Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Correios

Ciclologística – Correios testa novo modelo de bicicleta híbrida

Por Oswaldo Scaliotti em Novos negócios

21 de Maio de 2020

O novo modelo de bicicleta híbrida, em teste pelos Correios, foi conduzido recentemente pelas ruas do Distrito Federal. Durante três dias, a carteira Maria Socorro Machado, do Centro de Distribuição do Setor de Indústria, utilizou o meio de transporte na sua percorrida de trabalho. O protótipo faz parte do projeto de ciclologística da estatal e considera o bem-estar dos empregados que exercem a atividade de distribuição domiciliária.

A bicicleta híbrida tem três velocidades de marcha, suspensão dianteira, variação no tamanho do quadro e material mais resistente, leve e ergonômico. “A bicicleta superou as minhas expectativas. As marchas facilitaram o percurso, nas subidas, principalmente. A buzina também foi uma experiência nova”, destacou a carteira.

O teste-piloto do novo modelo de bicicleta começou em Santa Catarina, quando oito carteiros utilizaram BCH-03 (Bicicleta Híbrida) na distribuição de objetos postais, no período de agosto de 2019 a abril de 2020. Foram avaliadas questões técnicas acerca da resistência, capacidade de carga, suspensão, pedais, freios, bagageiro e, especialmente, o novo modelo de transmissão e marchas.

O engenheiro mecânico dos Correios, Gustavo Soares de Almeida, conta que assim é possível ajustar as especificações técnicas e determinar o modelo mais adequado para a realidade da empresa. “Por meio dos resultados e sugestões dos próprios carteiros, em formulário fornecido para avaliação, foram feitas outras melhorias no protótipo, até chegarmos à versão final, que foi apresentada este mês à empresa”, comentou o engenheiro.

O novo protótipo será expandido para 15 Centros de Distribuição Domiciliária (CDDs) de Minas Gerais, a um raio de aproximadamente 250 km da capital Belo Horizonte. O projeto-piloto está em fase de licitação, para aquisição de 65 unidades que entrarão para testes, por 12 meses.

“Além de garantir agilidade e melhor atendimento ao cliente com entregas no prazo, as bicicletas propiciam segurança e menos desgaste físico ao carteiro”, destaca a coordenadora do projeto, Sabrina da Silveira Simões, analista da Diretoria de Operações dos Correios.

Ciclologística

O projeto de ciclologística dos Correios possui três modelos de bicicletas: convencional híbrida, cargo e elétrica. Após testes-piloto, os veículos ganharam especificações técnicas desenvolvidas por engenheiros da empresa.

Além das bicicletas para Minas Gerais, também estão em processo licitatório 39 bicicletas elétricas e quatro bicicletas cargo-elétricas para Brasília; e seis bicicletas cargo-elétricas para o Rio de Janeiro.

Publicidade

Comissão Filatélica apresenta os temas da programação de selos 2021

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

19 de Maio de 2020

A 118ª Comissão Filatélica Nacional (CFN) recebeu, no ano passado, mais de 600 sugestões de temas para emissões e elegeu oito, que farão parte da Programação Anual de Selos Comemorativos e Especiais 2021.

Em um processo totalmente digital, as propostas foram enviadas pelo público por meio da página Sua Ideia Pode Virar Selo, disponível no site dos Correios. Também foi feita a triagem e análise do material para realização de votação on-line pela CFN. O resultado da votação foi homologado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicação (MCTIC).

Abaixo, segue a lista com os temas vencedores:

1. Profissão – Gari;

2. Centenário da descoberta da Insulina;

3. Ano Internacional para eliminação do Trabalho Infantil;

4. Queijos do Brasil;

5. Sesquicentenário da Lei do Ventre Livre;

6. O Auto da Compadecida;

7. Rendas brasileiras; e

8. Fauna brasileira.

História – A CFN é um colegiado criado em meados dos anos 1940. O antigo Departamento de Correios e Telégrafos instituiu uma comissão que era responsável por captar as propostas de selos comemorativos e especiais, além de cuidar de todos os outros tipos de selos e formas de franqueamento e organizar exposições filatélicas.

