Publicidade

News Maranguape

por Dadynha Saturnino

Solidariedade

Solidariedade: Feminize produz e doa 10mil máscaras de proteção para maranguapenses

Por Dadynha Saturnino em Solidariedade

25 de Março de 2020

Rede solidária em ação: a Empresa de lingerie Feminize produziu 10mil máscaras de tecido para doar para a Secretaria de Saúde de Maranguape para a mesma distribuir para a população. Segundo Fernanda Vitor, sócia fundadora da Empresa instalada neste município há 16 anos, todos os cuidados de higiene foram tomados com os voluntários que fazem parte do projeto e todas as máscaras acompanham material informativo (foto). Ainda, Fernanda faz convite para que as pessoas abracem essa ideia, para que outras indústrias também produzam máscaras de tecidos para doar e apela a população para que não consumam máscaras cirúrgicas, que sabemos já estão em falta em nosso país. Confiram no vídeo!

 

 

A produção de máscaras de tecidos também é destinada a Instituições voluntárias e filantrópicas, como a Associação das Deusas da Mama e o Instituto dos Pobres (Abrigo dos Idosos), ambos de Maranguape, aos mototaxistas, aos voluntários e seus familiares que apoiam o projeto, entre outros munícipes.  Segundo o colaborador Caio Pontes, a ação vai muito além de uma simples doação, ela fala muito do que o “time Feminize” acredita e quem são: “Estamos com uma equipe incrível de costureiras voluntárias que abraçaram a ideia e estão produzindo tudo com muito amor e fé. Como nos ensina um de nossos valores, acreditamos em pessoas, pois são pessoas que constroem o sonho Feminize e é isso, estamos ajudando na construção de um sonho mundial que é cessar esse vírus que tanto nos assombra. Por fim, pedimos a todos que se cuidem e compartilhem nossa ideia com outras empresas e pessoas, quanto mais cedo nos distanciarmos, mais cedo nos abraçaremos!”.

WhatsApp Image 2020-03-24 at 16.29.47
WhatsApp Image 2020-03-24 at 16.29.46
WhatsApp Image 2020-03-24 at 16.29.45
WhatsApp Image 2020-03-24 at 16.29.44

Coronavírus

 

Algumas medidas devem ser adotadas para a prevenção e propagação do coronavírus, entre elas: cobrir o nariz e boca ao espirrar e/ou tossir, lavar as mãos com água e sabão ou usar álcool em gel 70%, evitar aglomerações se estiver doente, manter os ambientes bem ventilados, não compartilhar objetos pessoais e, ficar em casa.  Maranguape segue sem nenhum caso de COVID-19 confirmado, com 39 casos suspeitos sendo investigados e quatro casos já descartados, conforme boletim divulgado pela Prefeitura nesta quarta (25), às 18h.

Feminize

 

Localizada à Rua Doutor João Bezerra, Nº 494, Centro, Maranguape – CE, a Feminize é uma indústria que produz lingerie há 16 anos com a missão de oferecer  lingerie adaptável, com perfeição, ao corpo de mulheres de todas as idades, tamanhos e cores através de linhas pensadas para oferecer muito mais tecnologia, conforto e proteção em diversos modelos de sutiã, calcinhas, camisolas, modeladores, cintas, croppeds e muitos outros itens e acessórios da moda íntima.

Publicidade

Campanha Imposto de Renda Solidário: Abrigo dos Idosos de Maranguape pede doação

Por Dadynha Saturnino em Solidariedade

10 de Março de 2020

Até 3% do seu Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2020 podem ser doados para o Instituto dos Pobres (Abrigo dos Idosos) de Maranguape – Ceará que, há quase 77 anos, realiza em sistema domiciliar, através da modalidade de Longa Permanência e sob o comando das Irmãs Missionárias Capuchinhas, a prestação de serviços de abrigamento, amparo, cuidados e proteção da pessoa idosa com a oferta de moradia, alimentação, higiene, cuidados para a manutenção da saúde ou recuperação da mesma, atividades de recreação e lazer para cerca de 100 idosos (entre homens e mulheres). A iniciativa é embasada  na Lei Nº 12.213/2010, que institui o Fundo do Idoso, alterada pela Lei Nº 13.797/2019, que permite a dedução de percentual do Imposto de Renda Devido para destinações aos Fundos do Idoso. O recurso pode ser destinado até o dia 30/04/2020, data final estimada pela Receita Federal para que a população declare o IR. O mesmo será aplicado na implantação e realização do sonho do “Projeto Contra Incêndio em Instituição de Longa Permanência”, do Corpo de Bombeiros, estimado em 350mil reais e assim assegurar ainda mais o conforto e a segurança dos idosos e religiosas residentes, profissionais e visitantes do Abrigo.

