Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Lucas Martins Freitas

Alunos do SENAI representam o Ceará em seletivas do mundial de profissões técnicas pelo Brasil

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

06 de agosto de 2016

Quatro alunos do SENAI Ceará representam a instituição e o Estado em três seletivas do mundial de profissões técnicas pelo Brasil nesse mês de Agosto. Eles disputam medalhas nas categorias ou ocupações industriais em Mecatrônica, Soluções de Software para Negócios e Gestão de Sistemas de Rede de Tecnologia da Informação. Além de enviar representantes, o SENAI Ceará sediou, de 25 a 29 de agosto, na unidade da Jacarecanga, a seletiva da área de Eletrônica dos estudantes que serão treinados para representar o Brasil na 44ª Worldskills, o torneio internacional de educação profissional, em Abu Dhabi, em 2017.

Nessa semana, até o dia 5/8, a dupla de alunos do SENAI Jacarecanga, Bruno da Silva Rodrigues, 20, e Heivison Andrew Lopes de Melo, 22, disputa seletiva com competidores de 10 estados na área de Mecatrônica. A prova está sendo realizada no SENAI Gustavo Paiva, em Maceió, Alagoas. Nesse mesmo período, o aluno do SENAI de Juazeiro do Norte, Adriel Vieira dos Santos, 17, concorre com 12 competidores de vários estados a medalhas na área de Soluções de Software para Negócios em unidade do SENAI da capital Rio Branco, no Estado do Acre.

Na próxima semana, de 8 a 12/8, em uma unidade do SENAI de Florianópolis, em Santa Catarina, Lucas Martins Freitas, 19, do SENAI Barra do Ceará, compete com 19 alunos de várias partes do país na categoria Gestão de Sistemas de Redes de Tecnologia da Informação. Nas provas, divididas em módulos, os estudantes na área de Mecatrônica devem mostrar competências e aptidões para construir, usar e fazer a manutenção de sistemas automatizados para linha de produção na indústria. A mecatrônica combina habilidades em mecânica, pneumática, sistemas controlados eletronicamente, programação e robótica e desenvolvimento de sistemas.

Já os alunos de Soluções de Software para Negócios devem ser capazes de analisar, criar, inovar, testar e documentar novos sistemas de informática para melhorar a produtividade nas empresas. Enquanto os estudantes de Sistemas de Redes de Tecnologia da Informação devem provar que instalam, fazem atualização e configuram sistemas operacionais, além de pensar o design de rede, solucionar problemas nessa área e prestar consultoria e suporte ao usuário.

Em paralelo a ida dos alunos, para cada modalidade, o SENAI Ceará enviou um professor da área que vão atuar como avaliadores.

Saiba mais:

Entre os meses de julho e agosto, 32 cidades, nos 26 estados e no Distrito Federal, sediam as seletivas. É a primeira vez que o SENAI seleciona a equipe brasileira para competir na WorldSkills desta forma. Antes, os competidores eram escolhidos a partir dos resultados na Olimpíada do Conhecimento – a maior disputa de ensino técnico das Américas, promovida a cada dois anos pelo SENAI. Participam das seletivas 407 alunos de 43 ocupações da indústria. Confira a relação dos medalhistas de cada categoria até agora:

A WorldSkills é a maior competição de educação profissional do mundo, realizada em um país diferente a cada dois anos. Organizada pela WorldSkills International – entidade que trabalha, desde 1950, para o desenvolvimento e a excelência das ocupações técnicas, a disputa reúne competidores de países e regiões das Américas, Europa, Ásia, África e Pacífico Sul.

Durante as provas, os participantes devem completar os desafios, que simulam situações reais do dia a dia, dentro de padrões internacionais de qualidade, demonstrando habilidades técnicas individuais e coletivas em profissões técnicas da indústria e do setor de serviços.

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Alunos do SENAI representam o Ceará em seletivas do mundial de profissões técnicas pelo Brasil

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

06 de agosto de 2016

Quatro alunos do SENAI Ceará representam a instituição e o Estado em três seletivas do mundial de profissões técnicas pelo Brasil nesse mês de Agosto. Eles disputam medalhas nas categorias ou ocupações industriais em Mecatrônica, Soluções de Software para Negócios e Gestão de Sistemas de Rede de Tecnologia da Informação. Além de enviar representantes, o SENAI Ceará sediou, de 25 a 29 de agosto, na unidade da Jacarecanga, a seletiva da área de Eletrônica dos estudantes que serão treinados para representar o Brasil na 44ª Worldskills, o torneio internacional de educação profissional, em Abu Dhabi, em 2017.

Nessa semana, até o dia 5/8, a dupla de alunos do SENAI Jacarecanga, Bruno da Silva Rodrigues, 20, e Heivison Andrew Lopes de Melo, 22, disputa seletiva com competidores de 10 estados na área de Mecatrônica. A prova está sendo realizada no SENAI Gustavo Paiva, em Maceió, Alagoas. Nesse mesmo período, o aluno do SENAI de Juazeiro do Norte, Adriel Vieira dos Santos, 17, concorre com 12 competidores de vários estados a medalhas na área de Soluções de Software para Negócios em unidade do SENAI da capital Rio Branco, no Estado do Acre.

Na próxima semana, de 8 a 12/8, em uma unidade do SENAI de Florianópolis, em Santa Catarina, Lucas Martins Freitas, 19, do SENAI Barra do Ceará, compete com 19 alunos de várias partes do país na categoria Gestão de Sistemas de Redes de Tecnologia da Informação. Nas provas, divididas em módulos, os estudantes na área de Mecatrônica devem mostrar competências e aptidões para construir, usar e fazer a manutenção de sistemas automatizados para linha de produção na indústria. A mecatrônica combina habilidades em mecânica, pneumática, sistemas controlados eletronicamente, programação e robótica e desenvolvimento de sistemas.

Já os alunos de Soluções de Software para Negócios devem ser capazes de analisar, criar, inovar, testar e documentar novos sistemas de informática para melhorar a produtividade nas empresas. Enquanto os estudantes de Sistemas de Redes de Tecnologia da Informação devem provar que instalam, fazem atualização e configuram sistemas operacionais, além de pensar o design de rede, solucionar problemas nessa área e prestar consultoria e suporte ao usuário.

Em paralelo a ida dos alunos, para cada modalidade, o SENAI Ceará enviou um professor da área que vão atuar como avaliadores.

Saiba mais:

Entre os meses de julho e agosto, 32 cidades, nos 26 estados e no Distrito Federal, sediam as seletivas. É a primeira vez que o SENAI seleciona a equipe brasileira para competir na WorldSkills desta forma. Antes, os competidores eram escolhidos a partir dos resultados na Olimpíada do Conhecimento – a maior disputa de ensino técnico das Américas, promovida a cada dois anos pelo SENAI. Participam das seletivas 407 alunos de 43 ocupações da indústria. Confira a relação dos medalhistas de cada categoria até agora:

A WorldSkills é a maior competição de educação profissional do mundo, realizada em um país diferente a cada dois anos. Organizada pela WorldSkills International – entidade que trabalha, desde 1950, para o desenvolvimento e a excelência das ocupações técnicas, a disputa reúne competidores de países e regiões das Américas, Europa, Ásia, África e Pacífico Sul.

Durante as provas, os participantes devem completar os desafios, que simulam situações reais do dia a dia, dentro de padrões internacionais de qualidade, demonstrando habilidades técnicas individuais e coletivas em profissões técnicas da indústria e do setor de serviços.

  • postado por Oswaldo Scaliotti