Warning: Use of undefined constant S3_URL - assumed 'S3_URL' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/tribu/public_html/blogs/wp-content/themes/2016_tribuna_blogs/functions.php on line 11
Lei Nº11.947 Archives - News Maranguape 
Publicidade

News Maranguape

por Dadynha Saturnino

Lei Nº11.947

Representantes do Ministério do Desenvolvimento Agrário de Brasília visitarão a Cooperativa da Agricultura Familiar de Maranguape-Ceará nesta quinta-feira

Por Dadynha Saturnino em Agricultura

20 de Fevereiro de 2013

Na tarde desta quinta-feira (21), representantes do Ministério do Desenvolvimento Agrário – MDA, direto de Brasília/DF, visitarão a sede da Cooperativa Agroecológica da Agricultura Familiar do Caminho de Assis de Maranguape – COOPERFAM Ceará para o fechamento do Projeto NutreNordeste desenvolvido durante dois anos e meio pela Assessoria e Gestão em Estudos da Natureza, Desenvolvimento Humano e Agroecologia – AGENDHA que comercializou a produção de 17 organizações produtivas através do Programa de Aquisição Alimentar – PAA, garantindo a inserção de Alimentos da Agricultura Familiar (como o hortifruti, o leite, o peixe, o lacticínio entre outros) na Alimentação Escolar.

NutreNordeste: Agricultura Familiar Nutrindo a Alimentação Escolar. Divulgação

NutreNordeste: Agricultura Familiar Nutrindo a Alimentação Escolar. Divulgação

O NutreNordeste foi voltado para a implementação da Lei Nº 11.947 que em seu artigo 14 determina: “do total dos recursos financeiros repassados pelo FNDE, no âmbito do PNAE, no mínimo 30% (por cento) deverão ser utilizados na aquisição de gêneros alimentícios diretamente da Agricultura Familiar e do empreendedor rural familiar e de suas organizações, priorizando-se os assentamentos da reforma agrária, as comunidades tradicionais indígenas e comunidades quilombolas” ou seja, 30% (por cento) da Alimentação Escolar deve ser adquirido da produção da Agricultura Familiar. 

Uma das 17 organizações produtivas, a Cooperativa de Maranguape (forneceu ao Nutre hortifruti e bebida láctea) foi escolhida para receber a visita dos técnicos do MDA, assim como a CONCENTRAL, os Gestores da Prefeitura de Fortaleza e Secretários de Educação do Estado do Ceará (no último ano, a SEDUC garantiu um pouco mais de 30% dos exigidos pela Lei) como parte das atividades para a conclusão do NutreNordeste.

Cooperativa Agroecológica da Agricultura Familiar do Caminho de Assis de Maranguape. Divulgação

Cooperativa Agroecológica da Agricultura Familiar do Caminho de Assis de Maranguape. Divulgação

Desafio

O próximo Projeto que a AGENDHA desenvolverá será o NutreBrasil começando com um desafio a vencer: a inserção da polpa de frutas na alimentação escolar. Para André Luis Pinto, Assessor da AGENDHA, é inaceitável que as crianças ainda consumam sucos industrializados. Antes da Agricultura Familiar não existia oferta de frutas e verduras na merenda escolar de Fortaleza e hoje, após negociação satisfatória com a SEDUC conseguimos inserir no cardápio o peixe, iogurte, queijo e o mel, num ganho nutricional imenso para os alunos, finalizou André.

AGENDHA. Divulgação

AGENDHA. Divulgação

Publicidade

Representantes do Ministério do Desenvolvimento Agrário de Brasília visitarão a Cooperativa da Agricultura Familiar de Maranguape-Ceará nesta quinta-feira

Por Dadynha Saturnino em Agricultura

20 de Fevereiro de 2013

Na tarde desta quinta-feira (21), representantes do Ministério do Desenvolvimento Agrário – MDA, direto de Brasília/DF, visitarão a sede da Cooperativa Agroecológica da Agricultura Familiar do Caminho de Assis de Maranguape – COOPERFAM Ceará para o fechamento do Projeto NutreNordeste desenvolvido durante dois anos e meio pela Assessoria e Gestão em Estudos da Natureza, Desenvolvimento Humano e Agroecologia – AGENDHA que comercializou a produção de 17 organizações produtivas através do Programa de Aquisição Alimentar – PAA, garantindo a inserção de Alimentos da Agricultura Familiar (como o hortifruti, o leite, o peixe, o lacticínio entre outros) na Alimentação Escolar.

NutreNordeste: Agricultura Familiar Nutrindo a Alimentação Escolar. Divulgação

NutreNordeste: Agricultura Familiar Nutrindo a Alimentação Escolar. Divulgação

O NutreNordeste foi voltado para a implementação da Lei Nº 11.947 que em seu artigo 14 determina: “do total dos recursos financeiros repassados pelo FNDE, no âmbito do PNAE, no mínimo 30% (por cento) deverão ser utilizados na aquisição de gêneros alimentícios diretamente da Agricultura Familiar e do empreendedor rural familiar e de suas organizações, priorizando-se os assentamentos da reforma agrária, as comunidades tradicionais indígenas e comunidades quilombolas” ou seja, 30% (por cento) da Alimentação Escolar deve ser adquirido da produção da Agricultura Familiar. 

Uma das 17 organizações produtivas, a Cooperativa de Maranguape (forneceu ao Nutre hortifruti e bebida láctea) foi escolhida para receber a visita dos técnicos do MDA, assim como a CONCENTRAL, os Gestores da Prefeitura de Fortaleza e Secretários de Educação do Estado do Ceará (no último ano, a SEDUC garantiu um pouco mais de 30% dos exigidos pela Lei) como parte das atividades para a conclusão do NutreNordeste.

Cooperativa Agroecológica da Agricultura Familiar do Caminho de Assis de Maranguape. Divulgação

Cooperativa Agroecológica da Agricultura Familiar do Caminho de Assis de Maranguape. Divulgação

Desafio

O próximo Projeto que a AGENDHA desenvolverá será o NutreBrasil começando com um desafio a vencer: a inserção da polpa de frutas na alimentação escolar. Para André Luis Pinto, Assessor da AGENDHA, é inaceitável que as crianças ainda consumam sucos industrializados. Antes da Agricultura Familiar não existia oferta de frutas e verduras na merenda escolar de Fortaleza e hoje, após negociação satisfatória com a SEDUC conseguimos inserir no cardápio o peixe, iogurte, queijo e o mel, num ganho nutricional imenso para os alunos, finalizou André.

AGENDHA. Divulgação

AGENDHA. Divulgação