Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

SPC Brasil

SPC Brasil promove feirão de negociação de dívidas com até 90% de desconto

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

21 de novembro de 2019

A campanha conta com a participação de mais de 120 empresas e estima cerca de 20 mil solicitações de negociações, que poderão ser realizadas de forma on-line ou presencial

Quem deseja limpar o nome ainda este ano a hora é essa. O Serviço de Proteção ao Crédito – SPC realizará o Feirão de Renegociação de Dívidas de 21 de novembro a 15 de dezembro em 11 capitais do país, dentre elas, Fortaleza. Os consumidores inadimplentes poderão realizar a consulta e agendamento para negociação das dívidas de forma online pelo site www.spcbrasil.org.br/feirao e presencial, na sede da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Fortaleza (Rua 25 de Março, 882, Centro), com atendimento de segunda a sexta-feira, de 8h às 17h. A ação contará com descontos de 50% a 90% e algumas empresas vão oferecer abatimentos também no valor principal.

O presidente da CDL de Fortaleza, Assis Cavalcante destaca que “além de possibilitar a recuperação do crédito individual, os feirões incentivam que as pessoas consumam de forma mais planejada e consciente”. Nesta ação, são esperados 20 mil pedidos de negociações. São mais de 120 empresas de diferentes setores, como bancos, consórcios, operadoras de telefonia, construtoras, supermercados e empresas do comércio e do setor de serviços, que vão oferecer condições especiais para quem estiver interessado em regularizar as pendências.

Segundo dados do SPC Brasil, o volume de consumidores com contas em atraso cresceu 1,58% no último mês de outubro na comparação com o ano passado. A maior parte das dívidas (53%) em aberto no país está ligada a instituições financeiras. Já o comércio responde por uma fatia de 17% do total de dívidas, enquanto o setor de comunicação por 12% e as contas de água e luz por 10%.

De acordo com o presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior, o fim de ano é o momento ideal para o consumidor colocar as contas em dia, tendo em vista o pagamento do 13º salário e a recente liberação dos recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). “Estamos nos aproximando das festas natalinas, que é um período em que todos gostam de presentear e aproveitar as promoções. Para isso, é importante fazer um esforço para quitar as dívidas e consumir com responsabilidade para não reincidir nos atrasos”, afirma o presidente.

PROCEDIMENTO

Os consumidores que desejarem realizar a negociação de dívidas de forma presencial deverão ir até o posto de atendimento do SPC Brasil localizado na sede da CDL de Fortaleza com o RG e CPF. No balcão será possível consultar os débitos em aberto e, identificada a dívida, realizar a negociação. O devedor vai poder sair com o boleto impresso para quitar a pendência. Após o pagamento, a baixa do registro no sistema do SPC Brasil será feita em um prazo de até cinco dias úteis.

E os credores que não puderem comparecer no local podem fazer a negociação de forma on-line pelo site Negociar Dívida do SPC Brasil (www.spcbrasil.org.br/feirao) ou pelo aplicativo SPC Consumidor. No site, basta fazer o cadastro e entrar na área reservada por meio de login e senha. Ao consultar o CPF, o consumidor terá a informação do valor da dívida e de seu respectivo credores. Já no aplicativo, será necessário fazer o download no celular (O APP está disponível em todos os sistemas operacionais de smartphones, como Google Play e Apple Store). Após as confirmações de acesso, as pendências registradas na base do SPC Brasil e as disponibilizadas para negociação estarão disponíveis na área logada do consumidor.

 

 

SERVIÇO

Feirão de Renegociação de Dívidas do SPC – De 21 de novembro a 15 de dezembro no site www.spcbrasil.org.br/feirao e presencial, na sede da CDL de Fortaleza (R. Vinte e Cinco de Março, 882 – Centro). Atendimento: segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Informações: (85) 3464.5506.

Publicidade

Novo Cadastro Positivo do SPC entra em vigor

Por Oswaldo Scaliotti em Análise

15 de novembro de 2019

Banco de dados deve melhorar a liberação de crédito para os consumidores que são acostumados a pagar as contas em dia

 

O SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) começou a operar o novo Cadastro Positivo neste mês. Com isso, os cinco principais bancos do país e aproximadamente 100 instituições financeiras começarão a compartilhar, com os gestores do Cadastro Positivo, informações de pagamento dos consumidores. O histórico de cada cidadão será disponibilizado com prévia autorização e poderá ser acessado por instituições com as quais o consumidor mantém ou pretende manter relação comercial ou creditícia.