A comissão mais similar à que hoje conhecemos foi instituída pelo Decreto 44.745/1958, assinado pelo então presidente Juscelino Kubitschek. Pelo documento, a comissão deveria cuidar do recebimento e avaliação de propostas dos selos comemorativos, processo feito até 15 de novembro do ano anterior ao lançamento dos selos. Neste momento, passou a ser formada por um colegiado misto, composta por membros dos Correios e instituições externas, como Ministério da Educação e Cultura, Ministério das Relações Exteriores e Casa da Moeda.

Novas propostas – O público já pode apresentar suas sugestões de selos para 2022, por meio da página Sua Ideia Pode Virar Selo, no site dos Correios, após realização de cadastro.

Publicidade

Correios é finalista no World Post & Parcel Awards em duas categorias

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

15 de Maio de 2020

Pelo segundo ano consecutivo, os Correios estão na final do World Post & Parcel Awards, premiação considerada o “Oscar” do setor postal no mundo. Nesta edição, a empresa é finalista nas categorias Cross Border Growth e Customer Service, com o novo modelo de importação pelo portal Minhas Importações, e os serviços Compra Fora e Packet, lançados em 2019.

Os Correios já são tricampeões na premiação. Em 2002, a empresa venceu na categoria Consumidor, pela distribuição de livros didáticos em parceria com o FNDE; em 2007, na categoria Responsabilidade Social com o Banco Postal; e no ano passado, na categoria Atendimento ao Cliente com a megaoperação de entrega de kits para TV digital.

O resultado da premiação de 2020 será divulgado em 16 de junho, durante evento virtual. Mais informações em http://www.wppawards.com.

Publicidade

Correios oferece soluções logísticas a pequenos e médios empresários

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

22 de Abril de 2020

Abrir um e-commerce antes da pandemia do coronavírus significava ter mais um canal de vendas. Agora, com as medidas de isolamento social e fechamento do comércio, para muitos negócios passou a ser questão de sobrevivência. Para apoiar os pequenos e médios empresários que querem vender pela internet, os Correios oferecem soluções logísticas completas e diferenciadas.

O serviço Correios Log+ cuida da armazenagem, preparação de pedidos, distribuição até a logística reversa. Contratando a solução de e-fulfillment, a loja virtual ainda reduz em até 47% os seus custos logísticos, pois transforma despesas fixas (como aluguel de espaço ou pagamento de funcionários) em variáveis.

“Os Correios acreditam que novos desafios nos permitem ir além e, assim, criar soluções que realmente fazem diferença na vida das pessoas e das empresas. A nossa proposta é sempre apoiar e incentivar o comércio eletrônico”, destaca o presidente dos Correios, Floriano Peixoto.

O sistema de gerenciamento de armazém do Correios Log+ também organiza as ordens de pedidos e gera relatórios de movimentação e estoques mínimos. Tudo para que as micro e pequenas empresas consigam alocar sinergia no seu core business, tornando-se competitivas e fortes.

Igor Ramon, proprietário da loja Kamaleão Color, que comercializa produtos para cabelo, contratou o serviço ainda na fase piloto, em 2017. Com o apoio dos Correios e de estratégias de marketing, o empresário tem conseguido driblar os impactos da pandemia e triplicou o seu faturamento diário no último mês.

“Passamos a oferecer frete grátis nas compras acima de R$ 100 e, nas redes sociais, focamos em conteúdo de serviço para aumentar o nosso engajamento. O grande sucesso tem sido as lives com cabeleireiros ensinando as pessoas a pintarem o cabelo em casa”, relata Igor.

Desde que contratou o Correios Log+, Igor vislumbrou um rápido crescimento do seu negócio. “Quando assinei o contrato com os Correios, começamos com duas pessoas trabalhando e, em menos de três anos, a nossa empresa tem quase 40 funcionários. Como eu não preciso me preocupar com o processo logístico, eu trago todo o meu esforço e da minha equipe para potencializar as vendas”, comemora.

