Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

AECIPP

AECIPP e empresas associadas lançam campanha para arrecadação de cestas básicas para as comunidades da região do Complexo

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

16 de Abril de 2020

 

 

O momento atual é de muitos desafios e incertezas, mas é também uma oportunidade para a prática da solidariedade. Muitas famílias, que já viviam em situação de vulnerabilidade social, estão ainda mais necessitadas de ajuda diante da crise provocada pela pandemia do novo coronavírus. Por isso, a Associação das Empresas do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (AECIPP), juntamente com as 31 empresas associadas, o Conselho Comunitário do CIPP e a Rede de Cooperação, lança hoje (16/04) a campanha “Cesta amiga: alimentando esperanças”. A iniciativa tem como objetivo arrecadar dinheiro para compra de cestas básicas para as comunidades do entorno do Complexo.

 

As doações podem ser feitas através do site: https://abacashi.com/p/cesta_amiga_aecipp. A campanha é aberta para todas as empresas do Complexo, seus funcionários e quem mais quiser contribuir com qualquer quantia a partir de R$ 25,00. “Nesse momento, todos precisam se mobilizar para ajudar, por isso idealizamos essa campanha. Enquanto associação, temos que estar sempre unidos defendendo os interesses das associadas, mas também com muita responsabilidade social perante a sociedade e a população das comunidades da região do Complexo”, reforça o presidente do Conselho de Administração da AECIPP, Ricardo Parente.

 

A AECIPP fará a compra dos produtos e montará cestas no valor de R$ 50,00. Cada cesta terá 2kg de feijão, 2kg de arroz, 1 kg de macarrão, 1 kg de farinha de mandioca, 2 kg de farinha de milho, 1kg de açúcar, 250g café, 1l de óleo de soja, 1kg de sal, 1 litro de água sanitária e 1kg de sabão em barra. “Essas cestas serão de grande ajuda, pois muitas famílias vivem em condições muito difíceis e passam grandes necessidades, muitas vezes não tendo mesmo o que comer. Estamos focando a ação nessas pessoas, em especial nas que residem nas comunidades de Pecém (Praia e Planalto), Bolso, Parada, Acende Candeia, Paul, Varjota e Matões. Acreditamos que as doações vão beneficiar cerca de 250 famílias”, finaliza Ricardo Parente.

Publicidade

Ações empresariais com foco nos ODS são destaque no I Workshop de Responsabilidade Social promovido pela AECIPP dias 29 e 30

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

29 de Janeiro de 2020

Quais soluções estão sendo adotadas pelas empresas para o desenvolvimento sustentável e diferencial competitivo no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP)? Esse assunto será discutido nos encontros que a Associação das Empresas do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (AECIPP) promoverá nos dias 29 e 30 destacando os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU).

O I Workshop de Responsabilidade Social contará, no dia 29, das 8h às 12h30, com uma palestra aberta ao público da representante do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), Ana Carolina Paci, e com um debate entre o presidente da Cimento Apodi, Emmanuel Mitsou, e o diretor de Unidade de Negócios da Aeris, Vítor Santos, mediado pela consultora do Sesi Paraná e especialista no assunto, Aline Calefi. Já na quinta-feira (30), a Associação promoverá uma capacitação para os representantes das áreas de responsabilidade socioambiental das empresas associadas, das 8h às 12h. Iniciativa do Fórum de Responsabilidade Social da Associação, os eventos serão realizados no IFCE Campus Avançado Pecém.

Sobre Ana Carolina Paci

Ana Carolina Paci é assessora de ODS e engajamento das empresas na Rede Brasil do Pacto Global, a maior iniciativa de sustentabilidade corporativa do mundo, ancorada nas Nações Unidas. Desde 2012, trabalha com desenvolvimento comunitário e sustentabilidade, e já atuou em diversas iniciativas nacionais e internacionais, como Fundação Abrinq, Earth Charter e o Escritório das Nações Unidas para Assistência Humanitária. É mestre em International Peace Studies pela United Nations-mandated University for Peace, e formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e em Relações Internacionais pela Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul).

Sobre Aline Calefi

Aline Calefi Lima é jornalista formada pela Universidade de Passo Fundo (UPF), com especialização em Comunicação Audiovisual pela PUC-PR e Sociologia pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), com 15 anos de experiência profissional na área de comunicação. Possui formação no Programa de Formação de Consultores, da Faculdade da Indústria (2016), é articuladora do Sistema FIEP no Pacto Global, PRME e ODS e gestora do Prêmio SESI ODS. No do Sesi Paraná, é consultora nas temáticas dos ODS, Relacionamento Intergeracional e Programa de Mentoria. Já atuou em empresas como Radiante Telecomunicações, Kondustec, Bosch e Mão Colorida.

SERVIÇO:

I Workshop de Responsabilidade Social

Data: 29 de janeiro de 2020

Horário: 8h às 12h30

Local: Auditório do IFCE Campus Avançado Pecém

Inscrições gratuitas pelo link: https://bit.ly/2TU1fUV

Publicidade

AECIPP lança Expo Pecém 2020 na 14ª edição da EXPOLOG nesta quarta (27)

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

26 de novembro de 2019

 

Nos próximos dias 27 e 28 de novembro, o Centro de Eventos do Ceará recebe mais uma edição da Feira Internacional de Logística e Seminário Internacional de Logística (Expolog), maior evento multimodal do setor do Norte e Nordeste. A Expolog, que reúne os principais players do segmento, do comércio exterior e de transportes, promoverá diversas palestras e exposições, além de ser uma grande oportunidade para networking e novos negócios. Dentre os destaques da programação está o lançamento da Expo Pecém 2020 na quarta-feira (27), evento promovido pela Associação das Empresas do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (AECIPP).