Com essa nova medida, a população não terá apenas o registro de inadimplência para basear suas relações comerciais. O histórico consolidado de crédito passará a ter relevância e é um benefício para a redução da burocracia e de juros bancários para pessoas físicas e jurídicas que buscam crédito.

A expectativa do SPC Brasil é de que até o dia 19 de novembro aconteça o compartilhamento de todos os que possuem contas nas principais instituições financeiras do país. Nas próximas fases, empresas de telefonia, de água, luz e gás e o setor varejista também deverão compartilhar informações de pagamento. Dessa forma, o Cadastro Positivo agregará a população não bancarizada.

Na pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do SPC Brasil, 47% dos brasileiros dizem que já ouviram falar sobre o novo cadastro e 36% pretendem permanecer nos bancos de dados assim que forem informados sobre inclusão automática. Além disso, 51% estão indecisos em ficar ou não e somente 13% manifestaram vontade de sair.

 

Consumidores avisados individualmente

A abertura do Cadastro Positivo é automática, porém nenhum consumidor será surpreendido. Todos os brasileiros com CPF e empresas com CNPJ deverão ser avisados individualmente, por correspondência, e-mail ou SMS, e passam a integrar automaticamente o banco de dados. A situação de cada pessoa no cadastro poderá ser acompanhada através do portal: www.spcbrasil.org.br/cadastropositivo. Para solicitar saída ou reingresso no cadastro é necessário ligar para o 0800-887-9105 ou realizar o pedido através do site citado.

Publicidade

SPC Brasil lança APP gratuito de consulta do CPF

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

02 de Abril de 2019


Por meio de um smarthphone, o usuário terá Informações detalhadas sobre o débito e poderá acompanhar e avaliar a sua situação financeira

Agora está mais fácil para o consumidor saber se o seu CPF está inscrito na base de inadimplentes do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). A entidade lançou o aplicativo SPC Consumidor, que permite ao usuário consultar gratuitamente o seu CPF e descobrir se existe alguma pendência financeira.

Segundo a gerente de Negócios e Relacionamentos da CDL de Fortaleza, Isabel Martins, a ferramenta está disponível para download tanto no Android como no IOS, apresenta informações detalhadas sobre o débito e vem para auxiliar o consumidor a ter um consumo consciente.

“Ele vai poder consultar o CPF diretamente do seu celular na hora que precisar. Se tiver alguma pendência no nome, para facilitar a negociação, o app vai apresentar o nome da empresa. Além disso, o usuário vai ter dicas e orientações para o seu bem estar financeiro”, explica.

De acordo com o SPC Brasil, a segurança das informações é garantida com o preenchimento de um cadastro prévio no aplicativo a partir do qual o consumidor receberá um código de ativação por meio de SMS ou e-mail. Com os dados em mãos, o consumidor poderá fazer o pagamento ou propor renegociação direta com a empresa.

Em nota, o superintendente de inovação do SPC Brasil, Magno Lima, disse que a medida tem potencial para alcançar milhões de brasileiros, tendo em vista que há mais de 240 milhões de aparelhos de smartphone no país, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Ao longo deste ano, a entidade pretende adicionar novas funcionalidades ao app SPC, como o serviço de negociação de dívidas via aplicativo.

Indicadores

A quantidade de brasileiros negativados no mês fevereiro fechou com aproximadamente 62,01 milhões, o que representa 40,1% da população acima dos 18 anos. No Nordeste, há 16,27 milhões de inadimplentes ou 39,8% da população adulta. Dados apurados pelo Indicador de Inadimplência, da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), apontam que mesmo com o crescimento da ordem de 1,78% do número de consumidores negativados na comparação anual, o avanço foi o menor registrado desde dezembro de 2017.

Quanto ao número de dívidas, houve queda de 1,01% em relação a fevereiro de 2018. Contudo, assim como registrado nos Indicadores de janeiro deste ano, o volume de pendências continua crescendo em dois setores específicos: o de bancos, com avanço de 2,04%; e o de água e luz, com aumento de 11,38%. Em contrapartida, comércio e comunicação registraram quedas de 6,91% e 9,57%, respectivamente.

Publicidade

SPC Brasil, FCDL-CE, CDL de Fortaleza e Faculdade CDL realizam hackathon para fomentar inovação e tecnologia nos negócios da Capital

Por Oswaldo Scaliotti em Qualificação

28 de Maio de 2018

Estudantes, empresários, startups e empreendedores se encontram no 1º Desafio de Inovação SPC Brasil etapa Fortaleza, no dia 09 de junho

Com o intuito de fomentar a inovação e tecnologia nas empresas locais, identificar talentos promissores e promover o desenvolvimento de novos negócios, o SPC Brasil, a Federação das CDLs do Ceará, a CDL de Fortaleza e a Faculdade CDL realizam no dia 09 de junho, o 1º Desafio de Inovação SPC Brasil. O primeiro hackathon da Capital cearense ocorrerá na CDL Fortaleza, das 8h às 20h.

