13 de agosto de 2019 - MOUSE OU MENOS 
Publicidade

MOUSE OU MENOS

por Nonato Albuquerque

13 de agosto de 2019

Futebol já foi esporte proibido pelo Colégio Militar de Fortaleza

Por Nonato Albuquerque em ARTIGO

13 de agosto de 2019

No Ceará, o futebol já foi coisa de segunda categoria. Que o diga o registro do Colégio Militar de Fortaleza que, em 1924, publicou um ofício da direção da escol

a ‘proibindo terminantemente’ os seus alunos da prática desse esporte.

“No Collegio Militar do Ceará os alumnos cultivam vários sports: voley-nall, basket-ball, criquet, natação, equitação, lançamento de disco, lançamento de dardo, corridas a pé, saltos, etc… O ‘foot-ball’ é terminantemente proibido, devido aos inconvenientes que como a prática demonstrou, trazia ao aproveitamento nos estudos” (Álbum, 1924, p.71)

“Naquela época, o aluno era proibido de jogar futebol (…) era um horror um rapaz do Colégio Militar jogar futebol (…) futebol era coisa de segunda classe.” (general Torres de Melo, entrevista… 2006).

leia tudo sobre

Publicidade

Futebol já foi esporte proibido pelo Colégio Militar de Fortaleza

Por Nonato Albuquerque em ARTIGO

13 de agosto de 2019

No Ceará, o futebol já foi coisa de segunda categoria. Que o diga o registro do Colégio Militar de Fortaleza que, em 1924, publicou um ofício da direção da escol

a ‘proibindo terminantemente’ os seus alunos da prática desse esporte.

“No Collegio Militar do Ceará os alumnos cultivam vários sports: voley-nall, basket-ball, criquet, natação, equitação, lançamento de disco, lançamento de dardo, corridas a pé, saltos, etc… O ‘foot-ball’ é terminantemente proibido, devido aos inconvenientes que como a prática demonstrou, trazia ao aproveitamento nos estudos” (Álbum, 1924, p.71)

“Naquela época, o aluno era proibido de jogar futebol (…) era um horror um rapaz do Colégio Militar jogar futebol (…) futebol era coisa de segunda classe.” (general Torres de Melo, entrevista… 2006).