DOE e Ajude o Abrigo dos Idosos – Instituto dos Pobres de Maranguape – Dadynha Saturnino

Uma campanha de financiamento coletivo virtual também foi lançada no site vakinha virtual “Ajuda Abrigo dos Idosos de Maranguape-CE, com o objetivo de arrecadar recursos tanto para o Projeto Contra Incêndio como também para manter em dia a alimentação e cuidados dos idosos, a folha de pagamento aos funcionários e, ainda, para adquirir diversos equipamentos e utensílios domésticos (padrão industrial) essenciais para a garantia da rotina do Instituto (forno, fogão, máquina de lavar, lavadora de alta pressão e secadora de roupa (todos industriais), cilindro de oxigênio, câmara frigorifica, aparelhos de ar-condicionado, geladeira, equipamentos para cozinha, armários de aço, ventiladores tufão, cadeiras de roda, cadeiras de banho, muletas, andadores, colchão, material para manutenção do prédio (forro, matérial elétrico, etc;) entre outros itens de ordem pessoal (fraldas descartáveis, roupas de cama, mesa e banho, hidratante, colônia, etc;), alimentos, medicação e material de limpeza). As doações também podem ser feitas diretamente na conta bancária do Abrigo (Favorecido: Associação das Irmãs Missionárias Capuchinhas – Banco do Brasil – Agência 0481-2 – Conta Corrente 13.500-3 – CNPJ: 07.257.462/0005-61). Ajude.

 

O Abrigo

Abrigo dos Idosos – Instituto dos Pobres de Maranguape – Dadynha Saturnino

Suas instalações são limpas, espaçosas, arejadas e oferecem acessibilidade adequada para cadeirantes e demais idosos, seguindo uma rotina com horários de banho, alimentação e atividades; conta com uma equipe de cuidadores, realiza a prestação de serviços de abrigamento, cuidados e proteção por vinte e quatro horas, de forma contínua, com ou sem referência familiar; tem por finalidade acolher, amparar e abrigar pessoas idosas, em vulnerabilidades sociais, carentes de recursos sócio-econômicos, com ou sem vínculo familiar, através da modalidade de Longa Permanência e como objetivo a prestação de serviços de nutrição, saúde, proteção e entretenimento ao idoso carente entre outros. Boa parte dos seus recursos é originária de pequenas doações (de pessoa jurídica ou física) ou contribuições mensais das famílias ou dos próprios idosos (quando estes recebem pensão). O Abrigo sobrevive de doações e além da carência financeira, existe a necessidade de suprir a carência afetiva dos idosos que, muitas vezes, são esquecidos pela família. Algumas mandam apenas uma contribuição regular em dinheiro e não realizam visitas.
Localizado na Avenida Stênio Gomes, Nº 388, Centro, Maranguape, Ceara, Brasil – Fone: (85) 3341-0742, o local está apto a receber visitas de domingo à domingo, das 09h30min às 10h30min e das 14h30min às 15h30min. Há anos acontece todo terceiro domingo de cada mês, o tradicional Forró Solidário dos Idosos, a partir das 9h, organizado pelo casal Bento e Ritinha e dezenas de amigos voluntários e moradores da cidade. Participe!
Saiba mais sobre a história do Abrigo e seus idosos, através da reportagem realizada pela apresentadora Lorrane Cabral  que foi ao ar no Programa Gente na TV.

Leia mais

Publicidade

Doação: Campanha bate recorde em Maranguape

Por Dadynha Saturnino em Solidariedade

08 de dezembro de 2019

Doação: no dia em que completou 1 ano que André Torres encontrou o seu doador compatível, centenas de pessoas marcaram presença na terceira edição da Campanha Doe Vida realizada no Maranguape Shopping Mall e alimentaram a esperança dos pequenos maranguapenses @ajudanohanteixeira (8 anos – Aplasia Medular) , do @lorenzo_paulo15 (1 ano e 8 meses – Leucemia) e de outros milhares de pacientes que encontram-se na fila do transplante de medula óssea aguardando localizar o seu doador compatível.