O público-alvo do Desafio de Inovação é principalmente formado por estudantes, empresários, startups, empreendedores e professores, mas também será bem-vinda qualquer outra pessoa que tenha o interesse em promover confiança nas relações e interações de negócios entre as pessoas para que elas realizem seus objetivos, por meio da tecnologia.

“As evidentes evoluções tecnológicas inspiram um momento de renovação, novos horizontes, valorização e estreitamento de relacionamentos e experiências”, afirma o superintendente de Novos Negócios do SPC Brasil, Magno Lima. “Com a experiência de sermos uma plataforma integradora de informação e inteligência para crédito, identidade digital e soluções de negócios, queremos auxiliar novos empreendedores a terem êxito no desenvolvimento de novos negócios”, explica.

“O Desafio de Inovação é um ambiente de criação para que, de forma prática, desenvolvam-se propostas para o aperfeiçoamento dos produtos e serviços oferecidos pelo SPC Brasil e pela CDL de Fortaleza com o objetivo de desenvolver modelos de negócio e aplicações tecnológicas para soluções já existentes”, indica o presidente da CDL de Fortaleza, Assis Cavalcante

O presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro, explica que o Serviço de Proteção ao Crédito é o maior banco de dados da América Latina, integrando informações das mais de duas mil entidades do varejo presentes em todo o País. “Esta rica fonte de dados proporciona oferecer soluções para o desenvolvimento e proteção ao negócio por meio de produtos de bureau de crédito, bureau de informação, rede de negócios e certificação digital. Somos também geradores de indicadores de desempenho do varejo que contribui para fortalecer o processo decisório das empresas e fomentar o crédito”.

Hackathon em Fortaleza faz parte de ciclo de desafios de inovação em todo o Brasil

O 1º Desafio de Inovação SPC Brasil de Fortaleza faz parte de um ciclo de hackathons desenvolvidos pelo SPC Brasil em parceria com as CDLs de 10 capitais pelo Brasil.

Os participantes interessados deverão fazer a inscrição e submissão da proposta de solução com até cinco dias de antecedência do acontecimento de cada evento. Não há custos de inscrição e os selecionados serão informados via e-mail e deverão confirmar sua presença nos canais oferecidos pelo evento.

Os interessados que possuem um grupo ou proposta pré-estabelecida podem se inscrever na opção “Grupo” no website oficial do evento e lá inserir os nomes dos integrantes, bem como todas as informações necessárias para a inscrição. Os grupos devem conter no mínimo três e no máximo cinco pessoas.

Uma banca composta por mentores e jurados avaliarão as ideias criadas durante 1º Desafio de Inovação SPC Brasil 2018 e escolherão as melhores propostas, visando os seguintes critérios:

  • Adequação ao tema proposto;
  • Inovação, disrupção e criatividade;
  • Viabilidade de execução de ordem técnica, aplicabilidade, usabilidade e design;
  • Custos / levantamento financeiro para implementação;
  • Impactos de ordem socioeconômica;
  • Capacidade de escalabilidade e capilaridade;
  • Uso de recursos tecnológicos.

O hackathon terá a duração de aproximadamente 12 horas consecutivas. Para mais informações sobre o Desafio de Inovação e inscrições, os interessados podem acessar o site oficial: desafio.spcbrasil.com.br.

O que é hackathon?

É uma “maratona hacker”, mas a maioria delas não envolve nenhuma corrida para ver quem quebra um sistema de segurança virtual mais rápido. Na verdade, elas normalmente são eventos focados em construir novas soluções tecnológicas para algum segmento que está carente de inovação. Então, a partir de uma temática, são convidados estudantes e proposto um desafio para ser cumprido em um determinado tempo.

Publicidade

Plataforma gratuita de emissão de nota fiscal eletrônica do SPC Brasil é opção mais eficiente para lojistas não caírem no fisco

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

15 de Maio de 2018

Com o SPC NFe, o empresário também pode armazenar o histórico de notas emitidas para evitar multas da Receita Federal, no caso de vistorias e conferências

A Secretaria da Fazenda do Ceará (Sefaz-CE) irá descontinuar seus sistemas gratuitos para a emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e). O jeito é procurar outra alternativa para o fim do emissor gratuito de NFe e continuar emitindo notas sem deixar que a sua empresa seja prejudicada ou multada. Uma das opções mais vantajosas e completas do mercado é a plataforma do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), o SPC NFe.