 

A Expo Pecém será lançada em solenidade que acontecerá a partir das 17 horas pelo presidente do Conselho de Administração da AECIPP, Ricardo Parente. Na ocasião, ele apresentará a Associação, as empresas associadas, bem como mais detalhes sobre a feira que será realizada nos dias 27 e 28 de agosto do próximo ano no Instituto Federal do Ceará (IFCE) Campus Avançado do Pecém. Os interessados em participar do lançamento devem confirmar a presença pelo link: https://www.sympla.com.br/lancamento-da-expo-pecem__692332. Mais informações e dúvidas, entrar em contato com a organização do evento por telefone (85 3433.7688/ 3433.7684) ou por e-mail (eventos@praticaeventos.com). Para participar é necessário ter feito a inscrição também na Expolog. As vagas são limitadas.

 

A iniciativa tem como objetivo contribuir com a promoção do desenvolvimento das atividades da região do Complexo Industrial do Pecém, bem como favorecer a economia entre as empresas locais, regionais, nacionais e internacionais. “A Expo Pecém será um espaço para inovação e networking em que ofereceremos palestras, minicursos, visitas técnicas às empresas associadas e rodadas de negócios. Queremos realizar um evento verdadeiramente compromissado com o desenvolvimento do Ceará”, conta o presidente da AECIPP.

 

Na Expolog, Ricardo Parente participará ainda do Painel III, com o tema Logística Sustentável. A apresentação será no dia 28, a partir das 9 horas. O presidente da AECIPP será o mediador do painel que contará ainda com as palestras do gerente de Supply Chain da AERIS Energy, Leonardo Aiello, sobre Transformações na Área de Supply Chain, do diretor presidente da Associação dos Gestores e Executivos de Logística (AGEL), Célio Fialho, que vai falar sobre Green Supply Chain: A Estratégia da Inteligência Sustentável nos Negócios e do gerente geral de Operações Portuárias na VLI Logística, Denilson Fernandes, com o tema Transformando a Logística com Sustentabilidade.

 

Além da AECIPP participarão diversas empresas associadas como Tecer Terminais Portuários, Termaco Logística, Ferrovia Transnordestina Logística (FTL), Fornecedora de Máquinas e Equipamentos, Aeris Energy, TMC Transporte, APM Terminals, Daniel Transportes, Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP), Unilink, CIPP S.A, Aço Cearense, Cimento Apodi, VLI, Intergis, Phoenix e Wobben Windpower, seja como expositor ou ministrando palestras. Participará do evento ainda o IFCE, grande parceiro da AECIPP, com a palestra Qualificação profissional no setor industrial e de logística, que será conduzida pelo professor Marcel Ribeiro, diretor do Campus Pecém. A apresentação será na quarta (27), às 15h30, no Auditório Empreendedorismo.

 

Serviço:

Lançamento Expo Pecém 2020

Dia 27 de novembro, às 17h

Local: Centro de Eventos do Ceará – Pavilhão Oeste – Portão A (Av. Washington Soares, 999 – Edson Queiroz)

Confirmação de presença: https://www.sympla.com.br/lancamento-da-expo-pecem__692332

Informações: eventos@praticaeventos.com | (85) 3433.7684 / 3433.7688

OBS: Vagas limitadas

Publicidade

AECIPP completa 4 anos de fundação nesta segunda-feira (30)

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

30 de setembro de 2019

Fundada em 30 de setembro de 2015, a Associação das Empresas do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (AECIPP) comemora, nesta segunda-feira, quatro anos. A Associação é o resultado da iniciativa de criação decidida em Assembleia Geral de Fundadores, realizada no dia 13 de novembro 2014, que contou com participação de oito empresas. Atualmente, a AECIPP conta com 31 associadas, sendo 10 indústrias e 21 empresas de serviços, que representam 92% do Produto Interno Bruto (PIB) do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP).

 

Apesar de ter sido fundada em 2015, segundo o presidente do Conselho de Administração da AECIPP, Ricardo Parente, a ideia surgiu bem antes, no ano de 2011, em conversa com o então diretor da ENEVA, Fernando Moura, após a conclusão dos estudos realizados liderado pelo atual superintendente do Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor), Eudoro Santana na Assembleia Legislativa do Ceará, com envolvimento do Poder Público, representantes do Setor Privado e da Sociedade Civil, tendo como relatório final nominado PACTO PELO PECÉM. Na época, Parente e Moura perceberam que era importante criar uma associação para organizar e defender os interesses das empresas do Complexo, bem como para auxiliar o Governo do Estado no desenvolvimento das atividades do complexo e da região do entorno.

 

Ao longo dos seus quatro anos de existência, a AECIPP tem promovido diversas ações para estimular a participação das empresas na Associação, como palestras, oficinas e cursos, além de parcerias com a Polícia Militar e com o Corpo de Bombeiros, que gerou o Curso de Policiamento em Áreas Portuária e Industrial (CPAPI) e o Plano de Auxílio Mútuo (PAM) do CIPP, iniciativas voltadas para a segurança do Complexo. “Temos percebido que à medida que fomos intensificando nossas atividades foi aumentando o envolvimento das empresas com a Associação, do diretor ao funcionário de chão de fábrica. Acredito que essa maior participação se deve também ao alinhamento das nossas ações com as demandas das associadas”, conta Ricardo Parente.

 

A Associação tem trabalhado fortemente também com vistas a promover uma maior aproximação e integração das empresas do Complexo com a comunidade do entorno, uma vez que cerca de 53% do CIPP fica no município de Caucaia e 47% em São Gonçalo do Amarante. “A nossa Associação já nasceu com um propósito de focar nossas ações no regional e formar uma mão de obra qualificada capacitando os profissionais da região, por isso logo de início firmamos uma parceria com o Instituto Federal do Ceará (IFCE) Campus Avançado do Pecém, onde inclusive instalamos a sede da AECIPP. Por meio dessa parceria, contribuímos com a criação e adequação dos cursos ofertados no campus de acordo com as demandas atuais e futuras de oportunidades de trabalho nas empresas associadas”, reforça Ricardo.

