Publicidade

No Centro do Cage

por Christiano Milfont

submission

ADCC chega a Fortaleza para descobrir talentos

Por cmilfont em adcc, campeonatos, grappling, NOGI, submission

09 de julho de 2018

O maior evento de lutas agarradas do mundo chega a Fortaleza pra incendiar o cenário nordestino, o evento sob a chancela do ADCC vai premiar com passagens aéreas, vaga na seletiva e dinheiro.

Atletas de todas as modalidades de lutas sem pancadas como Judo, Jiujitsu, Wrestling, Luta Livre brasileira, Catch Wrestling e Sambo (as regras serão postadas aqui em breve) que enfrentam dificuldades para competir fora da região agora terão oportunidade de mostrar seu talento em casa na melhor oportunidade do ano.

Quem sai ganhando também é o entusiasta da luta no estado que poderá acompanhar uma competição de brilho internacional sob regras que movimentam o combate e terá cobertura dos maiores veículos nacionais de imprensa especializada.

ADCC em Fortaleza

ADCC em Fortaleza

Atenção para os competidores locais que participam do Ranking Meia Guarda do nosso parceiro Jr Samurai, o evento foi incluído nessa disputa e representa 40 mil pontos para o vencedor, entra lá pra conferir.

Inscrições

Os atletas devem realizar a inscrição exclusivamente pelo site, entre lá para se inscrever.

Quando

01 e 02 de Setembro de 2018.

Onde

CASTELÃO – CEP: 60861-770 | AV. ALBERTO CRAVEIRO CENTRO DE FORMAÇÃO OLÍMPICA – CFO

Segundo os organizadores serão 3 lotes para inscrição:

1ºlote (13/06 ao 13/07)
Pré seletiva: 150,00
Peso: 150,00
Absoluto: 100,00
Peso+ Absoluto: 250,00

2º lote(até 14/07 ao 13/08)
Pré seletiva: 180,00
Peso: 180,00
Absoluto : 100,00
Peso + Absoluto: 280,00

3º Lote( 14/08 ao 26/08 )
Peso: 200,00
Pré seletiva: 200,00
Absoluto: 100,00
Peso + Absoluto: 300,00

Obs:
* As primeiras 500 Inscrições, ganharão kits ADCC( Será marcada a data da retirada).
* Os campeões das categorias terão direito a vaga na pré-seletiva, mas lutarão nas regras da categoria PROFISSIONAL.

* Os campeões do absoluto levam uma quantia de R$ 2000,00, desde que haja 20 competidores inscritos na categoria absoluto.

Absoluto iniciante:
R$ 2000,00(Masc)
R$ 2000,00(Fem)

Absoluto Intermediário:
R$ 2000,00(Masc)
R$ 2000,00(Fem)

Absoluto Profissional:
R$ 2000,00(Masc)
R$ 2000,00(Fem)

Absoluto Master:
R$ 2000,00(Masc)
R$ 2000,00(Fem)

* Portões abertos às 07:30.
* Pesagem as 08:00.
* Início do evento as 09:00.

Categorias:
Dia 01/set
Iniciante ( 7 pesos)
Intermediário (7 pesos)
Profissional (7 pesos)
Master( 7 pesos)

Masculino – 66, ,77, 88, 99 e +99 kg.
Feminino – até 60 kg e acima de 60 kg .

Dia 02/set
Pré seletiva (7 pesos)

Medalhas para 1º, 2º e dois 3ºs.
Iniciante – 2anos de experiência.
Intermediário – 4 anos de experiência.
Profissional – 6 anos de experiência.
Master – acima de 35 anos de idade.

Pré seletiva – Única categoria que vale passagem, hospedagem e Inscrições para seletiva do ADCC em SP. Valendo vaga para Mundial Adcc 2018
Dividida em 7 pesos:
Masc- 66, ,77, 88, 99 e +99 kg.
Fem- até 60kg e acima de 60 kg .

