13 de junho de 2019 - MOUSE OU MENOS 
Publicidade

MOUSE OU MENOS

por Nonato Albuquerque

13 de junho de 2019

A segurança da cadeirinha

Por Nonato Albuquerque em ARTIGO

13 de junho de 2019

Nada acontece por acaso. Diante de medidas consideradas absurdas, como a dispensa da cadeirinha para transportar crianças, é incrível como vem um fato para chamar atenção, exatamente nesse aspecto.

O governo baixou algumas medidas que alteram o potencial de alerta no trânsito. A retirada dos fotosenssores das rodovias federais, oportunizando a que os transgressores da lei possam empurrar o pé no acelerador ultrapassando os limites de segurança.

Uma outra iniciativa, a de retirar as cadeirinhas que facilitam transportar crianças no banco traseiro, é outro ponto que vem sendo discutido. Como para reforçar a importância desse equipamento, eis que ocorre um acidente vitimando uma criança que foi arremessada fora do veículo sinistrado.

Ela viajava sem a devida proteção. Sem a cadeirinha. E sem o cinto de segurança.

Alguém vai dize que acidentes acontecem e, mesmo que a família não tivesse dispensado o uso da cadeirinha, poderia ter ocorrido o acidente. Mas se estivesse ela adequadamente protegida, provavelmente, seu corpo não teria sido arremessado para fora do transporte.

Segundo especialistas e legisladores, esse governo tem tomado medidas consideradas incorretas no tocante à segurança do cidadão no trânsito.

Da nossa parte, é preciso bom senso e, mesmo que não seja cobrada multa, não custa nada ser previdente. E fazer a parte que nos toca nesse trânsito louco.

leia tudo sobre

Publicidade

A segurança da cadeirinha

Por Nonato Albuquerque em ARTIGO

13 de junho de 2019

Nada acontece por acaso. Diante de medidas consideradas absurdas, como a dispensa da cadeirinha para transportar crianças, é incrível como vem um fato para chamar atenção, exatamente nesse aspecto.

O governo baixou algumas medidas que alteram o potencial de alerta no trânsito. A retirada dos fotosenssores das rodovias federais, oportunizando a que os transgressores da lei possam empurrar o pé no acelerador ultrapassando os limites de segurança.

Uma outra iniciativa, a de retirar as cadeirinhas que facilitam transportar crianças no banco traseiro, é outro ponto que vem sendo discutido. Como para reforçar a importância desse equipamento, eis que ocorre um acidente vitimando uma criança que foi arremessada fora do veículo sinistrado.

Ela viajava sem a devida proteção. Sem a cadeirinha. E sem o cinto de segurança.

Alguém vai dize que acidentes acontecem e, mesmo que a família não tivesse dispensado o uso da cadeirinha, poderia ter ocorrido o acidente. Mas se estivesse ela adequadamente protegida, provavelmente, seu corpo não teria sido arremessado para fora do transporte.

Segundo especialistas e legisladores, esse governo tem tomado medidas consideradas incorretas no tocante à segurança do cidadão no trânsito.

Da nossa parte, é preciso bom senso e, mesmo que não seja cobrada multa, não custa nada ser previdente. E fazer a parte que nos toca nesse trânsito louco.