 

Para o diretor-executivo da AECIPP, Ricardo Sabadia, esse diálogo constante com o IFCE é de fundamental importância para o crescimento e desenvolvimento dos profissionais da região. “A ideia da parceria é fazer com que esses cursos sejam uma porta de entrada para a população do entorno visando as oportunidades de emprego das indústrias do Complexo”, complementa. Sabadia reforça ainda um importante projeto lançado pela Associação em maio desse ano, o Aproximar. O projeto tem como objetivo melhorar o acesso dos profissionais da região do Pecém às oportunidades de trabalho junto às empresas do Complexo. Dentre as ações do projeto estão a criação de Banco de Currículos da AECIPP; a disponibilização de Sala de Acolhimento para preparação de currículo e cadastro no site da associação; e a realização de oficinas de capacitação. “Ao longo de três meses de projeto, cadastramos mais de 5 mil currículos, a maioria de profissionais de Caucaia e São Gonçalo do Amarante”, comemora.

 

Todo o trabalho realizado pela AECIPP desde sua fundação busca tornar a Associação e o CIPP referências positivas, nacional e internacionalmente, além de promover a valorização do Ceará. Dentre as metas estão também o desenvolvimento do setor industrial no Estado e a geração de emprego e renda para a comunidade do entorno. “Agradeço o envolvimento das empresas que tem sido fundamental para o crescimento da nossa associação e espero que cada dia mais pessoas participem das nossas ações, afinal sozinhos vamos mais rápido, mas juntos vamos mais longe”, finaliza Parente.

 

Outras ações da AECIPP

Para melhor estruturar as ações da Associação foram criados dez fóruns temáticos, cada um liderado por profissionais das empresas associadas, que se reúnem para discutir o desenvolvimento de cada área no Complexo, bem como para pensar ações (palestras, cursos e oficinas) para os profissionais de cada setor. São eles: Recursos Humanos, Comunicação, Logística, Desenvolvimento de Fornecedores, Meio Ambiente, Relações Institucionais, Relações Trabalhistas, Responsabilidade Social, Segurança Patrimonial e Saúde e Segurança.

 

Também visando promover a integração entre os colaboradores das empresas associadas, a AECIPP promove um campeonato de futebol, em parceria com o Sesi Parangaba. A primeira edição aconteceu no ano passado, entre julho e dezembro, e reuniu 29 equipes. O time vencedor foi o CSP Crane formado por funcionários da Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP). A iniciativa foi muito bem recebida e, desde maio desse ano, está acontecendo a segunda edição da competição, que reúne 25 times de 18 empresas. “O objetivo é promover um momento de integração entre os colaboradores das associadas. O esporte tem o poder de possibilitar a aproximação entre as pessoas”, afirma Ricardo Sabadia.

 

A AECIPP atua ainda na busca por parcerias para oferecer benefícios e descontos para os funcionários das associadas, bem como seus familiares, em empresas nas áreas de educação, saúde, lazer, serviços e produtos. Atualmente, a Associação possui convênio com diversas faculdades em cursos de graduação e pós-graduação, óticas, clínicas médicas como Uniclinic e Instituto Hopólito Monte, além de um convênio com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis Ceará (ABIH-CE), em que são ofertados descontos nos em diversos serviços nos hotéis associados à Entidade, tais como: hospedagem, eventos, cafés da manhã, seminários, congressos, etc.

 

Dentre as ações com foco na prevenção, a Associação promove palestras e treinamentos nas áreas de segurança, de combate a acidentes de trabalho, além de campanhas sistemáticas de vacinação para os colaboradores de todas as associadas.

Publicidade

AECIPP e Ministério da Cidadania apresentam Festival Além da Rua 2019 no Pecém

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

14 de setembro de 2019

O “Além da Rua – Festival Internacional de Artes e Conexões” estará na praia do Pecém entre os dias 16 e 22 de setembro. Na região, o Festival é apresentado pela Associação das Empresas do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (AECIPP). Realizado por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, o Festival tem patrocínio incentivado da EDP e TECER, além de patrocínio direto da PHOENIX e Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP), associadas à AECIPP. O evento conta ainda com o apoio da Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, realizado pela Secretaria Especial da Cultura, pelo Ministério da Cidadania e pelo Governo Federal.

Segundo o diretor da AECIPP, Ricardo Sabadia, a Associação atuou na construção da programação junto com a Ato Marketing Cultural, organizadora do Festival, e na mobilização das empresas associadas para que elas patrocinassem o evento. “É uma experiência nova para a gente, mas entendemos que é uma ótima oportunidade para promover uma aproximação da AECIPP, bem como das associadas, com a comunidade do Pecém. Além disso, sabemos que esse tipo de projeto é muito importante para a população local uma vez que a arte tem um grande poder de transformação social, e um dos objetivos da nossa Associação é contribuir com o desenvolvimento das comunidades do entorno do Complexo do Pecém”, afirma.

Publicidade

Fortaleza recebe conceituado evento sobre seguro de transporte

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

17 de junho de 2019

Setor debate sobre a importância do seguro de transporte, dispositivo de segurança para empresas que atuam no mercado de logística no país

No próximo dia 25 de junho, Fortaleza será a capital do debate sobre seguro de transporte. O tema é de alta importância para empresas que atuam no mercado de logística, e que precisam assegurar o transporte da carga antes de iniciar uma operação, de forma a dar mais segurança a seus clientes. O evento é uma realização do Clube Internacional de Seguros de Transportes (CIST), em parceria com o Grupo Servis, com apoio GUEP, Grupo Fox, Aecipp e Acel. O encontro acontece no auditório da Fiec.

A capital cearense foi escolhida para receber o evento ante ao cenário positivo para o setor logístico no Estado. O Ceará, ao longo dos últimos anos, vem se destacando tanto na importação como exportação de produtos, além das operações de cambagem (no caso do transporte marítimo). Hoje, o estado tem dois grandes hubs: o marítimo, com o porto do Pecém, considerado um dos principais do país; e o aéreo, com a chegada da Fraport, e os investimentos na ampliação do aeroporto internacional de Fortaleza. Além disso ainda dispomos de estradas com conexão para todo país e malha ferroviária que atende ainda grande parte dos estado do Nordeste, por exemplo.

Destinado aos profissionais dos setores de logística e seguros, o encontro integra o calendário de eventos do mercado brasileiro junto às entidades que trabalham pelo desenvolvimento dos profissionais e mercado de riscos e transportes de carga.