 

20191207_130826
20191207_123538
20191207_114426

 

 

Previsto para encerrar às 17h, o atendimento do @hemoceoficial finalizou quase 21h, totalizando 176 bolsas de sangue e 168 cadastros de doadores de medula óssea realizados, batendo o próprio recorde de campanhas externas realizadas em Shopping pelo hemocentro.

Realizada pelos @cacadoresdemedula em parceria com o @leomaranguape e o Shopping, a campanha também contou com o apoio e presença dos familiares do Nohan o dia todo, inclusive o garoto que passou boa parte do dia no local. Lorenzo e suas tias também marcaram presença e foram apresentados aos doadores voluntários, em sinal de agradecimento ao gesto solidário e de empatia que tem como objetivo de salvar vidas e manter acesa a chama da esperança de quem sonha encontrar o seu doador. As chances são de 1 para 100 mil cadastros.
.
.
Esta edição foi dedicada ao Matheus Oliveira (IM). A próxima está prevista para acontecer em abril/2020 (à confirmar).
.
#campanhadoevida #doevida #doesangue #doeplaquetas #doemedula #hemoce #cacadoresdemedula #blognewsmaranguape #newsmaranguapepordadynhasaturnino #AnjoDoador #doacaodesangue #medula #AplasiaMedular #leucemia #ajudanohanteixeira #ajudalorenzoleucemia #Maranguape

Publicidade

Doe vida: Campanha acontece neste sábado (07), no Maranguape Shopping Mall

Por Dadynha Saturnino em Solidariedade

05 de dezembro de 2019

“Doe Vida”. A terceira edição da Campanha para doação de sangue e cadastro de novos doadores voluntários de medula óssea acontece neste sábado (07), das 9h às 17, no Piso L1, do Maranguape Shopping Mall, localizado no Centro da cidade. A iniciativa é realizada pela ONG Caçadores de Medula em parceira com o Leo Clube Maranguape, o Maranguape Shopping Mall e o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (HEMOCE). Nesta edição, os organizadores levantam a bandeira “AJUDA NOHAN TEIXEIRA”, maranguapense de apenas oito (08) anos diagnosticado com Aplasia Medular e encontra-se na fila do transplante de medula óssea assim como “LORENZO”, 1 ano e seis meses e diagnóstico de Leucemia e também realizam a homenagem póstuma “Para sempre Matheus Oliveira”, em reconhecimento ao empreendedorismo social e amor ao próximo dedicados pelo saudoso maranguapense em atividades voluntárias à frente do Leo Clube, entre elas a primeira edição desta Campanha, ocorrida em dezembro de 2018, a qual o HEMOCE bateu o recorde de doações recebidas em campanhas externas (Shopping). Matheus faleceu há pouco mais de três meses, vítima de complicações ocorridas durante o tratamento da doença Púrpura Trompocitopênica Imunológica (PTI).

 

III Campanha Doe Vida em Maranguape. Divulgação
III Campanha Doe Vida em Maranguape. Divulgação
III Campanha Doe Vida em Maranguape. Divulgação
III Campanha Doe Vida em Maranguape. Divulgação

 

 

Atenção

 

Para fazer o cadastro de doador voluntário de medula óssea, é necessário ter entre 18 e 55 anos, não ter tido doença infecciosa ou incapacitante, neoplásica (câncer), hematológica (do sangue) ou do sistema imunológico.
(algumas complicações de saúde não são impeditivas para doação, sendo analisado caso a caso), apresentar documento oficial e original com foto, preencher formulário com dados pessoais e coletar amostra de sangue (5ml) para testes. Para doar sangue, é preciso estar saudável, bem alimentado, ter mais de 50 quilos, ter entre 16 e 69 anos (desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos) e apresentar um documento oficial e original com foto.

 

Os candidatos à doação de sangue com idade entre 16 e 17 anos devem possuir consentimento formal, por escrito, do seu responsável legal para cada doação que realizar. O Hemoce disponibiliza em seu site o TERMO DE CONSENTIMENTO PARA MENORES DE 18 ANOS que deve ser apresentado para autorização da doação dos jovens nesta faixa etária. O limite de idade para a primeira doação é de 60 (sessenta) anos, 11 (onze) meses e 29 (vinte e nove) dias. O intervalo para doação de sangue para homens é de 2 meses podendo doar até 4 vezes por ano e para mulher é de 3 meses, podendo doar até 3 vezes por ano.

