Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Sesc Fortaleza

Silva canta Marisa Monte no Sesc Fortaleza

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

02 de dezembro de 2019

 

Com ingressos a preços populares, o show acontece no dia 21 de dezembro. A troca de ingressos começa nesta segunda-feira (02).

 

“Eu posso te fazer canções, o amor soa em minha voz”. O romance da obra musical de Marisa Monte encontrará uma das vozes de maior destaque da nova geração de cantores brasileiros, no Sesc Fortaleza, com o show Silva Canta Marisa. Na apresentação, o capixaba Silva interpreta as músicas gravadas no álbum lançado em 2016, indicado ao Grammy Latino de Melhor Álbum de Música Popular Brasileira.  O show acontece no dia 21 de dezembro, às 19h.

Considerado um dos mais inovadores e promissores talentos da nova MPB, Silva ganhou os holofotes nacionais já com seu primeiro álbum, “Claridão”, lançado em 2012. A sonoridade elaborada e a voz cativante garantiram a continuidade do sucesso, com seu segundo álbum, “Vista pro Mar” alcançando posições de destaque entre os melhores de 2014. Desde então seus outros quatro discos vêm rendendo cada vez mais espaço na cena musical, parcerias e indicações a prêmios.

A ideia de dedicar um álbum inteiro a releituras das canções de Marisa Monte surgiu a partir da participação em um programa de TV em que Silva foi convidado a apresentar suas interpretações da obra de um ídolo. A partir dessa apresentação, surgiram o disco e uma parceria com a cantora na música Noturna. No show, Silva canta suas versões de sucessos dos mais de 30 anos de carreira de Marisa, entre eles, “Ainda Lembro”, “Beija Eu”, “Não Vá Embora” e “Infinito Particular”.

O show é parte da campanha “Natal Solidário: Doe Alimentos e Transforme Vidas”, com o objetivo de angariar doações para o programa Mesa Brasil Sesc. O programa atende mais de 400 instituições sociais no Ceará, que juntas totalizam o atendimento a cerca de 250 mil pessoas, por meio de doações de alimentos e atividades educativas.

Para garantir o ingresso é necessário fazer a doação de 5kg de alimentos e pagar R$5, para quem tem o Cartão Sesc, ou R$10, para o público em geral. A troca acontece a partir desta segunda-feira (02) no Sesc Fortaleza (Rua Clarindo de Queiroz, 1740 – Centro), das 8h às 20h, com limite de dois ingressos por pessoa.

 

SERVIÇO

Silva Canta Marisa no Sesc Fortaleza

Data: 21/12 (sábado)

Local: Sesc Fortaleza (Rua Clarindo de Queiroz, 1740)

Horário: 19h

Entrada: 5kg alimentos + R$5 (com cartão Sesc) ou 5kg alimentos + R$10

Mais informações: 3462.6350

 

Sobre o Sesc

O Sesc, instituição integrante do Sistema Fecomércio, oferece ações de educação, cultura, esporte, lazer, saúde, e promoção social. Os trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo, empresários e seus dependentes são os beneficiados pelo Sistema, mas os serviços também podem ser acessados pela população em geral.

Publicidade

Sesc Fortaleza promove oficina poética gratuita do Circuito Arte da Palavra

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

24 de agosto de 2019

“O projeto tem como intuito estimular o intercâmbio de artistas e a formação de leitores”

Estimular a leitura e desbravar talentos da literatura. É com este intuito que o sistema Fecomércio, através do Sesc, realiza na unidade Fortaleza, de 26 a 30 de agosto, das 17h às 21h, a Oficina Poética do Circuito Criação Literária, eixo do projeto Arte da Palavra. Nessa etapa, a oficina que é gratuita, é conduzida pelo escritor e poeta formado em Letras pela Universidade de São Paulo, Fabrício Corsalleti.

A capacitação tem a duração de 20 horas, distribuídas ao longo de uma semana, com inscrições feitas previamente na unidade onde as aulas são ministradas. Corsalleti é um dos assessores especializados que conduzem o Arte da Palavra, em sua maioria escritores reconhecidos na cena literária brasileira.

Durante os cinco encontros, de quatro horas cada, serão discutidos: o conceito de crônica e como escrever; como a crônica se relaciona com outras formas de escrita como a poesia, conto, reportagem jornalística e ensaio; se é realmente uma criação brasileira, quais suas origens, e porque Rubem Braga é considerado um cronista exemplar. Além disso, a programação abordará também outros cronistas da atualidade.