Em discussão a gestão de risco empresarial, com visão no transporte internacional de cargas e um talkshow sobre “Desafios e soluções de risco e seguro para transporte de carga”. Para o primeiro tema, Alfredo Chaia, executivo de uma das principais empresas do setor, a Internacional Risk Veritas, falará sobre demandas emergentes dos sistemas logísticos modernos. Já o talkshow, será mediado por Paulo Robson Alves, o executivo é lidera a carteira de seguros marítimos da empresa AXA XL e é também Vice Presidente do CIST.

Entre os executivos das empresas que participam do talk show estão Ian Robert Roncon, gerente de Risco da Café Três Corações; José Nivaldo Tornisiello, sócio fundador da Statera Consultoria; e David Silva, diretor de Gerenciamento de Risco da Servis; além de outros profissionais com expertise no setor.

Palestrantes:

Alfredo Chaia – é oficial da Marinha/Engenharia mecânica. Sócio fundador e atual vice-presidente do Cist, Membro efetivo do Conselho de Administração da ABGR e Dentro da sua experiência profissional, se destaca na sua posição como Membro Catedrático na ANSP.

Paulo Robson Alves – tem 26 anos de experiência em seguro de transportes com formação em Administração de empresas com ênfase em comércio exterior, MBA em gestão empresarial e gestão de negócios pela universidade Andrés Bello do Chile.

Clube Internacional de Seguros de Transportes (CIST)
A entidade promove concorridas palestras e eventos mensais com temas relativos aos riscos e seguros da cadeia logística de transportes de cargas. O Cist é uma entidade que reúne profissionais da cadeia logística de seguro de transportes, envolvendo companhias como seguradoras, corretoras, resseguradoras e reguladoras de sinistros. O objetivo é reunir, integrar e capacitar a todos, além de promover a discussão sobre questões relacionadas ao segmento.

Serviço:

Workshop CIST

Data: 25 de junho de 2019

Horário: 08h30 às 12h

Local: FIEC – Av. Barão de Studart, 1980 – Aldeota.

Publicidade

AECIPP reelege Ricardo Parente e demais membros dos conselhos por aclamação

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

30 de Abril de 2019

Na última segunda-feira, 29 de abril, a Associação das Empresas do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (AECIPP) promoveu Assembleia Geral para eleição dos membros do Conselho de Administração, do Conselho Fiscal e da Diretoria Plenária para a gestão 2019 / 2021. Além das eleições, foi apresentado o Relatório Geral e Contábil do Exercício 2018, o Relatório de Auditoria para deliberação sobre aprovação das contas do referido exercício e parecer do Conselho Fiscal e dos Resultados das ações da AECIPP no ano de 2018.

Os representantes das empresas associadas presentes elegeram por aclamação o presidente do Conselho de Administração, Ricardo Parente, bem como os demais membros da chapa Desenvolvimento – Juntos vamos mais longe, uma vez que a eleição teve chapa única e precisava apenas ser validada por maioria simples dos presentes na Assembleia Geral.  Com a eleição, Ricardo Parente seguirá para um segundo mandato de mais dois anos.

Ricardo Parente faz uma avaliação positiva da sua gestão e das ações desenvolvidas no período que esteve à frente do Conselho de Administração. “A AECIPP é uma jovem associação e eu vejo que nesses dois anos houve uma evolução significativa. Temos hoje 31 empresas associadas, sendo 10 indústrias e 21 de serviços, localizadas não só no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP), mas nos municípios de Caucaia e São Gonçalo do Amarante, pois o compromisso da associação é ser responsável socialmente pelo Complexo, mas também pela região e pelo seu entorno”, pontua Ricardo.

Segundo o atual presidente, o papel da associação é cuidar da ambiência do Complexo CIPP, promovendo um ambiente positivo para que o investidor saiba que ele tem um mínimo de risco ao colocar o investimento dele lá. Na gestão de Ricardo, a AECIPP promoveu uma série de parcerias e eventos para o desenvolvimento da região, bem como para a formação, qualificação e capacitação da mão de obra. “Nos últimos dois anos, estabelecemos e criamos 12 fóruns temáticos dentro da associação, com destaque para o Fórum de Recursos Humanos, o Fórum de Atração e Desenvolvimento de Fornecedores, o Fórum de Meio Ambiente, o Fórum de Relações Institucionais e o Fórum de Responsabilidade Social”, ressalta.

No que diz respeito à segurança, Ricardo conta que a associação tem o apoio da 4ª companhia subordinada ao 12º Batalhão da PM que dá apoio na questão da segurança corporativa. “Outra excelente ação que estamos realizando, coordenada pelo Comando Geral dos Bombeiros da Polícia Militar do Ceará, é o Plano de Auxílio Mútuo (PAM), que estamos desenvolvendo dentro do Complexo, trabalhando principalmente em prevenção e também para os momentos de crise ou emergência”, acrescenta.

Todas essas ações têm contribuído para o desenvolvimento efetivo da região e das empresas do CIPP, por isso, segundo Ricardo Parente, para o próximo mandato, a ideia é fortalecer cada vez mais os três “Ps” que nortearam sua gestão: Pessoas, Processos e Produtos.

Conselho de Administração

·         Presidente: Ricardo Santana Parente Soares (CSP)

·         1º Vice-Presidente: Maria Ludmilla Campos de Moraes (Wobben Windpower)

·         2º Vice-Presidente: Eduardo do Amaral Andrade (Cimento Apodi)

·         1º Secretário: Carlos José Castro da Silva Maia (TERMACO)

·         2º Secretário: Gustav Souza Costa (EDP Pecém)

Conselho Fiscal

·         Carlos Alberto Alves Nunes Filho (Tecer Terminais)

·         Fausto Tavares de Sousa (Phoenix do Pecém)

·         André Marcelo Gomes Magalhães (APM Terminals)

·         Sérgio Gomez Campodarve (ENEVA)

Diretoria Plenária

·         Izaac Araújo de Souza (Startall)

·         Cristina Lins (ETERNIT)

·         Júlio César Almeida Moura (Fornecedora Maquinas)

·         Narcelio Uchôa Mota (VLi)

·         Emilia Celestino (Aeris)

·         José Alfredo Cordeiro Mendes Filho (Grupo Cordeiro)

·         Marcelo Braga Pontes (TMC)

Sobre a AECIPP

A AECIPP é uma entidade empresarial, sem fins lucrativos, com atuação no Complexo Industrial e Portuário do Pecém – CIPP e região. A associação tem como objetivos fortalecer e desenvolver, de forma sustentável, as atividades empresariais, industriais e de serviços nessa área, buscando as demandas e interesses das empresas associadas bem como atraindo cada vez mais oportunidades de negócios. Atualmente a AECIPP tem 31 empresas associadas.