 

Fonte: HEMOCE/REDOME.

 

I CAMPANHA DOE VIDA 2018. DIVULGAÇÃO

 

 

Serviço

 

III Campanha Doe Vida

Seja um doador voluntário de sangue e de medula óssea

07/12/19, das 9h às 17h

Maranguape Shopping Mall

Publicidade

Instituto dos Pobres de Maranguape realiza Bazar Solidariedade em Ação, em Fortaleza

Por Dadynha Saturnino em Solidariedade

16 de julho de 2019

O Instituto dos Pobres de Maranguape realiza o “Bazar Solidariedade em Ação”, em parceria com a Obra Lumen e o Centro de Recuperação Leão de Judá, no 2º piso do Shopping Benfica, em Fortaleza. A partir desta quinta (18), das 10h às 19h30min, serão vendidas peças de vestuário, eletroeletrônicos, brinquedos, produtos de higiene e beleza entre outros apreendidos e doados pela Receita Federal, que poderão ser adquiridos com o valor até 30% menor que o valor de mercado. Toda a arrecadação será destinada para os projetos sociais desenvolvidos pelas três instituições filantrópicas. O pré-cadastro de compradores já está sendo realizado na Praça de alimentação do shopping.

 

Bazar Solidário da Receita Federal no Shopping Benfica, em Fortaleza.

 

 

Instituições

 

Instituto dos Pobres de Maranguape. Divulgação

 

O Instituto dos Pobres de Maranguape é uma nstituição de Longa Permanência de Idosos (ILPI), fundada há 75 anos por Dom Raimundo de Castro e Silva, à época, vigário da Paróquia de Maranguape. Mantido graças ao trabalho missionário das Irmãs Capuchinhas e pelo apoio da comunidade. O espaço acolhe 100 pessoas de idade avançada, que chegam ao lar por motivos diversos (encaminhamentos da justiça por situação de maus-tratos ou casos de abandono). Já a Obra Lumen desenvolve projetos voltados ao acolhimento de pessoas em situação de rua e realiza atividades de prevenção com crianças, jovens, adultos e famílias em situação de vulnerabilidade social residentes em 20 comunidades de Fortaleza. Mantém oito (08) casas de acolhimento na Capital e em outras duas (02) cidades de outros estados, abrigando um total de 129 pessoas e o Centro de Recuperação Leão de Judá é uma comunidade terapêutica criada no Ceará em 2002 como uma organização não-governamental sem fins lucrativos que atua no tratamento e ressocialização de dependentes químicos e alcoolistas, dispondo de duas unidades de acolhimento masculino (uma em Iparana/Caucaia e outra em Juazeiro do Norte). Atualmente, 65 pessoas residem e são tratadas nesta instituição.

 

Regras

 

Cada comprador terá acesso ao “Bazar Solidariedade em Ação” apresentando a ficha cadastral contendo RG e CPF(regras da Receita Federal) e o ingresso adquirido no local no valor de R$5,00 por pessoa. O limite de compra é de R$ 1 mil por cliente, com exceção para produtos que ultrapassem este valor e os pagamentos poderão ser efetuados em espécie ou cartão (crédito/débito). Não será aceita a devolução de produtos.

 

Serviço

 

Bazar Solidariedade em Ação

Data: a partir do dia 18 de julho

Local: 2º piso do shopping Benfica (entrada pela praça de alimentação)

Endereço: Av. Carapinima, nº 2200, bairro Benfica, Fortaleza – Ceará

Ingresso: R$5,00

Publicidade

Doe vida: HEMOCE bate recorde em campanha realizada no Maranguape Shopping Mall

Por Dadynha Saturnino em Solidariedade

23 de dezembro de 2018

Às vésperas do Natal, os Caçadores de Medula, o Lions Clube, o Leo Clube e o Maranguape Shopping Mall (MSM) uniram forças e juntos realizaram a Campanha Doe Vida para doação de sangue e cadastro de novos doadores voluntários de medula óssea. A ação aconteceu no sábado (22), no MSM, onde durante todo o dia a equipe do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (HEMOCE), formada por 15 profissionais, esteve à disposição da população.