No último encontro, os alunos serão convidados a ler para os colegas uma crônica de sua autoria, escrita em casa, ao longo do curso.

O projeto faz parte da Rede Sesc de Leituras que trata-se de um circuito atuante em todas as regiões do país que estimula a divulgação de autores nas suas diferentes formas de manifestações. Durante o ano de 2019, mais de 70 representantes da diversidade literária brasileira percorrerão todos os estados do país.

Sobre o autor

Fabrício Corsalleti é autor dos livros Zoo (2005), de poesia infantil, “Estudos Para o Seu Corpo” (2007), reunião de seus quatro primeiros livros de poesia Movediço (2001), “O Sobrevivente” (2003), “História das Demolições” e “Estudos Para o Seu Corpo”, ambos de 2007, “King Kong e Cervejas” (2008), de contos como o Golpe de Ar (2009), do romance Esquimó (2010), e de poesia, com o qual ganhou o Prêmio Bravo! O escritor também foi compositor de algumas músicas para a banda de rock Barra Mundo e editor de poesia da revista Ácaro.

 

Arte da Palavra

A fim de promover o intercâmbio de artistas e a formação de leitores, Arte da Palavra tem como objetivo oferecer ações que atuem em toda a cadeia da literatura, incluindo a formação e a divulgação de novos autores, a valorização das novas formas de produção e fruição literária, possibilitadas pela emergência de discursos periféricos e a utilização de novas tecnologias.

Considerando as diversas formas de manifestações literárias, o projeto é composto por três eixos: os Circuitos de Autores e de Oralidades, que promovem o encontro de escritores de diferentes locais do país, com suas diversas dicções, por meio de debates e apresentações artísticas. Já o Circuito de Criação Literária promove a formação de leitores e o aprimoramento da escrita nas suas diferentes categorias.

Dentre os participantes de 2019, nomes como Luisa Geisler, Raphael Montes, Eliane Alves Cruz, Fabrício Corsalleti e Bruna Mitrano percorrerão o país. De março a dezembro serão realizados mais de 700 encontros, apresentações e oficinas.

Mais informações através do site oficial do projeto: http://www.sesc.com.br/portal/site/ArtedaPalavra/home

Serviço:

Oficina Poética com Fabrício Corsalleti (SP)

Cidade: Fortaleza

Dia: de 26 a 30 de agosto

Horário: 17h às 21h

Endereço: Sesc Fortaleza – Rua Clarindo de Queiroz, 1740 – Centro

Número de vagas: 20

Inscrições: participacaocultura@sesc-ce.com.br

Valor: Gratuito

Publicidade

JIDAIGEKI – Viajando com Akira Kurosawa ao Japão Feudal

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

16 de Março de 2017

A unidade Fortaleza do Sesc, instituição integrante sistema Fecomércio-CE e por intermédio do Departamento Nacional, exibirá a mostra de filmes do diretor japonês Akira Kurosawa. Dentro dessa proposta, a mostra de cinema JIDAIGEKI – Viajando com Kurosawa ao Japão Feudal exibe seis filmes dirigidos pelo diretor japonês, cujos cenários são o Japão do período feudal, que se iniciou por volta de 1190 e durou mais de 700 anos.

Rashomon (1950), Os Sete Samurais (1954), Trono Manchado de Sangue (1957), A Fortaleza Escondida (1958), Yojimbo (1961) e Sanjuro (1962) são os títulos que compõem a mostra, os quais expressam um período de sedimentação da maturidade artística deste admirável diretor e homem das artes.

Ao possibilitar o livre acesso aos movimentos culturais, no cinema e também nas artes plásticas, no teatro, na literatura ou na música, o Sesc incentiva a produção artística, investindo em espaço e estrutura para apresentações e exposições, mas, acima de tudo, promovendo a formação e qualificação de um público que habita os quatro cantos do Brasil.

 

 

09/mar (qua), 18h30 – Rashomon (Rashômon, Jap, 1950)

Dir. Akira Kurosawa. Com: Toshiro Mifune, Takashi Shimura, Machiko Kyo, Masayuki Mori.

