Publicidade

Le Chef Coxinha

por Ariane Cajazeiras

bazilian taste

Chef cearense apresenta seu “leruaite” em Londres

Por Ariane Cajazeiras em Eventos

28 de junho de 2017

A culinária do Ceará será um dos destaques do festival de gastronomia – Brazilian Taste Gastro Show, nos dias 14, 15 e 16 de julho, em Londres, Inglaterra. O Chef Clóvis Lima, Embaixador da Gastronomia do Ceará, vai mostrar em oficinas diárias receitas de pratos genuinamente cearenses, inclusive nos nomes: Leruaite, Baião Estribado e Padim Cicço. O Leruaite é um mungunzá que leva tomilho. O baião Estribado, prato inicial do jantar, é um típico baião de dois, mas com o diferencial de levar maxixe, carne do sol, quejio coalho e nata. O padim Ciço, um Bobó de camarão com picles de maxixe com flores e hortelã.

Olha só o cardápio dele:

Menu Fine Dinning 2017

***

Primeira estação

Entrada fria: Baião de dois estribado – o tradicional baião de dois com a releitura do povo rico cearense. Feijão, arroz, carne seca ou do sol, queijo coalho e nata.

Segunda estação

Entrada fria: Arrumadinho cabra da peste (cuzcuztemperado com vatapá de peixe picante e caruru e um falso caviar feito com as sementes do quiabo). a

Terceira estação

Padim Ciço

Prawn steaw with picle , maxixe with mint and flowers .

Bobó de camarão com picles de maxixe com flores e hortelã.

Quarta estação

Conexão igreja do Bonfim e da Lapa

Moqueca poca arretada (de banana com macaxeira e batata doce).

Quinta estação

Risoto Quixeré – cidade onde minha mãe nasceu às margens do rio Jaguaribe – de jerimum com carne do sol

Sexta estação

Lobster and chips cabeça chata (lagosta, macaxeira e batata doce frita e emulsão de manteiga da terra com ervas), com rosas e sal negro.

Sétima estação

Menino malino

Sobremesa: Trio de Cocada( natural, chocolate e maracujá).

Oitava estação

Leruaite

Munguzá doce com milho branco servido numa taça de dry Martini com tomilho e um pau de canela e flor de girassol.

***

O festival atrai um público de estudantes e professores de gastronomia, profissionais de hotéis e restaurantes, além de formadores de opinião. Também participam como convidados Chefs de Cozinha de outros estados brasileiros. Em conversa comigo, o chef Clóvis Lima diz que gosta de valorizar os ingredientes da terra natal e que a receptividade no exterior é muito boa.

Chef Clóvis Lima (Foto: Internet)

A história do Clóvis Lima é interessante: começou a vida profissional como salva-vidas em uma escola de Fortaleza, mas vem de uma família cujo pai era pescador e tanto ele quanto a mãe gostavam muito de cozinhar frutos do mar. Um dia o Clóvis resolveu se especializar, saiu do Ceará em uma época que não tínhamos cursos específicos para formar gastrônomos e desde então trabalha com a gastronomia. Hoje trabalha como Personal Chef, consultor gastrônomo, restauranter e é Embaixador da Gastronomia no Ceará.

Se você quer saber mais do Brazilian Taste Gastro Show, pode acessar o site ou a página do facebook! E aí, bora pra Londres?

Publicidade

Chef cearense apresenta seu “leruaite” em Londres

Por Ariane Cajazeiras em Eventos

28 de junho de 2017

A culinária do Ceará será um dos destaques do festival de gastronomia – Brazilian Taste Gastro Show, nos dias 14, 15 e 16 de julho, em Londres, Inglaterra. O Chef Clóvis Lima, Embaixador da Gastronomia do Ceará, vai mostrar em oficinas diárias receitas de pratos genuinamente cearenses, inclusive nos nomes: Leruaite, Baião Estribado e Padim Cicço. O Leruaite é um mungunzá que leva tomilho. O baião Estribado, prato inicial do jantar, é um típico baião de dois, mas com o diferencial de levar maxixe, carne do sol, quejio coalho e nata. O padim Ciço, um Bobó de camarão com picles de maxixe com flores e hortelã.

Olha só o cardápio dele:

Menu Fine Dinning 2017

***

Primeira estação

Entrada fria: Baião de dois estribado – o tradicional baião de dois com a releitura do povo rico cearense. Feijão, arroz, carne seca ou do sol, queijo coalho e nata.

Segunda estação

Entrada fria: Arrumadinho cabra da peste (cuzcuztemperado com vatapá de peixe picante e caruru e um falso caviar feito com as sementes do quiabo). a

Terceira estação

Padim Ciço

Prawn steaw with picle , maxixe with mint and flowers .

Bobó de camarão com picles de maxixe com flores e hortelã.

Quarta estação

Conexão igreja do Bonfim e da Lapa

Moqueca poca arretada (de banana com macaxeira e batata doce).

Quinta estação

Risoto Quixeré – cidade onde minha mãe nasceu às margens do rio Jaguaribe – de jerimum com carne do sol

Sexta estação

Lobster and chips cabeça chata (lagosta, macaxeira e batata doce frita e emulsão de manteiga da terra com ervas), com rosas e sal negro.

Sétima estação

Menino malino

Sobremesa: Trio de Cocada( natural, chocolate e maracujá).

Oitava estação

Leruaite

Munguzá doce com milho branco servido numa taça de dry Martini com tomilho e um pau de canela e flor de girassol.

***

O festival atrai um público de estudantes e professores de gastronomia, profissionais de hotéis e restaurantes, além de formadores de opinião. Também participam como convidados Chefs de Cozinha de outros estados brasileiros. Em conversa comigo, o chef Clóvis Lima diz que gosta de valorizar os ingredientes da terra natal e que a receptividade no exterior é muito boa.

Chef Clóvis Lima (Foto: Internet)

A história do Clóvis Lima é interessante: começou a vida profissional como salva-vidas em uma escola de Fortaleza, mas vem de uma família cujo pai era pescador e tanto ele quanto a mãe gostavam muito de cozinhar frutos do mar. Um dia o Clóvis resolveu se especializar, saiu do Ceará em uma época que não tínhamos cursos específicos para formar gastrônomos e desde então trabalha com a gastronomia. Hoje trabalha como Personal Chef, consultor gastrônomo, restauranter e é Embaixador da Gastronomia no Ceará.

Se você quer saber mais do Brazilian Taste Gastro Show, pode acessar o site ou a página do facebook! E aí, bora pra Londres?