Campanha Doe Vida é realizada em Maranguape

Campanha Doe Vida é realizada em Maranguape

Centenas de pessoas atenderam o convite dos realizadores da campanha e passaram pelo local. O número oficial de candidatos fechou em 206 e foram coletadas 123 bolsas de sangue e realizados 55 cadastros de doadores de medula, recorde obtido em campanhas de coletas externas realizadas pelo HEMOCE em Shopping Center no Estado, informou Adalise Maia, Assistente Social da Instituição.

Encerramento da Campanha Doe Vida em Maranguape

“Nossa segunda casa é dentro das vans, conhecendo locais, visitando pessoas, então a gente tem muito o que celebrar, esta é a nossa última atividade externa de 2018 e o resultado é excelente, mas, também temos outros motivos para comemorar, são muitos pacientes que são beneficiados, cada um pessoalmente teve seus motivos neste ano, a família da Maytê que nos últimos meses trabalhou junto com a gente pra conseguir o tão sonhado doador e chegou, venceu muita coisa para chegar esse momento. O Leo Clube que comemora 48 anos de serviços voluntários em Maranguape, então, são muitas coisas para celebrarmos”, pontuou Adalise Maia no encerramento da campanha.

Apoio

Nos últimos dias, aconteceu a divulgação nas redes sociais que contou com o compartilhamento do banner da Campanha e também de vídeo convite feitos voluntariamente por figuras públicas, formadores de opinião e humorista, entre eles o comediante André Lucas: “…Vai lá, para com ilsso, Chico Anysio ganhou vida no Ceará, em Maranguape e você não vai doar vida?”, destacou em sua convocação o filho do saudoso maranguapense e gênio do humor brasileiro.

O apresentador do Programa Vem Que Tem Nilson Fagata, a digital influencer Tamylle Oliveira, a youtuber Morgana Camila, o cantor Lailton Souza, a Miss Plus Size Herina Gadelha, o comunicador Ilam Gurgel, a declamadora de cordeis Samya Abreu, o presidente do Leo Clube Matheus Oliveira, o blogueiro Miguel Adler, a idealizadora da Campanha Caçadores de Medula Maytê Lins (esposa de André Torres, paciente com Leucemia que acaba de achar seu doador e em breve fará o transplante de Medula Óssea) com o seu filho Davi, conhecido como o “bebê caçador de medula” e a Jornalista Dadynha Saturnino também enviaram seus vídeos convidando as pessoas para participar da campanha e entrar para o time que ajuda a salvar vidas.

A próxima Campanha no Maranguape Shopping Mall será realizada em março de 2019.

Publicidade

Encontrado doador de medula para Andre Torres. Transplante será feito em SP e família pede ajuda através de vakinha virtual

Por Dadynha Saturnino em Solidariedade

12 de dezembro de 2018

Encontrado doador de medula óssea de André Torres. Arquivo pessoal.

Diagnosticado em junho deste ano com Leucemia Aguda Indiferenciada (LAI), um tipo raro de câncer, o Executivo de vendas André Torres, de 33 anos, acaba de encontrar o seu doador compatível. O transplante de medula óssea será feito em São Paulo-SP, local que ele e sua família precisarão morar cerca de um ano, período do acompanhamento pós-transplante.

 

A felicidade da notícia que o doador foi encontrado deixou a família maranguapense em êxtase, mas, também muito preocupada com a situação financeira, que originou um pedido de ajuda através de uma Vakinha Virtual, com o objetivo de arrecadar 150mil reais, recursos inicialmente previstos para custear esta nova etapa do tratamento. O lançamento da campanha aconteceu nesta terça (11), nas redes sociais. Veja como ajudar!

 

 

Vakinha virtual

 

Vakinha virtual. Família de André Torres lança campanha com pedido de ajuda. Divulgação

O doador de medula óssea encontrado é 90% compatível com o André, e esse percentual já o possibilita seguir para a próxima etapa em busca da cura definitiva da doença. Por se tratar de um tipo de Leucemia rara, o transplante precisará ser feito num Hospital de São Paulo-SP, onde será necessário que ele, a esposa Maytê Lins, o filho Davi (conhecido como bebê caçador de medula) e a mãe, Lúcia Torres morem durante um ano, o que significa despesas de moradia, alimentação, deslocamentos, medicamentos, exames, procedimentos não cobertos pelo plano, entre outras, enfim, todos os custos de viver uma vida fora de casa. Agora, a família pede a ajuda financeira de todos, em qualquer valor, através desta VAKINHA, para André continuar o tratamento em São Paulo e assim vencer mais essa etapa. “Ajude com qualquer valor, através da vakinha virtual ou depósito bancário. Quero ver meu filho crescer”, pede André. A família também disponibilizou os dados bancários para quem desejar contribuir de outra forma:

Banco do Brasil – Agência 0675-0

CC: 32561-9
Mayte de Lima Lins (Esposa)
CPF: 018.700.153-71

Bradesco – Agência: 1579-2

CC: 45713-2
Mayte de Lima Lins (Esposa)
CPF: 018.700.153-71

 

 

 

Caçadores de Medula

 

Foi através do diagnóstico do André que sua família criou a campanha “Caçadores de Medula”, onde o filho de Davi, de 1 aninho à época, se tornou o Bebê Caçador de Medula, e a partir daí iniciaram “caçadas” por cadastros de novos doadores no Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (REDOME). Em pouco mais de três meses, já foram efetuados quase 1.500 cadastros voluntários em campanhas realizadas em Empresas cearenses (Coca-Cola, Enel, Gera 3 sistemas, Casa Magalhães, Fortes tecnologia, Vector, Uninassau, Feminize, Jangadeiro Têxtil, CIALNE, Dakota, Hospital Haroldo Huaçaba – Instituto do Câncer do Ceará (ICC), Bradesco, Hemoce Praça das Flores, Parque do Cocó), com o apoio do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (HEMOCE) e mesmo localizando o doador do André, a Campanha continua: já estão agendadas as ações no Grupo M.Dias Branco, Hope Maranguape, Prefeitura de Paracuru, Ferrovia TRANSNORDESTINA e Maranguape Shopping Mall.

 

 

Saiba mais em

 

Instagram: cacadores de medula

Facebook: caçadores de medula

Vakinha virtal: Ajude o André Torres

 

Links de reportagens:

 

Garoto de 1 ano comove a internet por “caçar” medula para o pai que tem leucemia

 

Campanha Caçadores de Medula é realizada na Feminize, em Maranguape

 

Caçadores de Medula: cadastro de doadores é realizado na Dakota, em Maranguape

Publicidade

Caçadores de Medula: cadastro de doadores é realizado na Dakota, em Maranguape

Por Dadynha Saturnino em Solidariedade

05 de dezembro de 2018

A Campanha Caçadores de Medula aconteceu nesta segunda (03), na fábrica de calçados Dakota Nordeste, em Maranguape. Durante todo o dia, a equipe do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (HEMOCE) esteve à disposição dos funcionários e realizou um total de 191 novos cadastros de doadores voluntários de medula óssea. Instalada em Maranguape deste 1995, a Dakota é parceira de instituições públicas e privadas desta cidade na constante realização de ações sociais junto aos seus colaboradores, desde a realização de palestras preventivas sobre os mais variados tipos de doenças em homens e mulheres como o apoio a campanhas de incentivo à valorização da vida, como esta dos Caçadores de Medula.

 

Cadastro

 

8
Caçadores de Medula na DAKOTA 1
3/9

Caçadores de Medula na DAKOTA 1

Caçadores de Medula na DAKOTA. Divulgação

18-12-03 Caçadores de Medula DAKOTA 2
18-12-03 Caçadores de Medula DAKOTA 3
18-12-03 Caçadores de Medula DAKOTA 4
18-12-03 Caçadores de Medula DAKOTA 5
18-12-03 Caçadores de Medula DAKOTA 6
18-12-03 Caçadores de Medula DAKOTA

 

O cadastro de doador de medula óssea pode ser feito em qualquer hemocentro do país. O voluntário deve apresentar um documento oficial com foto, preencher a ficha cadastral, assinar o Termo de Consentimento e autorizar a coleta de uma pequena amostra de sangue do braço (5ml). O doador precisa ter entre 18 e 55 anos, não ter doença infecciosa ou incapacitante, não apresentar doença neoplásica (câncer), hematológica (do sangue) ou do sistema imunológico.

 

 

Doação de Medula Óssea (transplante)

 

Segundo o Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (REDOME), o transplante de medula óssea pode beneficiar o tratamento de cerca de 80 doenças em diferentes estágios e faixas etárias. Além disso, o doador ideal (irmão compatível) só está disponível em cerca de 25% das famílias brasileiras – para 75% dos pacientes é necessário identificar um doador alternativo a partir dos registros de doadores voluntários, bancos públicos de sangue de cordão umbilical ou familiares parcialmente compatíveis (haploidênticos). A cada 100 mil cadastros, somente uma medula de um doador alternativo é 100% compatível com a de algum paciente que aguarda na fila do transplante. O objetivo da campanha Caçadores de Medula é aumentar o número de cadastro para aumentar as chances de compatibilidade.

 

A doação (transplante) é um procedimento que se faz em centro cirúrgico, sob anestesia peridural ou geral, e requer internação de 24 horas. A medula é retirada do interior de ossos da bacia, por meio de punções. O procedimento leva em torno de 90 minutos. A medula óssea do doador se recompõe em apenas 15 dias. Nos primeiros três dias após a doação pode haver desconforto localizado, de leve a moderado, que pode ser amenizado com o uso de analgésicos e medidas simples. Normalmente, os doadores retornam às suas atividades habituais depois da primeira semana após a doação.

 

Há outro método de doação chamado coleta por aférese. Neste caso, o doador faz uso de uma medicação por cinco dias com o objetivo de aumentar o número de células-tronco (células mais importantes para o transplante de medula óssea) circulantes no seu sangue. Após esse período, a pessoa faz a doação por meio de uma máquina de aférese, que colhe o sangue da veia do doador, separa as células-tronco e devolve os elementos do sangue que não são necessários para o paciente. Não há necessidade de internação nem de anestesia, sendo todos os procedimentos feitos pela veia. A decisão sobre o método de doação mais adequado é exclusiva dos médicos assistentes, tanto do paciente quanto do doador, e será avaliada em cada caso.

 

Fonte: REDOME

 

 

Publicidade

Campanha Caçadores de Medula é realizada na Feminize, em Maranguape

Por Dadynha Saturnino em Solidariedade

27 de novembro de 2018

Nesta terça (27), aconteceu a Campanha Caçadores de Medula na Feminize Lingerie, em Maranguape, que recebeu durante todo o dia a equipe do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (HEMOCE). Foram captados 80 novos cadastros de doadores de medula óssea entre os funcionários da Empresa.

Caçadores de Medula

Os caçadores de medula surgiram há pouco mais de três meses e tem como objetivo informar, conscientizar e incentivar o maior número de pessoas possíveis a realizarem o cadastro como doadores de medula óssea no Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (REDOME). A cada 100mil cadastros, somente uma medula é 100% compatível com a de algum paciente que aguarda na fila do transplante. Em pouco mais de três meses de existência, a Campanha aconteceu em mais de 11 Empresas cearenses, somando uma média de 1000 novos cadastros realizados.

Cadastro

O cadastro de doador de medula óssea pode ser feito em qualquer hemocentro do país. O dodor precisa ter entre 18 e 55 anos e não ter tido câncer. Deve apresentar um documento oficial com foto, preencher o cadastro e assinar o Termo de Consentimento. É realizada a coleta de uma pequena amostra de sangue do braço (5ml).

Publicidade

Policiais Militares realizam patrulha social em Maranguape

Por Dadynha Saturnino em Solidariedade

16 de outubro de 2017

Policiais Miliatres da 2ª CIA do 14º BPM realizaram, no Dia das Crianças, uma “patrulha social” na cidade de Maranguape, com a distribuição de brinquedos para as crianças moradoras do bairro da Outra Banda, Novo Maranguape e Coité e também do Distrito de Sapupara, localizado na Zona rural. A iniciativa da ação de cidadania partiu do Comandante Major William Franco Souza como estratégia de policiamento comunitário e foi executada pelos policiais do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à violência (PROERD) Cb Wellington e Sd Denysson, acompanhados do Cb Rocha sob o comando do Tenente J. Fernandes. As fotos da ação foram compartilhadas nas redes sociais utilizando a hastag #SomosTodosPolícia.

 

Confiram

 

PM Maranguape realiza ação de cidadania para crianças. Divulgação
1/7

PM Maranguape realiza ação de cidadania para crianças. Divulgação

PM Maranguape realiza ação de cidadania para crianças. Divulgação

PM-Maranguape-realiza-ação-de-cidadania-para-crianças.-Divulgação1
2/7

PM-Maranguape-realiza-ação-de-cidadania-para-crianças.-Divulgação1

PM Maranguape realiza ação de cidadania para crianças. Divulgação

PM-Maranguape-realiza-ação-de-cidadania-para-crianças.-Divulgação2
3/7

PM-Maranguape-realiza-ação-de-cidadania-para-crianças.-Divulgação2

PM Maranguape realiza ação de cidadania para crianças. Divulgação

PM-Maranguape-realiza-ação-de-cidadania-para-crianças.-Divulgação3
4/7

PM-Maranguape-realiza-ação-de-cidadania-para-crianças.-Divulgação3

PM Maranguape realiza ação de cidadania para crianças. Divulgação

PM-Maranguape-realiza-ação-de-cidadania-para-crianças.-Divulgação4
5/7

PM-Maranguape-realiza-ação-de-cidadania-para-crianças.-Divulgação4

PM Maranguape realiza ação de cidadania para crianças. Divulgação

PM-Maranguape-realiza-ação-de-cidadania-para-crianças.-Divulgação5
6/7

PM-Maranguape-realiza-ação-de-cidadania-para-crianças.-Divulgação5

PM Maranguape realiza ação de cidadania para crianças. Divulgação

PM Maranguape realiza ação de cidadania para crianças.Divulgação
7/7

PM Maranguape realiza ação de cidadania para crianças.Divulgação

PM Maranguape realiza ação de cidadania para crianças. Divulgação

Solidariedade

A próxima ação de cidadania já tem data para acontecer: será dia 30/10, no bairro Parque Santa Fé, em parceria com a Associação Vida Saudável.

Publicidade

Policiais Militares realizam patrulha social em Maranguape

Por Dadynha Saturnino em Solidariedade

16 de outubro de 2017

Policiais Miliatres da 2ª CIA do 14º BPM realizaram, no Dia das Crianças, uma “patrulha social” na cidade de Maranguape, com a distribuição de brinquedos para as crianças moradoras do bairro da Outra Banda, Novo Maranguape e Coité e também do Distrito de Sapupara, localizado na Zona rural. A iniciativa da ação de cidadania partiu do Comandante Major William Franco Souza como estratégia de policiamento comunitário e foi executada pelos policiais do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à violência (PROERD) Cb Wellington e Sd Denysson, acompanhados do Cb Rocha sob o comando do Tenente J. Fernandes. As fotos da ação foram compartilhadas nas redes sociais utilizando a hastag #SomosTodosPolícia.

 

Confiram

 

PM Maranguape realiza ação de cidadania para crianças. Divulgação
1/7

PM Maranguape realiza ação de cidadania para crianças. Divulgação

PM Maranguape realiza ação de cidadania para crianças. Divulgação

PM-Maranguape-realiza-ação-de-cidadania-para-crianças.-Divulgação1
2/7

PM-Maranguape-realiza-ação-de-cidadania-para-crianças.-Divulgação1

PM Maranguape realiza ação de cidadania para crianças. Divulgação

PM-Maranguape-realiza-ação-de-cidadania-para-crianças.-Divulgação2
3/7

PM-Maranguape-realiza-ação-de-cidadania-para-crianças.-Divulgação2

PM Maranguape realiza ação de cidadania para crianças. Divulgação

PM-Maranguape-realiza-ação-de-cidadania-para-crianças.-Divulgação3
4/7

PM-Maranguape-realiza-ação-de-cidadania-para-crianças.-Divulgação3

PM Maranguape realiza ação de cidadania para crianças. Divulgação

PM-Maranguape-realiza-ação-de-cidadania-para-crianças.-Divulgação4
5/7

PM-Maranguape-realiza-ação-de-cidadania-para-crianças.-Divulgação4

PM Maranguape realiza ação de cidadania para crianças. Divulgação

PM-Maranguape-realiza-ação-de-cidadania-para-crianças.-Divulgação5
6/7

PM-Maranguape-realiza-ação-de-cidadania-para-crianças.-Divulgação5

PM Maranguape realiza ação de cidadania para crianças. Divulgação

PM Maranguape realiza ação de cidadania para crianças.Divulgação
7/7

PM Maranguape realiza ação de cidadania para crianças.Divulgação

PM Maranguape realiza ação de cidadania para crianças. Divulgação

Solidariedade

A próxima ação de cidadania já tem data para acontecer: será dia 30/10, no bairro Parque Santa Fé, em parceria com a Associação Vida Saudável.