Japão, século XI. Durante uma forte tempestade, um lenhador, um sacerdote e um camponês procuram refúgio nas ruínas de pedra do Portão de Rashomon. O sacerdote conta os detalhes de um julgamento que testemunhou, envolvendo o estupro de Masako, e o assassinato do marido dela, Takehiro, um samurai. 88 min. Drama. P&B. Legendado. 14 anos.

 

15/mar (qua), 18h – Os Sete Samurais (Shichinin no Samurai, Jap, 1954)

Dir. Akira Kurosawa. Com: Toshiro Mifune, Takashi Shimura, Yoshio Inaba, Seiji Miyaguchi, Minoru Chiaki, Katamari Fujiwara.

Durante o Japão feudal do século XVI, um velho samurai chamado Kambei é contratado para defender uma aldeia indefesa que é constantemente saqueada por bandidos. Contando com a ajuda de outros seis samurais, Kambei treina os moradores para resistirem a um novo ataque que deve acontecer muito em breve. 202 min. Drama. P&B. Legendado. 14 anos.

 

 16/mar (qui), 18h30 – Trono Manchado de Sangue (Kumonosu jô, Jap, 1957)

Dir. Akira Kurosawa. Com: Toshiro Mifune, Takashi Shimura, Isuzu Yamada, Minoru Chiaki, Akira Kubo, Takamaru Sasaki.

Yoshiteru Miki e Taketori Washizu são os comandantes do primeiro e do segundo castelo de um reino no Japão, cuja sede fica no Castelo das Teias de Aranha. Após defenderem seu senhor em batalha, eles estão retornando para casa quando encontram um espírito que prediz o futuro de ambos. 110 min. Drama. P&B. Legendado. 14 anos.

 

23/mar (qui), 18h30 – A Fortaleza Escondida (Kakushi toride no san akunin, Jap, 1958)

Dir. Akira Furosawa. Com: Toshiro Mifune, Misa Uehara, Takashi Shimura, Susumu Fujita, Eiko Miyoshi, Minoru Chiaki.

Durante o Japão do século XVI, a caminho de casa, um poderoso homem escolta uma bela princesa fugitiva em meio ao território inimigo. Em sua viagem cruzam dois medrosos fazendeiros, que estão tentando retornar para casa depois de fugirem da Guerra Feudal. 139 min. Drama. P&B. Legendado. 14 anos.

 

29/mar (qua), 18h30 – Yojimbo – o Guarda Costas (Yojimbo, Jap, 1961)

Dir. Akira Kuroasawa. Com: Toshiro Mifune, Takashi Shimura, Eijiro Tono, Kamatari Fujiwara, Seizaburo Kawazu.

No Japão do século XIX, Sanjuro, um samurai errante, entra em uma pequena cidade rural. Ao descobrir pelo estalajadeiro que a cidade é dividida em duas gangues, Sanjuro coloca os dois lados em confronto, mas quando Unosuke, filho de um dos bandidos, chega com um revólver, Sanjuro deixa a cidade. 112 min. Drama. P&B. Legendado. 14 anos.

 

30/mar (qui), 18h30 – Sanjuro (Tsubaki Sanjûrô, Jap, 1962)

Dir. Akira Kurosawa. Com: Toshiro Mifune, takashi Shimura, Tatsuya Nakadai, Yuzo Kayama, Katamari Fujiwara.

Um grupo de jovens idealistas determinados a limpar a cidade da corrupção é auxiliado por um samurai, Sanjuro, cínico e desalinhado, que não se encaixa no conceito de um nobre guerreiro para jovens. 95 min. Drama. P&B. Legendado. 14 anos.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

JIDAIGEKI – Viajando com Akira Kurosawa ao Japão Feudal

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

16 de Março de 2017

A unidade Fortaleza do Sesc, instituição integrante sistema Fecomércio-CE e por intermédio do Departamento Nacional, exibirá a mostra de filmes do diretor japonês Akira Kurosawa. Dentro dessa proposta, a mostra de cinema JIDAIGEKI – Viajando com Kurosawa ao Japão Feudal exibe seis filmes dirigidos pelo diretor japonês, cujos cenários são o Japão do período feudal, que se iniciou por volta de 1190 e durou mais de 700 anos.

Rashomon (1950), Os Sete Samurais (1954), Trono Manchado de Sangue (1957), A Fortaleza Escondida (1958), Yojimbo (1961) e Sanjuro (1962) são os títulos que compõem a mostra, os quais expressam um período de sedimentação da maturidade artística deste admirável diretor e homem das artes.