Obs: não existem faixas, somente peso e categorias.
Poderão fazer Inscrições apenas maiores de 18 anos.

Contatos

Para maiores informações (números também são o WhatsApp dos contatos):

(85) 98945.9278 ALOÍSIO JR
(85) 99946.3416 GASPA

Publicidade

Como vencer no Catch Wrestling

Por cmilfont em campeonatos, Catch Wrestling, grappling, NOGI, submission, wrestling

20 de novembro de 2015

Catch Wrestling é o estilo de Submission/NOGI que mais cresce no mundo, renascido a partir de seus herdeiros como o Wrestling, o BJJ e a Luta Livre.

Chegar a vitória em uma luta de Catch Wrestling, o atleta precisa ganhar 2 rounds de 3 no total por finalização ou imobilização com os dois ombros do adversário no chão de guarda passada. Não existem pontos ou vantagem e todas as finalizações são possíveis, inclusive cervical e bate-estaca. A luta é mais dinâmica porque qualquer descuido você perde a luta.

A Copa Euclydes Hatem, com destaque na Gracie Magazine, foi a primeira a ser realizada no Brasil depois de aproximadamente 60 anos que a competição deixou de existir.

Veja o campeão na categoria Journeyman, Gustavo Canha, vencer um round por imobilização em poucos segundos depois de uma projeção de sacrifício.

Confira em seguida como o campeão na categoria Hooker, Leandro Silva, ganhou um round sobre Robert Buttgereit por imobilização.

https://www.youtube.com/watch?v=eTHxz3oSOR0

 

leia tudo sobre

Publicidade

Samuel Falcão, campeão no tatame e na vida

Por cmilfont em grappling, jiujitsu, NOGI, submission

16 de novembro de 2015

Apesar do percalço no último Desafio R3 Fights, Samuel Falcão esconde uma história de superação que o Jiu jitsu proporciona e fomos atrás de descobrir essa maravilhosa transformação.

12170320_10208039809698274_858377107_n2BRanking_zpsap3988ke

Samuel Falcão (GC-Pepey) é lider do Ranking Meia Guarda de Submission [Luta sem kimono] administrado pelos nossos amigos do Meia Guarda, maior veículo de cobertura do mundo das lutas no Norte/Nordeste. Samuel disputará inclusive no próximo final de semana a Copa Meia Guarda defendendo sua liderança.

O campeão relatou a seguinte história:

Comecei a treinar com 13 anos e logo fui obrigado a parar por problemas financeiros, voltei 2 anos depois e treinei direto até os 18 anos.

Na época, mais uma vez fui obrigado a parar por conta de uma lesão no ombro. Não tive como tratar e acabei desmotivando e desistindo de vez do esporte, alguns anos depois pensei em voltar, mas já estava pesando quase 90kg – quando parei tinha 67kg – e isso me desmotivou mais ainda.

Quase 6 anos depois eu estava pesando quase 110kg e me via preso dentro de um corpo que não era meu, tentei emagrecer tomando medicamentos e nada adiantava, acabei entrando em depressão e passei 1 ano nessa condição sem nem querer sair de casa. Estava com medo de tudo e totalmente desmotivado da vida, desisti de tudo.

12212535_1237347582957934_706710482_n

Foi que conversando com um amigo falei que já tinha treinado Jiu-jitsu a muitos anos e ele me fez um convite, fui com a intenção apenas de sair de casa e tentar vencer a depressão, precisei de muita ajuda nesse inicio e consegui fazer uma aula.

Passei mal durante o treino e quase fui parar no hospital. Com muita ajuda dos meus amigos, em especial a Rithiele Sales que não me deixou desistir nesse inicio.

Depois desse inicio meu novo professor Claudio Oliveira começou a me motivar a tentar perder algum peso e comecei a reeducar minha alimentação com a intenção de chegar apenas nos 100kg, em alguns meses estava com 97kg e meu professor anunciou que teríamos um campeonato interno.