Além de todas as vantagens e facilidades logísticas, a solução dos Correios ainda oferece embalagens gratuitas e preços mais baixos para o envio por meio de PAC e SEDEX. Mais informações estão disponíveis na página do serviço, no site dos Correios.

Publicidade

Correios vão disponibilizar máscaras de proteção para empregados

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

13 de Abril de 2020

 
Em atenção à saúde de seus empregados, clientes e fornecedores, os Correios decidiram aumentar o número de medidas de segurança adotadas em relação à COVID-19. Complementando os protocolos operacionais e profiláticos já disseminados, todos eles baseados nas orientações do Ministério da Saúde, a empresa adquiriu, no último dia 9, dois lotes de máscaras de proteção para fornecer, inicialmente, aos empregados da área operacional.
Cientes da dificuldade de aquisição desses e outros materiais de proteção, os Correios empreenderam uma grande pesquisa, que contou com mais de 150 fornecedores, a fim de garantir a rápida aquisição dos produtos. O primeiro lote, que chega em 17/4, será distribuído prioritariamente aos carteiros e operadores de triagem e transbordo. Em um segundo momento, os equipamentos serão disponibilizados para o restante do efetivo.
A medida se soma às demais já adotadas no início da pandemia, tais como a redução de jornada das áreas administrativas e disponibilização de álcool em gel nas agências e áreas comuns de seus prédios administrativos.
Seguindo as determinações do Decreto nº 10.282/2020 da Presidência da República, que define os serviços postais como essenciais, os Correios têm adotado medidas para viabilizar, com segurança, a continuidade de suas atividades.
Publicidade

Jovem Aprendiz dos Correios: inscrições começam nesta terça-feira (31)

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

31 de Março de 2020

Os Correios iniciam, nesta terça-feira (31), as inscrições, via internet, para o Programa Jovem Aprendiz. São 4.462 vagas, mais a formação de cadastro reserva, disponíveis em todo o território nacional. No Ceará, são 114 vagas distribuídas em 26 municípios, a exemplo de Fortaleza, Juazeiro do Norte, Sobral, Iguatu, Caucaia e Crato.
Para participar, é preciso ter entre 14 e 22 anos de idade completos; cursar, no mínimo, o 6º (sexto) ano do Ensino Fundamental; estar matriculado e frequentando a escola, além de não ter sido contratado anteriormente como jovem aprendiz dos Correios e/ou ter mantido vínculo empregatício com a empresa, dentre outros requisitos.
Os jovens selecionados terão uma jornada semanal de 20 horas, receberão o salário mínimo-hora no valor de R$ 490,83, além de vale-transporte, vale-refeição ou alimentação e uniforme. Do total das vagas, 10% serão destinadas aos candidatos na condição de pessoa com deficiência e 20% aos que se declararem negros e pardos.
Durante a vigência do contrato especial de aprendizagem, o Jovem Aprendiz conciliará a fase teórica dos cursos de Assistente Administrativo e de Assistente de Logística, em entidade qualificada na formação técnico-profissional, e a fase prática nos Correios. A seleção será simplificada, realizada por meio de comprovação de requisitos referentes à renda familiar, idade na inscrição, tipo de instituição de ensino onde estuda e participação em projetos sociais, a partir de pontuação detalhada no edital.
As inscrições estão abertas até o dia 30/4. Todas as informações estão disponíveis na página dos Correios.
Publicidade

Coronavirus – Correios realiza logística de material viral para universidades

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

20 de Março de 2020

Os Correios estão atuando como apoio logístico para a Rede Vírus, comitê do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) responsável pela coleta de material viral (novo coronavirus e influenza). Os insumos serão utilizados em estudos sobre o contágio, proliferação dos vírus e vacina para as doenças.

