Publicidade

News Maranguape

por Dadynha Saturnino

Doação

Solidariedade: Feminize produz e doa 10mil máscaras de proteção para maranguapenses

Por Dadynha Saturnino em Solidariedade

25 de Março de 2020

Rede solidária em ação: a Empresa de lingerie Feminize produziu 10mil máscaras de tecido para doar para a Secretaria de Saúde de Maranguape para a mesma distribuir para a população. Segundo Fernanda Vitor, sócia fundadora da Empresa instalada neste município há 16 anos, todos os cuidados de higiene foram tomados com os voluntários que fazem parte do projeto e todas as máscaras acompanham material informativo (foto). Ainda, Fernanda faz convite para que as pessoas abracem essa ideia, para que outras indústrias também produzam máscaras de tecidos para doar e apela a população para que não consumam máscaras cirúrgicas, que sabemos já estão em falta em nosso país. Confiram no vídeo!

 

 

A produção de máscaras de tecidos também é destinada a Instituições voluntárias e filantrópicas, como a Associação das Deusas da Mama e o Instituto dos Pobres (Abrigo dos Idosos), ambos de Maranguape, aos mototaxistas, aos voluntários e seus familiares que apoiam o projeto, entre outros munícipes.  Segundo o colaborador Caio Pontes, a ação vai muito além de uma simples doação, ela fala muito do que o “time Feminize” acredita e quem são: “Estamos com uma equipe incrível de costureiras voluntárias que abraçaram a ideia e estão produzindo tudo com muito amor e fé. Como nos ensina um de nossos valores, acreditamos em pessoas, pois são pessoas que constroem o sonho Feminize e é isso, estamos ajudando na construção de um sonho mundial que é cessar esse vírus que tanto nos assombra. Por fim, pedimos a todos que se cuidem e compartilhem nossa ideia com outras empresas e pessoas, quanto mais cedo nos distanciarmos, mais cedo nos abraçaremos!”.

WhatsApp Image 2020-03-24 at 16.29.47
WhatsApp Image 2020-03-24 at 16.29.46
WhatsApp Image 2020-03-24 at 16.29.45
WhatsApp Image 2020-03-24 at 16.29.44

Coronavírus

 

Algumas medidas devem ser adotadas para a prevenção e propagação do coronavírus, entre elas: cobrir o nariz e boca ao espirrar e/ou tossir, lavar as mãos com água e sabão ou usar álcool em gel 70%, evitar aglomerações se estiver doente, manter os ambientes bem ventilados, não compartilhar objetos pessoais e, ficar em casa.  Maranguape segue sem nenhum caso de COVID-19 confirmado, com 39 casos suspeitos sendo investigados e quatro casos já descartados, conforme boletim divulgado pela Prefeitura nesta quarta (25), às 18h.

Feminize

 

Localizada à Rua Doutor João Bezerra, Nº 494, Centro, Maranguape – CE, a Feminize é uma indústria que produz lingerie há 16 anos com a missão de oferecer  lingerie adaptável, com perfeição, ao corpo de mulheres de todas as idades, tamanhos e cores através de linhas pensadas para oferecer muito mais tecnologia, conforto e proteção em diversos modelos de sutiã, calcinhas, camisolas, modeladores, cintas, croppeds e muitos outros itens e acessórios da moda íntima.

Publicidade

Doe de coração. Colégio de Maranguape promove campanha de doação de sangue

Por Dadynha Saturnino em Solidariedade

19 de agosto de 2014

Doe de coração. É assim que o Colégio Sebastião de Abreu convoca os maranguapenses sensibilizando-os a participarem da campanha de doação de sangue para o HEMOCE. Marcada para esta quarta (20), das 9h às 16h, a ação voluntária e solidária acontecerá nas dependências da instituição de ensino localizada à rua Robert Braquehais, no bairro do Parque Santa Fé. Interessados devem comparecer ao local munidos de documentos oficiais.

Confira na imagem todas as orientações que devem ser seguidas:

Colégio Sebastião de Abreu

Campanha de doação de sangue em Maranguape. Divulgação

Publicidade

Pagode solidário reuniu maranguapenses na casa do jogador Everton Andrade, volante do Cruzeiro Esporte Clube

Por Dadynha Saturnino em Solidariedade

10 de dezembro de 2013

Um “pagode solidário” reuniu dezenas de maranguapenses na casa do jogador Everton Andrade, volante do Cruzeiro Esporte Clube – Campeão Brasileiro 2013, em prol de comunidades carentes desta cidade. A iniciativa surgiu da Associação Beneficente do Parque das Rosas e foi prontamente abraçada pelo jogador, seus pais e vizinhos. O acesso ao local deu-se através da doação de 2kg de alimentos não perecíveis e a festa rolou a tarde toda com muito pagode, cerveja gelada e alegria. Destaque para a cor azul da casa do jogador, em homenagem ao Cruzeiro.

 

Everton Andrade recepciona vizinhos e amigos em sua casa. Foto Dadynha Saturnino

Everton Andrade recepciona vizinhos e amigos em sua casa em tarde de muito pagode solidário. Foto Dadynha Saturnino

 

Além de abrir as portas de casa, Everton também doou uma camisa do time autografada por ele e outros jogadores do “celeste”, para ser sorteada em um bingo que será realizado no próximo domingo, 15 de dezembro. Todo recurso financeiro arrecadado será transformado em alimentos que serão doados para os moradores dos Distritos de Lagoa do Juvenal, Itapebuçu e Tanques, localizados na zona rural deste município, umas das que mais sofrem com a seca vivida nos últimos tempos. Interessados em adquirir a cartela do bingo devem procurar um membro da Associação na fan page do facebook.

 

Everton Andrade exibe camisa autografada por ele e colegas do Cruzeiro, Campeão Brasileiro de 2013. Foto arquivo.

Everton Andrade exibe camisa autografada por ele e colegas do Cruzeiro, Campeão Brasileiro de 2013. Foto arquivo.

 

Cobertura fotográfica completa através do link “Pagode Solidário” por Dadynha Saturnino

 

13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (1)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (6)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (5)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (8)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (3)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (9)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (11)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (4)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (7)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (10)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (15)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (13)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (16)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (12)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (17)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (18)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (20)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (19)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (24)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (22)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (23)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (25)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (33)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (26)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (28)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (34)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (27)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (32)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (29)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (31)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (37)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (36)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (38)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (30)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (21)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (35)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (14)
13-12-08 Pagode Solidário casa do jogador Everton Andrade. Foto Dadynha Saturnino (2)

 

 

 

Publicidade

UPA de Maranguape recebe doação de produtos da Agricultura Familiar

Por Dadynha Saturnino em Agricultura

01 de Março de 2013

A Unidade de Pronto Atendimento Dr. Alfredo Marques – UPA de Maranguape recebeu da Cooperativa Agroecológica da Agricultura Familiar do Caminho de Assis de Maranguape – COOPERFAM Ceará, doação de alimentos oriundos da Agricultura Familiar produzidos neste município, para serem ofertados no lanche de funcionários, pacientes e seus acompanhantes nesta Unidade de Saúde.

O Presidente da COOPERFAM Sr. Airton Kern, nos esclareceu que a doação feita a UPA vai de encontro a Lei Nº 11.346 de 15 de setembro de 2006, que criou o Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional – SISAN: “os alimentos produzidos pelo próprio município devem garantir a sua sustentabilidade. Nós da COOPERFAM estamos disponíveis a parceiros que trabalham e queiram o desenvolvimento da Agricultura Familiar em Maranguape” concluiu Airton após o abastecimento do carro (foto) na Sede da Cooperativa em Columinjuba, no Distrito de Ladeira Grande.

Cooperfam Ceará. Foto de Dadynha Saturnino

Cooperfam Ceará. Foto de Dadynha Saturnino

No ato da entrega, a COOPERFAM (representada por sua Assessora de Comunicação Dadynha Saturnino) oficializou o início da parceria com a UPA explicando “que é uma cooperativa formada exclusivamente por agricultores familiares com a missão de “viabilizar o desenvolvimento da agricultura familiar da região por meio de soluções agroecológicas, com ações organizadas e solidárias visando à melhoria de vida de seus cooperados e contribuindo para a segurança alimentar e nutricional da população” além de citar algumas atividades desenvolvidas pela Cooperativa.

Doação de produtos à UPA. Foto de Dra. Diana

Doação de produtos à UPA. Foto de Dra. Diana

Doação de produtos à UPA. Foto de Dadynha Saturnino.

Doação de produtos à UPA. Foto de Dadynha Saturnino.

A iniciativa proporciona a garantia do direito humano à alimentação adequada e saudável. “Trabalhamos em equipe priorizando a humanização dentro do serviço público e viabilizamos um bom acolhimento aos funcionários e a toda comunidade maranguapense, onde todos devem ser bem recebidos desde a recepção ao atendimento médico. Em alguns casos, certamente teremos alguém que saiu de casa sem ter feito uma refeição sequer e a parceria com a COOPERFAM  garantirá a complementação dos lanches e das refeições oferecidas. Contamos com o apoio do Hospital Dr. Argeu Gurgel Braga Herbster “Gonzaguinha” e esperamos que este também seja beneficiado pela Cooperativa” finalizou a Dra. Maria Isomar da Silva Xenofonte Diretora Administrativa da UPA.

Doação de produtos à UPA. Foto de Dadynha Saturnino.

Doação de produtos à UPA. Foto de Dadynha Saturnino.

COOPERFAM

Rua Alcebíades Barreto, S/Nº, Columinjuba, Distrito de Ladeira Grande

Maranguape-CE

Fones: (85) 3369-5810 / (85) 8892-1377

E-mail: cooperfamceara@hotmail.com

Facebook: COOPERFAMCEARÁ

Blog: COOPERFAMCE

Publicidade

Moradores do Distrito de Umarizeiras em Maranguape realizam ação solidária aos moradores de Açudinho, em Campos Belos.

Por Dadynha Saturnino em Solidariedade

14 de Janeiro de 2013

O desejo de ajudar as vítimas da seca começou a partir de uma conversa entre amigos do Distrito de Umarizeiras, em Maranguape, após perceberem o sofrimento causado pela falta da chuva no sertão cearense. Rogério Nascimento, um dos idealizadores da ação solidária realizada pela comunidade, deu início a mobilização afixando faixas, pedindo a colaboração de todos, informando o local das doações, movimentando e dando corpo a campanha. Já Bruno Héverton fez a sua parte nas redes sociais através dos perfis Umarizeiras Maranguape e Umarizeiras. Os moto táxistas, a Igreja Católica, a Escola e outros segmentos também aderiram a campanha de doações à comunidade de Açudinho, na cidade de Campos Belos, um local de gente muito carente sugerido pelo Padre Leonardo Bezerra.

Alimentos arrecadados e contabilizados (mais de 1000kg de alimentos e uma enorme quantidade de roupas doadas pelos apoiadores) foram levados ao ao local de destino por uma comitiva composta por vários carros e motos, que deparou-se com uma situação desoladora, sensibilizando ainda mais a comunidade solidária de Umarizeiras, pois na BR-020 próximo à entrada da cidade de Campos Belos, várias mulheres (inclusive grávidas), idosos, homens e crianças tinham estampadas em seus rostos as marcas da miséria, da fome e do sofrimento e pediam ajuda aos que trafegavam naquele trecho.

Durante a entrega dos donativos aos moradores de Açudinho, a esperança tomou conta, mesmo que momentaneamente, do rosto daquela gente sofrida, agora feliz pelo presente enviado por Deus. Que venham as próximas ações solidárias realizadas por seres tão humanos como o povo de Umarizeiras.

Fotos feitas durante a entrega dos donativos.

Ação solidária em Açudinho Campos Belos. Foto de Bruno Heverton
Ação solidária em Açudinho Campos Belos. Foto de Bruno Heverton
Ação solidária em Açudinho Campos Belos. Foto de Bruno Heverton
Ação solidária em Açudinho Campos Belos. Foto de Bruno Heverton
Ação solidária em Açudinho Campos Belos. Foto de Bruno Heverton
Ação solidária em Açudinho Campos Belos. Foto de Bruno Heverton
Ação solidária em Açudinho Campos Belos. Foto de Bruno Heverton
Ação solidária em Açudinho Campos Belos. Foto de Bruno Heverton
Ação solidária em Açudinho Campos Belos. Foto de Bruno Heverton
Ação solidária em Açudinho Campos Belos. Foto de Bruno Heverton
Ação solidária em Açudinho Campos Belos. Foto de Bruno Heverton

Material enviado pelo leitor Bruno Héverton.

Publicidade

Conheça o Instituto Chico Anysio. Seja um apoiador da pesquisa sobre a cura do enfisema pulmonar.

Por Dadynha Saturnino em Solidariedade

13 de Janeiro de 2013

Instituto Chico Anysio é uma organização que apoia e incentiva as pesquisas com células-troncos da medula óssea para a cura do enfisema pulmonar e também atua conscientizando as pessoas sobre o mal que o tabagismo causa. É presidido por Malga Di Paula, viúva do Chico Anysio (1931-2012) maior comediante que este país já teve e empresta seu nome ao Instituto que tem como objetivo principal a arrecadação de  recursos para a realização das pesquisas em técnicas inovadoras que tem à frente o médico Dr. João Tadeu Ribeiro-Paes (médico e Doutor em Genética – pela Faculdade de Medicina – USP (Ribeirão Preto/SP) e coordenador do Laboratório de Genética e Terapia Celular – GenTe Cel – UNESP – Campus de Assis (SP) e a conscientização ao anti-tabagismo.

Folder do Instituto Chico Anysio. Foto divulgação

Chico Anysio

Francisco Anysio de Oliveira Paula Filho, o Chico Anysio, nasceu em 12 de abril de 1931, em Maranguape, no Ceará. Filho de um rico empresário da cidade, foi morar com a família (os pais, os irmãos Elano, Lupe, Lilia e Zelito e a babá) no Rio de Janeiro após a Empresa de ônibus do pai pegar fogo.

Um par de tênis mudou o seu destino e entre todas as atividades que desempenhou (Ator, Comentarista, Compositor, Diretor, Escritor,  Humorista, Pintor, Radialista e Roteirista), certamente, as relacionadas à comédia foram as que mais fidelizaram o seu público: foram mais de 209 personagens que marcaram a sua carreira, entre eles Alberto Roberto, Bento Carneiro, Bozó, Coalhada, Divino, Justo Veríssimo, Nazareno, Painho, Pantaleão e Salomé que fizeram dele o maior comediante que este país já teve.

Dadynha Saturnino (Jornal A Cidade de Maranguape) entrevista Chico Anysio durante o durante o II Festival Nacional de Humor de Maranguape 2010. Foto do arquivo.

Dadynha Saturnino (Jornal A Cidade de Maranguape) e Ubirajara Jr (Maranguape FM) entrevistam Chico Anysio (acompanhado do filho André Lucas) durante o durante o II Festival Nacional de Humor de Maranguape 2010. Foto do arquivo.

 A doença de Chico

Chico contraiu o enfisema durante os mais de 30 anos que fumou e desejou ser curado através desta terapia feita em humanos (apresentou resultados excelentes em sua primeira fase), mas, faleceu em 23 de março de 2012 aos 81 anos de vida. Sua disponibilidade em apoiar a segunda fase da pesquisa fez com que a sua família lançasse o Instituto levando o seu nome e buscando parceiros, apoiadores e doadores que invistam dinheiro para que o tratamento seja realizado.

Ajude a salvar vidas.

A segunda fase, já aprovada pelo Conselho Nacional de Ética em Pesquisa, consiste na aplicação do tratamento em 40 pessoas, mas, para ser iniciada, precisa provar que possui os recursos orçados em cerca de um milhão de dólares (aproximadamente pouco mais de dois milhões de reais hoje, 13 de janeiro de 2013).

Você pode ajudar a realizar o sonho do maranguapense realizando uma doação, de no mínimo R$5,00, através do site pag seguro clicando no link Pag Seguro doação para o Instituto Chico Anysio  e qualquer valor através da conta corrente na Caixa Econômica Federal AG-2905 C/C Nº 03012000-6 e também adquirindo uma pulseira da campanha “Ajudando o Brasil a Respirar Melhor!” através da maranguapense Dadynha Saturnino (a unidade custa um valor simbólico de R$20,00).

Pulseiras do Instituto Chico Anysio. Foto de Dadynha Saturnino

Pulseiras do Instituto Chico Anysio. Foto de Dadynha Saturnino

Pulseiras do Instituto Chico Anysio. Foto de Dadynha Saturnino

Embaixatriz do Instituto Chico Anysio – ICA

Convidada por Malga Di Paula a ser a Embaixatriz do ICA em Maranguape, esta jornalista em formação, blogueira e conterrânea do Mestre Chico Anysio assumiu o compromisso em representá-lo neste município, ajudar na divulgação das ações e na captação dos recursos para a realização da tão sonhada segunda fase da pesquisa.

Mais informações

ICA portal

ICA no facebook

ICA no twitter

Chico Anysio portal

Equipe: Berna Ayata, Celeste Rodrigues, Cris Courty, Ellen Ferreira, Léo Sander e Jorge Alberto.

 

Publicidade

Conheça o Instituto Chico Anysio. Seja um apoiador da pesquisa sobre a cura do enfisema pulmonar.

Por Dadynha Saturnino em Solidariedade

13 de Janeiro de 2013

Instituto Chico Anysio é uma organização que apoia e incentiva as pesquisas com células-troncos da medula óssea para a cura do enfisema pulmonar e também atua conscientizando as pessoas sobre o mal que o tabagismo causa. É presidido por Malga Di Paula, viúva do Chico Anysio (1931-2012) maior comediante que este país já teve e empresta seu nome ao Instituto que tem como objetivo principal a arrecadação de  recursos para a realização das pesquisas em técnicas inovadoras que tem à frente o médico Dr. João Tadeu Ribeiro-Paes (médico e Doutor em Genética – pela Faculdade de Medicina – USP (Ribeirão Preto/SP) e coordenador do Laboratório de Genética e Terapia Celular – GenTe Cel – UNESP – Campus de Assis (SP) e a conscientização ao anti-tabagismo.

Folder do Instituto Chico Anysio. Foto divulgação

Chico Anysio

Francisco Anysio de Oliveira Paula Filho, o Chico Anysio, nasceu em 12 de abril de 1931, em Maranguape, no Ceará. Filho de um rico empresário da cidade, foi morar com a família (os pais, os irmãos Elano, Lupe, Lilia e Zelito e a babá) no Rio de Janeiro após a Empresa de ônibus do pai pegar fogo.

Um par de tênis mudou o seu destino e entre todas as atividades que desempenhou (Ator, Comentarista, Compositor, Diretor, Escritor,  Humorista, Pintor, Radialista e Roteirista), certamente, as relacionadas à comédia foram as que mais fidelizaram o seu público: foram mais de 209 personagens que marcaram a sua carreira, entre eles Alberto Roberto, Bento Carneiro, Bozó, Coalhada, Divino, Justo Veríssimo, Nazareno, Painho, Pantaleão e Salomé que fizeram dele o maior comediante que este país já teve.

Dadynha Saturnino (Jornal A Cidade de Maranguape) entrevista Chico Anysio durante o durante o II Festival Nacional de Humor de Maranguape 2010. Foto do arquivo.

Dadynha Saturnino (Jornal A Cidade de Maranguape) e Ubirajara Jr (Maranguape FM) entrevistam Chico Anysio (acompanhado do filho André Lucas) durante o durante o II Festival Nacional de Humor de Maranguape 2010. Foto do arquivo.

 A doença de Chico

Chico contraiu o enfisema durante os mais de 30 anos que fumou e desejou ser curado através desta terapia feita em humanos (apresentou resultados excelentes em sua primeira fase), mas, faleceu em 23 de março de 2012 aos 81 anos de vida. Sua disponibilidade em apoiar a segunda fase da pesquisa fez com que a sua família lançasse o Instituto levando o seu nome e buscando parceiros, apoiadores e doadores que invistam dinheiro para que o tratamento seja realizado.

Ajude a salvar vidas.

A segunda fase, já aprovada pelo Conselho Nacional de Ética em Pesquisa, consiste na aplicação do tratamento em 40 pessoas, mas, para ser iniciada, precisa provar que possui os recursos orçados em cerca de um milhão de dólares (aproximadamente pouco mais de dois milhões de reais hoje, 13 de janeiro de 2013).

Você pode ajudar a realizar o sonho do maranguapense realizando uma doação, de no mínimo R$5,00, através do site pag seguro clicando no link Pag Seguro doação para o Instituto Chico Anysio  e qualquer valor através da conta corrente na Caixa Econômica Federal AG-2905 C/C Nº 03012000-6 e também adquirindo uma pulseira da campanha “Ajudando o Brasil a Respirar Melhor!” através da maranguapense Dadynha Saturnino (a unidade custa um valor simbólico de R$20,00).

Pulseiras do Instituto Chico Anysio. Foto de Dadynha Saturnino

Pulseiras do Instituto Chico Anysio. Foto de Dadynha Saturnino

Pulseiras do Instituto Chico Anysio. Foto de Dadynha Saturnino

Embaixatriz do Instituto Chico Anysio – ICA

Convidada por Malga Di Paula a ser a Embaixatriz do ICA em Maranguape, esta jornalista em formação, blogueira e conterrânea do Mestre Chico Anysio assumiu o compromisso em representá-lo neste município, ajudar na divulgação das ações e na captação dos recursos para a realização da tão sonhada segunda fase da pesquisa.

Mais informações

ICA portal

ICA no facebook

ICA no twitter

Chico Anysio portal

Equipe: Berna Ayata, Celeste Rodrigues, Cris Courty, Ellen Ferreira, Léo Sander e Jorge Alberto.