6 de Abril de 2013 - MOUSE OU MENOS 
Publicidade

MOUSE OU MENOS

por Nonato Albuquerque

6 de Abril de 2013

MICROFONE LIGADO: Efeito Ricúpero no ar

Por Nonato Albuquerque em COMPORTAMENTO

06 de Abril de 2013

Aproveitando o caso do pesidente uruguaio, o MOUSE OU MENOS lista algumas ‘saias justas’ de autoridades que falaram algo indevido sem saber que tinha microfone aberto.

O então ministro da Agricultura, Reinold Stephanes, deixou escapar o que pensava do governador Requião: “é um idiota“.

Em dezembro passado, o premiê russo esqueceu o microfone aberto e chamou as forças de segurança de imbecís.

Mas a famosa, sem dúvida, foi a do ex-ministro Rubens Ricúpero. Ele estava conversando informalmente com o jornalista Carlos Monforte, da TV Globo, e não imaginavam que a antena parabólica, sintonizada no canal no dia 1º de setembro de 1994, transmitia a conversa. “Eu não tenho escrúpulos. O que é bom a gente fatura; o que é ruim, a gente esconde”.

E A FRASE VIROU

SUCESSO NA REDE

A citação do presidente Mujica caiu na rede, virou polêmica, criou tensão entre os dois países até que o compositor argentino Mauro Sebastián Lecornel, aproveitou o bordão e fez uma música. Ela virou um dos principais temas nas redes sociais nesta sexta-feira. Um d os seus versos diz: “É pior do que o caolho, disse Mujica e todo mundo escutou. Essas coisas as vezes acontecem por um falastrão”.


leia tudo sobre

Publicidade

MICROFONE LIGADO: Efeito Ricúpero no ar

Por Nonato Albuquerque em COMPORTAMENTO

06 de Abril de 2013

Aproveitando o caso do pesidente uruguaio, o MOUSE OU MENOS lista algumas ‘saias justas’ de autoridades que falaram algo indevido sem saber que tinha microfone aberto.

O então ministro da Agricultura, Reinold Stephanes, deixou escapar o que pensava do governador Requião: “é um idiota“.

Em dezembro passado, o premiê russo esqueceu o microfone aberto e chamou as forças de segurança de imbecís.

Mas a famosa, sem dúvida, foi a do ex-ministro Rubens Ricúpero. Ele estava conversando informalmente com o jornalista Carlos Monforte, da TV Globo, e não imaginavam que a antena parabólica, sintonizada no canal no dia 1º de setembro de 1994, transmitia a conversa. “Eu não tenho escrúpulos. O que é bom a gente fatura; o que é ruim, a gente esconde”.

E A FRASE VIROU

SUCESSO NA REDE

A citação do presidente Mujica caiu na rede, virou polêmica, criou tensão entre os dois países até que o compositor argentino Mauro Sebastián Lecornel, aproveitou o bordão e fez uma música. Ela virou um dos principais temas nas redes sociais nesta sexta-feira. Um d os seus versos diz: “É pior do que o caolho, disse Mujica e todo mundo escutou. Essas coisas as vezes acontecem por um falastrão”.