Publicidade

AECIPP promove minicurso gratuito sobre segurança do trabalho, nesta terça (23)

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

22 de Abril de 2019

A Associação das Empresas do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (AECIPP) realiza o minicurso “Modernização de Equipamentos de Elevação e Transporte de Cargas – Aspectos de Segurança” nesta terça-feira (23). A formação acontece no IFCE Campus Pecém, das 8 horas às 16 horas. O curso é gratuito e destinado a profissionais da área de segurança do trabalho.

O minicurso será ministrado pelo engenheiro Marcelo Garcia Matheus, colaborador da EVSA, empresa do Grupo AKRON CORP especializada em equipamentos de levantamento e movimentação de cargas para indústrias do ramo siderúrgico, automobilístico, papel e celulose, alumínio, mineração, portuário, hidrelétrico, entre outros, com mais de 20 anos de experiência nesse segmento.

A formação será dividida em quatro módulos: Considerações importantes para reforma de Pontes e Pórticos Rolantes; Aspectos de Segurança – NR10 e NR-12; Definições aplicadas em projetos de modernização; e Vantagens técnicas e econômicas do processo de modernização. Ao final das explanações, haverá um momento para esclarecimento de dúvidas dos participantes.

Sobre Marcelo Garcia Matheus

Pós-graduado em Gestão de Projetos pela FGV (2012), Marcelo Garcia Matheus possui graduação em Engenharia Elétrica pela UMC-SP (1995). Foi membro do Comitê Brasileiro de Máquinas e Equipamentos Mecânicos (ABNT/CB-04) para a elaboração da norma NBR 15958 – Regras de Segurança para Projetos de Equipamentos de Elevação de cargas (2014). Possui experiência de mais de 25 anos em projetos e soluções para esses equipamentos e foi coordenador responsável para as disciplinas de elétrica, eletrônica e automação por 18 anos em grandes projetos de pontes e pórticos rolantes pela empresa Bardella, como usinas hidroelétricas de Baixo Iguaçu, Belo Monte, Jirau, Santo Antônio e Tucuruí e usinas siderúrgicas do Grupo Gerdau, Usiminas, Ternium, CSN e CST.

Serviço

Minicurso Modernização de Equipamentos de Elevação e Transporte de Cargas – Aspectos de Segurança

Data: 23 de abril de 2019

Horário: 8 horas às 16 horas

Local: IFCE Campus Pecém (Miniauditório)

Curso gratuito

Publicidade

Desempenho das zonas portuárias e industriais do Pecém, Marselha e Roterdã é tema de palestra na AECIPP no dia 21

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

12 de Fevereiro de 2019

O evento da Associação das Empresas do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (AECIPP) é gratuito e faz parte das ações realizadas pela entidade com o intuito de atrair novos olhares sobre os desafios e as oportunidades para a região

As bases para o amplo desempenho do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP) já foram lançadas e estão na direção correta. Quem afirma é o Doutor em Ciências de Gestão (Aix-Marseille Université, França), Igor Pontes, palestrante do próximo ciclo de palestras que a associação das empresas do Complexo promove no próximo dia 21 de fevereiro, às 9 horas, no IFCE do Pecém, com o tema Constatações empíricas sobre o desempenho de zonas industriais e portuárias (ZIPs).

Para ele, que também é diretor da Associação de Gestores e Executivos de Logística, são necessários apenas “ajustes de percurso” para ampliar o desempenho da zona cearense atraindo novos empreendimentos a partir de critérios claros de benefícios e retornos para a ZIP e para a região. “Falando em termos de desenvolvimento regional, a ZIP precisar avançar no empreendimento de interações com a região do entorno (museus, projetos, marketing social, universidades empenhadas na criação da cultural marítima-industrial) criando diversos canais de comunicações efetivos, sobretudo com a AECIPP, além de estimular a criação de cadeias produtivas amplamente ramificadas como forma de criar vantagens competitivas ligadas ao território e de formalizar um modelo de gestão que seja capaz de viabilizar e apoiar as atividades produtivas que hoje estão inseridas no complexo”, destaca o professor.

Na avaliação de Igor Pontes, o CIPP tem um frutífero campo de negócios a explorar, que vai desde a prospecção de indústrias de manufatura marítima, passando pelos diversos serviços e negócios marítimos, até os serviços logísticos de transporte e armazenamento, por exemplo. Ele chama a atenção para alguns resultados drásticos que escolhas equivocadas no presente podem produzir no futuro como um modelo de governança descalibrado com a missão da ZIP. “Chamamos a atenção também para o problema da justaposição de secretarias, agências e empresas públicas envolvidos na gestão de ZIPs, tema de artigo científico que escrevi em 2017, publicado pela revista Contextus da UFC, fazendo recomendações ao Governo do Estado. Coincidentemente, a sugestão foi incorporada com a ampliação do objeto social da Cearáportos, passando a denominar-se CIPP S.A em agosto de 2017”, afirma o pesquisador.

Outro aprendizado da experiência internacional, segundo ele, foi a compreensão da importância da formalização de um modelo de gestão e a estruturação do organograma funcional alinhado com os objetivos da ZIP. “Na Autoridade Portuária de Roterdã, as áreas industriais e de logísticas possuem grau semelhante de importância e estão vinculadas diretamente ao CEO. Outra estratégia que gera resultados sustentáveis é a criação de sinergias entre cidade, porto, indústrias e sociedade. A experiência internacional mostra que portos, como Roterdã, que são capazes que criar “proximidades” como seu entorno conseguem obter melhores resultados”, afirma.