O procedimento consiste na retirada das amostras virais embaladas, conforme as regras de biossegurança, no Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (USP), em São Paulo, e posterior envio a cinco universidades: Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), USP/Ribeirão Preto, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e FEEVALE (Novo Hamburgo/RS). A primeira coleta ocorreu na noite desta quarta-feira (18). Em menos de 13h, o material biológico já havia sido entregue em Minas Gerais, Rio de Janeiro, Ribeirão Preto/SP e Rio Grande do Sul. A operação foi concluída com 8 horas de antecedência.

O transporte realizado pela empresa é dotado de altos requisitos de segurança e agilidade, para que o material seja entregue até 20 horas após a coleta, em perfeito estado de conservação e com risco zero de contaminação, tanto de pessoas quanto do ambiente por onde as amostras transitam. Este apoio tem período inicial de 3 meses, podendo ser renovado, a critério do Instituto.

Publicidade

Concurso Internacional de Redação de Cartas – inscrições terminam sexta-feira (20)

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

16 de Março de 2020

Estudantes e escolas interessadas em participar do 49°Concurso Internacional de Redação de Cartas, e que ainda não fizeram sua inscrição, devem se apressar. O prazo para o envio das redações pelas instituições escolares termina na próxima sexta-feira (20). Alunos com até 15 anos, da rede pública e privada de ensino, podem participar.

Em 2019, entre as quase 7 mil inscrições no país, a carta da aluna Sara Luisa Amorim da Rocha, de Vila Velha/ES, se destacou. A vencedora nacional dá uma dica aos estudantes. “Soltar a imaginação e escrever com o coração”, diz a aluna do Colégio Marista Nossa Senhora da Penha

Nesta edição, o tema da redação é: “Escreva uma mensagem para um adulto sobre o mundo em que vivemos”. As redações devem ser redigidas de próprio punho, com caneta esferográfica preta ou azul. Os textos devem ser produzidos em língua portuguesa, ser relacionados estritamente ao tema e conter, no máximo, 800 (oitocentas) palavras.

O primeiro colocado em cada Estado, e sua respectiva escola, receberão prêmios em dinheiro e participarão da fase nacional. Nesta segunda fase, também serão premiados os três melhores colocados. Além de troféu, os vencedores receberão certificado e prêmios de até R$ 10 mil. O primeiro lugar nacional representará o Brasil na etapa internacional.

Em 48 edições, o Brasil ocupa a segunda posição no ranking de vencedores na etapa internacional, ficando atrás apenas da China. O Brasil já ganhou 3 medalhas de ouro (1972 /1988 / 2006), 2 medalhas de prata (1978 / 1980), 2 medalhas de bronze (1992 / 2015) e recebeu menções honrosas na etapa internacional, em 2009, 2012, 2016, 2017 e 2018.

Promovido anualmente pela União Postal Universal (UPU), e realizado no Brasil pelos Correios, o concurso tem como objetivo estimular jovens e crianças a expressarem sua criatividade e a melhorarem seus conhecimentos linguísticos. O regulamento completo do Concurso Internacional de Redação de Cartas e o formulário de inscrição estão disponíveis no site dos Correios.

Publicidade

Correios comemora 357 anos de história e o dia do Carteiro

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

27 de Janeiro de 2020

No último sábado (25), os Correios comemoraram um marco na história do Brasil: em 1663, há 357 anos, foi instituído o serviço postal no Brasil. Há três séculos, teve início a missão dos Correios de promover a integração e o desenvolvimento da nação por meio da comunicação. Também nessa data, são homenageados os profissionais que são o símbolo da empresa: os carteiros. Mais de 55 mil homens e mulheres que cumprem, lá na ponta, a missão dos Correios. Com o respeitado uniforme nas cores azul e amarelo, eles ostentam os valores de uma das mais históricas instituições brasileiras.