Eu pensei em lutar, mas queria lutar com 90kg e fiz daquilo uma meta, consegui bater esse peso no dia do evento.

Comecei então a usar os campeonatos como meta para perder peso, eles me motivavam a continuar.

Um ano depois dessa volta eu estava pesando 75kg.

12212314_1237756959583663_51943403_n

Ganhei meu primeiro campeonato depois dessa volta, decidi então voltar de verdade e 3 anos depois consegui diversos titulos no Jiu-jitsu. Ao todo, subi 47 vezes em pódios na minha categoria e em absolutos ( todos os pesos), sendo 32 vezes em primeiro lugar.

Lutei esse ano o mundial de Jiu-Jitsu em São paulo e consegui me superar batendo 62kg ,meu peso ideal de acordo com meu IMC. O jiu jitsu foi a ferramenta de transformação da minha vida e graças a ele e a meus amigos e professores venci a obesidade e a depressão sem a ajuda de medicamentos ou cirurgias.

12212431_1237756982916994_854204953_nHistórias como a do Samuel nos estimula a divulgar esses esportes que salvam vidas e socorre aqueles que precisam de ajuda, não somente para uma vida fisicamente melhor como cura para problemas d’alma.

Nesse próximo final de semana muitos tentarão tomar os títulos e a liderança do campeão, mas ninguém poderá parar essa trajetória, principalmente essa superação.

5ª Copa Meiaguarda ocorrerá no dia 22 de novembro no Círculo Militar de Fortaleza e praticamente encerra a luta pelo título no ranking Meia Guarda, não ficaremos de fora dessa cobertura

 

 

leia tudo sobre

Publicidade

BTT com 100% de sucesso no R3

Por cmilfont em campeonatos, grappling, jiujitsu, submission

05 de novembro de 2015

A BTT Team com lutadores de Mossoró, Natal e Fortaleza venceram todas as disputas no fabuloso II Desafio R3 de Jiujitsu e Submission, maior evento de lutas casadas do Norte/Nordeste que aconteceu no último sábado.

No submission, Glauke Eugênio derrotou o famoso lutador de MMA Paulo Guerreiro com uma inversão no golden score.

No pano, Matheus Victor finalizou Thiago Macaco com um relógio em menos de 30 segundos e Adson Sales finalizou Ramon Fernandes com uma kimura ainda no tempo sem pontuação, ambos com superioridade em suas lutas. Já no Golden Score, Marcos Tulio pegou as costas de Lucas Amorim e Aloisio Junior passou a guarda de Italo Gonçalves.

A luta mais dura da equipe foi do líder da BTT-Fortaleza, Marcos Túlio, que enfrentou forte resistência de seu oponente e com toda garra ganhou os pontos decisivos para a vitória, acompanhe o minuto final da luta:

leia tudo sobre

Publicidade

Samuel Falcão vs Klisman Carvalho no II R3

Por cmilfont em campeonatos, grappling, jiujitsu, NOGI, submission

02 de novembro de 2015

A luta mais emocionante e disputada no último domingo, 31 de outubro, no II Desafio R3 de Jiujitsu e Submission ocorreu entre Klisman de Carvalho, estrela da HC Team, versus Samuel Falcão, guerreiro da GC-Pepey e líder no Ranking Meia Guarda, acompanhe a luta na íntegra [assista no modo Full HD]:

Publicidade

Vale bate-estaca

Por cmilfont em campeonatos, Catch Wrestling, MMA, submission

19 de junho de 2015

Apesar de não valer socos e chutes, as competições de Catch Wrestling lembram o antigo Pride por permitirem golpes considerados ilegais em todas as outras competições.

Confiram esse registro que um participante fez durante a luta entre o campeão da categoria profissional -74kg Leandro Silva e o vice-campeão Robert Buttgereit.  Aos 1:40 da luta, Robert aplica um bate-estaca para se livrar de um triangulo apertado pelo campeão Leandro.

 

Publicidade

Quem é o pai da Guilhotina?