Em sua palestra na AECIPP, Igor Pontes abordará constatações acerca de modelos de gestão de zonas industriais e portuárias (ZIPs) observadas em três zonas específicas: Grande Porto Marítimo de Marselha-Fos, CIPP e Autoridade Portuária de Roterdã, destacando pontos de sucesso de ZIPs e algumas práticas que podem resultar no insucesso. O professor adianta que, embora não seja aconselhável fazer comparações diretas sem as devidas ponderações a respeito das peculiaridades e dos fatos históricos relacionados à cada infraestrutura, de modo geral, o CIPP é um caso de sucesso para o Brasil e para a América do Sul, podendo ser enquadrado como fruto de uma política pública exitosa e, como tal, um modelo a ser replicado. “O CIPP diferencia-se das outras duas estruturas (Marselha-Fos e Roterdã) porque foi concebido em uma região sem nenhuma expertise na área industrial e portuária e com pouco mais de 15 anos”, pontua o pesquisador.

Neste sentido, ele destaca a parceria recém-celebrada entre o porto de Roterdã e Governo do Ceará, que representa, na sua visão, uma grande conquista para o Estado. “A Autoridade Portuária de Roterdã é referência mundial na gestão de ZIP. Ela traz consigo toda sua expertise e credibilidade de grande player mundial. Com essa parceria, passamos a estar inseridos na rede global de portos de Roterdã que se estende da Ásia até o sudeste do Brasil. Além disso, Roterdã possui um cluster de inovação, um ambiente propício ao desenvolvimento de startups e tecnologias para o setor marítimo, sobretudo nas áreas de digitalização de dados e de transição energética. Esse é o futuro de ZIPs que o Estado do Ceará poderá ter acesso”, acrescenta Igor Pontes.

Serviço:

Palestra: Constatações empíricas sobre o desempenho de zonas industriais e portuárias (ZIPs)

Local: IFCE Campus do Pecém (Rodovia CE 155 – KM 04)

Data: 21 de fevereiro

Horário: 9h

Evento gratuito. Inscrições limitadas (LINK DAS INSCRIÇÕES)

Publicidade

Desafios da comunicação interna no mundo conectado são tema do 1º Encontro Aberje Ceará promovido pela AECIPP, CSP e FIEC

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

01 de novembro de 2018

Ana Maria Xavier, Gerente de Comunicação da FIEC, é uma das participantes 

Transformação digital, comunicação com o empregado, reputação e gestão de sustentabilidade na comunicação são alguns dos temas que serão expostos e debatidos no evento

O Capítulo Aberje Ceará realiza na quarta-feira, dia 7 de novembro, no auditório da FIEC (Federação das Indústrias do Estado do Ceará), a 1ª edição do Encontro Aberje Ceará. O evento marca a posse da Gerente de Comunicação Corporativa da Companhia Siderúrgica do Pecém/CSP, Rachel Pessôa, como Diretora da representação oficial da entidade no Estado. Na ocasião, será realizada a Conferência “Os desafios da comunicação com empregados no mundo conectado” e o lançamento do livro “Sem megafone, com smartphone: práticas, desafios e dilemas de comunicação com os empregados”.

As inscrições para o evento já estão abertas, são gratuitas e podem ser realizadas no link http://www.aberje.com.br/calendario/1o-encontro-aberje-ceara/. Podem participar profissionais, pesquisadores, professores e estudantes da área de Comunicação em suas diversas vertentes. As vagas são limitadas à capacidade do auditório. A iniciativa acontece com apoio da CSP – Companhia Siderúrgica do Pecém, da AECIPP (Associação das Empresas do Complexo Industrial e Portuário do Pecém) e da FIEC. Dúvidas ou informações adicionais pelo e-mail erica@aberje.com.br ou pelo fone (11) 5627-9090 ramal 881.

As boas vindas aos presentes no 1º Encontro Aberje Ceará serão conduzidas por Ricardo Parente, Gerente Geral de Comunicação e Relações Institucionais da CSP e Presidente da AECIPP). A abertura oficial será feita por Hamilton dos Santos, Diretor Geral da Aberje.

Na sequência, será realizada a conferência “Os desafios da comunicação com empregados no mundo conectado”. A programação tem início com a palestra “Dimensões de Gestão da Reputação e Gestão da Sustentabilidade na Comunicação com o Empregado”, a ser proferida por Bernadete Almeida, Gerente de Sustentabilidade e Causas da Approach Comunicação Integrada. Em seguida, será a vez do tema “Como a Transformação Digital está impactando nossa Relação com o Trabalho?”, a ser abordado por José Luis Ovando, sócio-diretor de Estratégia e Novos Negócios da Supera Comunicação.

Na sequência, será a vez da palestra e lançamento do livro “Sem Megafone, com Smartphone: Práticas, Desafios e Dilemas de Comunicação com os Empregados”, com o autor Paulo Henrique Soares, Diretor de Comunicação do IBRAM e Diretor do Capítulo Aberje Brasília. O livro foi editado pela Abejre Editorial e tem autoria de Paulo Henrique Soares e Rozália Del Gaudio. Ao final, será a vez de uma Roda de Conversa sobre aspectos gerais da Comunicação no mercado cearense, a ser mediada por Rachel Pessôa, Gerente de Comunicação Corporativa da CSP e Diretora do Capítulo Aberje Ceará, e Ana Maria Xavier, Gerente de Comunicação da FIEC.

 

Disseminando a Comunicação em todo o País 

A proposta dos Capítulos da Associação Brasileira de Comunicação Empresarial distribuídos em vários estados brasileiros é divulgar as atividades nacionais da associação e incentivar a participação dos associados, bem como criar e implementar um calendário de ações locais com prioridades específicas e participativas. Com isso, também se deseja fazer uma mostra representativa e consistente dos talentos em comunicação empresarial pelo país. A ideia é reunir associados e também colegas da academia e do mercado de comunicação interessados, buscando estimular uma rede de discussões temáticas que traga valor para a trajetória dos profissionais e de suas organizações.

