ser evitados caso haja aglomerações de pessoas. Porém, de acordo com o engenheiro, esses locais podem ser utilizados, com algumas restrições. “Para utilizar espaços comuns do seu condomínio como o deck, salão de festas e quadras basta estar atento a quantidade de pessoas no local e se os materiais de limpeza adequados estão ao alcance de todos. Caso não tenha uma grande incidência de pessoas e haja materiais como álcool em gel 70% e recipientes para lavar as mãos, pode ser feito o uso desses ambientes ”, indica.

 

“A prática de atividades físicas é importante porque contribui para a redução de peso e níveis de gordura corporal. Escolha um horário que não tenha ninguém, ou uma quantidade mínima de pessoas possível. Geralmente esses espaços são maiores, então neles você pode realizar corridas, saltos, alongamentos e testes de resistência. Mas é importante lembrar que a higienização é extremamente importante após o fim das atividades” finaliza Júlio César.

Publicidade

Coronavírus: Atenção à saúde mental das crianças durante a quarentena

Por Oswaldo Scaliotti em Coronavírus, Saúde

03 de Abril de 2020

Especialista alerta para sintomas de ansiedade das crianças durante o período de isolamento

Com a orientação para a continuidade do isolamento social como forma de prevenção a disseminação do Covid-19, boa parte da população mantém sua rotina alterada, e entre eles, as crianças.

Com a suspensão das aulas na rede pública e antecipação das férias na rede privada, as crianças permanecerão por pelo menos mais um mês em casa. Com tanta energia para gastar, é importante que os pais/responsáveis mantenham uma base de atividades para evitar a ociosidade.

A neuropsicóloga Liane Bastos destaca que é recomendado uma conversa sobre o assunto, “Para aliviar o estresse e a ansiedade da rotina alterada de forma repentina, é importante que se converse com os pequenos sobre os acontecimentos. Sem entrar em detalhes que possam assustá-los, é necessário que as famílias conversem, sabendo que muitas crianças já possuem capacidade de entender e reproduzir ações que ajudem no combate ao vírus, como lavar as mãos”.

Para a profissional, tentar manter uma programação de atividades, mesmo que em casa, é outra forma de evitar irritabilidades nas crianças, “Manter os horários de dormir e acordar, os costumes alimentares, envolve-los em atividades físicas como alongamento, yoga, destinar tempo para brincadeiras e estudos do dia a dia, reforça a sensação de “normalidade” e permite menores traumas sobre o assunto”, enfatiza.

Outro desafio que a neuropsicóloga destaca é conseguir usar a energia dessas crianças que não tem espaço pra correr e brinca, “Uma sugestão é utilizar aplicativos de dança, que ensinam passos ao longo do ritmo da música. Além das crianças gastarem energia, garantem uma boa diversão”.

Para as crianças que frequentam terapia ou realizam tratamento para déficit de atenção, autismo e outros, Liane ressalta que é fundamental manter o contato com o profissional de confiança, “Optar pelos atendimentos on-line é uma boa alternativa para dar continuidade ao tratamento já realizado, para que não haja interrupção na evolução desse paciente”, pontua.

Publicidade

Coronavírus: Atenção à saúde mental das crianças durante a quarentena

Por Oswaldo Scaliotti em Coronavírus, Saúde

03 de Abril de 2020

Especialista alerta para sintomas de ansiedade das crianças durante o período de isolamento

Com a orientação para a continuidade do isolamento social como forma de prevenção a disseminação do Covid-19, boa parte da população mantém sua rotina alterada, e entre eles, as crianças.

Com a suspensão das aulas na rede pública e antecipação das férias na rede privada, as crianças permanecerão por pelo menos mais um mês em casa. Com tanta energia para gastar, é importante que os pais/responsáveis mantenham uma base de atividades para evitar a ociosidade.

A neuropsicóloga Liane Bastos destaca que é recomendado uma conversa sobre o assunto, “Para aliviar o estresse e a ansiedade da rotina alterada de forma repentina, é importante que se converse com os pequenos sobre os acontecimentos. Sem entrar em detalhes que possam assustá-los, é necessário que as famílias conversem, sabendo que muitas crianças já possuem capacidade de entender e reproduzir ações que ajudem no combate ao vírus, como lavar as mãos”.

Para a profissional, tentar manter uma programação de atividades, mesmo que em casa, é outra forma de evitar irritabilidades nas crianças, “Manter os horários de dormir e acordar, os costumes alimentares, envolve-los em atividades físicas como alongamento, yoga, destinar tempo para brincadeiras e estudos do dia a dia, reforça a sensação de “normalidade” e permite menores traumas sobre o assunto”, enfatiza.

Outro desafio que a neuropsicóloga destaca é conseguir usar a energia dessas crianças que não tem espaço pra correr e brinca, “Uma sugestão é utilizar aplicativos de dança, que ensinam passos ao longo do ritmo da música. Além das crianças gastarem energia, garantem uma boa diversão”.

Para as crianças que frequentam terapia ou realizam tratamento para déficit de atenção, autismo e outros, Liane ressalta que é fundamental manter o contato com o profissional de confiança, “Optar pelos atendimentos on-line é uma boa alternativa para dar continuidade ao tratamento já realizado, para que não haja interrupção na evolução desse paciente”, pontua.