Por cmilfont em MMA, submission, UFC

16 de junho de 2015

Fabricio Werdum conquistou a categoria dos pesados no UFC aplicando uma guilhotina, um dos golpes mais básicos e antigos nas lutas de submissão. O “Vai Cavalo”, como o lutador é conhecido, já entrou pra história por ter vencido os maiores lutadores dos tempos modernos:  Rodrigo Minotauro, Fedor Emelianenko e agora Cain Velasquez.

Werdum amarga uma derrota pro Cigano, provavelmente disputarão o cinturão em breve já que este se encontra segundo do ranking. Confira como foi a finalização:

https://www.youtube.com/watch?v=r4FaBOpkfy0

Logo após a vitória, vários “pais” da posição apareceram, cada um clamando que seu estilo inventou esse movimento. Mas esse golpe é muito antigo e provavelmente sempre existiu, encontramos fontes medievais da posição em vários tratados [manuais de luta] da década de 1530, observem essas gravuras:

Captura de Tela 2015-06-16 às 09.54.11Captura de Tela 2015-06-16 às 09.54.24

leia tudo sobre

Publicidade

Catch Wrestling está de volta

Por cmilfont em campeonatos, Catch Wrestling, grappling, submission

15 de junho de 2015

Ontem, 14 de junho, foi realizada a primeira competição de Catch Wrestling no Brasil depois de 60 anos com lutas fantásticas,  movimentos mirabolantes, quedas espetaculares e muitas finalizações.

Campeão Hooker 74kg

Leandro Silva – Campeão Hooker 74kg

A categoria Hooker -74kg foi o destaque do campeonato, 2 pretas e 1 marrom de Jiu jitsu com 1 marrom de Luta Livre Esportiva disputando round por round quem levaria a melhor. Todos lutavam contra todos para escolha do campeão.

Claudio TorresA primeira Luta já marcou o evento, o marrom Robert Pinheiro da Renovação Grappling Team conseguiu pegar o pé do experiente Claudio Torres da BTT-Fortaleza no primeiro round e empatou os dois rounds seguintes com muita movimentação para vencer a primeira disputa.

A segunda luta entre o faixa-preta Leandro Silva da equipe PSLPB Cicero Costha contra o guerreiro Rodrigo Manso da equipe Rodrigo Manso Team – FBLLT foi marcada pelas finalizações. Leandro aplicou um triângulo para vencer o primeiro round e uma chave de pé indefensável no segundo para derrotar seu oponente e ganhar a partida.

Robert e Leandro, vencedores de uma luta cada foram disputar a terceira batalha. O primeiro round terminou empatado com ligeira vantagem de Robert por aplicar um bate-estaca (liberado nas regras da competição) em Leandro que precisou de interferência médica para verificar sua situação, a luta parou porque ele caiu fora do tablado olímpico e não valeu como finalizacão. O futuro campeão voltou atiçado e venceu os dois rounds seguintes por imobilização no segundo (os dois ombros presos no chão com guarda passada) e guilhotina no terceiro.

11640389_971429032880763_334377272_o

11542633_971212379569095_1802205285_oSem Rodrigo Manso na disputa da categoria por machucar o ombro contra Leandro (com duas vitórias naquele momento), Robert e Claudio ganharam uma luta cada um por WO deixando a disputa apertada e podendo empatar tudo na categoria, já que ambos contavam com uma vitório e uma derrota.

A última luta entre Leandro e Claudio foi uma decisão lutando pela primeira colocação com o coração, porque nesse momento as forças já estavam esvaídas e o gás no limite.

Leandro ganhou o primeiro round com um mata-leão depois de pegar as costas de Claudio, em seguida empataram o segundo numa disputa pelo pé um do outro até acabar o tempo.  No terceiro – decisivo da luta e da categoria – Leandro tirou outro mata-leão no finalzinho do Round e entrou para a história como o primeiro campeão da categoria 74kg profissional de Catch Wrestling no retorno da modalidade ao Brasil em mais de meio século.