Sobre o Livro

Unindo reflexões teóricas de comunicação com empregados (ou comunicação interna) e depoimentos de comunicadores dos cinco continentes, somado ainda à prática dos autores de anos de trabalho em organizações, o livro “Sem megafone, com smartphone: práticas, desafios e dilemas de comunicação com os empregados”, lançado pela Aberje Editorial e escrito por Paulo Henrique Soares e Rozália Del Gaudio, é um tratado essencial para a boa liderança. No ambiente complexo que se tornou o campo das comunicações, da tecnologia e das relações de trabalho, a obra analisa as transformações da sociedade e as relaciona com as estratégias comunicativas das organizações.

Com trajetórias profissionais exemplares no campo da Comunicação Corporativa, os autores trazem nas páginas do livro os principais dilemas e possibilidades que têm marcado a comunicação das organizações com os empregados.

Sobre a Aberje

A Aberje é uma organização profissional e científica sem fins lucrativos que tem como principal objetivo fortalecer a Comunicação nas empresas e instituições e dignificar o papel do comunicador. Fundada em 1967, ela une a tradição e a busca constante por inovação e aperfeiçoamento nas diversas áreas da Comunicação.

Assim, define-se como a casa dos comunicadores que buscam conhecimento e referência para desenvolvimento de suas áreas e equipes, para planejamento de ações e projetos, e para investimento em suas carreiras. Seja em presença física ou digital. A atuação da Aberje ultrapassa os limites do território brasileiro com projetos de relacionamento e intercâmbio com países como Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, França, Espanha, Portugal, Alemanha, Itália, Índia, México, Argentina, Chile, Colômbia e Peru.

Baseada nos pilares de Advocacy, Conteúdo e Educação & Carreira, promove conteúdos de qualidade; equilíbrio entre academia e mercado; discussões sobre práticas e tendências do setor; reconhecimento das melhores práticas brasileiras e visibilidade da atuação brasileira no exterior. Neste sentido, tem programação de cursos e eventos, realiza e distribui pesquisas e estudos, publica uma revista impressa e livros, intermedia oferta de vagas e talentos, serve como plataforma de benchmarking e indicação de fornecedores, e confere uma premiação profissional e uma premiação estudantil, ambas nacionais, e uma premiação acadêmica nos Estados Unidos. A Aberje também possui Capítulos no Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Noroeste Paulista, Grande ABCD, Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, Brasília e Bahia.

 

Conferência “Os desafios da comunicação com empregados no mundo conectado”

Programação Completa

* 8h30 – Credenciamento

* 9 horas – Boas-Vindas, com Rachel Pessôa, Gerente de Comunicação Corporativa da Companhia Siderúrgica do Pecém e Diretora do Capítulo Aberje Ceará, e Ricardo Parente, Gerente Geral de Comunicação e Relações Institucionais da CSP e Presidente da Associação das empresas do Complexo Industrial e Portuário do Pecém

* 9h15 – Abertura, com Hamilton dos Santos, Diretor Geral da Aberje

* 9h30 – Conferência “Os desafios da comunicação com empregados no mundo conectado”, com as palestras:

– Dimensões de gestão da reputação e gestão da sustentabilidade na comunicação com o empregado, com Bernadete Almeida, Gerente de Sustentabilidade e Causas da Approach Comunicação Integrada

– Como a transformação digital está impactando nossa relação com o trabalho?, com José Luis Ovando, Sócio-diretor de Estratégia e Novos Negócios da Supera Comunicação

– Sem megafone, com smartphone: práticas, desafios e dilemas de comunicação com os empregados – palestra e lançamento de livro, com Paulo Henrique Soares, Diretor de Comunicação do IBRAM e Diretor do Capítulo Aberje Brasília

* 11h30 – Roda de Conversa, mediada por Rachel Pessôa, Gerente de Comunicação Corporativa da Companhia Siderúrgica do Pecém e Diretora do Capítulo Aberje Ceará, e Ana Maria Xavier, Gerente de Comunicação da Federação das Indústrias do Ceará- FIEC

* 12 horas – Encerramento

Publicidade

Desafios da comunicação interna no mundo conectado são tema do 1º Encontro Aberje Ceará promovido pela AECIPP, CSP e FIEC

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

01 de novembro de 2018

Ana Maria Xavier, Gerente de Comunicação da FIEC, é uma das participantes 

Transformação digital, comunicação com o empregado, reputação e gestão de sustentabilidade na comunicação são alguns dos temas que serão expostos e debatidos no evento

O Capítulo Aberje Ceará realiza na quarta-feira, dia 7 de novembro, no auditório da FIEC (Federação das Indústrias do Estado do Ceará), a 1ª edição do Encontro Aberje Ceará. O evento marca a posse da Gerente de Comunicação Corporativa da Companhia Siderúrgica do Pecém/CSP, Rachel Pessôa, como Diretora da representação oficial da entidade no Estado. Na ocasião, será realizada a Conferência “Os desafios da comunicação com empregados no mundo conectado” e o lançamento do livro “Sem megafone, com smartphone: práticas, desafios e dilemas de comunicação com os empregados”.

As inscrições para o evento já estão abertas, são gratuitas e podem ser realizadas no link http://www.aberje.com.br/calendario/1o-encontro-aberje-ceara/. Podem participar profissionais, pesquisadores, professores e estudantes da área de Comunicação em suas diversas vertentes. As vagas são limitadas à capacidade do auditório. A iniciativa acontece com apoio da CSP – Companhia Siderúrgica do Pecém, da AECIPP (Associação das Empresas do Complexo Industrial e Portuário do Pecém) e da FIEC. Dúvidas ou informações adicionais pelo e-mail erica@aberje.com.br ou pelo fone (11) 5627-9090 ramal 881.

As boas vindas aos presentes no 1º Encontro Aberje Ceará serão conduzidas por Ricardo Parente, Gerente Geral de Comunicação e Relações Institucionais da CSP e Presidente da AECIPP). A abertura oficial será feita por Hamilton dos Santos, Diretor Geral da Aberje.

Na sequência, será realizada a conferência “Os desafios da comunicação com empregados no mundo conectado”. A programação tem início com a palestra “Dimensões de Gestão da Reputação e Gestão da Sustentabilidade na Comunicação com o Empregado”, a ser proferida por Bernadete Almeida, Gerente de Sustentabilidade e Causas da Approach Comunicação Integrada. Em seguida, será a vez do tema “Como a Transformação Digital está impactando nossa Relação com o Trabalho?”, a ser abordado por José Luis Ovando, sócio-diretor de Estratégia e Novos Negócios da Supera Comunicação.

Na sequência, será a vez da palestra e lançamento do livro “Sem Megafone, com Smartphone: Práticas, Desafios e Dilemas de Comunicação com os Empregados”, com o autor Paulo Henrique Soares, Diretor de Comunicação do IBRAM e Diretor do Capítulo Aberje Brasília. O livro foi editado pela Abejre Editorial e tem autoria de Paulo Henrique Soares e Rozália Del Gaudio. Ao final, será a vez de uma Roda de Conversa sobre aspectos gerais da Comunicação no mercado cearense, a ser mediada por Rachel Pessôa, Gerente de Comunicação Corporativa da CSP e Diretora do Capítulo Aberje Ceará, e Ana Maria Xavier, Gerente de Comunicação da FIEC.

 

Disseminando a Comunicação em todo o País 

A proposta dos Capítulos da Associação Brasileira de Comunicação Empresarial distribuídos em vários estados brasileiros é divulgar as atividades nacionais da associação e incentivar a participação dos associados, bem como criar e implementar um calendário de ações locais com prioridades específicas e participativas. Com isso, também se deseja fazer uma mostra representativa e consistente dos talentos em comunicação empresarial pelo país. A ideia é reunir associados e também colegas da academia e do mercado de comunicação interessados, buscando estimular uma rede de discussões temáticas que traga valor para a trajetória dos profissionais e de suas organizações.

Sobre o Livro

Unindo reflexões teóricas de comunicação com empregados (ou comunicação interna) e depoimentos de comunicadores dos cinco continentes, somado ainda à prática dos autores de anos de trabalho em organizações, o livro “Sem megafone, com smartphone: práticas, desafios e dilemas de comunicação com os empregados”, lançado pela Aberje Editorial e escrito por Paulo Henrique Soares e Rozália Del Gaudio, é um tratado essencial para a boa liderança. No ambiente complexo que se tornou o campo das comunicações, da tecnologia e das relações de trabalho, a obra analisa as transformações da sociedade e as relaciona com as estratégias comunicativas das organizações.

Com trajetórias profissionais exemplares no campo da Comunicação Corporativa, os autores trazem nas páginas do livro os principais dilemas e possibilidades que têm marcado a comunicação das organizações com os empregados.

Sobre a Aberje

A Aberje é uma organização profissional e científica sem fins lucrativos que tem como principal objetivo fortalecer a Comunicação nas empresas e instituições e dignificar o papel do comunicador. Fundada em 1967, ela une a tradição e a busca constante por inovação e aperfeiçoamento nas diversas áreas da Comunicação.

Assim, define-se como a casa dos comunicadores que buscam conhecimento e referência para desenvolvimento de suas áreas e equipes, para planejamento de ações e projetos, e para investimento em suas carreiras. Seja em presença física ou digital. A atuação da Aberje ultrapassa os limites do território brasileiro com projetos de relacionamento e intercâmbio com países como Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, França, Espanha, Portugal, Alemanha, Itália, Índia, México, Argentina, Chile, Colômbia e Peru.

Baseada nos pilares de Advocacy, Conteúdo e Educação & Carreira, promove conteúdos de qualidade; equilíbrio entre academia e mercado; discussões sobre práticas e tendências do setor; reconhecimento das melhores práticas brasileiras e visibilidade da atuação brasileira no exterior. Neste sentido, tem programação de cursos e eventos, realiza e distribui pesquisas e estudos, publica uma revista impressa e livros, intermedia oferta de vagas e talentos, serve como plataforma de benchmarking e indicação de fornecedores, e confere uma premiação profissional e uma premiação estudantil, ambas nacionais, e uma premiação acadêmica nos Estados Unidos. A Aberje também possui Capítulos no Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Noroeste Paulista, Grande ABCD, Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, Brasília e Bahia.

 

Conferência “Os desafios da comunicação com empregados no mundo conectado”

Programação Completa

* 8h30 – Credenciamento

* 9 horas – Boas-Vindas, com Rachel Pessôa, Gerente de Comunicação Corporativa da Companhia Siderúrgica do Pecém e Diretora do Capítulo Aberje Ceará, e Ricardo Parente, Gerente Geral de Comunicação e Relações Institucionais da CSP e Presidente da Associação das empresas do Complexo Industrial e Portuário do Pecém

* 9h15 – Abertura, com Hamilton dos Santos, Diretor Geral da Aberje

* 9h30 – Conferência “Os desafios da comunicação com empregados no mundo conectado”, com as palestras:

– Dimensões de gestão da reputação e gestão da sustentabilidade na comunicação com o empregado, com Bernadete Almeida, Gerente de Sustentabilidade e Causas da Approach Comunicação Integrada

– Como a transformação digital está impactando nossa relação com o trabalho?, com José Luis Ovando, Sócio-diretor de Estratégia e Novos Negócios da Supera Comunicação

– Sem megafone, com smartphone: práticas, desafios e dilemas de comunicação com os empregados – palestra e lançamento de livro, com Paulo Henrique Soares, Diretor de Comunicação do IBRAM e Diretor do Capítulo Aberje Brasília

* 11h30 – Roda de Conversa, mediada por Rachel Pessôa, Gerente de Comunicação Corporativa da Companhia Siderúrgica do Pecém e Diretora do Capítulo Aberje Ceará, e Ana Maria Xavier, Gerente de Comunicação da Federação das Indústrias do Ceará- FIEC

* 12 horas – Encerramento