Ao longo de sua trajetória, os Correios conquistaram o reconhecimento e a admiração dos brasileiros oferecendo a eles, desde sempre, soluções que aproximam pessoas, instituições e negócios. Presente em todo território nacional, os Correios atuam em várias frentes: ofertam serviços e produtos por meio dos canais de atendimento, são responsáveis por megaoperações logísticas – como a dos Jogos Olímpicos Rio 2016 e dos exames do Enem – e estão se modernizando para atender a crescente demanda do comércio eletrônico.

A estatal trabalha para conferir à sociedade uma empresa sustentável, competitiva e eficiente. Responsabilidade, compromisso com o resultado, respeito às pessoas e integridade são mais do que palavras: são virtudes que definem os Correios.

Assista ao vídeo em homenagem à data no Blog dos Correios.

Publicidade

Receita Federal exigirá identificação de CPF/CNPJ nas encomendas e remessas internacionais a partir de janeiro

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

10 de dezembro de 2019

A Receita Federal do Brasil exigirá, a partir de 1º de janeiro de 2020, que todas as encomendas e remessas internacionais possuam a identificação do CPF/CNPJ/Número do Passaporte do destinatário para ter seu despacho aduaneiro iniciado. A falta dessa informação poderá acarretar a proibição da entrada da encomenda e sua devolução ao exterior ou destruição, nos casos em que a devolução não seja possível.

Essa informação deve ser prestada na hora da compra on-line e encaminhada juntamente com a encomenda em seu transporte. Caso não seja informado no momento da compra, ou o remetente não os encaminhe o dado juntamente com a remessa, os Correios possuem uma ferramenta para prestação dessa informação na página da internet, por meio do rastreamento ou do portal “Minhas Importações”. Será necessário realizar o cadastro no Portal, informando o CPF (pessoa física), CNPJ (pessoa jurídica) ou Número do Passaporte (estrangeiro), bem como definir login e senha.

Após o cadastro, basta realizar a pesquisa por encomendas e fazer a vinculação das remessas no ambiente “Minhas Importações”. Somente após a prestação dessa informação, as encomendas poderão ser apresentadas à fiscalização aduaneira. Para mais informações, acesse o portal Minhas Importações ou o rastreamento nas páginas dos Correios abaixo:

Minhas Importações: https://www.correios.com.br/encomendas-logistica/minhas-importacoes/minhas-importacoes

Rastreamento: https://www2.correios.com.br/sistemas/rastreamento/

Publicidade

Receita Federal exigirá identificação de CPF/CNPJ nas encomendas e remessas internacionais a partir de janeiro

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

10 de dezembro de 2019

A Receita Federal do Brasil exigirá, a partir de 1º de janeiro de 2020, que todas as encomendas e remessas internacionais possuam a identificação do CPF/CNPJ/Número do Passaporte do destinatário para ter seu despacho aduaneiro iniciado. A falta dessa informação poderá acarretar a proibição da entrada da encomenda e sua devolução ao exterior ou destruição, nos casos em que a devolução não seja possível.

Essa informação deve ser prestada na hora da compra on-line e encaminhada juntamente com a encomenda em seu transporte. Caso não seja informado no momento da compra, ou o remetente não os encaminhe o dado juntamente com a remessa, os Correios possuem uma ferramenta para prestação dessa informação na página da internet, por meio do rastreamento ou do portal “Minhas Importações”. Será necessário realizar o cadastro no Portal, informando o CPF (pessoa física), CNPJ (pessoa jurídica) ou Número do Passaporte (estrangeiro), bem como definir login e senha.

Após o cadastro, basta realizar a pesquisa por encomendas e fazer a vinculação das remessas no ambiente “Minhas Importações”. Somente após a prestação dessa informação, as encomendas poderão ser apresentadas à fiscalização aduaneira. Para mais informações, acesse o portal Minhas Importações ou o rastreamento nas páginas dos Correios abaixo:

Minhas Importações: https://www.correios.com.br/encomendas-logistica/minhas-importacoes/minhas-importacoes

Rastreamento: https://www2.correios.com.br/sistemas/rastreamento/