Guerreiros do passado como Baianinho (primeiro medalhista de Wrestling Olímpico da história do Brasil), Renê Bastos, Piragibe e toda a equipe clássica de Catch do Flamengo já possuem herdeiros.

O maior Catcher brasileiro da história, Euclydes Hatem, conhecido popularmente como Tatu, foi honrado nessa competição com a homenagem de seu nome nomeando a copa.

 

 

 

Publicidade

Disputa acirrada no Grappling Cearense

Por cmilfont em campeonatos, Catch Wrestling, grappling, submission

13 de junho de 2015

A Copa Euclydes Hatem que acontece nesse domingo, 14 de junho pela primeira etapa de Grappling da Federação Cearense de Wrestling trará mais de 50 lutas frenéticas aonde todas as finalizações serão permitidas.

Hooker74

A categoria Hooker -74kg (equivalente a marrom e preta de Jiujitsu) agitará o tatame olímpico do BNB Clube de Fortaleza com 6 lutas sensacionais entre 3 representantes do Jiujitsu e 1 da Luta Livre Esportiva na mais concorrida das categorias.

Confira em seguida uma luta nas regras do Catch Wrestling:

https://www.youtube.com/watch?v=bqenYJKmYeQ

Ainda hoje teremos a lista com os atletas de cada categoria.

leia tudo sobre

Publicidade

Cronograma Copa Euclydes Hatem

Por cmilfont em campeonatos, Catch Wrestling, grappling, submission

12 de junho de 2015

Estão definidos os horários das categorias da Copa Euclydes Hatem que consta como a primeira etapa de Grappling pela Federação Cearense de Wrestling e ocorrerá no BNB Clube da Avenida Santos Dumont, 3646, no próximo 14 de junho.

A competição tem regra muito simples, não tem sistema de pontuação e para vencer tem que imobilizar (de guarda passada) ou finalizar de qualquer forma (cervical só vale para as categorias Shooters e Hookers). Todos lutam contra todos em sua categoria e o campeão é quem tiver a maior quantidade de vitórias.

Segue o cronograma:

08:30 Journeyman -65kg
08:45 Journeyman -86kg & acima de 97kg
09:00 Journeyman -74kg
09:15 Hooker -97kg & Shooter -86kg
09:45 Hooker -74kg & acima de 97kg
11:15 Shooter -74kg & Shooter -97kg
12:30 Ripper todas as categorias

A organização informa que as categorias do feminino não obtiveram inscrições suficientes para sequer uma luta, por isso o cronograma se refere apenas ao masculino.

Estamos aguardando a lista dos atletas e a sequência das lutas.

Publicidade

Cronograma Copa Euclydes Hatem

Por cmilfont em campeonatos, Catch Wrestling, grappling, submission

12 de junho de 2015

Estão definidos os horários das categorias da Copa Euclydes Hatem que consta como a primeira etapa de Grappling pela Federação Cearense de Wrestling e ocorrerá no BNB Clube da Avenida Santos Dumont, 3646, no próximo 14 de junho.

A competição tem regra muito simples, não tem sistema de pontuação e para vencer tem que imobilizar (de guarda passada) ou finalizar de qualquer forma (cervical só vale para as categorias Shooters e Hookers). Todos lutam contra todos em sua categoria e o campeão é quem tiver a maior quantidade de vitórias.

Segue o cronograma:

08:30 Journeyman -65kg
08:45 Journeyman -86kg & acima de 97kg
09:00 Journeyman -74kg
09:15 Hooker -97kg & Shooter -86kg
09:45 Hooker -74kg & acima de 97kg
11:15 Shooter -74kg & Shooter -97kg
12:30 Ripper todas as categorias

A organização informa que as categorias do feminino não obtiveram inscrições suficientes para sequer uma luta, por isso o cronograma se refere apenas ao masculino.

Estamos aguardando a lista dos atletas e a sequência das lutas.