O sistema do SPC Brasil é uma rede social corporativa que otimiza, de forma gratuita, os processos de controle de notas fiscais eletrônicas, como emissão e manifesto do destinatário (MDe). Outra funcionalidade da plataforma é o armazenamento dos arquivos das NFe em um sistema seguro e disponível 24 horas por dia para consultas, inclusive com a possibilidade de importação do histórico de dados. Neste último caso, a funcionalidade é gratuita nos seis primeiros meses de uso. Após esse período, o contribuinte paga a menor taxa do mercado entre os aplicativos que trabalham com o mesmo serviço.

Além disso, o SPC NFe não exige instalação no computador do usuário (é online e pode ser acessado de qualquer lugar, através da Internet) e não possui limite para emissão de notas.

Obrigatoriedade

Embora a emissão de notas fiscais eletrônicas seja uma realidade para grande parte do empresariado, muitos empresários não sabem que é obrigatório por lei armazenar esses documentos em formato XML por pelo menos cinco anos. Se o arquivo requerido pela Receita Federal (compra, venda ou serviços) não estiver devidamente armazenado no formato XML, o fisco pode aplicar multas. Some-se a esse problema o cruzamento de dados que a Receita Federal costuma fazer nas transações entre empresas. Ou seja, se surgir alguma disparidade nas informações declaradas, é provável que ele procure tanto o fornecedor como o cliente e quem não tiver essas notas armazenadas, provavelmente sofrerá sanções financeiras.

Além de otimizar os processos de controle das notas fiscais, o SPC NFe também disponibiliza outros recursos como integração eletrônica de Dados (EDI), ordem de pagamento eletrônica (EPO), antecipação de recebíveis soluções de pagamentos eletrôni

Publicidade

Fortbrasil concede desconto de até 85% para inadimplentes em Feirão de Renegociação

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

27 de novembro de 2017

A Fortbrasil Administradora de Cartões de Crédito está realizando mais uma edição do Feirão de Renegociação, em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Fortaleza e a SPC Brasil. A instituição financeira oferecerá desconto de até 85% para os consumidores inadimplentes por um período acima de 66 dias que morem em Fortaleza ou na Região Metropolitana. O cliente com inadimplência com atraso de 66 a 180 dias, terá o cartão reativado em até 30 dias após a quitação do débito total.

As negociações devem ser realizadas pessoalmente, no balcão de atendimento da CDL de Fortaleza, de segunda à sexta, das 8h às 17h, até o dia 20 de dezembro. A CDL de Fortaleza fica localizada na Rua 25 de Março, 882, Centro. O evento tem como objetivo flexibilizar a negociação por meio de descontos, viabilizando o acordo presencial para este público. Será realizada a regularização dos registros nos órgãos de proteção ao crédito, no prazo de cinco dias úteis após o pagamento da primeira parcela ou da quitação nos casos de negociação à vista.

A ação tem como foco a movimentação do mercado neste final de ano. A expectativa é proporcionar um atendimento personalizado a 41 mil clientes, garantindo segurança, transparência, adequação e tranquilidade financeira.

Publicidade

Fortbrasil concede desconto de até 85% para inadimplentes em Feirão de Renegociação

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

27 de novembro de 2017

A Fortbrasil Administradora de Cartões de Crédito está realizando mais uma edição do Feirão de Renegociação, em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Fortaleza e a SPC Brasil. A instituição financeira oferecerá desconto de até 85% para os consumidores inadimplentes por um período acima de 66 dias que morem em Fortaleza ou na Região Metropolitana. O cliente com inadimplência com atraso de 66 a 180 dias, terá o cartão reativado em até 30 dias após a quitação do débito total.

As negociações devem ser realizadas pessoalmente, no balcão de atendimento da CDL de Fortaleza, de segunda à sexta, das 8h às 17h, até o dia 20 de dezembro. A CDL de Fortaleza fica localizada na Rua 25 de Março, 882, Centro. O evento tem como objetivo flexibilizar a negociação por meio de descontos, viabilizando o acordo presencial para este público. Será realizada a regularização dos registros nos órgãos de proteção ao crédito, no prazo de cinco dias úteis após o pagamento da primeira parcela ou da quitação nos casos de negociação à vista.

A ação tem como foco a movimentação do mercado neste final de ano. A expectativa é proporcionar um atendimento personalizado a 41 mil clientes, garantindo segurança, transparência, adequação e tranquilidade financeira.