Ao possibilitar o livre acesso aos movimentos culturais, no cinema e também nas artes plásticas, no teatro, na literatura ou na música, o Sesc incentiva a produção artística, investindo em espaço e estrutura para apresentações e exposições, mas, acima de tudo, promovendo a formação e qualificação de um público que habita os quatro cantos do Brasil.

 

 

09/mar (qua), 18h30 – Rashomon (Rashômon, Jap, 1950)

Dir. Akira Kurosawa. Com: Toshiro Mifune, Takashi Shimura, Machiko Kyo, Masayuki Mori.

Japão, século XI. Durante uma forte tempestade, um lenhador, um sacerdote e um camponês procuram refúgio nas ruínas de pedra do Portão de Rashomon. O sacerdote conta os detalhes de um julgamento que testemunhou, envolvendo o estupro de Masako, e o assassinato do marido dela, Takehiro, um samurai. 88 min. Drama. P&B. Legendado. 14 anos.

 

15/mar (qua), 18h – Os Sete Samurais (Shichinin no Samurai, Jap, 1954)

Dir. Akira Kurosawa. Com: Toshiro Mifune, Takashi Shimura, Yoshio Inaba, Seiji Miyaguchi, Minoru Chiaki, Katamari Fujiwara.

Durante o Japão feudal do século XVI, um velho samurai chamado Kambei é contratado para defender uma aldeia indefesa que é constantemente saqueada por bandidos. Contando com a ajuda de outros seis samurais, Kambei treina os moradores para resistirem a um novo ataque que deve acontecer muito em breve. 202 min. Drama. P&B. Legendado. 14 anos.

 

 16/mar (qui), 18h30 – Trono Manchado de Sangue (Kumonosu jô, Jap, 1957)

Dir. Akira Kurosawa. Com: Toshiro Mifune, Takashi Shimura, Isuzu Yamada, Minoru Chiaki, Akira Kubo, Takamaru Sasaki.

Yoshiteru Miki e Taketori Washizu são os comandantes do primeiro e do segundo castelo de um reino no Japão, cuja sede fica no Castelo das Teias de Aranha. Após defenderem seu senhor em batalha, eles estão retornando para casa quando encontram um espírito que prediz o futuro de ambos. 110 min. Drama. P&B. Legendado. 14 anos.

 

23/mar (qui), 18h30 – A Fortaleza Escondida (Kakushi toride no san akunin, Jap, 1958)

Dir. Akira Furosawa. Com: Toshiro Mifune, Misa Uehara, Takashi Shimura, Susumu Fujita, Eiko Miyoshi, Minoru Chiaki.

Durante o Japão do século XVI, a caminho de casa, um poderoso homem escolta uma bela princesa fugitiva em meio ao território inimigo. Em sua viagem cruzam dois medrosos fazendeiros, que estão tentando retornar para casa depois de fugirem da Guerra Feudal. 139 min. Drama. P&B. Legendado. 14 anos.

 

29/mar (qua), 18h30 – Yojimbo – o Guarda Costas (Yojimbo, Jap, 1961)

Dir. Akira Kuroasawa. Com: Toshiro Mifune, Takashi Shimura, Eijiro Tono, Kamatari Fujiwara, Seizaburo Kawazu.

No Japão do século XIX, Sanjuro, um samurai errante, entra em uma pequena cidade rural. Ao descobrir pelo estalajadeiro que a cidade é dividida em duas gangues, Sanjuro coloca os dois lados em confronto, mas quando Unosuke, filho de um dos bandidos, chega com um revólver, Sanjuro deixa a cidade. 112 min. Drama. P&B. Legendado. 14 anos.

 

30/mar (qui), 18h30 – Sanjuro (Tsubaki Sanjûrô, Jap, 1962)

Dir. Akira Kurosawa. Com: Toshiro Mifune, takashi Shimura, Tatsuya Nakadai, Yuzo Kayama, Katamari Fujiwara.

Um grupo de jovens idealistas determinados a limpar a cidade da corrupção é auxiliado por um samurai, Sanjuro, cínico e desalinhado, que não se encaixa no conceito de um nobre guerreiro para jovens. 95 min. Drama. P&B. Legendado. 14 anos.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti