educação Archives - News Maranguape 
Publicidade

News Maranguape

por Dadynha Saturnino

educação

Semana da Pátria em Maranguape 2018. Confira programação

Por Dadynha Saturnino em Eventos

28 de agosto de 2018

A abertura da Semana da Pátria 2018 de Maranguape, tema “A Escola que encanta, Maranguape transformando vidas”, acontece na Sede nessa sexta (31), com o desfile de abertura saindo da Praça da Guabiraba às 15h30min encerrando no Paço Municipal com o hasteamento das bandeiras do Brasil, do Ceará e de Maranguape.

 

Para o Prefeito João Paulo Xerez, a escolha do tema “demonstra o compromisso da gestão em avançar a cada dia na Educação Municipal, com o intuito de mudar, efetivamente, as vidas das crianças e jovens maranguapenses” e a realização da Semana da Pátria “é o momento de exercer o civismo, reacendendo a força necessária para não desistir do nosso País e do nosso povo. Não há tempo para divergências ou conflitos, precisamos seguir com o pensamento positivo de que juntos seremos mais e faremos o melhor para todos, para as nossas famílias e para a nossa cidade. Juntos, daremos a nossa contribuição ao desenvolvimento e à Independência do Brasil. E a nossa contribuição começa aqui, em nossa amada Maranguape, quando cuidamos do nosso povo e lutamos para fazer de nossa cidade uma cidade de todos”, pontuou Xerez.

 

Os Desfiles cívicos das Escolas localizadas nos Distritos acontecerão de hum (01) a seis (06) de setembro e na Sede nos dias seis (06) e sete (07), totalizando a participação de 70 Escolas (inclusive Estadual), da Banda de Música municipal Maestro João Inácio da Fonseca,  do Lions e Leo Clube e da Secretaria de Educação encerrando com os soldados da 2ª CIA do 10º Depósito de Suprimento do Exército Brasileiro. Dias hum (01), cinco (05) e seis (06) será realizado a Hora Cívica em 21 Escolas. “Na Festa da Independência do Brasil, o município de Maranguape se reveste de verde e amarelo, onde o coração dos munícipes pulsa com mais força e integração para comemorarmos os valores, a ética, a moral, a união e uma escola aberta para a vida integrada à comunidade”, destacou Rejane Batista, Secretária Municipal de Educação.

 

Confira programação com a ordem de participação das Escolas

 

Semana Cívica de Maranguape 2018. Divulgação
Semana Cívica de Maranguape 2018. Divulgação
Semana Cívica de Maranguape 2018. Divulgação
Semana Cívica de Maranguape 2018. Divulgação
Semana Cívica de Maranguape 2018. Divulgação
Semana Cívica de Maranguape 2018. Divulgação
Semana Cívica de Maranguape 2018. Divulgação
Publicidade

Da zona rural de Maranguape para Bélgica: jovens cientistas representarão o Brasil em mundial

Por Dadynha Saturnino em Educação

22 de julho de 2014

Que Maranguape é terra de muitos talentos todos nós já sabemos. Daqui saíram figuras ilustres como o historiador Capistrano de Abreu, o Tenente proclamador da república Jaime Benevolo, a Abolicionista Elvira Pinho, o humorista Chico Anysio (todos in memoriam), a radialista Orlys Vasconcelos, o músico Manassés de Sousa, o jornalista Luiz Esteves entre outros já reconhecidos, mas, recentemente, os estudantes Ramon Lobo (informática) e Guilherme Soares (enfermagem) e o Professor de História Ivan Pontes, três jovens pesquisadores maranguapenses (dois últimos oriundos da zona rural), também entraram para esta lista quando venceram um importante prêmio de pesquisa e ciências humanas realizado de 14 a 18 de julho na Colômbia.

 

Jovens cientistas vencedores do ESI-AMLAT. Arquivo Ivan Pontes Júnior

Jovens cientistas vencedores do ESI-AMLAT. Arquivo Ivan Pontes Júnior

 

Com o “Projeto Museu Virtual de Maranguape,” os alunos e o professor da Escola Estadual de Educação Profissional – EEEP Santa Rita desbancaram concorrentes de todos os países da America Latina e também da Turquia e Romênia conquistando dois selos de reconhecimento: um pela apresentação oral e o outro pelo impacto e pertinência do projeto e assim garantiram também a vaga para representar o Brasil no mundial que acontecerá na Bélgica em julho de 2015.

 

 

O Museu Virtual

 

A EEEP Santa Rita tem alunos da sede e de todos os Distritos de Maranguape (Guilherme e o Professor são de São João do Amanari, há 33km da Sede) e com a percepção do pouco acervo e visitação do museu da cidade identificada pelo Professor, foi lançada a proposta de realizar um trabalho de pesquisa onde os alunos fotografassem peças de suas localidades que, reunidas, ajudassem a contar através deste resgate a memória e história do seu lugar e claro, seu município. Então, 1.200 imagens foram coletadas e selecionadas por uma equipe de professores e uma representação de alunos e assim nasceu o Museu Virtual de Maranguape, um espaço que também conta com arquivos pessoais cedidos por vários colaboradores. Por enquanto, o mesmo é apresentado apenas como um protótipo, mas, existe uma previsão para o lançamento do site em agosto próximo durante o evento de inauguração da nova sede da Escola.

 

Prêmios

 

Não é a primeira vez que o PMVM conquista um prêmio. Para chegar à Colômbia, passou antes por diversos outros eventos científicos, como a Expo Milset Brasil no Ceará, MCTEA no Pará (1º lugar e credenciamento para participar da Expociências que acontecerá no México em novembro próximo) e o  Movimento Científico do Norte e Nordeste – MOCINN em Pernambuco (primeiro lugar na categoria ciências humanas, garantindo o credenciamento para participar da ESI – AMLAT, Latino Americana em Medellin).  

 

E a vitória nesta classificou os brasileiros para a ESI – Mundi, Mundial em Bruxelas.

 

EEEP Santa Rita

 

Fundada na década de 30, desde 2009 é Escola Profissionalizante integrada ao ensino médio através dos cursos técnicos em Enfermagem, Informática e Meio Ambiente, sendo considerada referência na educação municipal. A Direção atual é da Educadora Janaína Belo.

 

Rua Walter Lopes, s/n – Guabiraba
Maranguape – Ce – CEP 61940-570
Telefone: (85) 3101.2890 – (85) 3341.4082
Publicidade

Jovens cientistas de Maranguape participam da Mostra Internacional de Ciências e Tecnologia em Novo Hamburgo – RS

Por Dadynha Saturnino em Educação

21 de outubro de 2013

Maranguape. Stephanie Lian, Gabriele Rose e Sarah Yarina e Ivan Pontes Júnior, alunas e Professor da Escola Estadual de Educação Profissional – EEEP Santa Rita, estão participando da Mostra Internacional de Ciências e Tecnologia – MOSTRATEC – “Um mundo de criatividade e pesquisa”, promovida pela Fundação Liberato, que acontece de hoje (20) até a próxima sexta (25), na cidade de Novo Hamburgo, no Estado do Rio Grande do Sul.

 

Mostratec - Divulgação

Mostratec – Divulgação

 

As maranguapenses autoras dos projetos titulados “Historiando com o lúdico: uma experiência coletiva na reconstrução da cultura de uma sociedade plural”“Conto popular, História e Formação de leitores: das narrativas do cotidiano à produção literária” concorrem com outros 348 projetos oriundos do Brasil e de outros países nesta mostra que reúne projetos de pesquisa em diversas áreas do conhecimento, feitos por jovens cientistas do ensino médio e da educação profissional de nível técnico e é hoje um dos eventos de educação que mais se destacam no país, estimulando estudantes à iniciação científica e tecnológica e promovendo a integração entre as Instituições de ensino participantes entre outros objetivos específicos relacionados.

Mais informações pelo link site Mostratec

 

EEEP Santa Rita

 

Fundada na década de 30, desde 2009 é Escola Profissionalizante integrada ao ensino médio através dos cursos técnicos em Enfermagem, Informática e Meio Ambiente, sendo considerada referência na educação municipal. A Direção atual é da Educadora Janaína Belo.

 

Rua Walter Lopes, s/n – Guarabiraba
Maranguape – Ce – CEP 61940-570
Telefone: (85) 3101.2890 – (85) 3341.4082
Publicidade

Maranguapense Lucas Vasconcelos irá cursar o Doutorado em Aprendizagem, Design e Tecnologia nos EUA

Por Dadynha Saturnino em Diversão, Educação

22 de agosto de 2013

Natural de Maranguape – Ceará, o jovem Lucas Lima de Vasconcelos, filho de Maria Celeste Lima de Vasconcelos e Elizio Cordeiro de Vasconcelos, estudou na tradicional de Instituição de Ensino Colégio São José e graduou-se em Letras Português-Inglês na Universidade Federal do Ceará. Recentemente foi provado para participar do Programa de Doutorado em Aprendizagem, Design e Tecnologia e trabalhará como pesquisador da University of Georgia, nos EUA.

 

Professor Lucas Vasconcelos na primeira apresentação de Pesquisa Acadêmica em evento internacional. 2008. Arquivo pessoal.

Professor Lucas Vasconcelos na primeira apresentação de Pesquisa Acadêmica em evento internacional realizado em Fortaleza – Ceará. 2008. Arquivo pessoal.

 

Para ajudar a custear a fase inicial desta temporada de trabalho e estudos de Lucas, familiares e amigos promoverão nesta sexta (23), a PARTY USA, no Sítio do Marquinhos Silva, na Serra de Maranguape. Ele viaja para os EUA na próxima terça (27).

 

PARTY USA em Maranguape - Ceará. Divulgação

PARTY USA em Maranguape – Ceará. Divulgação

 

Conheça a história da formação do Professor Lucas Vasconcelos.

 

Lucas ingressou na Universidade Federal do Ceará – curso de Letras Português-Inglês no ano de 2007. Seu grande interesse pela pesquisa acadêmica propiciou-o uma série de aprendizados, oportunidades e publicações importantes: bolsa de Iniciação à Docência como monitor de uma disciplina sobre gêneros textuais acadêmicos para graduandos, bolsa de Iniciação Científica onde pode participar em eventos acadêmicos e, em 2009, ganhou uma medalha de menção honrosa e o certificado de 2º lugar no ranking brasileiro de pesquisas de graduandos sobre Linguagem e Tecnologia, premiação essa acontecida no II Encontro Nacional sobre Hipertexto, em Belo Horizonte, Minas Gerais. Como bolsista desenvolveu pesquisas sobre linguagem e tecnologia, ensino de línguas estrangeiras, redes sociais, dentre outras infinidades afins.

 

Lucas Vasconcelos. Formatura. Arquivo pessoal.

Lucas Vasconcelos. Formatura. Arquivo pessoal.

 

Em 2011, desbancou uma média de 100 candidatos em todas as fases de um processo seletivo para estudantes inter cambistas que incluía análise de currículo, dinâmica de grupo, participação em palestras, demonstração de conhecimento e disponibilidade para trabalho em grupo e fluência na língua inglesa. Em seguida participou de um projeto multicultural entre a Universidade Federal do Ceará – UFC e a University of Georgia, USA. Após o desenvolvimento do Programa “Um Computador por Aluno (UCA)” em escolas públicas aqui no Brasil, Lucas fez intercâmbio durante seis meses nos EUA. Esta experiência fez Lucas perceber que os estudos sobre tecnologia e linguagem estavam bem mais avançados e que precisava trazer aquele conhecimento para o Brasil.

 

No retorno ao país veio a conclusão da graduação e durante o ano seguinte a pós-graduação na UFC. Em setembro de 2012 fez o TOEFL para comprovar sua fluência em inglês e no mês seguinte, em São Paulo, realizou a prova cronometrada do GRE (lógica, matemática e duas redações em inglês) além da apresentação de uma carta de motivação, três de recomendações feitas por professores da época da graduação, um currículo e um memorial sobre sua vida, tudo em inglês.

 

 

Somente seis meses depois veio o resultado com a aprovação e a seleção para Lucas trabalhar como Pesquisador da University of Georgia, USA (como forma de bancar os estudos) e participará do Programa de Doutorado em Aprendizagem, Design e Tecnologia cujo objetivo é analisar o uso da tecnologia (como computador, tablets, smartphones ou aplicativos) no ensino de língua inglesa como língua estrangeira para adultos e acredita que ganhará muito com a interação com pesquisadores e professores da pós-graduação, todos inseridos em um ambiente desafiador em que terá que pensar sob uma perspectiva inovadora, tecnológica e educacional.

 

Para Lucas, toda a experiência será válida pois, no futuro poderá utilizar em Maranguape, sua terra natal, todo o conhecimento adquirido ao longo de sua formação, contribuindo através de cursos de formação de professores e elaboração de projetos para tentar patrocínio governamental para o uso de equipamentos tecnológicos em sala de aula.

 

Serviço

 

PARTY USA

23 de agosto de 2013

Sítio do Marquinhos Silva – Estrada do Cascatinha – Serra de Maranguape – Ceará

Pé de Serra com Geraldim

Forró Danado

Dj Felipe Facundo

Ingressos R$10,00

 

 

Publicidade

Instituição de Ensino completa 50 anos de serviços educacionais prestados ao povo de Maranguape

Por Dadynha Saturnino em Educação

14 de Fevereiro de 2013

Por Joélcio Alves – Professor e Ex-Aluno (Com muito orgulho)

50 Anos do Colégio São José!

50 anos da Escola São José. Arquivo do Joelcio Alves

Há 50 anos d. Edith (In memórian) deu início a uma nova era no Sistema de Ensino de Maranguape. Arquivo de Joélcio Alves

Conjuguemos o verbo sonhar com o verbo ousar, resultando no nascimento desta Casa de Educação que inicia hoje as comemorações de seu Jubileu de Ouro, os cinquenta anos dedicados à formação educacional dos maranguapenses.

Quarta-feira, 13 de fevereiro de 1963.Começa uma nova era na educação maranguapense. É criado o Curso Particular São José, um projeto que surgiu do idealismo da Professora Edith Nunes Costa. Com apenas três alunos, lançou as bases que hoje formam uma das mais sólidas instituições de ensino de Maranguape.

O ano de 1973 foi marcado pela adesão de José Eliomar Nunes Costa, filho de D. Edith Nunes Costa, que trouxe mais garra, entusiasmo e modernidade para a Escola São José.

 
Em 1974 D. Edith implantou o Primeiro Grau Ensino Maior, hoje correspondente ao Ensino Fundamental II (do 6º ao 9º ano). Foi um grande salto, resultando em 1977 na formação da 1ª Turma de 8ª Série que levou o nome de José Mário Mota Barbosa homenageando o ex – Deputado Estadual que tanto fez pela educação maranguapense.

 

Os anos 1980 trouxeram consigo esperanças de aberturas, diretas já, democracia “a qualquer custo”, mesmo ainda dentro do “prendo e arrebento”. A escola inchou, ficou maior que sua estrutura. Os professores, animados com os novos ares, se empenharam profundamente em construir os “guias curriculares”, muitas experiências pedagógicas eram encetadas.

D. Edith Nunes Costa tem necessidade de diminuir suas atividades na Escola São José por motivo de saúde, deixando a Direção Geral com o seu Filho José Eliomar Nunes Costa auxiliado por sua filha Maria Eliane Nunes Costa e sua nora Maria Isabel Umbelino Costa.

 

Em 1986 da Escola São José implanta o ensino de 2o Grau com uma turma. Um curso sem habilitação profissional, um curso que objetivava a preparação do jovem para os vestibulares, conta com uma equipe de 20 profissionais de notória e capacidade reconhecida.

No ano de 1988 concretizamos o sonho do projeto Educacional da Professora Edith Nunes Costa, a conclusão da 1a turma do Curso de 2o Grau. O Magistério entrou em ebulição e o Colégio São José caminhou rapidamente para o gigantismo dos anos 1990. O mundo assistia o fim da utopia socialista e a vitória capitalista com a queda do muro de Berlim. Também foi a última década antes da intensificação do estouro tecnológico, de computadores e da Internet dos anos 1990.

 

Tempo de pintar a cara. Em 1992, os filhos dos estudantes da década de 60 saíram às ruas com cores no rosto e dispostos a apressar o desmoronamento do governo. O movimento dos caras pintadas derrubou o presidente Collor. Era o primeiro impeachment do Brasil.

 

No ano de 1995 foi concretizado o sonho da casa própria, a transferência do Colégio São José do Centro de Maranguape para o novo prédio, situado no Planalto Paraíso.

 

Desde que o homem olhou para o céu e se sentiu impotente diante de algo que lhe parecia infinito, tem feito uma pergunta: como será o amanhã? Ao tentar adivinhar como será o futuro ele, ao mesmo tempo, procura se preparar para o que virá e busca segurança de que as mudanças terão, no final, o menor impacto sobre o que faz, como vive. Hoje, com as mudanças sendo feitas com muito maior rapidez, a pergunta é muito mais frequente. O problema é que não temos uma, mas várias respostas. E qualquer uma que escolhamos é tão boa quanto a outra, e isso cria um grau maior de incerteza e, com ela, vem a insegurança. Fato é que, amanhã, tudo será diferente. Mas como será o amanhã?

Educação, essa é a missão do Colégio São José, uma Casa de Educação, que lançou a semente em treze de fevereiro de mil novecentos e sessenta e três e chega a dois mil e treze como a referência da educação em Maranguape. Um Colégio que busca formar um jovem consciente, cristão, cidadão, pronto para enfrentar os desafios do presente e do futuro.

Essa tarefa é conduzida por profissionais engajados neste projeto, aqui representados por José Eliomar Nunes Costa, Presidente da Fundação Educacional Professora Edith Nunes Costa, Maria Isabel Umbelino Costa, Secretária Escolar, Lidianne Umbelino Costa, Coordenadora de Ensino, Luciano Correia Mota, Vice-Diretor e Coordenador do Ensino Médio, Tânia Abreu, Coordenadora do Ensino Fundamental, Raimundinha Lôbo, Coordenadora da Educação Infantil, que aqui representam todos os que fazem do Colégio São José um lugar onde a educação e formação humana andam de mãos dadas na construção de um Mundo melhor.

 

Ao nascer uma instituição educacional, toda a comunidade é chamada a exclamar com brados de alegria, pois o fato traz consigo a esperança de um futuro melhor, consolidado através do desenvolvimento da cultura e da vida no ambiente escolar. Ao completar cinquenta anos de atividade, a instituição passa a desfrutar, junto com a sua comunidade, de tudo o que foi gerado pela esperança.

 

Hoje, 13 de fevereiro, o Colégio São José está festejando o seu JUBILEU DE OURO (50 anos). Uma história de conquistas e vitórias, construída por seus protagonistas: os educadores e os educandos. Tal história é narrada por acontecimentos, por pessoas, por vidas notáveis. Fatos que sempre nos vêm à memória, lembrando que, no Colégio São José, a tarefa de educar ultrapassa as barreiras das salas de aulas e se traduz em gestos concretos do cultivo de virtudes e valores por todos os professores, alunos, ex-alunos e funcionários.

 

Durante esses anos, o Colégio tem sido referência no seu compromisso em ensinar, pois educa para o mundo e para as questões universais, com o objetivo de formar indivíduos mais autônomos e capazes de enfrentar os desafios da vida. A história não para ao ser contada. Cabe aos atuais alunos, funcionários, professores e diretores continuarem esta história. Passado não lhes falta! Cuidem do presente, alcancem o futuro. 

 

Por todas as conquistas obtidas, a família do Colégio São José tem motivos para comemorar em grande estilo, pois marcamos o PASSADO, construímos o PRESENTE e projetamos o FUTURO da educação em Maranguape, no Ceará e no Brasil.

 

 

Bendito seja um Colégio que faz 50 anos, assim tão jovem e querido. Os professores, funcionários, alunos e ex-alunos têm a comemorar a alegria e as recordações de sua juventude e os atuais têm a missão exemplar de continuar esta história. Que o ciclo da sua vida não se rompa em nós!

Publicidade

[GRÁTIS] MaranguapeVest 2013 está com inscrições abertas para o cursinho Pré-Vestibular.

Por Dadynha Saturnino em Educação

22 de Janeiro de 2013

Estão abertas as inscrições para o MaranguapeVest, o cursinho pré-vestibular gratuito da cidade de Maranguape, que já aprovou mais de 60 alunos nos últimos vestibulares.

Os interessados deverão adicionar o perfil no facebook MaranguapeVest e até o próximo dia cinco de fevereiro deixar uma mensagem in box informando o nome completo, telefone de contato, e-mail e escola em que concluiu o ensino médio.

MaranguapeVest. Arquivo divulgação

MaranguapeVest. Seleção ocorrerá no dia 16 de fevereiro. 

Aulas

Acontecerão no Centro de Educação Municipal Deputado Manoel Rodrigues, localizado na Rua Coronel Antonio Botelho, no Bairro do Parque Santa Fé, em Maranguape-Ceará. O aluno aprovado terá a opção de escolher uma língua estrangeira (Inglês ou Espanhol) e também terá laboratório de redação.

De segunda à sexta das 18:30h às 22h e aos sábados das 8h às 11:50h.

Mas, atenção: não serão aceitas inscrições de graduados ou alunos que estejam cursando algum curso superior.

Com informações da Coordenação.

Publicidade

[GRÁTIS] MaranguapeVest 2013 está com inscrições abertas para o cursinho Pré-Vestibular.

Por Dadynha Saturnino em Educação

22 de Janeiro de 2013

Estão abertas as inscrições para o MaranguapeVest, o cursinho pré-vestibular gratuito da cidade de Maranguape, que já aprovou mais de 60 alunos nos últimos vestibulares.

Os interessados deverão adicionar o perfil no facebook MaranguapeVest e até o próximo dia cinco de fevereiro deixar uma mensagem in box informando o nome completo, telefone de contato, e-mail e escola em que concluiu o ensino médio.

MaranguapeVest. Arquivo divulgação

MaranguapeVest. Seleção ocorrerá no dia 16 de fevereiro. 

Aulas

Acontecerão no Centro de Educação Municipal Deputado Manoel Rodrigues, localizado na Rua Coronel Antonio Botelho, no Bairro do Parque Santa Fé, em Maranguape-Ceará. O aluno aprovado terá a opção de escolher uma língua estrangeira (Inglês ou Espanhol) e também terá laboratório de redação.

De segunda à sexta das 18:30h às 22h e aos sábados das 8h às 11:50h.

Mas, atenção: não serão aceitas inscrições de graduados ou alunos que estejam cursando algum curso superior.

Com informações da Coordenação.